Inteligencia Competitiva com auxilio da Tecnologia da Informação

453 visualizações

Publicada em

Inteligencia Competitiva com auxilio da Tecnologia da Informação é uma das ações que mais crescem no mercado dos negócios de alta competitividade. Vejam forma de se destacar com esta globalização.

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inteligencia Competitiva com auxilio da Tecnologia da Informação

  1. 1. Ferramentas da WEB aplicadas à Inteligência Competitiva
  2. 2. Produzido por: Alex Vieira Twitter @lexkaos www.alxmidiaeeventos.com.br www.buteconosso.com
  3. 3. ABORDAGENS  INTRODUÇÃO  OBJETIVO GERAL  INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (IC)  TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)  CONSIDERAÇÕES FINAIS
  4. 4. OBJETIVO GERAL O objetivo deste trabalho é apresentar o papel da Tecnologia da Informação, especificamente a Internet e sua importância na Inteligência Competitiva.
  5. 5. INTRODUÇÃO O mercado atual considera importantes fatores como a competitividade e a concorrência, e os consumidores estão cada vez mais exigentes. As empresas são pressionadas a melhorar e inovar as tecnologias de ponta a fim de obter sucesso nos diversos segmentos. As empresas fazem uso da Tecnologia da Informação (TI) e da inteligência competitiva (IC) para agilizar processos, a coletar,analisar e aplicar, de forma ética, informações relativas aos seus clientes, monitorando permanentemente o fluxo de informações de negócios no ambiente externo e interno às organizações e, para obtenção de vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes e monitorar acontecimentos do ambiente competitivo em geral.
  6. 6. Inteligência competitiva A IC trata-se de um programa sistemático de coleta e análise de informação. Conforme Valentim, (2005) a IC é um processo organizacional para descobrir oportunidades e reduzir riscos, estuda a estratégia de ação, visando o mercado e a competitividade.
  7. 7. Tecnologia da Informação A TI pode ser utilizada para facilitar no processo decisório com a obtenção de dados estrategicamente escolhidos e de conteúdos relevantes para qualquer nível e tamanho da empresa. Dalfovo (2000) Desempenha um importante papel no processo de construção e disseminação do conhecimento nas organizações, facilita os processos como a coleta, a seleção, a disponibilização e a disseminação das informações. Nesse contexto, a TI apresenta subsídios e auxilia nas estratégias para a tomada de decisão ser bem sucedida. Lehmkuhl (2008)
  8. 8. Facilitadora e disseminadora da informação
  9. 9. A nova oportunidade de impacto na IC é a Internet que através de suas particularidades possuí novas formas de coleta da informação que são utilizadas como fonte de informação concorrencial, trazendo dados relevantes que ajudam nos processos decisórios, com rapidez e qualidade.
  10. 10. Web 2.0  A Web 2.0 lida com informações multimídia, hipertexto, hiperlink, leitura de forma aleatória, o leitor deixa de ser somente um espectador e passa a participar ativamente da construção do conteúdo da Internet.
  11. 11.  Um dos maiores desafios das áreas de inteligência é desenvolver e manter uma rede de profissionais, internos e externos, que possam auxiliar os analistas com conhecimentos e informações sobre a evolução do mercado competitivo, é necessário criar e manter estas redes de origem humana, baseadas em melhores práticas, que trabalha desde o fornecimento de informações primárias até o fornecimento de parecer e comentários sobre os temas que estão sendo analisados de maneira integrada e com apoio de tecnologias de geração de inteligência.
  12. 12. REDES SOCIAS
  13. 13. Exemplos empresas que utilizam as redes sociais:  A Neocontact é uma companhia especializada em ajudar empresas a atender seus clientes nas redes sociais que tem como objetivo resolver rapidamente o problema do consumidor, evitando danos à marca e, se possível, revertendo às críticas em elogios on-line. Esta companhia desenvolveu um software que monitora as redes sociais e identifica os maiores autores de reclamações, os problemas mais citados e os temas recorrentes. O segredo está em um algoritmo que identifica quantos "amigos" uma pessoa tem nas redes sociais, atribuindo a elas uma espécie de nota de risco. Quanto maior o poder de impacto do cliente, mais incisiva deve ser a ação da empresa.(VALOR, 2010)  -Procter & Gamble, que está usando o Facebook para fazer pesquisa de opinião e testes de novos produtos. (VALOR, 2010)  -No Reino Unido, o banco HSBC começou a receber muitas reclamações em sua página no site Facebook depois de lançar uma conta direcionada ao público jovem. Com os comentários em mãos, o HSBC passou a aprimorar sua oferta. (VALOR, 2010)
  14. 14. Blogs e Fóruns
  15. 15. Blogs e Fóruns Blog é uma espécie de diário eletrônico interativo onde as pessoas podem expor suas idéias e comunicar suas opiniões pela Web. Encontra-se na Web diversos tipos de blogs como, por exemplo: diários pessoais, de análises e comentários de produtos ou de mídias (fotos, músicas e filmes). Fórum de discussão pode constituir uma excelente ferramenta  de comunicação e criação de valor para as empresas como ferramenta de suporte ao cliente; para os cliente da empresa discutirem os produtos e ou serviços; como ferramenta para gerir projetos e como ferramenta para a gestão de conhecimento.
  16. 16. Ferramentas de IC GOOGLE Google AdWords Google Code Google Finance Google Groups Google Mobile Google News Google Web Search YouTube Google Enterprise Pesquisa corporativa Serviços Postini Google Earth e Google Maps Google Apps Google AdSense Google Apps
  17. 17. RSS A tecnologia do RSS permite aos usuários da internet se inscreverem em sites que fornecem "feeds" RSS “atualizações”. Os Sites mudam ou atualizam o seu conteúdo e os usuários recebem as atualizações sem precisar entrar nesses sites.
  18. 18. Vantagens do RSS 1. Dá as ultimas atualizações. 2. Poupa tempo. 3. É livre de spam ao contrário de outro tipo de subscrições por email. 4. Desativar a subscrição é fácil. 5. Pode ser usado como uma ferramenta de marketing. Aqui as vantagens apresentadas em usar essas ferramentas, são importantes para monitorar e mensurar a popularidade da empresa frente ao mercado e, caso haja insatisfação, tomar as devidas providências.
  19. 19. Trecho do feed RSS gerado para as edições de 1995 a 2005 para a revista CI-IBICT.
  20. 20. Serviço (pipe) criado para filtragem e ordenamento dos feeds RSS agregados.
  21. 21. Visualização parcial dos metadados dos artigos filtrados utilizando-se o agregador Feedreader.
  22. 22. CONCLUSÃO Portanto, o papel Tecnologia da Informação (TI) tem se tornado um recurso cada vez mais relevante e estratégico para as organizações, principalmente na monitoração do mercado e do ambiente competitivo, melhorando e reduzindo custos do processo da Inteligência Competitiva (IC) . A Web trás vantagens como localizar as informações importantes, organizá-las e disponibilizá-las para a efetiva tomada de decisão.

×