Presença Digital: A importância das Redes Socias

2.639 visualizações

Publicada em

Aula ministrada na Academia de Competências em novembro de 2011 para os colaboradores internos da Theraskin.

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.639
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Presença Digital: A importância das Redes Socias

  1. 1. PRESENÇA DIGITAL: A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS Aline Felix Nogueira Novembro / 2011
  2. 2. OBJETIVOS • Apresentar as estratégias de presença digital em seus vários tipos • Entender o consumidor on-line e seu comportamento • Conhecer fenômeno das redes sociais e sua influência na imagem corporativa • Aprender as boas práticas de marketing pessoal nas redes sociais
  3. 3. ROTEIRO • Conceito de Presença Digital • O consumidor on-line e seu comportamento • Redes Sociais: conceito e cases • Marketing Pessoal nas Redes Sociais
  4. 4. CONCEITO Presença O estado de algo estar presente em algum lugar, ou seja, existir em um determinado momento e lugar. O que consiste em Presença Digital? Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  5. 5. CONCEITO Presença Digital Refere-se à existência de algo (pessoas, marcas, empresas, coisas e etc) no ambiente digital. O que consiste em Presença Digital? Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  6. 6. CONCEITO A internet das empresas Web 1.0 Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  7. 7. CONCEITO A internet das pessoas Web 2.0 Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  8. 8. CONCEITO A internet das coisas Web 3.0 Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  9. 9. CONCEITO Presença Própria Ativos (conteúdos) digitais com a marca da empresa construídos e mantidos pela própria entidade, como website da empresa, website mobile, blog, perfis construídos em redes sociais digitais, jogos, aplicativos ou filmes de entretenimento construídos com a marca da empresa. Tipos de Presença Digital Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  10. 10. CONCEITO Presença Gratuita (ou ganha) Ativos digitais com a marca da empresa gerados e ganhos de forma orgânica na internet, como fazer parte dos resultados de busca orgânica nos buscadores (Google, Yahoo, Bing etc) e comentários e conteúdos gerados nas redes sociais, originando mídias digitais sobre a empresa/marca. Tipos de Presença Digital Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  11. 11. CONCEITO Presença paga Ativos digitais com a marca da empresa comprados, pagos, pela empresa, como: a.Anúncios em banners de sites, blogs, redes sociais, jogos, aplicativos, conteúdos de entretenimento, mobile TV etc.; b.Links patrocinados; c.Qualquer outro tipo de conteúdo pago. Tipos de Presença Digital
  12. 12. CONCEITO A presença digital determina os pontos de contato do público com a marca/empresa. Pontos de contato Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  13. 13. CONCEITO A presença digital da mesma forma que a presença da empresa/marca no mundo físico, deve estar totalmente alinhada com o posicionamento da marca/produto e oferecer a melhor relação possível entre experiência para o público alvo e o retorno da marca. Premissas Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  14. 14. CONCEITO Plataformas Digitais • Páginas – Conteúdo Proprietário • Site & Blog • E-mail mkt • Realidades Mistas • Realidade Virtual – Second Life • Virtualidade Aumentada • Realidade Aumentada • Realidade Pura • Mobile • Mobile Tagging & QRCodes • Bluetooth • GPS/Estratégias Locativas • RFID • SMS • App • Mobile TV • Social media • SMM, SMO & WOMM • Orkut, Myspace, Facebook, Linkedin, etc • Slide Share/ You tube/ Delicious • RSS Feeds • FlickR • Twitter • Digg • Etc.. • Busca • Google, Bing, Yahoo, etc. • SEM/SEO/Busca Universal/Social Search • Branded Content • Tecnologias Emergentes • Interfaces de Voz (v-commerce) • Web TV (ex. Justin, TV) Fonte: Livro Marketing na Era Digital – Martha Gabriel
