Técnica de Costas

Técnica de Costas
Alinhamento corporal

Page 1
1
Costas
Rolamento do tronco
e
eficácia dos trajectos propulsivos
da mão

Técnica de Costas
Acção dos Membros Superiores ( M...
Técnica de Costas
Entrada da mão na água

Fases do Trajecto Subaquático da Mão
Costas
E

S

ADI
ADF
AA

AAA/S

ADI - Acção...
Técnica de Costas
Acção Descendente Inicial

Erro comum: flexão precoce do cotovelo

Técnica de Costas
Acção Descendente I...
Técnica de Costas
Acção Descendente Inicial

Técnica de Costas
Acção Ascendente do MS

Page 5
5
Técnica de Costas
Acção Ascendente do MS

Técnica de Costas
Acção Descendente Final

Page 6
6
Técnica de Costas
Acção Descendente Final

Acção Ascendente do MS

Técnica de Costas
Acção Descendente Final
Erro comum:
E...
Técnica de Costas
Acção Ascendente Adicional

Page 8
8
Técnica de Costas
Saída

Técnica de Costas
Acção dos Membros Superiores ( MS )
Recuperação Aérea
- Não deve perturbar o eq...
Técnica de Costas
Recuperação aérea

Técnica de Costas
Acção dos Membros Superiores ( MS )
Trajecto Subaquático
- Entrada
...
Técnica de Costas
Sincronização entre os MS: em oposição

Mão entra na água quando a mão
oposta termina a ADF

Técnica de ...
Técnica de Costas
Acção dos Membros Inferiores ( MI )
Fases propulsivas

Erros Frequentes
- Afundar demasiado as pernas

-...
COSTAS

Page 13
13
COSTAS

Page 14
14
COSTAS

Page 15
15
Page 16
16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Costas

353 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
353
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Costas

  1. 1. Técnica de Costas Técnica de Costas Alinhamento corporal Page 1 1
  2. 2. Costas Rolamento do tronco e eficácia dos trajectos propulsivos da mão Técnica de Costas Acção dos Membros Superiores ( MS ) Trajecto Subaquático - Entrada - Acção descendente inicial ( ADI ) - Acção ascendente ( AA ) - Acção descendente final ( ADF ) - Acção ascendente adicional ( AAA ) - Saída Page 2 2
  3. 3. Técnica de Costas Entrada da mão na água Fases do Trajecto Subaquático da Mão Costas E S ADI ADF AA AAA/S ADI - Acção descendente inicial AA - Acção ascendente ADF - Acção descendente final AAA/S - Acção ascendente adicional/saída Page 3 3
  4. 4. Técnica de Costas Acção Descendente Inicial Erro comum: flexão precoce do cotovelo Técnica de Costas Acção Descendente Inicial Page 4 4
  5. 5. Técnica de Costas Acção Descendente Inicial Técnica de Costas Acção Ascendente do MS Page 5 5
  6. 6. Técnica de Costas Acção Ascendente do MS Técnica de Costas Acção Descendente Final Page 6 6
  7. 7. Técnica de Costas Acção Descendente Final Acção Ascendente do MS Técnica de Costas Acção Descendente Final Erro comum: Empurrar água para baixo Colwin, 1992 Page 7 7
  8. 8. Técnica de Costas Acção Ascendente Adicional Page 8 8
  9. 9. Técnica de Costas Saída Técnica de Costas Acção dos Membros Superiores ( MS ) Recuperação Aérea - Não deve perturbar o equilíbrio do corpo seguindo uma trajectória por cima do ombro - Cotovelo em extensão e rotação interna do braço, antebraço e mão - Deve preparar com antecedência a entrada da mão Page 9 9
  10. 10. Técnica de Costas Recuperação aérea Técnica de Costas Acção dos Membros Superiores ( MS ) Trajecto Subaquático - Entrada - Trajecto propulsivo - Saída Erros Frequentes - Mão entra demasiado dentro e/ou fora - Bater com os braços ( face dorsal - mão ) - Entrada com o cotovelo flectido - Após a entrada deixa cair o cotovelo - Deslocar o membro só lateralmente - Palma da mão virada para trás e dedos apontados para cima - Saída da mão antecede a emersão do ombro - Mão empurra a água para cima Recuperação aérea - Desvios laterais para dentro e/ou para fora Page 10 10
  11. 11. Técnica de Costas Sincronização entre os MS: em oposição Mão entra na água quando a mão oposta termina a ADF Técnica de Costas Acção dos MI Page 11 11
  12. 12. Técnica de Costas Acção dos Membros Inferiores ( MI ) Fases propulsivas Erros Frequentes - Afundar demasiado as pernas - Acção ascendente ( AA ) - Flectir os joelhos na fase descendente do movimento - Batimento tipo “pedalar” - Acção descendente ( AD ) Técnica de Costas Sincronização entre os MS e os MI 6 batimentos de pernas por cada ciclo de braços Page 12 12
  13. 13. COSTAS Page 13 13
  14. 14. COSTAS Page 14 14
  15. 15. COSTAS Page 15 15
  16. 16. Page 16 16

×