Gestão de Comércio Exterior na Velocidade da Internet

1.262 visualizações

Publicada em

Do lado dos negócios, temos algumas estatísticas interessantes:
em 2009, 90 trilhões de e-mails foram enviados no mundo (80% eram SPAM). 4 milhões de Registros de Exportações foram gerados no Brasil.
Já em TI, podemos dizer que um supercomputador processa um cálculo em um quatrilionésimo de segundo.
Como usar tecnologia para superar as expectativas de gestão, sob uma perspectiva de comércio exterior?

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Falar deste e do próximo SLIDE como sendo um cenário mais avançado e complexo do que o anterior, enquanto olhamos apenas a cadeia de suprimentos, outros processos mais complexos existem e devem ser solucionados.
  • Vide nota do slide anterior
  • Nenhuma empresa vive sem as camadas 1 e 2, no entanto, a camada 3 é que faz a diferença na gestão da empresa.
    E cada empresa tem sua forma de gerir seus processos.
  • Gestão de Comércio Exterior na Velocidade da Internet

    1. 1. Gestão de Comércio Exterior na Velocidade da Internet
    2. 2. Introdução ANDRÉ BARROS • Formado em Tecnologia da Informação pela Faculdade de Engenharia de Piracicaba • Pós-graduado em Gestão de Empresas pela FGV • Gerente de Desenvolvimento de Negócios da NSI NSI – NEW SOFT INTELLIGENCE • Empresa estabelecida em Limeira desde 1986 • Foco no desenvolvimento de aplicativos para Gestão de Comércio Exterior • Produto desenvolvido e comercializado: ECOMEX SUITE
    3. 3. Combinação Ideal Parte do bom desempenho de qualquer empresa = PROCESSOS BEM DEFINIDOS + TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
    4. 4. Combinação Ideal TransformaçãoENTRADAS PROCESSO SAÍDAS A tecnologia da informação viabiliza execução de processos.
    5. 5. Volume de dados processados no mundo... AMAZON e MERCADO LIVRE • Amazon: 72,9 produtos vendidos por segundo! • Mercado Livre: 70 itens negociados por minuto! FACEBOOK • 500 milhões de usuários totalizam 700 bilhões de minutos na rede SMS • Bateu a marca de 1,3 EXABYTES de textos enviados e recebidos • MEGA, GIGA, TERA, PETA, EXA • 1.000.000.000.000.000.000 (18 zeros!) E-MAIL • 90 trilhões de e-mails enviados em 2009 • 80% são SPAM  • 2,9 milhões de e-mails enviados por segundo
    6. 6. Volume de dados processados no mundo... TWITER • 90 milhões de TWEETS por dia YOUTUBE • 2 bilhões de visualizações diárias • A cada segundo, 10 novos vídeos são postados • Se parassem de carregar vídeos, levaríamos 1.000 anos para visualizar a todos que já estão armazenados GOOGLE • Processa 24 PETABYTES de dados por dia • Ou 25.165.824 MEGAS
    7. 7. Gestão inadequada INFORMATICA CORPORATION • Realizou uma pesquisa em 2009 • Público: empresas participantes do OAUG “35% das empresas entrevistadas ainda não sabem como gerenciar os crescentes volumes de dados nas suas aplicações corporativas.” Aplicações Corporativas (SAP, Oracle, JDE entre outras) são abastecidas por processos (Compras, Vendas, Contabilidade, etc.)
    8. 8. Imaginem... Montadora de Automóveis: FORD, VOLKSWAGEM ou FIAT • Qual o volume de dados gerados com suas atividades em diversos países, diariamente? • São milhares de ordens de fabricação, processos de compra e venda • Além de memorandos, e-mails etc.
    9. 9. CASO REAL FIAT (Cliente NSI) Grupo FIAT • FIAT AUTO • CNH • POWERTRAIN • MARELLI • COMAU • IVECO Números • 12 mil Exportações (média mensal 2006) • 06 mil Importações (média mensal 2006) • 5.000.000 movimentos de estoque (média mensal 2006) • 600 usuários de sistemas de comércio exterior • 300 interfaces com mais de 30 sistemas legados
    10. 10. Estatísticas Para evidenciar ainda mais o volume de dados, vamos olhar algumas estatísticas?
    11. 11. Cenário Brasileiro Balança Comercial Brasileira – 2009: Quantos processos de Importação e Exportação, são gerados?
    12. 12. Volume de DI e RE
    13. 13. Maiores Exportadoras 1 - 20
    14. 14. Maiores Exportadoras 20 - 40
    15. 15. Maiores Importadoras 1 - 20
    16. 16. Maiores Importadoras 20 - 40
    17. 17. Principais Mercadorias * Ano base 2008
    18. 18. Principais Países e Continentes * Ano base 2008
    19. 19. Retrospectiva da Década * Valores acumulados até o mês de Setembro dos anos apresentados.
