Crase

134 visualizações

Publicada em

Crase

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
134
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crase

  1. 1. PARA ESTUDAR PARA PROVA CRASE A crase significafusão – elaacarreta o usodo acentograve quandohá o encontrode: Preposição a + a, em geral,artigodefinidofeminino Obs.:a preposiçãodeve serrequisitadaporumtermoregente (nome ou verbo) que peçaapreposição“a” e deve haverpalavragramaticalmente femininaque exijaoartigodefinidoparaafusãoser obrigatória. Esquema:termoregente (=nome/verbo) “a”(prep.) +“a” (art. def.fem.) palavrafeminina Vejamos: 1. Dirijo-me aa loja. 2. Dirijo-me aaquelaloja. 3. Aquelaé a lojaa a qual me dirijo. 4. Esta lojaé idênticaa a (loja) dooutroquarteirão. donde:  Frases 1., 2. e 3., o verbo"dirigir"requerapreposição"a":quemse dirige se dirige aalgumlugar;  Frase 1., a palavra "loja"aceitao artigo"a";  Frase 2., a palavra "aquela"iniciacom"a";  Frase 3., o pronome relativoé "aqual","as quais",sempre acompanhadopelapartícula"a".  Frase 4., o adjetivo"idêntico"requerapreposição"a":uma coisaé idênticaaoutra. O segundo"a"é o pronome demonstrativo"a",equivalente a"aquela". Nessescasos,tambémocorre a contração de duas vogais:a + a. A contração é sinalizadapeloacentograve (`).Por issoas frasesdevemserreescritasassim: 1. Dirijo-me àloja. 2. Dirijo-me àquelaloja. 3. Aquelaé a lojaà qual me dirijo. 4. Esta lojaé idênticaàdo outroquarteirão. A preposição"a" exigidapor substantivose adjetivos Substantivose Adjetivos Preposição exigidapela regência Palavra Feminina Atento Quemé atentoé atentoa Atentoà aula. Contrário Quemé contrárioé contrárioa Contrárioà guerra. Devoção Quemtemdevoçãotemdevoçãoa Devoçãoà santa. Anterior Algoé anteriora Anterioràinvençãoda escrita. Desfavorável Quemé desfavorável é desfavorável a Desfavorável àdoação. Grato Quemé grato é grato a Grato à comunidade. Idêntico Quemé idênticoé idênticoa Idênticoàirmã.
  2. 2. Nocivo Algoé nocivoa Nocivoà saúde. Próximo Algoé próximoa Próximoàsala. A preposição"a" exigidapor verbos Verbos Preposição exigidapelaregência Palavra Feminina Aspirar(=desejar;regênciatradicional) Quemaspiraaspira a Aspirarà meta. Assistir(=presenciar;regênciatradicional) Quemassiste assiste a Assistiràcena. Perdoar Quemperdoaperdoaalgumacoisaa alguém Perdoara faltaà criança. Obedecer(regênciatradicional) Quemobedece obedece a Obedeceràlei. Visar(= ter emmente;regência tradicional) Quemvisavisaa Visarà meta. O corretoempregodoacentoindicativode crase depende daanálise dasentença. Trata-se de observar: 1. se ocorre a preposição"a"; 2. se a palavraé feminina; 3. se a palavrafemininaaceitaoartigo"a(s)". Dada,por exemplo,afrase:"VouaBrasília."Trata-se de analisar se:  se ocorre a preposição.  Se a palavraé feminina;  Se a palavraadmite artigo"a'. Ocorre , no enunciado, apenas apreposição"a". Portanto, nãohá o acentoindicativode crase. Vou a Brasília / Brasília não solicitaoartigo"a". Então: Voua Brasília. Mas: Vou a a Bahia / Bahia solicita o artigo “a”. Então: Vouà Bahia. CASO 1: Não ocorre acentoindicativode crase antesde verbos,poisnãoadmitemartigo Observe osexemplosabaixo:  Cláudiaficoua vernavios. Cláudiaficou a vernavios.  Continuamosarespirarar puro. Continuamos a respirarar puro. CASO 2: Nãoocorre acentoindicativode crase antesde pronomespessoais,demonstrativos, indefinidos,e expressõesde tratamento,poisnãoadmitemartigo.O"a",nosexemplos acima,é meramente preposição,exigidapelosverbos.  Refiro-me ati / Refiro-me a ti.  Dirigi-me aela / Dirigi-me a ela.  RespondoaVossaSenhoria/ Respondoa VossaSenhoria.  Não me referi aesta carta / Nãome referi a estacarta.