  15. 15. CONSUMIDOR ON-LINE
  16. 16. CONSUMIDOR ON-LINE Perfil Fonte: http://idgnow.uol.com.br/internet/2011/10/31/brasil-torna-se-tercei...
  17. 17. CONSUMIDOR ON-LINE Perfil A maioria dos usuários tem entre 15 e 34 anos
  18. 18. CONSUMIDOR ON-LINE Perfil As mulheres entre 35 e 54 anos passam mais tempo na internet do que os homens da mesma idade
  19. 19. CONSUMIDOR ON-LINE Categorias
  20. 20. CONSUMIDOR ON-LINE Redes Sociais
  21. 21. CONSUMIDOR ON-LINE Redes Sociais
  22. 22. CONSUMIDOR ON-LINE Vídeos
  23. 23. CONSUMIDOR ON-LINE Vídeos O público masculino tem preferência por conteúdo em vídeos
  24. 24. CONSUMIDOR ON-LINE Vídeos em todas as telas
  25. 25. CONSUMIDOR ON-LINE “O virtual invade o real. Não se trata de tecnologia, mas de estilo de vida.” Fonte: Palestra Gil Giardelli – Inovação e Marketing Digital
  26. 26. REDES SOCIAIS
  27. 27. REDES SOCIAIS Panorama Inovação Mobile Imagem de Marca Relacionamento Oportunidades de Negócios e Serviços
  28. 28. REDES SOCIAIS Inovação • Força da comunidade para desenhar novos produtos e serviços • Criar conexão com o mundo off e on line • Comunidade inserida no seu ambiente
  29. 29. REDES SOCIAIS Barrinha Taeq do meu jeito Case Nescau 2.0 Oportunidades de Negócios e Serviços • Pesquisa em tempo real de assunto de interesse de sua marca • Oportunidade de melhorar serviços e produtos (Roll out) • Criar novos negócios
  30. 30. REDES SOCIAIS Rede Social Azul Tecnisa - Atendimento pelo Twitter Relacionamento • Atendimento ao Cliente • Novo canal e forma de comunicação, um novo cliente, fornecedor, parceiro, comunidade, formador de opinião • Novo canal de conhecimento do consumidor
  31. 31. REDES SOCIAIS Meu Carro Falha Renault Brastemp Imagem de Marca • Monitoria das redes (o que falam da marca?) • Gestão de crises e preservação da imagem de marca • Política one to one
  32. 32. REDES SOCIAIS Mobile • Mobilidade e Geolocalização • Celular Hyperlink da mídia offline
  33. 33. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS
  34. 34. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS Existência das redes e círculos sociais Teoria do mundo pequeno: Seis contatos nos separam de 6 bilhões de pessoas “A ideia dos seis graus de separação surgiu pela primeira vez em 1967, quando o psicólogo norte-americano Stanley Milgran publicou a teoria “mundo pequeno” na revista Psychology Today. Milgran descobriu que voluntários nos Estados norte-americanos de Nebraska e Kansas conseguiram chegar a pessoas desconhecidas em Massachusetts usando uma rede de amigos, contatos comerciais e outras relações” Círculos sociais: Ambientes e locais de convívio Redes sociais: Conexões que ligam pessoas e diversos círculos de relacionamentos
  35. 35. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS Redes podem ser mapeadas
  36. 36. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS Redes conectadas http://www.facebook.com/alinefnogueira http://br.linkedin.com/in/alinefnogueira http://twitter.com/a_linenogueira • Orkut • Facebook • MySpace • Linkedin • Plaxo • Ning • Blogs • Twitter
  37. 37. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS Redes colaborativas Abertura: Ser e se manter aberto, franco, transparente e acessível Peering: A colaboração em massa, movida por razões que vão desde a diversão até o altruísmo, e também por interesses particulares Compartilhamento: O peer-to-peer, sem necessidade de um hub central, sem comando e controle aparente Ação global: Volume, quantidade e diversidade trazidos pela internet e pela globalização Tapscott & Williams criaram um modelo para descrever o movimento das redes colaborativas:
  38. 38. MARKETING PESSOAL NAS REDES SOCIAIS E como podemos aplicá-lo no nosso dia-a-dia? NETWORKING !
  39. 39. CONCLUSÃO Dúvidas
  40. 40. INIDICAÇÃO DE LEITURA
  41. 41. CONCLUSÃO alinefnogueira@hotmail.com http://www.facebook.com/alinefnogueira http://br.linkedin.com/in/alinefnogueira http://twitter.com/a_linenogueira
  42. 42. COMPARTILHE! ;D

×