A engenharia no contexto normalizado..

301 visualizações

Publicada em

Aula promovida pelo Eng.º Amauri Lúcio em 10/2013 para 40 alunos do último período do curso de Engenharia de Produção Industrial das Faculdades OPET Curitiba, unidade Getúlio Vargas.

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A engenharia no contexto normalizado..

  1. 1. Amauri P. Lúcio
  2. 2. RESPONSÁVEL Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio AMAURI PEREIRA LÚCIO É engenheiro eletricista graduado pela Universidade de Taubaté (1987), especialista em Administração de Produção de Materiais pelo Instituto Nacional de Pós-Graduação (1992) e Excelência em Licenciamentos Ambientais (2012). Auditor líder para Sistemas de Gestão da Qualidade, atuou em diversas indústrias do setor eletroeletrônico foi Six Sigma Green Belt, na Solectron Industrial do Brasil Ltda. hoje Flextronics sediada em Sorocaba SP, responsável por diversas melhorias para redução de custos e eliminação de desperdícios através das metodologias Lean Manufacturing e Kaizen.
  3. 3. PODE ISSO GENTE? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  4. 4. PODE ISSO GENTE? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  5. 5. PODE ISSO GENTE? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  6. 6. PODE ISSO GENTE? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  7. 7. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio PODE ISSO GENTE?
  8. 8. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio PODE ISSO GENTE? Falha humana e mecânica levou à contaminação de suco AdeS, diz presidente da Unilever Do UOL, em São Paulo 26/03/201314h47 "O operário não detectou o final da produção de um lote. Daí, colocou o equipamento para funcionar de novo. E o equipamento permitiu o envase de uma solução de higienização", disse Fernandez à "Folha". Quatro mil pessoas, entre vendedores e operadores de estoque, foram mobilizadas para rastrear em três Estados (São Paulo, Rio e Paraná) as 96 unidades contaminadas - 46 foram localizadas.
  9. 9. PORQUE EXISTEM DEFEITOS? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  10. 10. DEPOIMENTOS ! Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio Como a Petrobras, quarta maior empresa do mundo de energia garante a competitividade? http://www.iso.org/iso/fr/home/news_index/news_archive/news.htm?refid=Ref1682&buffer_share=82d7a&utm_source=buffer "A Norma ISO 9001 é um modelo de referência para Gestão da Qualidade, disse Maria das Graças Silva Foster. Ele nos permitiu identificar as interfaces dos processos verticais da empresa, para melhor integrar as áreas de negócio e ajudar a melhorar a qualidade e produção que contribuem para a cadeia de valor da empresa até a entrega final do produto, para uma produtividade melhor e mais sustentável ".
  11. 11. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio NORMAS NÃO ATENDIDAS Cancelamento de Pedidos, Vendas perdidas, Perda de Clientes, Retrabalho, Desperdício de Tempo, Movimentação Desnecessária Falta de treinamento, Estoques Obsoletos, Erros de Faturamento, Tempo Improdutivo Viagens Desnecessárias, Demora na Cobrança, Solicitação de Material Errado Atividades Que Não Agregam Valor Reclamações
  12. 12. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio O QUE É NORMA É documento estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido, que fornece, para uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando à obtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto.
  13. 13. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio O QUE É NORMALIZAÇÃO Uma atividade que estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais, prescrições destinadas à utilização comum e repetitiva, com vistas à obtenção do grau ótimo de ordem, em um dado contexto.
  14. 14. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Comunicar: Proporciona os meios necessários para a troca adequada de informações entre clientes e fornecedores, com vista a assegurar a confiança e um entendimento comum nas relações comerciais;
  15. 15. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Simplificar: Reduz as variedades de produtos e de procedimentos, de modo a simplificar o relacionamento entre produtor e consumidor;
  16. 16. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Proteger o Consumidor: Define os requisitos que permitam aferir a qualidade dos produtos e serviços;
  17. 17. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Economizar: Diminui o custo de produtos e serviços mediante a sistematização, racionalização e ordenação dos processos e das atividades produtivas, com economia para fornecedores e clientes;
  18. 18. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Eliminar barreiras: Evita a existência de regulamentos conflitantes, sobre produtos e serviços, em diferentes países, de forma a facilitar o intermédio comercial.
  19. 19. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio OBJETIVOS DA NORMALIZAÇÃO •Segurança: Estabelece requisitos técnicos destinados a assegurar a proteção da vida humana, da saúde e do meio ambiente;
  20. 20. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO •Organiza mercados; •Estabelece linguagem única entre produtor e consumidor; •Impõe qualidade em produtos e serviços;
  21. 21. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO •Orienta concorrências públicas; •Aumenta a produtividade, com a consequente redução dos custos de produtos e serviços.
  22. 22. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO Estimativas da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e Departamento de Comércio dos EUA mostram que tanto as Normas e avaliações da conformidade (auditorias) têm um impacto sobre 80% do comércio mundial de commodities.
  23. 23. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO A Organização Mundial do Comércio – OMC – exige de seus membros a utilização de padrões normativos internacionais a fim de se evitar barreiras técnicas ao comércio que podem ser causados por diferenças de normas nacionais ou regionais.
  24. 24. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO Normalização contribuiu diretamente para o crescimento da economia francesa, para até 0,81%, ou quase 25% do crescimento do PIB em 2011.
  25. 25. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO Normas são uma alavanca econômica poderosa e, ao longo do tempo, poderá ser responsável pelo aumento de 1,0% - ou NZD 2,4 bilhões - aumento anual do PIB na economia da Nova Zelândia.
