Bambu adriana

302 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bambu adriana

  1. 1. BAMBU:INTRODUÇÃO:O bambu é uma gramínea de rápido crescimento e reprodução, que possuidiversas utilidades devido ao seu fácil manuseio e excelentes propriedades.Recurso natural renovável, assim como a madeira, pode ser umexcelente substituto da mesma, uma vez que possui beleza,resistência e grande produtividade. (Enquanto o pinus produztrês mil arvores por hectare, o bambu produz 10 mil, eenquanto o pinus leva 7 anos para chegar a ponto de corte, obambu leva três.)Sua flexibilidade é similar a do ferro, além de possuir granderesistência a esforços (17% superior à do aço). Outrapropriedade do bambu relacionada a resistência é quanto aintempéries (o bambu não está sujeito à corrosão ou ferrugem como o ferro e açopor exemplo), quando obtém o tratamento adequado possui grande durabilidade.Um grande exemplo de sua durabilidade e resistência é a cúpula do Taj Mahalque já durou cerca de 400 anos. Outra qualidade desta planta é que ela nãoexige tecnologia de ponta para utilizá-la na construção. As construções de bambutambém são mais resistentes a terremotos.O uso do bambu na fabricação de canos e tubos também já demonstrou ser muitoválido, requer 50 vezes menos energia que a empregada na fabricação de tubosde aço de iguais proporções.O bambu ainda tem a capacidade de produzir um papel que necessita de poucotratamento químico podendo ser usado em embalagens de alimentos, remédiose cosméticos. E tem mais: o bambu pode ser utilizado na fabricação de carvão,mobiliário, luminárias, cortinas, objetos de decoração, utensílios domésticos,irrigação e conservação do solo, fabricação de instrumentos musicais, naalimentação (broto de bambu), e até na fabricação de cerveja.Há uma grande diversidade de espécies de bambu, tendo elas diferentespossibilidades de uso e características. Com mais de 1200 espécies espalhadaspelo mundo é uma planta que cresce naturalmente em todos os continentes,exceto na Europa.Resistente,leve e flexível, o bambu pode ser utilizado na construção de diversasmaneiras como por exemplo:Infra-estruturas: Pontes; estabilizações/ estradas; drenagem; contenção detalude; postes...Edificações: Estruturas (substutivo não só da madeira mas também do aço noconcreto aramado, tubulares, treliças, laminadas, penseis, etc.); Habitaçõessociais/ equipamentos públicos; construções ruraisPré – fabricados: Vedações tubulares; vigamentos; blocos – painéis; telhas;estruturação de forrosAuxiliares: Andaimes; escadas; estroncas; formasLaminados: pisos / rodapés; paredes; forros; lambris; portas, etc....
  2. 2. Este último refere-se aos revestimentos, objeto de estudo deste trabalho. Não é a toa que países como China, Equador, e Colômbia já utilizam estatecnologia (bambu nas construções) em larga escala. A América Latina é pródigana planta, possuindo 40 gêneros.Outra vantagem do bambu é que ele é renovável, ao contrário do ferro. O bambu émuito eficaz no combate a muitas formas de poluição, produzindo oxigênio,reciclando a água de rios e lagoas, também absorve e limpa. A redução doscustos construtivos que o uso do bambu proporciona quando associado à boaqualidade das edificações que se pode obter a partir do seu emprego comtécnicas adequadas, permite tornar acessíveis edificações para segmentos demercado até então marginalizados.Ou seja, a adoção de tecnologias construtivas com bambu substitui váriosprodutos similares, com mesma qualidade, pelo fator de menor preço.Porém isto ainda não ocorre com os pisos laminados pois a espécie utilizadaainda não possui larga escala no Brasil pois o bambu plantado em países tropicaistem muito amido, o que dificulta sua adaptação ao processo construtivo. Por isso,as lâminas são importadas da China, o que acresce um pouco o preço, por voltade R$ 310 o m2. A compra é feita sob encomenda, com espera de 120 