    20. 20. Retrospectiva – 200 anos! 1808 - Ano Zero do Comércio Exterior do Brasil 28 de Janeiro • D. João, Príncipe Regente de Portugal, em escala de sua viagem ao RJ, para em Salvador e assina a Carta de Abertura dos Portos às nações amigas • Este episódio inaugura a autonomia econômica e comercial brasileira 1.o de Abril • O alvará de 1785 que proibia a criação de empresas de manufatura é revogado e a indústria nasce no Brasil 12 de Outubro • Criação do Banco do Brasil, por alvará publicado por D. João, que cria a instituição com a função de agente financeiro do governo
    21. 21. Retrospectiva – 200 anos! Qual o volume exportado? • Metais preciosos • Açúcar • Algodão • Tabaco • Couro • Arroz • Café Quais produtos?
    22. 22. Conto de Réis  * Equivalia a aproximadamente 8 gramas de ouro
    23. 23. Volume de dados... Imaginem o volume de: papéis, pastas, e-mails, memorandos, notas fiscais, ordens de compra e venda, movimentos de estoque entre outros processos gerados para alimentar nossa balança comercial 
    24. 24. Alto Custo • O custo gerado para recriar um documento perdido é, em média, de R$50,00 • Procedimentos de tramitação e aprovação fazem com que um documento possa ser copiado aproximadamente 20 vezes • Os escritórios americanos geram cerca de 1 bilhão de páginas de papel por dia “FALTA DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO: ALTO CUSTO OPERACIONAL E, CONSEQUENTEMENTE, FINANCEIRO”
    25. 25. O maior custo de todos... “O nosso tempo...” • Executivos de todos os escalões perdem cerca de quatro semanas por ano à procura de documentos arquivados ou perdidos.     
    26. 26. TI E onde entra a Tecnologia da Informação?
    27. 27. Primeiro Computador ENIAC II • Considerado (em teoria) o primeiro grande computador • O computador pesava 30 toneladas • Media 5,50m de altura e 25m de comprimento • Ocupava 180m² de área construída • Contava com 70 mil resistores e entre 17.468 e 18.000 válvulas a vácuo ocupando a área de um ginásio desportivo • Consumia 200.000 watts de potencia Poder de processamento... • Tempo de execução de cálculos de balística • ENIAC: passaram a realizar–se em alucinantes 30 segundos • Calculadoras manual: 12 horas até se obter o mesmo resultado
    28. 28. Este é o ENIAC
    29. 29. Retrospectiva da TI A Linha do Tempo dos Computadores 1945 – 1959 (Primeira Geração) • Válvulas eletrônicas, quilômetros de fios, eram lentos, enormes e esquentavam muito 1959 – 1964 (Segunda Geração) • Substituiu as válvulas eletrônicas por transistores e os fios de ligação por circuitos impressos - computadores mais rápidos e menores 1964 – 1970 (Terceira Geração) • Construída com circuitos integrados, proporcionando maior compactação, redução dos custos e velocidade de processamento 1970 – atual (Quarta Geração) • Caracterizada por um aperfeiçoamento da tecnologia já existente, maior grau de miniaturização, confiabilidade e maior velocidade (da ordem de nanossegundos - bilionésima parte do segundo)
    30. 30. Lei de MOORE GORDON E. MOORE (Presidente da Intel, 1965) Ele “profetizou” que: “Os processadores dobram sua capacidade a cada 18 meses.” Isso vem se repetindo desde 1965 e vai continuar pelos próximos 20, 30 anos.
    31. 31. Evolução SUPER-COMPUTADORES • Processam 1 quatrilhão de cálculos por segundo • OU MELHOR... • Cada cálculo dessas máquinas não demora mais do que um quatrilionésimo de segundo • O ENIAC levava 30 segundos  • PARA SERMOS MAIS CLAROS... • Um milissegundo equivale a um milésimo de segundo • Um microssegundo, a um milionésimo de segundo • Um nanossegundo, a um bilionésimo de segundo • Um picossegundo, a um trilionésimo de segundo • Um femtossegundo, a um quatrilionésimo de segundo
    32. 32. Enfatizando a Evolução Válvulas e resistores do ENIAC Processador Intel (tecnologia nuclear) • 300 milhões de transistores • 0.032 MICRON (1 MICRON = 1 milésimo de milímetro) • Se a tecnologia da velocidade de um automóvel aumentasse na mesma proporção do aumento tecnológico dos processadores, poderíamos cruzar o Brasil em 13 segundos • Resistores e válvulas gigantes • 30 segundo para cálculos simples
