Nacilza de frança coelho linguagem

1.116 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.116
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nacilza de frança coelho linguagem

  1. 1. LINGUAGEM
  2. 2. RELATÓRIO JORNADA ALFABELETRAR IdentificaçãoEscola: Estadual Verena Leite de BritoProfessor (a): Nacilza de França CoelhoÁrea: PedagogiaNº de alunos: 21 Ano: 2º Turma: CTurno: VespertinoCarga Horária: 12 horas
  3. 3. Temática : Gêneros textuais.
  4. 4. Eixo articulador: Oralidade e produção da escrita
  5. 5. Capacidades: Ler, compreender e construir diferentes textos; Compreender as manifestações das linguagens.
  6. 6. Descritores: Reconta oralmente os gêneros lidos e/ou ouvido; Levanta hipótese sobre informações explícitas e implícitas.
  7. 7. Atividades desenvolvidas:
  8. 8.  Leitura e interpretação da parlenda “O sapo e a girafa”; Produção de frases com palavras contidas no texto; Ditado de palavras significativas da parlenda; Ilustração do texto referido.
  9. 9. Objetivos: Ler, compreender e interpretar a parlenda, ajustando o oral ao escrito; Construir conhecimentos sobre o funcionamento do sistema de escrita alfabético.
  10. 10. Metodologia:
  11. 11.  Explicar aos alunos o que é uma parlenda e suas características; Apresentar a parlenda contida na coletânea Projetos Trilhas; Confeccionar em coletivo um cartaz com o texto e fixar em um local de boa visualização; Distribuir para a turma a o texto da parlenda, escrita com letra impressa maiúscula; realizar a leitura em grupo e depois individual; Solicitar aos alunos que identifiquem oralmente as palavras que rimam na parlenda; Pedir que a turma faça uma ilustração desenho da parlenda para colocar no mural da sala.
  12. 12. Recurso didático: Quadro negro, cartolina, pincel, lápis, lápis para colorir, caderno e papel sulfite.
  13. 13. Avaliação:
  14. 14.  Com essas atividades, esperamos que as crianças avancem no processo de compreensão do sistema alfabético, reconhecendo sílabas e rimas . A avaliação procede de forma contínua, no decorrer do processo
  15. 15. Relato da Experiência(relatar o resultado dotrabalho desenvolvido coma temática selecionada).
  16. 16.  A aula foi bastante legal e de suma importância para o meu trabalho como alfabetizadora, pois trouxe para mim uma nova estratégia de se trabalhar textos na educação infantil. Nunca é tarde para aprender novas técnicas que auxiliam no processo de aprendizagem dos meus alunos. Os alunos ficaram vislumbrados com as rimas, que confesso não ter trabalhado nenhum tipo igual, e consequentemente alguns por brincadeira começaram a rimar nomes de colegas com outras palavras.Ex: Yasmim - amendoim.
  17. 17. Algum fato (se tiver) quechamou sua atençãodurante o desenvolvimentodas atividades.
  18. 18. O que mais me chamou atenção é que os alunos não tiveram dificuldade para interpretar e relacionar o textos com fatos que acontecem no cotidiano deles e destaco também a facilidade que alguns tiveram em rimar algumas palavras do textos com outras, e rimar os nomes de alguns colegas e é claro o meu. Nacilza – sozinha.
  19. 19. Anexos
  20. 20. FOTOS DAS AULAS MINISTRADAS.
  21. 21. ATIVIDADES DESENVOLVIDASPELOS ALUNOS DO 2º ANO C.

×