Gerência de Projetos - Caso do Reino Perdido

15.761 visualizações

Publicada em

Para entender o que trata o Slide, assita esse vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=G7n9bwL9t1o

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.761
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
169
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
299
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gerência de Projetos - Caso do Reino Perdido

  1. 1. Gerenciamento de projetos | Caso do Reino Perdido<br />Anderson Zardo | Carolina Varela de Jesus | Ezequiel Gazolla José Adão Moreira<br />Prof: José Fernando Marques Weege<br />
  2. 2. Áreas de Conhecimento PMBoK:<br />Integração<br />Escopo<br />Tempo<br />Custos<br />Qualidade<br />RH<br />Comunicações<br />Riscos<br />Aquisições<br />
  3. 3. Áreas de Conhecimento deste Caso:<br />Integração<br />Escopo<br />Tempo<br />Custos<br />Qualidade<br />RH<br />Comunicações<br />Riscos<br />Aquisições<br />
  4. 4. Objetivo desta apresentação:<br />Apontar os erros identificados no vídeo “Reino Perdido” (disponivel no Youtube, em 3 partes) e fazer breves comentários relacionando-os com as Áreas de Conhecimento do Gerenciamento de projetos.<br />
  5. 5. No Gerenciamento de escopo, deve-se definir qual trabalho é necessário e garantir que todo esse trabalho, e apenas esse trabalho, seja realizado.<br />O escopo deve ser definido, esclarecido e aprovado formalmente antes do início do trabalho.<br />Erro ao passar o escopo no Plano de Gerenciamento de Projetos.<br />
  6. 6. O Escopo deve ser verificado em todasas fases do projeto, para checar se todos requisitos serão atendidos, e apenas eles. Assim evita-se por exemplo trabalho supérfluo (atividades fora do escopo), gerando aumento de custos e estouro do cronograma).<br />Não foi feita revisão do Termo de Abertura e Declaração do escopo preliminar.<br />
  7. 7. No exemplo do projeto de construção do anfiteatro, o escopo do projeto é o trabalho a ser realizado para entregar a obra concluída. Esse trabalho inclui as atividades de planejamento, coordenação e gerenciamento (como reuniões e relatórios) que garantam a realização do escopo do produto. <br />Planejamento: Como construir? Quando? Onde?<br />
  8. 8. Gerenciamento das comunicações: As comunicações ocorrem interna e externamente à equipe principal do projeto, e vertical (níveis superiores e inferiores da organização) e horizontalmente (entre colegas)<br />Devemos usar vários métodos de comunicação e confirmar se a comunicação é realmente recebida e entendida.<br />A pessoa responsável para de entregar o descritivo no endereço não checou o endereço que a pessoa já havia se mudado há seis meses e foi entregue no endereço antigo<br />
  9. 9. Caso não haja controle nas comunicações (papel do gerente de projetos), podem ocorrer mudanças, falhas de comunicação, orientações imprecisas e aumento do escopo. Por consequência, aumentam-se os riscos.<br />O risco de um projeto é sempre futuro.<br />O mensageiro mudou seu trajeto e não entregou a documentação para o projetista no horário combinado. Novamente perdeu-se uma chance de se revisar o escopo do projeto.<br />
  10. 10. Devido ao atraso da entrega da documentação, oprojetista não questionou a respeito da capacidade dos elevadores do anfiteatro. Apenas se preocupou em atender o requisito (que estava incorreto) e não considerou o projeto como um todo.<br />Escopo, deve ser checado em TODAS as fases do projeto. Uma opinião especializada pode ser de grande ajuda.<br />
  11. 11. A falha do erro de digitação foi percebida porém não chegou ao conhecimento da pessoa certa, pois a informação acabou se perdendo em meio a descuidos de várias pessoas. <br />Deve se tentar usar vários canais de comunicação para mitigar o risco da mensagem não chegar ao seu destinatário.<br />Comunicação: novamente uma mensagem que poderia ter evitado o pior não foi entregue<br />
  12. 12. Na reunião de Kick-off (final do planejamento, início da execução), novamente não foi checado o escopo do projeto (isso já está se tornando repetitivo, não?).<br />Tá feio de ver? Calma que piora...<br />
  13. 13. Um gerente de projeto jamais deve de ignorar qualquer que seja a critica ou observação, pois esta pessoa pode tranquilamente evitar uma catástrofe. Opiniões valiosas pode vir de uma simples estagiária ou do responsável pela execução da obra.<br />“O óbvio sempre deve ser dito.”<br />
  14. 14. Consequências:<br />Gerenciamento de tempo: Não havia folga total (quanto tempo uma atividade pode ser atrasada sem atrasar a data de término do projeto), portanto uma readequação irá estourar o prazo (até a virada do milênio)<br />Gerenciamento de custos: Justamente devido a necessidade de readequação da obra, teremos custos muito mais elevados do que se ela tivesse sido construída desde o início prevendo a capacidade correta dos elevadores<br />Gerenciamento da qualidade: A qualidade é definida como o grau em que o projeto cumpre os requisitos.Sendo assim, houve qualidade no projeto do anfiteatro?<br />Por causa do cravo se perde a ferradura, e por causa da ferradura se perde o cavalo, por causa do cavalo perdeu-se o cavaleiro. E por causa do cavaleiro a batalha foi perdida. E a batalha perdida perde-se o reinado. E tudo por casa do cravo da ferradura.<br />
  15. 15. Obrigado a todos!<br />FIM!<br />

×