Difteria/Tétano/CoquelucheDifteria/Tétano/Coqueluche
DifteriaDifteria
Meio de transmissão
Difteria (ou crupe) é uma doença respiratória infectocontagiosa, causada pelo
bacilo ...
DiagnósticoDiagnóstico
TratamentoTratamento
DOENÇA MENINGOCÓCICADOENÇA MENINGOCÓCICA
Doença meningocócicaDoença meningocócica
É uma infeção respiratória causada pela bactéria meningococo .É uma infeção respi...
SintomasSintomas
• A doença pode se manifestar rapidamente e começar com uma infecção do trato
respiratório superior ou do...
Modo de transmissãoModo de transmissão
• Contato íntimo de pessoa a pessoa, através de gotículas
das secreções da nasofari...
DiagnósticoDiagnóstico
• Hemocultura
• Cultura de LCR
• TC do cérebro
• Colorações especiais do líquido cérebro-espinhal
•...
ComplicaçõesComplicações
• Dano cerebral
• Surdez
• Hidrocefalia
• Maior pressão do líquido cérebro-espinhal
• Retardo men...
TratamentoTratamento
QuimioprofilaxiaQuimioprofilaxia
Antibiótico
• Em casos de alergia ao antibiotico;
• Cloranfenicol
Tr...
MEDIDAS DE PREVENÇÃOMEDIDAS DE PREVENÇÃO
As vacinas são contra meningites conferem proteção durante um tempo limitado e sã...
TétanoTétano
É uma doença infecciosa grave, não contagiosa, causada por toxina produzida
pela bactéria Clostridium tetani....
DiagnósticoDiagnóstico
É feito clinicamente, ou seja, de acordo com os sintomas e lesões de pele pelas quais a
bactéria po...
CoquelucheCoqueluche
Também conhecida por pertussis ou tosse
comprida, é uma moléstia
infectocontagiosa aguda do trato
res...
DiagnósticoDiagnóstico
..
Tratamento
•
HibHib
Haemophilus influenzae Tipo B
Imunização contra meningite e outras infecções Felizmente, a
vacina Hib, disponível d...
SintomasSintomas
DiagnósticoDiagnóstico
TratamentoTratamento
ProfilaxiaProfilaxia
Muito Obrigada!Muito Obrigada!
dtp
dtp
dtp
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

dtp

950 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
950
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

