Apresentação do Formato: Hora da Escolha

346 visualizações

Publicada em

É um programa voltado ao público jovem, que mostra as várias faces das profissões e tudo o que envolve o seu conhecimento, desde a formação e especialização em cursos, ao dia-a-dia de diversos profissionais da área atuante no mercado.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação do Formato: Hora da Escolha

  1. 1. ORIGINAL CONTENT
  2. 2. _Hora da Escolha Criado e Desenvolvido por André Siqueira
  3. 3. • Introdução • Público-Alvo • O Jovem Universitário (pesquisa) • O Projeto • Plataformas • Cenário de Marketing _Índice
  4. 4. _Introdução
  5. 5. ... No Brasil, a maioria dos jovens se vê obrigada a escolher seu futuro profissional antes mesmo de completar 18 anos. A pressão vem de todos os lados: professores, pais e mídia. 
 
 Na escola ou no cursinho, exige-se que o jovem tenha certeza do que vai fazer para escolher o vestibular que irá prestar, mesmo não tendo o conhecimento do dia-a-dia da profissão escolhida. 
 
 É justamente por não ter esta certeza que muitos jovens acabam trancando o curso universitário ainda nos primeiros semestres, e sentindo-se perdidos em relação à escolha de seu futuro profissional. _Introdução
  6. 6. “Hora da Escolha” é voltado para esse jovem. É um programa que empatiza com os desafios e dúvidas pelos quais a maioria dos jovens passam durante esta fase. Mostra as várias faces das profissões existentes no mercado, e oferece informações desde a formação e especialização em cursos, ao dia-a-dia de diversos profissionais da área atuante. Muitas são as dúvidas e curiosidades do jovem em relação à sua vocação e “Hora da Escolha” é uma ferramenta de estudo aliada a entretenimento. _Introdução
  7. 7. _Público-Alvo
  8. 8. “Hora da Escolha” dialoga basicamente com o público jovem pré-universitário (ABCD 15-24 anos), que está prestando vestibular. São mais de 34 milhões de pessoas no Brasil. Porém, mais do que guiado pela faixa etária, o programa guia-se pela afinidade com o tema em questão. “Hora da Escolha” é um programa que se destina não só ao adolescente que está começando ou passando pelo momento de escolher um curso, uma profissão, uma carreira, mas para todas pessoas que desejam conhecer mais sobre o universo de determinadas profissões, além de estarem em busca de orientações sobre carreira, perspectivas de mercado, dicas sobre o mundo corporativo, etc. _Publico Alvo
  9. 9. _O Jovem Universitário
  10. 10. Para que “Hora da Escolha” fosse desenvolvido com foco nos interesses e desejos do jovem estudante e universitário; captamos, processamos e analisamos um amplo conjunto de informações sobre este universo, obtidas em diversas fontes de pesquisa. Uma vez finalizado, este procedimento deu origem a um estudo completo do público-alvo, seu perfil, aspirações e opiniões. Esta ferramenta foi fundamental para o resultado obtido. O projeto foi inteiramente desenvolvido com base nas conclusões obtidas. A seguir, são apresentadas algumas conclusões deste estudo. _O Jovem Universitário
  11. 11. Perfil do “Jovem Universitário” • Homens e Mulheres ABCD, de 15 a 24 anos. • População residente no território brasileiro: 34,1 milhões de jovens (20,1% do total da população). • Taxa de alfabetização: 96,8% (contra 88% da população em geral). _O Jovem Universitário
  12. 12. Indicadores • De cada dez universitários, sete trabalham. • Três em cada quatro jovens brasileiros está trabalhando ou tentando trabalhar. • Muitos jovens ainda mudam de curso universitário após o primeiro ano. _O Jovem Universitário
  13. 13. Principais valores • Possui interesse em constituir família e obter estabilidade financeira. • Sente ansiedade com relação ao mercado de trabalho. • Preocupa-se com a desvalorização do diploma. • As instituições têm dificuldade em perceber os desafios e dificuldades desta geração. _O Jovem Universitário
  14. 14. Principais valores • Falta de novas metodologias de ensino geram falta de entendimento entre alunos e professores. • Jovem ainda é egocêntrico e tem tendência a consumir. • O sistema de ensino não lhe proporcionou oportunidade de poder analisar criticamente assuntos de interesse. • Descrença e dificuldade em respeitar a autoridade. _O Jovem Universitário
  15. 15. Principais valores • Maioria dos jovens quer ficar rico “rapidamente”. Fixam como objetivo ganhar tanto dinheiro quanto os profissionais mais bem sucedidos em suas áreas de atuação. Não dão valor ao caminho que tais profissionais percorreram para "chegar lá“. • Universidade surge na vida do jovem como um “espaço” adequado para a reflexão e o início de mudança na vida dos jovens que dela fazem parte. _O Jovem Universitário
