STC_5 - Os Satélites

3.364 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

STC_5 - Os Satélites

  1. 1. SATÉLITES<br />Como meios de comunicação<br />
  2. 2. Introdução<br />Um satélite sofre uma determinada aceleração que é independente da sua massa mas depende da altitude a que o satélite se encontra. <br />A trajectória do satélite vai depender da sua aceleração e das suas condições iniciais: a posição inicial e a velocidade inicial.<br />A experiência pensada de Newton explica porque é que os satélites não caem para a Terra, apesar de serem constantemente puxados pela força gravítica para o centro da Terra.<br />
  3. 3. Introdução<br />
  4. 4. Introdução<br />Foi assim que a 4 de Outubro de 1957 o lançamento surpreendeu o Mundo, assim tinha começado a corrida ao espaço com o Sputnik 1, muito embora ele não fizesse mais nada do que o característico “BEEP BEEP” mas já era um sinal de que havia uma Nação com capacidade de colocar algo em orbita.<br />
  5. 5. Intrudução<br />Muito embora os Americanos já tivessem um Satélite o Vanguard 1 criado por WernerVonBraun e os seus sistemas de rastreio já estivessem operacionais a 1 de Outubro de 1957 ele não pode ser lançado por outros motivos técnicos.<br />
  6. 6. Introdução<br />Já no dia seguinte ao lançamento do Sputnik 1, WernhervonBraun prometia o lançamento do Explorer 1 dentro de um prazo de 90 dias. A culminar desta reacção foi a criação da NASA em 29 de Julho de 1958, através do "National Aeronautics andSpaceActof 1958". <br />
  7. 7. Introdução<br />VonBraun obteve sucesso no lançamento do Explorer 1, o primeiro satélite norte-americano, no dia 1 de Fevereiro de 1958.<br /><ul><li>Concebido pela sua equipa, com um peso de 5 quilos, estava equipado com um contador geiger e um transmissor rádio, e acabou por descobrir o cinturão magnético deVanAllen que protege a terra da radiação solar. </li></li></ul><li>Introdução<br />Assim se deu inicio à era dos satélites <br />
  8. 8. Desenvolvimento<br />Um satélite artificial é qualquer corpo feito pelo homem e colocado em órbita ao redor da Terra ou de qualquer outro planeta. Hoje em dia, ao contrário do que ocorria no início da história dos satélites artificiais, o termo satélite vem sendo usado praticamente como um sinónimo para "satélite artificial". O termo "satélite artificial" tem sido usado quando se quer distingui-los dos satélites naturais, como a Lua.<br />
  9. 9. Desenvolvimento<br />Actualmente estão em órbita, para além dos satélites do sistema de GPS, satélites de comunicações, satélites científicos, satélites militares e uma grande quantidade de lixo espacial.<br />
  10. 10. Desenvolvimento<br />Os satélites de comunicações são satélites que retransmitem sinais entre pontos distantes da Terra. Estes satélites servem para retransmitir dados, sinais de televisão, rádio ou mesmo telefone. <br />
  11. 11. Desenvolvimento<br />Os telefones satélite mais recentes baseiam-se numa rede Iridium, uma constelação de satélites de baixa altitude (LEO).<br />
  12. 12. Desenvolvimento<br />Os satélites científicos são utilizados para observar a Terra ou o espaço ou para realizar experiências em micro gravidade. <br />
  13. 13. Desenvolvimento<br />Os satélites de observação da Terra permitem estudar as mudanças climáticas, estudar os recursos naturais, observar fenómenos naturais, cartografar cidades e até para espionagem.<br />Alguns satélites tem uma resolução de 1m, mas existe rumores de satélites secretos com maior poder de resolução<br />
  14. 14. Desenvolvimento<br />O Espaço é o local ideal para observações astronómicas porque a luz emitida pelas estrelas não é perturbada pela atmosfera terrestre. Por este motivo os cientistas optaram por colocar o telescópio Huble em órbita junto a outros que utilizam ondas de radar para cartografar o espaço.<br />