dias.Assoalho de Bambu, instalaçãoO piso de bambu é bastante resistente e foge aotradicional. Na verdade, pode ser considerado umassoalho laminado, pois é composto de trêslâminas maciças, prensadas. Podem serencontradas em mais de uma tonalidade erevestidas na fábrica de uma película que protegecontra riscos. Há acabamento fosco ou brilhante.Instalação: Como qualquer outro piso de madeira,o assoalho de Bambu poderá ser instalado pelosmétodos de (1) colagem, (2) fixação com prego,(3) flutuante em manta.Exige contrapiso nivelado e impermeabilizado.O assoalho de bambu, por ser em geral um produto pronto para instalação(tratamento de UV/e carbonizado mais acabamento com camadas de verniz),demanda o uso exclusivo de adesivos a base de poliuretano. Para assoalhocolado o consumo deste material está entre 1,30 e 1,80 kg/m2.Fixação com colagem:A cola: Específica para instalação colada ou flutuante. Os adesivos disponíveissão aqueles a base de Poliuretano (PU) ou a base de água (PVA), mas suautilização está condicionada a três fatores: o material (bambu) se este tem ou nãotratamento e acabamento tais como verniz; o tipo de instalação, se colado ouflutuante; o estado e tipo de contra-piso.Flutuante em manta:Manta de Polietileno: Este material de (2 mm) é utilizado para melhorar o efeitoacústico do piso, evitando o barulho causado pelo contato do material (assoalho)
  3. 3. com o contra-piso, como também como material de regularização de pequenosdesnivelamentos;.TOXICIDADE AMBIENTAL:Pode ser considerado como “amigo da natureza” pois é um grande protetor dosolo, devido ao seu vigoroso sistema radicular, e é um rápido armazenador decarbono, fornece alimento e abrigo para a vida selvagem, é um recurso perene,renovável e de crescimento muito rápido (6 meses entre o nascimento do broto e aaltura final do colmo, que pode atingir até 30 metros em algumas espéciesgigantes ) e ainda pode ser utilizado em milhares de aplicações, tudo isto,utilizando-se apenas da energia do sol como alimento ( fotossíntese ). Ou seja noque diz respeito ao próprio bambu, não há impacto ambiental na fabricaçao depisos, porem a cola e a manta possuem um pouco de toxidade, t6endo variaçõesconforme o uso. Porem levando-se em conta que na utilização da madeira ououtros tipos de assoalhos, ou laminados, também há o uso destes materiais nainstalação, porem causam um impacto ambiental muito maior, pode-se considerarque a relação entre os pisos de bambu e os outros, que estaria substituindo, obambu esta prevenindo maiores impactos.AÇÃO OLFATIVA:Como piso são poucas as ações do bambu em especifico no sentido do olfato,mas levando-se em conta os outros tipos de revestimento, pode possuir um leveodor, principalmente se aquecido. Acredito que a maior difertença em relação asua influencia psicológica no ambiente é devido ao seu aspecto rústico elembranças culturais e históricas, lembranças do mesmo com a arquitetura orientale seu grande uso em ambientes zen, jardins japoneses entre outros.MANUTENÇÃO, LIMPEZA E DURABILIDADE:O assoalho de bambu é um produto de fácil manutenção, higiênico e antialérgico,evitando problemas respiratórios, pois não acumulam poeira.Sua limpeza e manutenção segue o mesmo tipo dos assoalhos normais, com umapreocupação com os riscos um pouco menor. Em geral vassoura e panolevemente úmido é o suficiente. Quanto a durabilidade, já foi comentado naintrodução, utilizando inclusive o exemplo do Taj Mahal. Quanto ao bambu comopiso, possui em media uma garantia de 15 anos com a empresa que o fabrica,logo a durabilidade esperada é muito maior.IMFLAMABILIDADE: Possui reação a combustão como qualquer material natural, porem possui muitomenor facilidade de combustão que a madeira, sua emissão de gases durantequeima não é muito nociva, e sua resistência ao fogo pode ser consideradaportanto boa se comparada com materiais que substitui.(madeira por exemplo)

×