  16. 16. O Trabalho • O trabalho remunerado, e sua falta, ocupam hoje lugar de destaque na juventude. • É concebido como necessidade pela maioria, mas também como fator de crescimento, de conquista de independência. • A dificuldade de inserção no mercado de trabalho é percebida pelos jovens como principal componente negativo de sua condição juvenil. _O Jovem Universitário
  17. 17. Futuro Profissional • Muitos jovens ainda optam por seu primeiro curso universitário por modismo. • O jovem tem medo dos desafios profissionais que lhes serão apresentados num futuro próximo. Normalmente, em seu início de carreira, não se sente preparado para enfrentar o mercado de trabalho. _O Jovem Universitário
  18. 18. Principais preocupações • Riscos com relação às drogas, violência e a falta de trabalho. • Diante da diversidade cultural, falta a certeza – em virtude do excesso de informações contrapostas, é gerada a angústia. • Transformação dos valores culturais: efemeridade, mistura entre velho e novo, fragmentação, contradições e ambigüidades, individualismo e violência. _O Jovem Universitário
  19. 19. Principais preocupações • Angústia com relação a questões cruciais como “quem sou eu”, “o que eu quero”, e “do que sou capaz”. • Falta de modelos de comportamento maduros (pais, professores, figuras públicas). _O Jovem Universitário
  20. 20. Percepção dos meios de comunicação • Os meios de comunicação são superficiais (60%), tendenciosos (84%), sensacionalistas (83%), atendem a interesse de grupos (82%) e de governo (71%). Não são confiáveis (63%) nem independentes (63%). _O Jovem Universitário
  21. 21. Perfil e aspirações do jovem universitário • Ser bicultural. • Dominar o idioma português. • Ser fluente em um segundo idioma. • Lidar bem com a tecnologia. • Posicionar-se diante do binômio generalista / especialista. • Ter auto-conhecimento e auto-confiança. • Ter foco em sua carreira. • Ser persistente e paciente. • Saber trabalhar em conjunto. _O Jovem Universitário
  22. 22. Perfil e aspirações do jovem universitário • Saber trabalhar em conjunto; • Trabalhar com o que gosta de fazer; • Ter resistência à frustração; • Observar sua intuição; • Ter e manter um bom "network“; • Ter espírito empreendedor; • Ter competência para buscar e manter-se no emprego. Fontes: Instituto Via de Acesso, Universia, ABRH, Projeto Juventude, UNESCO, Palestra "Contradições na Educação Superior: o perfil do jovem contemporâneo e o Discurso Pedagógico“, “O jovem universitário e o mundo atual: Uma breve reflexão”, de Maria Helena Duarte de Oliveira, “Perfil do Jovem Universitário”, realizada pelo CEPAC. _O Jovem Universitário
  23. 23. _O Projeto
  24. 24. O objetivo de “Hora da Escolha” é dialogar com o público jovem, carente de programas informativos, e provocar identificação com seu universo, suas preocupações e anseios, seus desafios e dúvidas: O projeto leva em conta: • O tamanho deste universo; • Os valores, atitudes e opiniões deste grupo; • Seus hábitos de consumo de informação e entretenimento através dos meios. _O Projeto
  25. 25. Para uma visão completa dos atributos de “Hora da Escolha”, a apresentação do projeto está dividida nos itens: • Especificações; • Argumento; • Estrutura Narrativa; • Linguagem. _O Projeto
  26. 26. Especificações “Hora da Escolha” possui as seguintes especificações técnicas: • Formato: Revista Eletrônica; • Gênero: Jornalístico / Jovem; • Duração: 24 minutos; • Episódios: 10 episódios; • Periodicidade: semanal; • Exibição: a definir. _O Projeto
  27. 27. Argumento “Hora da Escolha” é um programa voltado ao público jovem, que mostra as várias faces das profissões e tudo o que envolve o seu conhecimento, desde a formação e especialização em cursos, ao dia-a-dia de diversos profissionais da área atuante no mercado. Muitas são as dúvidas e curiosidades do jovem em relação à sua vocação e “Hora da Escolha” é uma ferramenta de estudo aliada ao entretenimento. _O Projeto
  28. 28. Argumento O contato direto com as profissões e seu universo são as bases da construção narrativa das matérias sobre as profissões, com edição ágil e linguagem moderna. Em formato de revista eletrônica, o programa traz entrevistas com profissionais de destaque, visita aos universos da profissão, como funcionam, bate papo com estudantes, experts, professores, outros profissionais ligados às áreas, além de dicas de livros, filmes, sites na internet e interatividade. _O Projeto