  15. 15. Desenvolvimento<br />O espaço é também o local ideal para se realizarem experiências em condições de micro gravidade. Estas experiências são realizadas a bordo do módulo orbital do Vaivém Espacial e a bordo da Estação Espacial Internacional.<br />
  16. 16. Desenvolvimento<br />Biosatélites --- são satélites projectados para levar para o espaço organismos vivos para experiencias científicas. <br />Satélites miniaturizados--- são satélites com dimensões e massas reduzidas. Hoje, esses satélites são categorizados como minisatélites (500 – 200 kg), microsatélites(menos de 200 kg) e nanosatélites(menos de 10 kg). <br />
  17. 17. Desenvolvimento<br />Satélites de energia solar--- São satélites que usam painéis solares para captar a energia solar que convertem num feixe de microondas, transmitido para grandes antenas na Terra por potentes transmissores a bordo do satélite. A energia captada pela antena pode então ser usada como uma fonte alternativa de energia. <br />Estações espaciais--- São estruturas fabricadas pelo homem e projectadas para permitir que seres humanos possam viver no espaço exterior. Por outro lado as estações espaciais são projectadas para permitir a permanência humana por médios períodos de tempo, que variam de semanas até alguns anos. <br />
  18. 18. Desenvolvimento<br />A comunicação via satélite tornou-se, desde a sua criação, a maior evolução do homem no requisito da comunicação. Através da comunicação via satélite foram possíveis vários progressos, entre eles e com destaque a área das telecomunicações e no transporte aéreo. Isto melhorou substancialmente a segurança e o desenvolvimento mundial. <br />
  19. 19. Desenvolvimento<br />Com o avanço das tecnologias em microinformática, o satélite passou a ser também o mais importante meio de transmissão de dados, podendo interligar qualquer parte do mundo em tempo quase real. Os satélites de comunicação oferecem uma tecnologia complementar àquela das fibras óptica em cabos submarinos de comunicação. <br />
  20. 20. Desenvolvimento<br />Eles também são usados nas comunicações com navios e aviões, o que não pode ser feito por outras tecnologias. É utilizado para transmissões de sinais de telefonia, rádio, TV e outros, recebidos da Terra, para outros pontos de recepção distribuídos em extensa área. No começo dos anos 60, determinou uma radical renovação das telecomunicações, tornando possíveis, entre outras, a transmissão de sinais de TV ao vivo entre continentes e a formação das redes de TV. <br />
  21. 21. Desenvolvimento<br />Para a actividade publicitária, foi o uso do satélite que massificou a modalidade de propaganda nacional. Em rádio e TV, os satélites servem não só para a difusão do sinal gerado na cabeça de rede como também para a captação de imagens e sons de eventos desportivos, notícias para os programas jornalísticos etc. <br />
  22. 22. Desenvolvimento<br />O rápido incremento tecnológico vem ampliando consideravelmente a utilidade dos satélites de comunicação, principalmente para uso em jornalismo, permitindo o envio de sinal a partir de equipamentos portáteis, controlados por um único <br /> operador e alimentados por <br /> baterias solares. <br />
  23. 23. Desenvolvimento<br />Os satélites de comunicação possibilitam transmitir milhões de chamadas telefónicas, mensagens e informações. Pela internet em tempo real para todas as partes do mundo.<br />
  24. 24. Conclusão<br />Resumindo podemos dizer que nos dias de hoje era quase impossível vivermos sem os satélites, pois estamos dependentes deles para as nossas comunicações telefónicas, internet, ciência, navegação GPS, combate ao crime, etc…<br />
  25. 25. Bibliografia<br />- Textos próprios<br />- Paginas da internet: <br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Sat%C3%A9lite_artificial<br />http://www.nasa.gov/externalflash/SpaceAge/<br />
  26. 26. Créditos<br />Obrigado pela atenção dispensada<br />Trabalho de Grupo para STC: Carlos Cebola, José Dias e Paulo Santos<br />

×