    33. 33. ...Mais e mais evoluções 1970, Videocassete (VCR) 1975, Videogame da ATARI 1979, Walkman, reprodutor de fita cassete da Sony 1981, Câmeras-gravadoras (CAMCORDERS) do formato VHS para videocassete 1982, COMPACT DISC (CD) e de seu toca-discos (CD player) 1984, Microcomputador Amiga 1985, Videogame Nintendo 1988, O jogo eletrônico TETRIS 1994, Receptor de televisão via satélite 1996, DVD 1998, TV digital de alta definição (HDTV) 2001, Primeiro televisor de plasma e o Xbox, da Microsoft 2004, BLU-RAY DISK 2006, U-HDTV TV (U-HDTV), da japonesa NHK, com 32 milhões de pixels 2008, Protótipos de TV a laser e TV tridimensional 2009, Protótipos de TV a LED 2010, BLU-RAY 3D. Profusão de televisores 3D
    34. 34. Convergência Como usar toda esta tecnologia para otimizar nossos processos e gerir tal volume de dados?
    35. 35. Cadeia de Suprimentos Contabilidade Compras Internacionais Estoque Contas a Pagar Planejamento Recebimento na Fábrica Transito Internacional Desembaraço Aduaneiro Vale lembrar que em 2009 foram desembaraçadas 1.849.995 Declarações de Importação.
    36. 36. Perspectiva de TI Servidores Redes de Computadores Integrações com RFB Links Internacionais Fornecedor: Integrações Sistêmicas através de EDI Compras Internacionais Planejamento Transito Internacional Desembaraço Aduaneiro
    37. 37. Processos de COMEX mais complexos... Importações Temporárias • Importo para posterior exportação Exportações Temporárias • Exporto para posterior importação Drawback Integrado • Importo matéria prima ou compro em mercado nacional para uso e posterior comprovação Depósito Especial • Admito para Entreposto Industrial, com suspensão dos impostos, e nacionalizo apenas quando precisar da mercadoria: neste momento pago impostos e fornecedores REPLAT • Importo insumos, com suspensão total de impostos, para construir plataformas ou embarcações, extingo os impostos quando exporto a
    38. 38. E ainda: a Evolução dos Sistemas da RFB SERPRO – Serviço Federal de Processamento de Dados • Maior empresa pública de TI da América Latina • Criado pelo governo brasileiro em Dezembro de 1964 • Vinculada ao Ministério da Fazenda Alguns méritos do SERPRO • Declaração de IR via internet • Sistemas informatizados que gerenciam o Orçamento da União – SIAFI • Sistema Público de Escrituração Digital – SPED E no comércio exterior? • SISCOMEX Importação • SISCOMEX Exportação (IWW e em Novembro/2010 NOVOEX) • Drawback WEB • HARPIA
    39. 39. Mínimo Esperado... Com toda esta tecnologia que vimos, qual é o mínimo que podemos esperar de um sistema corporativo (ERP) do século XXI? • Integração sistêmica de toda cadeia de valor • Livre de BUGS • Rápido (alta performance) • Confiável e robusto para suportar a condição global dos negócios • Baixo TCO (Custo de Propriedade Total) • Tecnologicamente avançado • Com suporte disponível 5x8 (ou 24x7) • Voltado para Internet • Com disponibilidade de 99,8%
    40. 40. Além do mínimo... PETER WEILL – Professor do MIT • Estruturou a TI em 3 níveis (em forma de pirâmide) INFRA-ESTRUTURA OPERACIONAL ESTRATÉGICA Contas a Pagar, Receber, Exportação, Importação etc. Servidores, Redes, Internet, Segurança, Backup etc. Business Intelligence (BI)
    41. 41. Para vocês, gestores Os gestores das empresas, sabendo de tudo isso, devem: • Estruturar muito bem seus processos de negócios • Decidir sobre os investimentos em TI • Neste ano, os investimentos em TI no Brasil devem ser da ordem de R$56 bilhões (R$10,77bi em softwares e R$21,29bi em hardwares) • Apostar em tecnologias homogêneas • Para reduzir o TCO (Custo Total de Propriedade) • Apostar em sistemas estratégicos de gestão • Sem esquecer que são alimentados por sistemas do nível operacional
    42. 42. Finalmente... Devemos lidar com duas mudanças sempre andam em paralelo: • Uma do lado dos negócios • Cadeia de valor mais complexa • Negócios se sofisticando • Outra do lado de TI • Evolução tecnológica constante (lembram-se da lei de MOORE?) • Produtos cada vez mais inteligentes “Lidar com estas mudanças fazendo-as convergir é o grande segredo.” “E isto é inteligência de TI aplicada aos negócios.”
    43. 43. Fonte de Pesquisas: MDIC
    44. 44. Fonte de Pesquisas: ALICE WEB
    45. 45. Fonte de Pesquisas: 200 anos de COMEX Brasileiro
    46. 46. Materiais, vídeo, referências e links BLOG: http://gestaocomex.blogspot.com ou http://tinyurl.com/iscalimeira SITE: http://www.ecomex.com.br

    ×