PROINFO-2013ELABORAÇÃO DE SLIDES USANDO OPOWERPOINT
A CIGARRA E A FORMIGA
NUM DIA SOALHEIRO DE VERÃO, ACIGARRA CANTAVA FELIZ.
ENQUANTO ISSO, UMA FORMIGA PASSOU POR PERTO.VINHA AFADIGADA, CARREGANDO PENOSAMENTE UMGRÃO DE MILHO QUE ARRASTAVA PARA OFO...
-POR QUE NÃO FICAS AQUI A CONVERSAR UM POUCO COMIGO, EMVEZ DE TE AFADIGARES TANTO? – PERGUNTOU-LHE A CIGARRA.-PRECISO DE A...
- Por que me hei-de preocupar com o Inverno?Comida não nos falta... – respondeu a cigarra,olhando em redor.
A FORMIGA NÃO RESPONDEU, CONTINUOU OSEU TRABALHO E FOI-SE EMBORA.
QUANDO O INVERNO CHEGOU, A CIGARRA NÃO TINHA NADA PARACOMER. NO ENTANTO, VIU QUE AS FORMIGAS TINHAM MUITACOMIDA PORQUE A T...
A CIGARRA TREMIA DE FRIO, ESTAVAFAMINTA E MUITO MAGRA. A FORMIGA,VENDO-A DAQUELE JEITO. PERGUNTOU: -DONA CIGARRA, QUE SURP...
-É QUE EU PEGUEI UMA GRIPE MUITO FORTE. DISSE ACIGARRA. POR ISSO, NÃO POSSO CANTAR. AFORMIGUINHA FICOU PENALIZADA. -QUE PE...
A FORMIGA DEIXOU-A ENTRAR. EM POUCO TEMPO, ACIGARRA SE RECUPEROU E COMEÇOU A CANTAR, MUITOEMOCIONADA E CONTENTE COM A BOND...
FIM
História da cigarra e a formiga Proinfo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da cigarra e a formiga Proinfo

1.145 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
95
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da cigarra e a formiga Proinfo

  1. 1. PROINFO-2013ELABORAÇÃO DE SLIDES USANDO OPOWERPOINT
  2. 2. A CIGARRA E A FORMIGA
  3. 3. NUM DIA SOALHEIRO DE VERÃO, ACIGARRA CANTAVA FELIZ.
  4. 4. ENQUANTO ISSO, UMA FORMIGA PASSOU POR PERTO.VINHA AFADIGADA, CARREGANDO PENOSAMENTE UMGRÃO DE MILHO QUE ARRASTAVA PARA OFORMIGUEIRO.
  5. 5. -POR QUE NÃO FICAS AQUI A CONVERSAR UM POUCO COMIGO, EMVEZ DE TE AFADIGARES TANTO? – PERGUNTOU-LHE A CIGARRA.-PRECISO DE ARRECADAR COMIDA PARA O INVERNO – RESPONDEU--LHE A FORMIGA. – ACONSELHO-TE A FAZERES O MESMO.
  6. 6. - Por que me hei-de preocupar com o Inverno?Comida não nos falta... – respondeu a cigarra,olhando em redor.
  7. 7. A FORMIGA NÃO RESPONDEU, CONTINUOU OSEU TRABALHO E FOI-SE EMBORA.
  8. 8. QUANDO O INVERNO CHEGOU, A CIGARRA NÃO TINHA NADA PARACOMER. NO ENTANTO, VIU QUE AS FORMIGAS TINHAM MUITACOMIDA PORQUE A TINHAM GUARDADO NO VERÃO.DISTRIBUÍAM-NA DIARIAMENTE ENTRE SI E NÃO TINHAM FOMECOMO ELA. A CIGARRA COMPREENDEU QUE TINHA FEITO MAL...
  9. 9. A CIGARRA TREMIA DE FRIO, ESTAVAFAMINTA E MUITO MAGRA. A FORMIGA,VENDO-A DAQUELE JEITO. PERGUNTOU: -DONA CIGARRA, QUE SURPRESA! FAZTEMPO QUE NÃO A OUÇO CANTAR, O QUEACONTECEU?
  10. 10. -É QUE EU PEGUEI UMA GRIPE MUITO FORTE. DISSE ACIGARRA. POR ISSO, NÃO POSSO CANTAR. AFORMIGUINHA FICOU PENALIZADA. -QUE PENA! ESPEROQUE RECUPERE SUA VOZ LOGO, DONA CIGARRA.
  11. 11. A FORMIGA DEIXOU-A ENTRAR. EM POUCO TEMPO, ACIGARRA SE RECUPEROU E COMEÇOU A CANTAR, MUITOEMOCIONADA E CONTENTE COM A BONDADE DA FORMIGA.
  12. 12. FIM

×