Aula 3 
Alicya Alves
A classificação periódica dos 
elementos 
• A tabela periódica apresenta sete períodos 
• As colunas verticais constituem ...
As famílias e seus nomes: 
• 1 ou 1A – alcalinos 
2 ou 2A – alcalinos terrosos 
13 ou 3A – família do boro 
14 ou 4A – fam...
• Os elementos que ficam na série dos lantanídeos e actinídeos são 
os elementos de transição. Como eles estão no grupo 3,...
Propriedades 
• Raio atômico 
Em uma família, da tabela periódica, o raio atômico aumenta de 
cima para baixo e no período...
• Volume atômico 
O volume atômico de um elemento é o volume ocupado por 1 mol 
(6,02.10²³ átomos) do elemento no estado s...
• Ponto de fusão e de ebulição 
Ponto de Fusão é a temperatura onde a matéria passa da fase sólida 
para a fase líquida. 
...
• Eletronegatividade 
É a tendência que um átomo tem de atrair elétrons. 
A eletronegatividade aumenta conforme o raio atô...
• Calor específico 
O calor específico do elemento no estado sólido sempre diminui com o 
aumento do número atômico. 
O ca...
Algumas características... 
• Os metais são elementos químicos que possuem várias 
propriedades específicas, como brilho, ...
• Os não-metais ou ametais são maus condutores de eletricidade, 
quase não apresentam brilho, não são maleáveis e nem dúct...
Fim.
Aula 3   tabela periódica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 3 tabela periódica

439 visualizações

Publicada em

Aula 3 que tem como tema a tabela periódica e suas propriedades

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 tabela periódica

  1. 1. Aula 3 Alicya Alves
  2. 2. A classificação periódica dos elementos • A tabela periódica apresenta sete períodos • As colunas verticais constituem as famílias ou grupos, nas quais os elementos estão reunidos segundo suas propriedades químicas. • As famílias ou grupos vão de 1 a 18. Algumas famílias possuem nome
  3. 3. As famílias e seus nomes: • 1 ou 1A – alcalinos 2 ou 2A – alcalinos terrosos 13 ou 3A – família do boro 14 ou 4A – família do carbono 15 ou 5A– família do nitrogênio 16 ou 6A– família dos calcogênios 17 ou 7A – família dos halogênios 18 ou 8A – gases nobres • Da família 1 e 2 e 13 até 18 chamamos de elementos representativos. • Da família do 3 até 12 chamamos de elementos de transição.
  4. 4. • Os elementos que ficam na série dos lantanídeos e actinídeos são os elementos de transição. Como eles estão no grupo 3, como se estivessem numa “caixinha” para dentro da tabela, são chamados de elementos de transição interna. E os demais são chamados de elementos de transição externa.
  5. 5. Propriedades • Raio atômico Em uma família, da tabela periódica, o raio atômico aumenta de cima para baixo e no período aumenta da direita para esquerda. Se o átomo se transforma em íon cátion ou ânion, o seu raio sofre alteração. - o raio do átomo é sempre maior que o raio do seu íon cátion porque perde elétrons. - o raio do átomo é sempre menor que o raio do seu íon ânion porque ganha elétrons.
  6. 6. • Volume atômico O volume atômico de um elemento é o volume ocupado por 1 mol (6,02.10²³ átomos) do elemento no estado sólido. O volume atômico não é o volume de um átomo, é o volume de um conjunto de átomos. Consequentemente, o volume atômico aumenta junto do raio atômico. • Densidade absoluta ou massa específica Na tabela periódica, os valores de densidades aumentam, nas famílias de cima para baixo e nos períodos, das extremidades para o centro. Desta forma, pode-se notar que os elementos mais densos estão no centro e na parte de baixo da tabela periódica.
  7. 7. • Ponto de fusão e de ebulição Ponto de Fusão é a temperatura onde a matéria passa da fase sólida para a fase líquida. Ponto de Ebulição é a temperatura onde a matéria passa da fase líquida para a gasosa. Na tabela periódica, os valores de PF e de PE variam numa família, à esquerda da tabela, aumenta de baixo para cima e à direta da tabela, aumenta de cima para baixo. Nos períodos, aumenta das extremidades para o centro. • Ponto de ionização É a energia mínima necessária para “arrancar” um elétron de um átomo isolado no seu estado gasoso. Quanto maior o raio atômico, menor a atração do núcleo com o seu elétron mais afastado. Então é mais fácil de “arrancar” o elétron. Consequentemente é menor a energia de ionização. O potencial de ionização aumenta, nas famílias de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita.
  8. 8. • Eletronegatividade É a tendência que um átomo tem de atrair elétrons. A eletronegatividade aumenta conforme o raio atômico diminui. Quanto maior o raio atômico, menor será a atração do núcleo pelos elétrons mais afastados e então, menor a eletronegatividade. Na tabela periódica, os gases nobres não são considerados, já que não tem tendência a ganhar ou perder elétrons. Já estão estabilizados. • Eletropositividade É a tendência que um átomo tem de perder elétrons. É muito característico dos metais. Pode ser também chamado de caráter metálico. É o inverso da eletronegatividade. A eletropositividade aumenta conforme o raio atômico aumenta. Os gases nobres não são considerados porque já estão estáveis.
  9. 9. • Calor específico O calor específico do elemento no estado sólido sempre diminui com o aumento do número atômico. O calor específico é a quantidade de calor necessária para elevar a 1°C a temperatura de 1g do elemento.
  10. 10. Algumas características... • Os metais são elementos químicos que possuem várias propriedades específicas, como brilho, condutividade térmica e elétrica, maleabilidade e ductibilidade. Todos os metais são sólidos à temperatura de 25ºC e pressão de 1atm, exceto o mercúrio (Hg) que é líquido nestas condições. Quase todos os metais têm brilho, pois são capazes de refletir muito bem a luz. Ouro, prata e alumínio são exemplos de metais com muito brilho. Os metais são bons condutores elétricos. Como em geral apresentam ductibilidade, ou seja, podem ser reduzidos a fios, são usados como tal na condução de eletricidade. Os metais conduzem bem o calor.
  11. 11. • Os não-metais ou ametais são maus condutores de eletricidade, quase não apresentam brilho, não são maleáveis e nem dúcteis. Tendem a formar ânions (íons negativos). • Os gases nobres ou inertes, ou ainda raros, constituem cerca de 1% do ar. É muito difícil se conseguir compostos com estes gases. Raramente eles reagem porque são muito estáveis. Suas camadas exteriores estão completamente preenchidas de elétrons. Estão todos no grupo 18 da tabela periódica.
  12. 12. Fim.

×