1. cidades e edifícios 2011

1.682 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.682
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
516
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1. cidades e edifícios 2011

  1. 1. Cidades e Edifícios: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos Introdução a Arquitetura e Urbanismo Prof a Arqta. Ana Cunha Araújo
  2. 2. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>Quando refletimos sobre este assunto somos levados a uma série de questionamentos que, começam a ter respostas se primeiro compreendermos cada parte desta temática . </li></ul>
  3. 3. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>CIDADE : Povoação de categoria superior à de Vila. </li></ul><ul><li>“ antes da cidade , houve a pequena povoação, o santuário e a aldeia; antes da aldeia, o acampamento, o esconderijo, a caverna, o montão de pedras; e antes de tudo isso, houve certa disposição para a vida social (...)”. </li></ul><ul><li>(Mumford) </li></ul>
  4. 4. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>CIDADE : Zona ou espaço urbano. </li></ul><ul><li>As cidades não são iguais e podem ser pequenas, médias ou grandes. </li></ul><ul><li>“ (...) Todas elas se constituem num espaço de vivencia coletiva .” </li></ul><ul><li>(Marin) </li></ul>
  5. 5. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>Também acontece uma outra relação de domínio, como diz Le Corbusier : </li></ul><ul><li>“ Uma cidade! </li></ul><ul><li>É o domínio do homem sobre a natureza . É uma ação humana contra a natureza, um organismo humano de proteção e de trabalho. É uma criação .” </li></ul>
  6. 6. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>EDIFÍCIO : Construção, moradia, residência. </li></ul><ul><li>A edificação expressa uma informação pelo tipo de uso, formato e até por suas cores. </li></ul><ul><li>“ quando as construções nos falam algo, elas também o fazem usando citações – isto é, despertando lembranças e fazendo referências aos contextos os quais vimos anteriormente (...).” </li></ul><ul><li>(De Botton) </li></ul>
  7. 7. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>REPRESENTAÇÃO : Ato ou efeito de “ser a imagem”, estar em lugar de, reproduzir, retratar, desempenhar o papel. </li></ul><ul><li>ORDENS SOCIAIS : Conjunto de leis que regulam a mútua dependência dos seres sociais. </li></ul><ul><li>HIERARQUIA, CONJUNTO DE VALORES, MANDO E COMANDO. </li></ul>
  8. 8. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>SISTEMAS IDEOLÓGICOS : Sistemas de idéias, convicções políticas. </li></ul>
  9. 9. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>“ O propósito do edifício é dar ordem a certos aspectos do ambiente, e com isso queremos dizer que a arquitetura controla ou regula as relações entre o homem e o ambiente .” </li></ul><ul><li>(Norberg-Schulz) </li></ul>
  10. 10. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>A produção arquitetônica representa uma expressão da ação coletiva do homem no sentido de inventar formas simbólicas e culturais que tendem a se eternizar. </li></ul>Torre Eiffel Paris - 1889 Estátua da Liberdade Nova Iorque - 1886
  11. 11. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>Os povoados e as construções como reprodução da hierarquia das convicções políticas. </li></ul>Rio de Janeiro Nova Iorque Lisboa
  12. 12. <ul><li>Porque a sociedade é do jeito que é não de outra forma? </li></ul>
  13. 13. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>Desde a pré-história as construções acompanham os homens , pois a necessidade que se tem de habitar é permanente. </li></ul><ul><li>A arquitetura nunca sofreu paralizações , sua história é mais longa que qualquer arte . </li></ul>
  14. 14. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>Em toda a história da sociedade humana acontece uma diferenciação entre os grupos dominantes e as camadas subalternas . </li></ul><ul><li>GRUPOS DOMINANTES : Castelos, palácios, mansões. </li></ul><ul><li>CAMADAS SUBALTERNAS : Choupanas, casebres, palhoças, casas populares. </li></ul>
  15. 15. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>A arquitetura expressa as estruturas sócio-econômicas e de poder dentro das quais se realiza : os grupos dominantes se apropriam do espaço, definindo áreas de maior valor enquanto as camadas pobres ocupam áreas periféricas. </li></ul>
  16. 16. CIDADES e EDIFÍCIOS: Representações de Ordens Sociais e Sistemas Ideológicos <ul><li>O arquiteto é visto como um profissional relacionado à produção monumental , espetacular e de poder, voltada para a elite. </li></ul><ul><li>A chamada é para que a nossa produção seja uma expressão de sistemas ideológicos, cujos princípios sejam o acesso facilitado a uma moradia digna , qualidade de vida , acessibilidade e ainda, que se garanta a sustentabilidade para a nossa geração e para as que virão. </li></ul>
  17. 17. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: <ul><li>ESTÁTUA DA LIBERDADE – Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1tua_da_Liberdade>. Acesso em 30 jan.2008. </li></ul><ul><li>GÓMEZ, A. P. Espaços de ação através das práticas de lazer: Táticas para a representação do espaço social – Brasília: Programa EICOS em comunidades e ecologia social – UFRJ, 2006. Disponível em: < >. Acesso em: 13 dez. 2007. </li></ul><ul><li>MEDRANO, L. Habitação coletiva, verticalidade e cidade . Modernidade sem estilo - São Leopoldo: UNISINOS. Disponível em: < http://www.arquiteturarevista.unisinos.br/index.php>. Acesso em: 13 dez. 2007. </li></ul><ul><li>MENEZES, E. D. B. de. ARQUITETURA: Expressão Simbólica do Poder? - Série Estudos e Pesquisas, 11 – Fortaleza: Núcleo de Estudos e Pesquisas Sociais – UFC, 1988. </li></ul><ul><li>ROCHA, R. ; PIRES, H. da S. Minidicionário enciclopédico escolar Ruth Rocha/Hindenburg da Silva Pires – São Paulo: Scipione, 2000. </li></ul><ul><li>TORRE EIFFEL – Disponível em: < http://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_Eiffel>. Acesso em: 30 jan.2008 </li></ul>

×