Ocorrências
clínicas mais
frequentes dos
quadros
marcados pelas

psicoses

Alexandre Simões
F 20 a F29:

Este agrupamento da CID-10 reúne a
esquizofrenia - a categoria mais
importante deste grupo de transtornos
- o...
F 20 a F29

Esquizofrenias
(F20)

Transtorno delirante
persistente

Transtorno psicótico
agudo e transitório

(F22)

(F23)
paranóide (F20.0)

hebefrênica (F20.1)

presença proeminente de uma
perturbação dos afetos

catatônica (F20.2)

ESQUIZOFRE...
F 20 a F29
Esquizofrenias
(F20)

Transtorno delirante
persistente

Transtorno psicótico
agudo e transitório

(F22)

(F23)
...
F 20 a
F29
Esquizofrenias
(F20)

Transtorno delirante
persistente

Transtorno psicótico agudo e
transitório

(F22)

(F23)
...
Prosseguiremos na próxima aula!

Prof. Alexandre Simões
Contatos:
alexandresimoes@terra.com.br

http://www.alexandresimoes...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PSICOSES - síntese da CID 10 F20 a F29

9.460 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
184
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PSICOSES - síntese da CID 10 F20 a F29

  1. 1. Ocorrências clínicas mais frequentes dos quadros marcados pelas psicoses Alexandre Simões
  2. 2. F 20 a F29: Este agrupamento da CID-10 reúne a esquizofrenia - a categoria mais importante deste grupo de transtornos - o transtorno esquizotípico e os transtornos delirantes persistentes e um grupo maior de transtornos psicóticos agudos e transitórios.
  3. 3. F 20 a F29 Esquizofrenias (F20) Transtorno delirante persistente Transtorno psicótico agudo e transitório (F22) (F23)
  4. 4. paranóide (F20.0) hebefrênica (F20.1) presença proeminente de uma perturbação dos afetos catatônica (F20.2) ESQUIZOFRENIA ideias delirantes relativamente estáveis distúrbios psicomotores proeminentes indiferenciada (F20.3) quadro que preenche os critérios da esquizofrenia, porém, com muita dispersão depressão pós-esquizofrênica (F20.4) episódio depressivo eventualmente prolongado que ocorre ao fim de uma afecção esquizofrênica esquizofrenia residual (F20.5) estádio crônico caracterizado pela presença persistente de sintomas “negativos esquizofrenia simples (F20.6) ocorrência insidiosa e progressiva de excentricidade de comportamento e um declínio global do desempenho
  5. 5. F 20 a F29 Esquizofrenias (F20) Transtorno delirante persistente Transtorno psicótico agudo e transitório (F22) (F23) F22.0: ocorrência de uma ideia delirante única ou de um conjunto de ideias delirantes aparentadas, em geral persistentes e que por vezes permanecem durante o resto da vida. O conteúdo da ideia ou das ideias delirantes é muito variável. A presença de alucinações auditivas (vozes) manifestas e persistentes, de sintomas esquizofrênicos tais como ideias delirantes de influência e um embotamento nítido dos afetos, e a evidência clara de uma afecção cerebral, são incompatíveis com o diagnóstico. Entretanto, a presença de alucinações auditivas ocorrendo de modo irregular ou transitório, particularmente em pessoas de idade avançada, não elimina este diagnóstico, sob condição de que não se trate de alucinações tipicamente esquizofrênicas e de que elas não dominem o quadro clínico. => PARANÓIA
  6. 6. F 20 a F29 Esquizofrenias (F20) Transtorno delirante persistente Transtorno psicótico agudo e transitório (F22) (F23) grupo heterogêneo de transtornos caracterizados pela ocorrência aguda de sintomas psicóticos tais como ideias delirantes, alucinações, perturbações das percepções e por uma desorganização maciça do comportamento normal. O termo “agudo” é aqui utilizado para caracterizar o desenvolvimento crescente de um quadro clínico manifestamente patológico em duas semanas no máximo. Acompanham-se frequentemente de uma perplexidade e de uma confusão, mas as perturbações de orientação no tempo e no espaço e quanto à pessoa não são suficientemente constantes ou graves para responder aos critérios de um delirium de origem orgânica (F05.-). Em geral estes transtornos se curam completamente em menos de poucos meses, frequentemente em algumas semanas ou mesmo dias. Quando o transtorno persiste o diagnóstico deve ser modificado
  7. 7. Prosseguiremos na próxima aula! Prof. Alexandre Simões Contatos: alexandresimoes@terra.com.br http://www.alexandresimoes.com.br

×