dtp

  1. 1. Difteria/Tétano/CoquelucheDifteria/Tétano/Coqueluche
  2. 2. DifteriaDifteria Meio de transmissão Difteria (ou crupe) é uma doença respiratória infectocontagiosa, causada pelo bacilo Corynebacterium diphtheriae que se instala nas amídalas, faringe, laringe, nariz e, em alguns casos, nas mucosas e na pele. O período de incubação costuma durar de um a seis dias, mas pode ser um pouco mais longo. A transmissão ocorre pelo contato direto com a pessoa doente ou com portadores assintomáticos da bactéria, através de gotículas eliminadas pela tosse, pelo espirro e ao falar, ou pelo contato com as lesões cutâneas.
  3. 3. DiagnósticoDiagnóstico
  4. 4. TratamentoTratamento
  5. 5. DOENÇA MENINGOCÓCICADOENÇA MENINGOCÓCICA
  6. 6. Doença meningocócicaDoença meningocócica É uma infeção respiratória causada pela bactéria meningococo .É uma infeção respiratória causada pela bactéria meningococo . É a causa mais comum deÉ a causa mais comum de meningite bacteriana em crianças e a 2º maior em adultos também atinge a laringe podendomeningite bacteriana em crianças e a 2º maior em adultos também atinge a laringe podendo manifestar rapidamente;manifestar rapidamente; Agente etiológicoAgente etiológico -- O meningococo é umaO meningococo é uma bactéria em forma de diplococos Gram negativos.bactéria em forma de diplococos Gram negativos. Apresenta 13 sorogrupos, sendo 8 responsáveis, com maior freqüência, pela doençaApresenta 13 sorogrupos, sendo 8 responsáveis, com maior freqüência, pela doença meningocócica (A, B, C1+, C1-, X, Y, W-135,L). Estes podem ainda ser classificados em sorotiposmeningocócica (A, B, C1+, C1-, X, Y, W-135,L). Estes podem ainda ser classificados em sorotipos e subtipos.e subtipos.
  7. 7. SintomasSintomas • A doença pode se manifestar rapidamente e começar com uma infecção do trato respiratório superior ou dor de garganta. Os sintomas incluem: • Febre alta *Crianças menores de 1 apresentam • Alterações do estado mental abaulamento da fontanela • Náuseas e vômitos • Áreas roxas, como machucados (púrpura) • Erupções, pontos vermelhos (petéquias) • Sensibilidade à luz (fotofobia) • Dor de cabeça forte, pescoço rígido • Mal-estar geral grave
  8. 8. Modo de transmissãoModo de transmissão • Contato íntimo de pessoa a pessoa, através de gotículas das secreções da nasofaringe. O principal transmissor é o portador assintomático. Período de transmissibilidade - Dura enquanto houver o agente na nasofaringe. Em geral, após 24 horas de antibioticoterapia, o meningococo já desapareceu da orofaringe.
  9. 9. DiagnósticoDiagnóstico • Hemocultura • Cultura de LCR • TC do cérebro • Colorações especiais do líquido cérebro-espinhal • Contagem de leucócitos • Diagnóstico diferencial - Meningites e meningo encefalites em geral, principalmente as purulentas; encefalites, febre purpúrica brasileira, septicemias.
  10. 10. ComplicaçõesComplicações • Dano cerebral • Surdez • Hidrocefalia • Maior pressão do líquido cérebro-espinhal • Retardo mental • Miocardite • Paralisia de vários músculos • Choque
  11. 11. TratamentoTratamento QuimioprofilaxiaQuimioprofilaxia Antibiótico • Em casos de alergia ao antibiotico; • Cloranfenicol Tratamento feito aos comunicantes do doente Antibiótico
  12. 12. MEDIDAS DE PREVENÇÃOMEDIDAS DE PREVENÇÃO As vacinas são contra meningites conferem proteção durante um tempo limitado e são sorogrupo específicas. Sua indicação está na dependência da análise da situação epidemiológica de cada área e do sorogrupo responsável pela elevação dos casos. Esquema vacinal meningo C: 3 doses 1ªdose no 3 meses de idade. 2ª dose 5 mês de idade, reforço aos 12 meses de idade. • Crianças de 1 até 2 anos de idade, sem dose nenhuma, deverá receber dose única
  13. 13. TétanoTétano É uma doença infecciosa grave, não contagiosa, causada por toxina produzida pela bactéria Clostridium tetani. Sob a forma de esporos, essa bactéria é encontrada nas fezes de animais e humanos, na terra, nas plantas, em objetos e pode contaminar as pessoas que tenham lesões na pele (feridas, arranhaduras, cortes, mordidas de animais,etc.) pelas quais o Sintomas
  14. 14. DiagnósticoDiagnóstico É feito clinicamente, ou seja, de acordo com os sintomas e lesões de pele pelas quais a bactéria possa ter entrado no organismo do paciente. Tratamento Vacinação Crianças até cinco anos devem receber a vacina tríplice e, a partir dessa idade a vacina dupla (contra difteria e tétano) que também é recomendada para os adultos e pode ser obtida em qualquer posto de saúde. Uma dose de reforço deve ser tomada a cada dez anos para garantir a proteção contra a doença.
  15. 15. CoquelucheCoqueluche Também conhecida por pertussis ou tosse comprida, é uma moléstia infectocontagiosa aguda do trato respiratório transmitida pela bactéria Bordetella pertussis. Os casos da doença têm aumentado em diversos países, nos últimos anos. Sintomas período de incubação varia entre 7 e 17 dias. Os sintomas duram cerca de 6 semanas e podem ser divididos em três estágios consecutivos; a) estágio catarral b) estágio paroxístico c) estágio de convalescença:
  16. 16. DiagnósticoDiagnóstico .. Tratamento •
  17. 17. HibHib Haemophilus influenzae Tipo B Imunização contra meningite e outras infecções Felizmente, a vacina Hib, disponível desde 1999, assegura uma eficiente proteção contra essa ameaça.
  18. 18. SintomasSintomas
  19. 19. DiagnósticoDiagnóstico
  20. 20. TratamentoTratamento
  21. 21. ProfilaxiaProfilaxia
  22. 22. Muito Obrigada!Muito Obrigada!

×