Organismos Geneticamente Modificados - OGM.

2.642 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre Organismos Geneticamente Modificados, com foco nos alimentos transgênicos e seus prós e contras a sociedade e a saúde humana e o ecossistema.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
289
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Organismos Geneticamente Modificados - OGM.

  1. 1. OGMOrganismos Geneticamente Modificados
  2. 2. Definição: • OGM é a sigla de Organismos Geneticamente Modificados. • Os OGMs possuem alteração em trechos do genoma realizadas através da tecnologia do RNA /DNA recombinante ou engenharia genética. • OGMs e transgênicos não são sinônimos: todo transgênico é um organismo geneticamente modificado, mas nem todo OGM é um transgênico.
  3. 3. Paul Berg: • A técnica criada por Berg é conhecida como técnica do "DNA- recombinante“. • Com a biotecnologia moderna é possível realizar trocas genéticas entre animais e plantas, o que somente é possível com a ação humana. • Paul Berg foi agraciado com o prêmio Nobel de química em 1980 pela invenção dessa técnica.
  4. 4. Stanley Cohen e Herbet Boyer: • Portanto, os pioneiros desta técnica foram os cientistas Stanley Cohen e Herbet Boyer em 1973, através da introdução de um gene de uma rã no interior de uma bactéria
  5. 5. TÉCNICASComo são obtidos e produzidos.
  6. 6. DNA Recombinante: • Permite juntar na mesma molécula de DNA genes provenientes de organismos diferentes. • Possibilita retirar genes de uma espécie e introduzir num microrganismo, que posteriormente se vai multiplicar e assim produzir inúmeras copias desse gene e consequentemente o produto desse gene.
  7. 7. DNA complementar: • O DNA complementar (cDNA) é DNA sintetizado a partir de um molde de mRNA maduro, numa reação catalisada por duas enzimas, a Transcriptase Reversa e a polimerase do DNA.
  8. 8. PCR(Reação em Cadeia Polimerase): • De um modo geral, a técnica PCR pode ser considerada como um meio de clonagem e baseia-se na ampliação do DNA, replicando-o. O processo resume-se em três fases.
  9. 9. Bombardeamento de partículas: • Através de um aparelho "canhão de genes", as partículas são aceleradas a altas velocidades e bombardeiam o tecido vegetal que vai sofrer a transformação.
  10. 10. UTILIZAÇÃO Para quais fins são utilizados os OGMs?
  11. 11. Vegetais e Plantas: • Tolerância a insetos (algodão , batata, milho); • Tolerância a herbicidas (algodão, milho); • Tolerância viral (papaia , abóbora , batata , tabaco , etc); • A tolerância à seca.
  12. 12. Animais: • Aumento da produção de leite; • Aumento da massa muscular; • Variação de cores e tamanhos para o comércio;
  13. 13. Saúde: • A terapia genica, ou Gene terapia. • Produção de Proteínas. O melhor exemplo é o da insulina.
  14. 14. É SEGURO? Prós e Contras dos OGMs.
  15. 15. Prós: • Resistência à doença; • Tolerância a herbicidas; • Resistência a insectos; • Menor acumulação de metais pesados; • Maior resistência e durabilidade; • Alimentos mais nutritivos; • Aumento na produção de alimentos; • Desenvolvimento de espécies com características desejáveis; • Redução do dinheiro gasto em pesticidas; • Podem ser cultivados em solos que normalmente não estão aptos para ser cultivados.
  16. 16. Contras à saúde humana: • Resistência das bactérias existentes no organismo humano a antibióticos. • Alterações no sistema imunológico e em vários órgãos vitais. • Alergias alimentares.
  17. 17. Contras ao meio ambiente: • Perda da diversidade genética na agricultura; • Poluição e mutações genética; • Surgimento de pragas; • Extermínio de insectos benéficos para a agricultura; • Mudanças na vida microbiana do solo; • Irreversibilidade dos impactos na natureza.
  18. 18. Polêmica dos ratos: • O tempo para se aprovar uma semente transgênica atualmente é de três meses. • Segundo os pesquisadores da Universidade de Caen na França os tumores começaram a aparecer após o quarto e sétimo mês de experiência.
  19. 19. Problemas éticos e religiosos: • Por exemplo parte significativa da população mundial não come carne de porco, e os vegetarianos não comem proteínas de origem animal. • Por norma europeia todos os alimentos com mais de 1% de transgénicos devem referir a frase: “este produto contém organismos geneticamente modificados”.
  20. 20. OGMs NO BRASIL A transgenia em solo brasileiro.
  21. 21. MONSANTO E outras multinacionais.
  22. 22. Questões socioeconômicas: • A produção de transgênicos está dentro de um sistema de agroindústria. Este tipo de sistema agroindustrial apenas beneficia as grandes empresas como Monsanto, Pioneer, Syngenta que monopolizam a venda de produtos desta indústria (sementes e agrotóxicos...). • Adquirir sementes patenteadas e entrar no monopólio de sementes (transgênicas ou não) criados pela agroindústria, conduzirá os povos à perda da sua soberania alimentar e à perda de recursos alimentares.
  23. 23. ROTULAGEM Como identificar transgênicos
  24. 24. DEBATE Discussão com a sala
  25. 25. •Os alimentos geneticamente modificados são perigosos ou as pessoas estão apenas receosas de algo novo?
  26. 26. •Tratando-se de um ramo novo e em desenvolvimento na ciência, nós temos conhecimentos suficientes para passarmos a consumir com segurança alimentos transgênicos?
  27. 27. •A produção dos alimentos geneticamente modificados não faria parte do desenvolvimento humano e cientifico? Seria certo nós combatermos algo que poderia nos proporcionar alimentos mais saudáveis e nutritivos simplesmente por medo?
  28. 28. Obrigado(a)! Alana Sanches, 02. Alef Biral, 03. Aline Negromonte, 04. Breno Henrique, 17. Monalisa Bispo Dallava, 58. Biomedicina 1/2015 – Turma A13. Sala 109 – Campus Liberdade – Manhã. Profº Ms. Leandro Barbato – Biologia Geral. FMU – Faculdades Metropolitanas Unidas.

×