  3. 3. CASO 3: Nãoocorre acentoindicativode crase quandoo"a" estivernosingulare a palavrafeminina seguinte estivernoplural:o"a"é apenaspreposição,exigidapelaspalavrasque vêmantes.  Não assistoacenas de guerra / Nãoassistoa cenasde guerra.  Entregou-se aférteis divagações/ Entregou-se a férteis divagações. Diferenteseriaasituaçãoseguinte, emque temosapreposição"a"+ o artigo"as":  Não assistoàscenas de guerra -> Não assistoa + as cenas de guerra.  Entregou-se àsférteis divagações->Entregou-sea+ as férteis divagações. CASO 4: Nãoocorre acentoindicativode crase antesde palavrasmasculinas,poisnãoadmitem artigo"a". O "a" dos exemplosé meramenteumapreposição.  Andara cavalo Andara (o) cavalo.  Vira pé Vira (o) pé.  Venderaprazo Vendera (o) prazo. CASO 5: É facultativooempregodoacentoindicativode crase antesde nomespróprios femininos, porque é facultativoousodoartigo. Então,podemosescreverasfrasesabaixodaseguinte forma:  Refiro-me àCláudia.  RespondoàDébora.  Dirijo-me àJúlia. ou  Refiro-me aCláudia.  RespondoaDébora.  Dirijo-me aJúlia. CASO 6: É facultativooempregodoacentoindicativode crase antesde pronomespossessivosno femininosingular,porqueé facultativoousodo artigo. Observe:  Minha tiaé generosa. A minhatiaé generosa.  Nossaprimaé rica. A nossaprimaé rica.  Tua mãe é bondosa A tua mãe é bondosa. Comopodemosconstatar,é facultativoousode artigo antesde pronomespossessivosno singular. Porissopodemosescreverassim:  Apresentei-oaminhatia. Apresentei-oàminhatia.
  4. 4.  Dirigi a palavraà nossa prima. Dirigi a palavraa nossa prima.  Refiro-me àtuamãe. Refiro-me atuamãe. CASO7: Crase diante de "aquele(s)","aquela(s)"e "aquilo" Observe: Refiro-me àquilo. Quemse refere se refere "a":portanto,ocorre a preposição"a",que vai se contrair com o "a" de "aquilo".Logo,marcamos a contração com acentoindicativode crase: Dada outra frase: Resolvi aquele problema. Observa-se que overbo"resolver"não exige preposição:quemresolve resolve algo.Logo,nãohá acentona frase: Resolvi aquele problema. Crase:Na contração da preposição"a"+ o "a(s)"de "a qual","as quais"ocorre acento indicativode crase: Na frase: A cena a qual aludiste é agradável. Ocorre a preposição"a",exigida,nesse tipode estrutura,porumapalavraque vemdepois,nocaso aludiste:quemalude, alude “a”.  o pronome é "a qual”,com a partícula"a" integrandoopronome. Portanto, a contração é sinalizadapeloacentograve: A cena à qual aludiste é agradável. Observe maisos seguintesexemplos: Sãonormas a as quaistodosdevemobedecer./Sãonormasàsquaistodosdevemobedecer. Esta foi a conclusão a a qual chegamos./Estafoi a conclusãoà qual chegamos. Esta é a carreira a a qual aspiro./ Esta é a carreira à qual aspiro. Assessões aas quaisassisti estavamlotadas./ Assessõesàsquaisassisti estavamlotadas. Observação: Só o pronome relativo"aqual"tema partícula "a" integrando-o.Ospronomes"que"e "quem"não se fazemacompanharpor essapartícula. Atente,pois,paraagrafia nas frases: Esta é a peça à qual assisti./Estaé a peçaa que assisti. Esta é a empresaà qual me dedico./Estaé a empresaaque me dedico.  Esta é a conclusãoà qual cheguei. Esta é a conclusãoa que cheguei.
