Tonoscopia e crioscopia

6.368 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tonoscopia e crioscopia

  1. 1. Propriedadescoligativas Química | Colégio Gênesis | 2º Ano EM.
  2. 2. PROPRIEDADES COLIGATIVAS  Os efeitos coligativos dependem unicamente de quantidade de partículas de soluto não-volátil envolvido, não importando sua natureza. A análise dessas propriedades é feita com base na interação entre as pratículas do soluto não-volátil e as moléculas dos solvente. Essas móleculas dificultam a passagem do do solvente para o estado de vapor ou congelamento.
  3. 3. SOLUÇÕES MOLECULARES E IÔNICAS   Soluções Moleculares: Apresentam predominância na ligação covalente. Quando dissolvidos em solução, tendem a não formar partículas iônicas (ácidos em amônia formam íons em solução aquosa). Por exemplo, a glicose, que em água não forma particulas iônicas.  Soluções Iônicas: Apresentam predominância na ligação covalente. Quando dissolvidos em solução, formam partículas iônicas. Por exemplo, o cloreto de sódio (NaCl), que em água forma íons em solução
  4. 4.
  5. 5.
  6. 6. DIVISÃO DIDÁTICA DAS PROPRIEDADES COLIGATIVAS  Tonoscopia; Ebulioscopia; Crioscopia; Osmoscopia. Nessa apresentação, aprenderemos um pouco sobre Ebulioscopia e Crioscopia.
  7. 7. Ebuliosco pia Ebulioscopia ou Ebuliometria é a propriedade coligativa que estuda a elevação da temperatura de ebulição do solvente em uma solução.
  8. 8. O QUE É?  Para que um líquido entre em ebulição é necessário aquecê-lo até que a pressão de vapor fique igual à pressão atmosférica, até aí tudo bem, mas quando existem partículas insolúveis em meio ao solvente o processo é dificultado, a Ebulioscopia surge então para explicar este fenômeno.
  9. 9. FÓRMULA  A fórmula usada para o cálculo é: Δte = Te2 - Te, onde: Te = temperatura de ebulição da solução Te2 = temperatura de ebulição do solvente
  10. 10. EXEMPLO  Um exemplo de Ebulioscopia surge no preparo do café: quando adicionamos açúcar na água que estava prestes a entrar em ebulição. Os cristais de açúcar antes de serem dissolvidos pelo aquecimento constituem partículas que retardam o ponto de ebulição da água, ou seja, o líquido vai demorar um pouco mais a entrar em ebulição
  11. 11. CRIOSCOPI A  Também conhecida como Criometria, a Crioscopia estuda adiminuição do ponto de congelamento de um líquido causado pelo soluto não-volátil.
  12. 12. O QUE É?  A Crioscopia pode ser explicada assim: quando se adiciona um soluto não-volátil a um solvente, as partículas deste soluto dificultam a cristalização do solvente dando origem à propriedade descrita. As propriedades coligativas em geral, se originam a partir da redução do potencial químico do solvente em contato com o soluto, que causa o aumento da temperatura de ebulição e a diminuição do ponto de fusão.
  13. 13. FÓRMULA  A fórmula que permite calcular essa propriedade é a seguinte: Δtc = Tc2 - Tc, onde: Tc = temperatura de congelamento da solução Tc2 = temperatura de congelamento do solvente
  14. 14. EXEMPLOS  O ponto de congelamento da água pura é superior ao da água poluída, por quê? A água poluída possui partículas não-voláteis que dificultam o congelamento deste líquido, já a água purificada, isenta de qualquer corpo estranho, chega à cristalização mais rapidamente.
  15. 15. Fim! Aline Negromente dos Santos nº 01Anny Helen Medeiros do Espirito Santo nº 02Fernanda The Soares nº 05João Victor Pinto Ferrari nº 10Lucas Rossi Novaes de Campos nº 12

×