Apresenta oleo 2

1.330 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresenta oleo 2

  1. 1. Acção de Sensibilização<br />Óleos alimentares usados<br />Licenciatura em Educação Ambiental<br />André Gonçalves<br />
  2. 2. Óleos alimentares usados<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />Os óleos alimentares usados são aqueles que resultam da utilização de óleos na alimentação humana<br />
  3. 3. Principais destinos<br />Os óleos alimentares usados têm como principal destino as redes de esgoto, provocando assim problemas de poluição das águas e solos.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  4. 4. Impactes ambientais<br />Entupimento e obstrução nas canalizações e sistemas de drenagem dos edifícios;<br /> Corrosão das tubagens e materiais de drenagem; <br /> Ambiente desagradável com graves problemas ambientais de higiene e maus cheiros;<br /> Impactes negativos ao nível da fauna e flora envolventes;<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  5. 5. Dificulta o desempenho/funcionamento eficiente das estações de tratamento de água (ETAR), aumentando consideravelmente o consumo de energia, além de implicar mais manutenções e limpezas.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  6. 6. O que fazer?<br />A melhor opção é a reciclagem, esta pode ser feita através da deposição dos óleos alimentares usados no “óleão”.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  7. 7. Reciclagem de óleo<br />A valorização ocorre principalmente sobre duas formas:<br />I - Produção de sabão<br />II - Produção de biodiesel<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  8. 8. Este é geralmente o resultado da reacção química entre uma base (geralmente hidróxido de sódio) e ácidos gordos(presentes nos óleos alimentares usados) . Esta reacção é denominada saponificação.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  9. 9. I- Produção de sabão<br />O sabão produzido é utilizado, sobretudo, para lavar determinados objectos (roupa e louça). <br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  10. 10. II - Produção de biodiesel<br />O Biodiesel é um combustível líquido que se obtém a partir de matérias primas renováveis, <br />tais como óleos alimentares usados e/ou óleos ou gorduras vegetais.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  11. 11. Este biocombustível apresenta<br />inúmeras vantagens quer a nível<br />ambiental quer a nível de utilização<br />automóvel. Destaca-se a diminuição<br />de dióxido e monóxido de carbono<br />durante o processo de combustão e a<br />melhor lubrificação do motor<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  12. 12. “O motor diesel pode ser alimentado com óleos vegetais e poderá ajudar consideravelmente o desenvolvimento da agricultura nos países onde ele funcionar. Isto parece um sonho do futuro, mas eu posso predizer com inteira convicção queesse modo de emprego do motor diesel pode, num tempo dado, adquirir uma grande importância”<br />Dr. RudolphChristianCarl Diesel (1911)<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  13. 13. Produção estimada de óleos alimentares usados<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />Portugal - 43.000 t a 65.000 t de OUA por ano<br />
  14. 14. Produtores de óleos alimentares usados<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />Dados retirados da agência portuguesa do ambiente (APA)<br />
  15. 15. Legislação<br />Os municípios evidenciam nos planos de acção elaborados ao abrigo do artigo 16.º do Decreto-Lei n.º 178/2006, de 5 de Setembro, as acções previstas em matéria de recolha selectiva municipal de OAU, estabelecendo objectivos para a disponibilização de pontos de recolha respeitando, no mínimo, os seguintes limiares: <br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  16. 16. Número de pontos de recolha por habitantes<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />Dados retirados da agência portuguesa do ambiente (APA)<br />
  17. 17. Situação do concelho de Penalva do Castelo<br />No concelho existe apenas um oleão junto ao Lar da Misericórdia.<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  18. 18. Confrontamo-nos com dois problemas:<br />I - falta de sensibilização<br />II - falta de oleões<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />
  19. 19. Fim………….<br />Penalva do Castelo 15 de Junho de 2010<br />

×