  5. 5.  Esta é a ordemà qual obedeço. Esta é a ordema que obedeço.  Esta é a mulherà qual me referi. Esta é a mulhera quemme referi. Esta é a mulhera que me referi. CASO 8: Crase:contração da preposição"a"+ o pronome demonstrativo"a(s)",que equivalea "aquela(s)". Na frase a seguir: Minhasorte é ligadaà do meupaís. O "a" deve sersinalizadocomacentograve,porque é resultante dacontraçãoda preposição"a" (umacoisa é ligada"a" outra) + o pronome demonstrativo"a",equivalente a"aquela".Vejaa demonstração: Minhasorte é ligadaà do meupaís. equivale àfrase Minhasorte é ligadaa (preposição) aquela(pronome demonstrativo) domeupaís. Veja: Minhasorte é ligadaa (preposição) a(pronome demonstrativo"a") domeupaís. em que deve ocorrera contração dosdois"ás", sinalizadapeloacentograve. Casos Particulares: 1- De ... a/ De ... à Quandose fizerreferênciaadois elementos(substantivosounumerais) ligadospor"de ...a",não ocorrerá acentograve antesdo segundoelemento: De segundaasábado ..... De hoje a domingo.... De 1 a 5 ...... De 1ª a 4ª série ..... No entanto,quandose defineoprimeiroelementomedianteoempregode "do"/"da", o segundoiniciacom"à" (ou"ao").É uma questãode paralelismo. Exemplos: As turmasda 1ª à quarta série foramconvidadas. Estivemosforadoar da meia-noite àsduasdamanhã. A salaficará abertadestaterça à sexta-feira. 2- Substantivo femininode usoindeterminado. Não se empregaacentoindicativode crase diante de substantivofemininousadoemsentido geral,indeterminado,porque,nesse caso,nãoocorre o artigodefinido"a(s)".
  6. 6. Exemplos: Ele temaversãoa mulher(...amulheremgeral) Créditosujeitoaaprovação. Paciente submetidoaintervençãocirúrgica. Presidenteresponde adenúnciahoje. Denúnciapode levaropresidenteacondenação. As frasespodemserreescritasassim: Ele temaversãoa (uma) mulher(qualquer). Créditosujeitoa(uma) aprovação(qualquer). Paciente submetidoa(uma) intervençãocirúrgica(qualquer). Presidenteresponde a(uma) denúncia(qualquer) hoje. Denúnciapode levaropresidentea(uma) condenação(qualquer). Se,no entanto,aexpressãovierdeterminada,ocorreráacentoindicativode crase. Observe: Ele temaversãoa mulher. (Ele temaversãoa (uma) mulher(qualquer). Ele temaversãoà mulherde João. (É uma mulherdeterminada,definida). Tráficoem frente aescola. (Tráficoemfrente a (uma) escola(qualquer). Tráficoem frente àescolaClementina. (É uma escoladeterminada,definida). 3- A palavra "terra" "Terra",significandoplaneta,é substantivopróprioe admite artigo.Consequentemente,quando houvertambéma preposição,ocorreráofenômenodacrase: Os astronautasvoltaramà Terra. Diante de "terra", significando"chãofirme","solo",semespecificação,nãoocorre acentograve: Os marinheirosvoltaramaterra. Diante de "terra", significando"chãofirme","solo",comespecificação,ocorre acento; Irei à terra de meuspais. 4-Expressõesadverbiais Masculinas.Nãose empregaacentograve com expressõesadverbiaismasculinas. Exemplos: Matou a sangue-frio. Navioa vapor.
  7. 7. Andoa pé. Andoa cavalo. Carro a gás. Escrevera lápis. Vendasaprazo. Femininas.Éde tradiçãoacentuar-se a"a" nas locuçõesfemininas. Exemplos: Bater à máquina. Escreverà mão. Trancar à chave. Colocarà venda. Vendaà vista. Cortar à espada. Justifica-seoacentoindicativodacrase por motivode clareza.Compare: Cortei a espada(A espadafoi cortada). Cortei à espada(Cortei coma espada). Pagoua prestação(A prestaçãofoi paga). Pagouà prestação(Pagouemprestação). 5- A palavra "distância" Se a palavra"distância"estiverdeterminada,especificada,o"a"deve seracentuado. Observe: A cidade ficaà distânciade 70 km daqui (determinada). A cidade ficaa grande distânciadaqui (não-determinada). A rigor,não se usa acentograve nestaslocuçõesadverbiais: Estudar a distância. Ensinoa distância. Escrevera distância. Curar a distância. Fotografara distância. Por motivode clareza,noentanto,pode-se usaracento.Porisso; Estudar à distância. Ensinoà distância.

×