AvaliaçãO Mediadora Jussara Hoffmann

107.291 visualizações

Publicada em

8 comentários
23 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
107.291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.136
Comentários
8
Gostaram
23
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AvaliaçãO Mediadora Jussara Hoffmann

  1. 1. Avaliação Mediadora: uma prática em construção Caminhos para pensar o ato avaliativo Jussara Hoffmann
  2. 2. Avaliação Mediadora: Como fazer? Qual o papel do professor? Como mediar as aprendizagens?
  3. 3. Promover ... - Hoffmann <ul><li>Para a autora o caminho posto para o processo de avaliação passa por um novo olhar; olhar que perceba o indivíduo, o singular; </li></ul><ul><li>Avaliação não pode ser confundida com os instrumentos avaliativos; avaliação deve ser mediadora .... </li></ul><ul><li>Tal caminho deve ensejar uma nova relação com o saber;promover aprendizagem. </li></ul>
  4. 4. Avaliação mediadora implica deixar de ver o coletivo para focar o individual <ul><li>Tempo de admiração do aluno; </li></ul><ul><li>Tempo de reflexão sobre aprendizagem; </li></ul><ul><li>Tempo de reconstrução e de invenções e de novas estratégias – situações de aprendizagens. </li></ul>
  5. 5. Tempo de Admiração <ul><li>Compreender o aluno é projetar o futuro; as possibilidades cognitivas, buscar as potencialidades dos educandos; </li></ul><ul><li>Criar alternativas para compartilhar informações sobre os alunos (tempos e espaços diferentes de um Conselho de Classe); </li></ul><ul><li>Os livros partem de uma posição que defende a avaliação atrelada a aprendizagem . O que avaliação para nós? </li></ul><ul><li>A avaliação mediadora é pautada na multidimensionalidade do olhar. Interrogar-se para favorecer as aprendizagens; </li></ul><ul><li>No âmbito da escola a idéia central que deve motivar a prática educativa é a busca por compreender (avaliar) para agir. </li></ul>
  6. 6. O OLHAR INVESTIGATIVO É ELEMENTO DA AVALIAÇÃO MEDIADORA <ul><li>Este caminho exige reflexão sobre as práticas docentes institucionalizadas </li></ul>Conhecer para promover oportunidades Observação em ação análise ( aluno e contexto; cenário educativo, currículo e as aprendizagens) Busca de um novo olhar!
  7. 7. Tempo de reflexão <ul><li>Corrigir tarefas ou interpretar situações de aprendizagens? </li></ul>Avaliação Mediadora “ Interpreta-se” Instrumentos Mediação – Conceito fundamentado em Vigotsky Concepção Construtivista Compreender para ajudar Postura investigativa Diálogo Respon- sabilidade A A. M. requer: observar, refletir e favorecer oportunidades = complexa e cíclica ?
  8. 8. Em Avaliação Mediadora: O tempo da reflexão, não é olhar para trás, explicando o que o aluno não fez, não alcançou ou não sabe, mas de projetar o futuro, tempo de prospecção. A reflexão é a referência para os próximos passos!
  9. 9. <ul><li>Tempo de Reconstrução </li></ul>Avaliar para aprovar ou reprovar ou formar para a vida? Tempo de reconstrução Ética e Inclusão Respeito e compromisso com a formação X Competição Seleção Escolha?
  10. 10. <ul><li>A autora defende que é a postura mediadora do professor que faz a diferença em avaliação formativa . </li></ul><ul><li>Explicar as concepções de aprendizagens: Memorística, Significativa e ZDP </li></ul><ul><li>Princípios: diálogico/interpretativo; reflexão e reflexão na ação. </li></ul>? A. F. A. M.
  11. 11. Dinâmica da Avaliação Mediadora Mediar a mobilização Mediar a experiência educativa Mediar a expressão do conhecimento = Relação com o Saber
  12. 12. Concluindo: O sentido da A. M. reside na intenção do educador (quais concepções? que olhares?) estar serviço das aprendizagens (I/C) Portanto, é uma escolha!
  13. 13. Avaliação para promover... <ul><li>Promover o quê?____________ </li></ul><ul><li>Nossa escolha passa pela construção de caminhos. </li></ul><ul><li>Superar as formas classificatórias é um passo importante. A autora vai propor uma caminho: A. M. – pag 18 </li></ul>
  14. 14. Para onde Vamos? i <ul><li>Avaliação Classificatória </li></ul><ul><li>= Seleção; </li></ul><ul><li>Atitude de cumprimento </li></ul><ul><li>de normas; </li></ul><ul><li>Intenção Prognóstica e apresentação de resultados; </li></ul><ul><li>Visão Unilateral – Professor; </li></ul><ul><li>Homogeneização, competição. </li></ul><ul><li>Avaliação a serviço da A = Formação; </li></ul><ul><li>Mobilização; </li></ul><ul><li>Mediadora, interventora de uma nova ação; </li></ul><ul><li>Visão dialógica, de negociação P-A; </li></ul><ul><li>Considera a individualidade, cooperação no processo de desenvolvimento </li></ul>
  15. 15. Múltiplas dimensões do olha avaliativo <ul><li>Registros </li></ul><ul><li>Processo avaliativo; </li></ul><ul><li>Concepções; </li></ul><ul><li>Valores sociais e éticos </li></ul>
  16. 16. Caminho; interpretar para... Os fungos são bastantes úteis, mas também são nocivos aos Interesses humanos. Cite e justifique dois aspectos positivos e negativos sobre a importância dos fungos?
  17. 17. Refletir! Refletir: Sala com 28 Alunos/ 4 disciplinas 3,5   5,0 6,5 6,5 5,0 4,0 4,5 5,5 6,0 4,0 4,5 5,0 5,5 5,5 4,0 4,0 4,0 5,5 6,0 3,5 5,5 5,0 6,0 7,0 7,0 6,0 7,5 8,0 8,5 6,5 6,0 5,5 6,0 6,0 0,0 0,0 0,0 0,0 6,0 0,0 0,0 0,0 0,0 6,0 6,5 7,0 7,0 7,0 6,0 3,5 4,5 3,0 6,0 6,5 5,5 6,5 5,0 7,5 6,0 5,5 6,5 4,5 5,5 6,5 6,0 6,0 4,5 7,0 7,0 5,0 6,0 4,5 7,0 6,5 5,5 6,5 6,5 6,0 6,0 8,0 6,0 6,5 7,5 8,5 3,5 5,5 4,0 6,0 6,0 6,0 7,0 8,0 7,5 8,0 5,5 6,0 6,0 5,5 7,0 4,0 5,0 5,5 5,5 6,0 7,0 7,5 8,0 7,5 6,5 6,0 5,5 6,0 5,5 6,0 5,0 6,5 5,5 6,0 6,5 0,0 0,0 0,0 0,0 6,5 5,0 5,5 4,0 5,5 6,0 6,0 5,5 5,0 6,5 7,0 4,5 6,0 4,0 5,0 8,0 E D C. B A.
  18. 18. Avaliação mediadora Processo de troca de mensagens, de interação entre P-A em busca de patamares superiores de aprendizagens = novas possibilidades. Pág. 107 Relação com o Saber

×