Promover mudanças de comportamentos e atitudes da sociedade,
prioritariamente da comunidade escolar, em relação às pessoas...
…Promover comportamentos e atitudes da sociedade,
  prioritariamente da comunidade escolar, em relação às
             pes...
… Alertar os responsáveis da autarquia e da construção civil de
  Soure, para as dificuldades das pessoas com necessidades...
… Promover a interacção entre a comunidade (escolar) e
            pessoas com necessidades especiais


    Realizar uma d...
…Conhecer melhor o dia-a-dia de uma pessoa com
    necessidades especiais e transmiti-lo à comunidade




Realizar reporta...
Demonstração desportiva por atletas paralímpicos na nossa escola;

Concerto por invisual (Micael) para a comunidade;

Repo...
Federação Portuguesa de Desportos para Deficientes;

APPACDM de Soure;

Zé “Larina”;

Micael;

Responsáveis da Autarquia.
Computador com ligação ADSL;

Impressora/Multifunções ;

Telemóvel 3G ;

Pen Flash USB 2.0;

Material de escrita.
Falta de adesão da comunidade e das
entidades contactadas ;

Não disponibilização de espaços
necessários para a realização...
Relatórios das actividades

Questionários de avaliação das actividades
Grupo 4 (12ºA) - Concepção do Projecto
Grupo 4 (12ºA) - Concepção do Projecto
Grupo 4 (12ºA) - Concepção do Projecto
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Grupo 4 (12ºA) - Concepção do Projecto

558 visualizações

Publicada em

Esquecidos da Sociedade: Pessoas com Necessidades Especiais - Concepção do Projecto

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
558
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grupo 4 (12ºA) - Concepção do Projecto

  1. 1. Promover mudanças de comportamentos e atitudes da sociedade, prioritariamente da comunidade escolar, em relação às pessoas com necessidades especiais; Alertar os responsáveis da autarquia e da construção civil de Soure, para as dificuldades das pessoas com necessidades especiais, no dia-a-dia, a fim de as resolverem; Promover a interacção entre a comunidade (prioritariamente a escolar) e pessoas com necessidades especiais; Conhecer melhor o dia-a-dia de uma pessoa com necessidades especiais motoras e transmiti-lo à comunidade; Perceber e divulgar as dificuldades atravessadas diariamente tanto pela família como pelo deficiente motor.
  2. 2. …Promover comportamentos e atitudes da sociedade, prioritariamente da comunidade escolar, em relação às pessoas com necessidades especiais. Realizar uma demonstração desportiva por atletas paralímpicos, na nossa escola, contactando a Federação Portuguesa de desporto para deficientes; Realizar diversas actividades com a APPACDM.
  3. 3. … Alertar os responsáveis da autarquia e da construção civil de Soure, para as dificuldades das pessoas com necessidades especiais, no dia-a-dia, a fim de as resolverem Detectar pontos críticos nas ruas, através da realização de uma reportagem ao Sr. Zé “Larina” (pessoa com dificuldades motoras), com o intuito de mostrar locais na Vila de Soure que dificultam o acesso a pessoas com este tipo de necessidades e tentar alterar esses obstáculos de acesso, falando com os responsáveis da autarquia.
  4. 4. … Promover a interacção entre a comunidade (escolar) e pessoas com necessidades especiais Realizar uma demonstração desportiva por atletas paralímpicos, na nossa • escola, contactando a Federação Portuguesa de desporto para deficientes; Realizar um concerto musical na nossa escola, com a actuação do invisual • Micael; Realizar diversas actividades com a APPACDM; •
  5. 5. …Conhecer melhor o dia-a-dia de uma pessoa com necessidades especiais e transmiti-lo à comunidade Realizar reportagem sobre os obstáculos encontrados nas ruas da Vila de Soure; Realizar entrevista a uma família que tenha no agregado familiar uma pessoa com necessidades especiais;
  6. 6. Demonstração desportiva por atletas paralímpicos na nossa escola; Concerto por invisual (Micael) para a comunidade; Reportagem sobre as dificuldades encontradas por uma pessoa com necessidades especiais em Soure, com o fim de expor essas dificuldades às entidades responsáveis presentes na Câmara de Soure; Mostrar/Divulgar uma entrevista a uma família que convive diariamente com um parente com necessidades especiais ; Apresentação final em powerpoint, resumindo o trabalho desenvolvido ao longo do ano; Elaboração/Apresentação de um vídeo com os momentos mais marcantes das várias actividades desenvolvidas ao longo do ano.
  7. 7. Federação Portuguesa de Desportos para Deficientes; APPACDM de Soure; Zé “Larina”; Micael; Responsáveis da Autarquia.
  8. 8. Computador com ligação ADSL; Impressora/Multifunções ; Telemóvel 3G ; Pen Flash USB 2.0; Material de escrita.
  9. 9. Falta de adesão da comunidade e das entidades contactadas ; Não disponibilização de espaços necessários para a realização de tarefas; Indisponibilidade ocasional de um dos membros do grupo.
  10. 10. Relatórios das actividades Questionários de avaliação das actividades

×