  29. 29. Estrutura Narrativa “Hora da Escolha” oferece uma maneira dinâmica, divertida e interessante de se informar e conhecer mais sobre profissões e o mercado de trabalho. A estrutura narrativa parte da seguinte premissa: “Eu quero conhecer os caminhos dessa profissão”. A dupla de apresentadores tem a função de ser o elo entre o espectador e o objeto de investigação. “Se eu fosse procurar saber mais sobre determinado tipo de trabalho, aonde eu iria e com quem falaria?” Essa busca forma o leque das múltiplas abordagens do programa, durante toda a temporada, composta por 10 episódios. _O Projeto
  30. 30. Estrutura Narrativa A cada episódio cria-se um mosaico no qual, ao mesmo tempo em que se mostra a rotina de trabalho de várias ramificações da profissão em foco, profissionais dão depoimentos, jovens tiram dúvidas, os apresentadores experimentam na prática o dia de trabalho, entre outras curiosidades que compõem um panorama completo e diversificado da atividade retratada. A interatividade, por meio de redes sociais como o facebook e o twitter, propõem discussões sobre cada segmento criando canais para troca de informações, impressões e opiniões do público espectador. _O Projeto
  31. 31. Linguagem Entender os desafios do jovem, conseguir transmitir credibilidade e seriedade, e ao mesmo tempo fazê-lo de maneira moderna, ágil e dinâmica é o principal trunfo de “Hora da Escolha”. Elementos como edição, trilha, figurino e cenário são desenvolvidos com uma linguagem contemporânea, sempre alinhada às principais tendências de comunicação jovem. _O Projeto
  32. 32. Linguagem O programa será realizado por um casal de jovens apresentadores, um “nerd" (homem) e uma “popular" (mulher) - antenados, descolados, inteligentes, que funcionem como modelos de referência para todos os públicos. São apresentadores que, inclusive, terão passado pela mesma experiência que os pré- vestibulandos enfrentarão. Desta maneira o programa se aproximará tanto quanto possível de seu público. _O Projeto
  33. 33. _Plataformas
  34. 34. “Hora da Escolha” assume, desde o início, seu caráter multiplataforma e interativo. Falar com o público jovem, hoje em dia, pressupõe o entendimento de seus hábitos de consumo de informação e de tecnologia. Para se ter contato de qualidade com este público, faz-se imprescindível a transposição de “Hora da Escolha” para as plataformas digitais, como a Internet e o celular. _Plataformas
  35. 35. • Geração multimeios – utiliza várias plataformas ao mesmo tempo, não só para se informar como também para se socializar. • A Internet tem importância na rotina diária dos jovens. • Navegam por diversos conteúdos ao mesmo tempo e mantêm contato com vários pares através de redes sociais e whatsapp. • A Internet e o celular são as mídias preferidas por este público. _Plataformas
  36. 36. Facebook Consumo de múltiplas plataformas – comunidades sociais Twitter YouTube _Plataformas
  37. 37. _Cenário de Marketing
  38. 38. Posicionamento • Programa de conteúdo informativo que aborda tema de interesse do jovem / pré- vestibulando – público carente de programação focada em seu universo. • Linguagem jovem, ritmo ágil e conteúdo de interesse segmentado: elementos obrigatórios na comunicação com o público-alvo. • Prestação de serviço produzido em cima do conceito de Branded Entertainment alternativa à baixa retenção e crescente resistência do público com as mensagens publicitárias tradicionais. _Cenário de Marketing
  39. 39. Abrangência • Tanto o formato quanto a dinâmica do programa permitem a rápida migração e adaptação do conteúdo para internet (site do cliente + redes sociais) e mobile, permitindo a interatividade do público e, conseqüentemente, seu envolvimento com o canal de veiculação. • Possibilita melhorar os serviços aos espectador, permitindo que ele possa interagir e até influenciar o conteúdo. _Cenário de Marketing
  40. 40. Benefícios Diretos • Alto valor agregado, trata-se de um conteúdo informativo, educativo e cultural. • Buzz imediato em função da qualidade do produto, seu público-alvo e cunho educacional. • Pionerismo como solução de comunicação capaz de promover sua marca, produtos e serviços com mais eficácia, por meio do envolvimento emocional de seus potenciais clientes. Na medida em que o público se entretém com o conteúdo exibido, a empresa automaticamente se apropria dessa receptividade positiva, por estar intimamente vinculada ao projeto. _Cenário de Marketing
  41. 41. _Agradecimento
  42. 42. _Agradecimento Agradeço a oportunidade oferecida para a apresentação deste projeto. Estou à disposição em caso de qualquer dúvida. Contatos: André Siqueira: E-mail: andre.siqueira@trunkshot.com Telefone: (041) 3528-3190

×