Plano de Ensino - PUP - 1°Semestre de 2015

809 visualizações

Publicada em

Plano de Ensino - PUP - 1°Semestre de 2015

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
809
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
361
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de Ensino - PUP - 1°Semestre de 2015

  1. 1.   CURSO: Arquitetura e Urbanismo SÉRIE: 3º semestre DISCIPLINA: Projeto Urbano e Paisagismo (Conceitos e História do Paisagismo) CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 Horas/aula CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 Horas PROFESSORA: Carla Freitas | Leticia Teixeira PLANO DE ENSINO I – EMENTA Introdução ao urbanismo e ao paisagismo através de conceitos extraídos de bases teóricas selecionadas, de conhecimento histórico e do contato com os códigos de representação existentes, em escala local ou à unidade de vizinhança de tecidos urbanos de uso misto. II – OBJETIVOS GERAIS Introduzir o aluno na compreensão dos conceitos de espaço e paisagem urbanos. Definir os conceitos básicos em projeto urbano e paisagismo. Avaliar a importância das relações morfológicas em lógicas socioespaciais preexistentes. III – OBJETIVOS ESPECÍFICOS Introduzir o aluno na leitura e na prática projetual da paisagem e do espaço urbano em suas diversas dimensões conceituais. Avaliar e diagnosticar as estruturas morfológicas e funcionais dos espaços abertos, considerando acessos, circulações, fluxos e usos. IV – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1.Conceitos Definições de espaço urbano, paisagem, espaço público e espaço aberto. Tópicos de História do Paisagismo nacional e internacional, até a contemporaneidade. Introdução ao uso da vegetação como elemento estruturador do espaço. 2.Leituras da Paisagem Urbana Formas tradicionais de divisão do espaço construído (quadra, lote, edificação) e suas alternativas. Relações entre edificações e espaços abertos. Caracterização dos espaços abertos quanto a uso, distribuição, relação entre cheios e vazios. Relações entre o traçado de parcelamento tradicional e tipologias de espaços públicos. Articulações e hierarquias de espaços públicos.
  2. 2.   3.Leituras dos processos de produção do espaço urbano Produção imobiliária. Regulamentação urbanística (parcelamento, uso e ocupação do solo, índices urbanísticos). 4.Leituras dos aspectos funcionais do espaço urbano Sistemas de circulação de pedestres e veículos. Distribuição de atividades. 5.Prática de projeto Elaboração de diagnóstico como subsídio de projeto. Formulação de diretrizes de intervenção. Desenvolvimento de projeto de intervenção urbanística e paisagística. Desenvolvimento de técnicas de representação. V – ESTRATÉGIA DE TRABALHO Aulas expositivas, seminários, visitas técnicas e exercícios práticos que conduzam o aluno à compreensão das características do espaço urbano e à formulação de propostas de intervenção. VI – AVALIAÇÃO Provas, seminários e desenvolvimento de proposta projetual, com acompanhamento do processo de trabalho. 1. NP1 (10 pontos) 1.1.Resenha 1 (valor 10 pontos | peso 4) 1.2.Prova (valor 10 pontos | peso 6) 2. NP2 (10 pontos) 2.1.Resenha 2 (valor 10 pontos | peso 3) 2.2.Projeto Paisagismo (valor 10 pontos | peso 7) 3. Exame (10 pontos) VII – BIBLIOGRAFIA BÁSICA ABBUD, B. Criando paisagens: guia de trabalho em arquitetura paisagística. 4 ed. São Paulo, Senac, 2011. CAMPOS FILHO, C.M. Reinvente seu bairro: caminhos para você participar do planejamento de sua cidade. 2 ed. São Paulo, 34, 2010. LAMAS, J. M. R. G. Morfologia Urbana e Desenho da Cidade. 6 ed. Lisboa, Calouste Gulbenkian, 2011. VIII - BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR GEHL, J. Life between buildings: using public space. 6 ed. Washington DC, Island, 2011. NP1 = R1x4 + Px6 10 NP2 = R2x3 + PPx7 10
  3. 3.   GUERRA, A. “Quadra aberta: uma tipologia urbana rara em São Paulo”. Portal Vitruvius: Arquitextos. n. 124. 13p. abr. 2011. Disponível em <http://www.vitruvius.com.br/arquitextos>. HUTCHISON, E. O desenho no projeto da paisagem. São Paulo, Gustavo Gili Brasil, 2012. LEENHARDT, J. Nos jardins de Burle Marx. São Paulo, Perspectiva, 2010. PANZINI, F. Projetar a natureza: arquitetura da paisagem e dos jardins até a época contemporânea. São Paulo, Senac, 2013. LYNCH, K. A imagem da cidade. São  Paulo:  Martins  Fontes,  1997   KOHLSDORF, Maria Elaine. A Apreensão da Forma da Cidade. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1996. CULLEN, Gordon. Paisagem Urbana. Lisboa, Portugal: Edições 70. 1971. IX - CRONOGRAMA AULAS   DATA   ATIVIDADES  DA  DISCIPLINA   1 05/02 Apresentação do Plano de Curso e Cronograma 2 12/02 Aula expositiva – A imagem do ambiente (texto base “A imagem da cidade” Kevin Lynch) 3 19/02 Aula expositiva – A forma da cidade (texto base “A imagem da cidade” Kevin Lynch) 4 26/02 Aula expositiva – Paisagem urbana (texto base “Paisagem Urbana” Gordon Cullen) 5 05/03 Entrega da Resenha – Texto Kevin Lynch Aula expositiva – O espaço da cidade e sua estrutura 6 12/03 Aula expositiva – Apreensão da forma da cidade e Análises Topoceptivas 7 19/03 Aula expositva – Historia do Paisagismo – conceitos gerais 8 26/03 Aula expostiva – Historia do Paisagismo – conceitos gerais - 02/04 ATIVIDADES COMPLEMENTARES 9 09/04 NP1 - Prova 10 16/04 Aula expositiva – Historia do Paisagismo – conceitos gerais Brasil 11 23/04 Apresentação video | Aula expositiva elaboração de projetos de paisagismo 12 30/04 Aula expositiva – Espaço em paisagismo (texto base “Criando Paisagens” Benedito Abbud) | Início da orientação de projeto – proposta paisagística 13 07/05 Aula expositiva – Projetando com árvores (texto base “Criando Paisagens” Benedito Abbud) | Ateliê - orientação – proposta paisagística 14 14/05 Entrega da Resenha – Texto Benedito Abbud Ateliê - Orientação – proposta paisagística 15 21/05 Ateliê - Orientação – proposta paisagística 16 28/05 NP2 – Projeto Paisagismo - 04/06 FERIADO CORPUS CHRISTI 17 11/06 Revisão para Exame 18 18/06 Exame 19 25/06 Entrega de notas finais e revisão de notas Observações Importantes: • Cada aula equivale a 4 presenças. O limite de faltas tolerado para aprovação é igual a 16, ou quatro aulas (ou oito chamadas). qualquer excedente promoverá reprovação automática. • Este cronograma está sujeito a alterações, conforme andamento da disciplina

×