  26. 26. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO No Canadá, o crescimento no número de normas são responsáveis por 17% da taxa de crescimento da produtividade do trabalho e cerca de 9% da taxa de crescimento da produção econômica (PIB real) em relação ao período de 1981 a 2004. Se não tivesse havido crescimento nos padrões, neste período, o PIB real teria sido CDN 62 bilhões menor.
  27. 27. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO No Reino Unido, a constante utilização de Normas contribuiu com EUR 2,5 bilhões para economia, e crescimento de 13% da produtividade industrial. A normalização foi identificada como facilitadores da inovação e mudanças tecnológicas.
  28. 28. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO Uma série de estudos de caso pela ISO e organizações parceiras com base nas experiências de 11 empresas que operam em diversos setores de atividade em 10 países, mostram que a implementação de normas pode fornecer benefícios econômicos de entre 0,5% e 4% de receitas em suas vendas anuais.
  29. 29. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio BENEFÍCIOS DA NORMALIZAÇÃO A normalização é uma questão estratégica de negócios com impacto direto no desenvolvimento de novos produtos. Liderança em normalização = Liderança em Tecnologia
  30. 30. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio QUEM ESCREVE NORMAS NO BRASIL?
  31. 31. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio QUEM ESCREVE NORMAS NO BRASIL? •Fundada em 1940, a ABNT é o órgão responsável pela normalização técnica no país. Entidade privada sem fins lucrativos. •http://www.abnt.org.br/default.asp
  32. 32. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio QUEM ESCREVE NORMAS NO BRASIL? •É membro fundador da ISO (International Organization for Standardization), da COPANT (Comissão Panamericana de Normas Técnicas) e da AMN (Associação Mercosul de Normalização).
  33. 33. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio QUEM ESCREVE NORMAS NO BRASIL? •A ABNT é a única e exclusiva representante no Brasil das entidades internacionais: ISO e IEC (International Electrotechnical Commission);
  34. 34. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio COMITÊ BRASILEIRO - CB •As Normas Brasileiras são elaboradas nos Comitês Brasileiros (CB) da ABNT ou em Organismos de Normalização Setorial (ONS) por ela credenciados. A ABNT mantém atualmente 140 comitês, nas mais diversas áreas.
  35. 35. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio COMITÊ BRASILEIRO - CB
  36. 36. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio COMITÊ BRASILEIRO - CB
  37. 37. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio COMITÊ BRASILEIRO - CB http://www.abnt.org.br/m3.asp?cod_pagina=1033
  38. 38. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio IDENTIFICAÇÃO DE NORMA BR •ABNT NBR é a sigla de Norma Brasileira aprovada pela ABNT, fundamentada no consenso da sociedade. Torna-se obrigatória quando essa condição é estabelecida pelo poder público.
  39. 39. COMO COMPRAR NORMAS Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio http://www.abntcatalogo.com.br/default.aspx
  40. 40. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio COMO COMPRAR NORMAS •Impressa e encaminhada via correio. •Disponibilizada eletronicamente por tempo indeterminado, podendo ser impressa pelo próprio usuário.
  41. 41. Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio VALIDADE DE UMA NORMA •Cada CB técnico de estudo normativo, define os requisitos de validade, considerando sempre o conceito estabelecido pelos Organismos Internacionais, quando se tratar de Normas Internacionais.
  42. 42. NORMAS INTERNACIONAIS FAMOSAS Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio •ISO 9001– Qualidade •ISO 14001 – Ambiental •OHSAS 18001 – Segurança e Saúde •ISO/TS 16949 – Produção Automotiva •ISO 26000 – Responsabilidade Social •ISO 27000 – Segurança da Informação
  43. 43. COMO É UMA NORMA? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio •NBR - ISO 9001– Qualidade •ISO 9001 – INTERNATIONAL STD
  44. 44. DIVIDIDA POR SEÇÕES ESPECÍFICAS Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio 1- Objetivo 2- Referência Normativa 3- Termos e Definições 4- Sistema de Gestão da Qualidade 5- Responsabilidade da Direção 6- Gestão de Recursos 7- Realização do Produto 8- Medição, Análise e Melhoria
  45. 45. OBJETIVO DA NBR ISO 9001 ? Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio Esta Norma promove a adoção de uma abordagem de processo para o desenvolvimento, implementação e melhoria da eficácia de um sistema de gestão da qualidade para aumentar a satisfação do cliente pelo atendimento aos requisitos do cliente.
  46. 46. 4- Sistema de Gestão da Qualidade Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio O Sistema de Gestão da Qualidade é um conjunto de atividades e tarefas que devem ser executadas por todos envolvidos em uma empresa com certificcação, para garantir a qualidade dos seus produtos e/ou serviços.
  47. 47. 5- Responsabilidade da Direção Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio Ele define as ações que a alta direção executa para desenvolver e implementar nosso sistema. Por exemplo, identificar e comunicar os requisitos dos clientes a todos, estabelecer os Objetivos da Qualidade, conduzir análises críticas e muito mais.
  48. 48. 6 – Gestão de Recursos Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio Para implementar e manter o Sistema de Gestão da Qualidade, a organização deve determinar e fornecer recursos necessários.
  49. 49. 7 – Realização do Produto Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio A Organização deve planejar e desenvolver todos os processos para a realização do produto e registrar evidências de que o processo está atendendo os requisitos do cliente.
  50. 50. 8 – Medição, Análise e Melhoria Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio A Organização deve medir e analisar a conformidade dos produtos e serviços, do Sistema de Gestão da Qualidade e utilizar essas informações para planejar melhorias contínuas no sistema.
  51. 51. PERGUNTAS ! Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio
  52. 52. CONTATOS Qualidade | Meio Ambiente | Saúde & Segurança Coordenador: Amauri Pereira Lúcio amauri@lapservicos.com.br /consultoriadequalidade : pe_lucio 19 98403 4075 – TIM

×