Introdução ao Projeto de Surveys

796 visualizações

Publicada em

Aula sobre projeto de surveys da disciplina "Introdução à Análise de Dados"

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução ao Projeto de Surveys

  1. 1. PROJETO DE SURVEYS Alexandre Duarte - http://alexandre.ci.ufpb.br/ensino/iad
  2. 2. O QUE É UM SURVEY? • Muitas pessoas acreditam que conduzir um survey significa escrever um conjunto de perguntas e pedir as pessoas para responderem • É basicamente isso mesmo :-) • Mas é um pouco mais complicado que isso quando se deseja coletar os dados da melhor forma possível
  3. 3. UM SURVEY PODE AJUDAR A • Descrever algo • Descrever como coisas estão relacionadas • Explicar um relacionamento • Influenciar algo
  4. 4. COMO DEFINIR O PROPÓSITO DE UM SURVEY? • O que você espera conseguir com um survey? • O que, exatamente, você deseja descobrir? • Por que é importante descobrir isso? • Existe alguma outra informação que pode ser útil? • Será que conduzir um survey é realmente a melhor forma para coletar os dados que você precisa?
  5. 5. EXEMPLO • Imagine que você é uma grande empresário do ramo televisivo que deseja aumentar os lucros do seu serviço de TV por assinatura • Você está interessado em saber qual seria o ganho potencial em expandir seu negócio para a Internet • Você então decide consultar seus assinantes
  6. 6. PROPÓSITO DO SURVEY Questão de Pesquisa Propósito Que percentual de assinantes de TV que assistem seus programas favoritos online? Descrever uma variável: O percentual de pessoas que assistem programas de TV online.
  7. 7. DEFININDO O PROPÓSITO Questão Resposta O que você espera conseguir com um survey? Avaliar o potencial de lucro em oferecer um serviço de TV online O que, exatamente, você deseja descobrir? Quantos pessoas já assistem ou gostariam de assistir programas de TV online. Por que é importante descobrir isso? Nos ajudará a determinar se o investimento vale a pena. Existe alguma outra informação que pode ser útil? Qual faixa etária tem maior chance de utilizar um serviço de TV online. Será que conduzir um survey é realmente a melhor forma para coletar os dados que você precisa? Sim.
  8. 8. PROPÓSITO REVISADO Questão de Pesquisa Propósito Como podemos maximizar os lucros com TV online? Influenciar algo: Descobrir o que precisa ser feito para melhorar o serviço de TV online. Usuários mais jovens tendem a assistir mais TV online que usuários mais velhos? Descrever como coisas se relacionam: Como a idade do usuário se relaciona com seu hábito de assistir TV online (Se um grupo consome mais conteúdo online que outro) Por que isso ocorre? Explicar um relacionamento: Explicar porque usuários de uma faixa etária assistem mais TV online que usuários de outras faixas.
  9. 9. VOCÊ NÃO DEVE CONDUZIR UM SURVEY SE • Não liga para os resultados; deseja apenas mostrar que tem os números • Está mais preocupado com o impacto dos seus resultados do que em ter resultados confiáveis • Já determinou previamente o que os resultados devem mostrar
  10. 10. TIPOS DE SURVEYS Auto-administrados Administrados Telefone Face-to-face Web e-mail Correio handout
  11. 11. SURVEYS AUTO-ADMINISTRADOS • Vantagens • Baixo custo • Grande abrangência geográfica • Participantes podem responder quando lhes for mais conveniente • Desvantagens • Mais difícil atingir populações iletradas • Risco de erros de interpretação das questões • Risco de baixa taxa de respostas
  12. 12. SURVEYS ADMINISTRADOS • Vantagens • Controle de qualidade mais rígido • Entrevistadores podem tirar dúvidas dos participantes • Mais fácil atingir populações específicas • Desvantagens • Alto custo • Pode levar muito tempo • Risco de influência do entrevistador
  13. 13. TIPOS DE QUESTÕES • Questões Abertas • Úteis para coleta de dados qualitativos • Ajudam a descobrir fatos novos • Questões Fechadas • Oferece um número limitado de opções para escolha • Utilizadas quando já se tem uma idéia sobre como categorizar as repostas
  14. 14. ABERTA VS FECHADA
  15. 15. FECHADA + ABERTA
  16. 16. QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA Resposta única Resposta múltipla
  17. 17. QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA • As opções devem ser mutualmente exclusivas e exaustivas!
  18. 18. QUESTÕES DICOTÔMICAS • São um tipo especial de questão de múltipla escolha que só oferecem duas opções de resposta • Podem ser utilizadas para determinar quais outras questões devem ser respondidas • Nesse caso recebe o nome de filtro ou questão de contingência • Filtros podem tornar o formulário muito complexo. É bom não exagerar :-)
  19. 19. QUESTÕES DE ESCALA • São utilizadas para medir atitudes, opiniões, comportamentos e ambientes. • Há muitos tipos diferentes mais os mais utilizados são baseados na escala Likert ou em sliders
  20. 20. QUESTÃO DE ESCALA
  21. 21. ESCALA LIKERT • Questões baseadas na escala Likert em geral são limitadas a 5 níveis de resposta • Exemplos comuns de questões baseadas nesta escala são: • Opiniões e atitudes: “O quanto você concorda com … ? • Frequência: “Quão frequentemente você … ? “ • Qualidade: “Em geral, como você classifica … ? “ • Importância: “O quão importante você considera … ?”
  22. 22. ESCALA DE SLIDER • São úteis quando se deseja obter uma leitura mais precisa da opinião dos participates • Permite a utilização de um número maior de níveis • Mais práticas em questionários para pessoas de múltiplas nacionalidades (nem sempre é fácil traduzir algumas categorias)
  23. 23. FORMULANDO AS QUESTÕES: FOCO • Cada questão deve ter um foco único bem definido • Quantas vezes você tomou sorvete no último mês? • Você evita tomar sorvete por que está de dieta? • Por que você evita tomar sorvete?
  24. 24. FORMULANDO QUESTÕES: PRECISÃO • Nem todos interpretarão palavras e frases da mesma forma, mesmo que o significado pareça óbvio para você • Evite usar palavras ambíguas ou que possam causar confusão e palavras com alta conotação emocional
  25. 25. FORMULANDO QUESTÕES: BREVIDADE • Suas questões devem ser relativamente curtas exceto quando texto adicional for necessário para contextualizar ou definir terminologia • Questões longas e complexas podem confundir os participantes e aumentar a chance deles responderem sem convicção
  26. 26. FORMULANDO QUESTÕES: QUESTÕES TENDENCIOSAS • Questões tendenciosas podem facilmente induzir as respostas • Você concorda que os vendedores de sorvete de nossa cidade deveriam oferecer sorvetes sem lactose? • Você concorda que os vendedores de sorvete de nossa cidade representam um grande risco para a saúde de crianças alérgicas?
  27. 27. ESTRUTURA DE UM QUESTIONÁRIO • Introdução (propósito, duração) • Tópicos principais (questões gerais seguidas de questões mais específicas) • Transição entre os tópicos (resumir o que vem a seguir) • Questões demográficas (a menos que sejam para filtragem, devem vir no final) • Conclusão (agradecimentos e considerações finais)
  28. 28. OUTROS ASPECTOS • Considere a audiência • Tome cuidado com o tamanho do questionário • Apresente um indicador de progresso • Faça um pré-teste • Mantenha o anonimato • Use incentivos
  29. 29. REFERÊNCIAS • DATA + DESIGN: A simple introduction to preparing and visualizing information. Trina Chiasson et al, 2014.

×