Ciência da Computação como Ciência

329 visualizações

Publicada em

Aula 02 do Curso de Metodologia de Pesquisa Científica do Programa de Pós-graduação em Informática da UFPB.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
329
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciência da Computação como Ciência

  1. 1. Metodologia  da  Pesquisa  Cien1fica   Aula  02:  Ciência  da  Computação  como  Ciência   Professor:  Alexandre  Duarte   Web:  h5p://alexandre.ci.ufpb.br/ensino/mpc  
  2. 2. O  que  é  isto  ?  
  3. 3. “É  uma  arma”  
  4. 4. ALGO  RELACIONADO  A  OU   DEFINIDO  POR  UM  NOME   Caracterização  nominal  
  5. 5. “É  um  objeto  de  metal  com  fios  e   partes  em  vidro”  
  6. 6. UM  CONJUNTO  DE  PALAVRAS  INCLUINDO   TODAS  AS  CARACTERÍSTICAS  E   QUALIDADES  RELEVANTES     Caracterização  descriJva  
  7. 7. “É  um  artefato  steampunk”  
  8. 8. CONJUNTO  DE  CIRCUNSTÂNCIAS  QUE  FORMAM   OU  DEFINEM  UMA  ENTIDADE  EM  TERMOS  QUE   PERMITEM  QUE  ELA  POSSA  SER  CLARAMENTE   ENTENDIDA  E  AVALIADA.   Caracterização  contextual  
  9. 9. Steampunk   •  Steampunk  é  um  subgênero  da  ficção  cienMfica   criado  por  autores  consagrados  como  Júlio   Verne,  que  mostra  uma  realidade  espaço-­‐ temporal  na  qual  a  tecnologia  (mecânica  a  vapor)   teria  evoluído  até  níveis  impossíveis   •  Possui  uma  comunidade  de  pessoas  criaJvas   engajadas  em  um  esforço  colaboraJvo  para   construir  trabalhos  escritos  e  tecnológicos  que   são  julgados  através  de  critérios  próprios  de   consistência  
  10. 10. Livros,  Revistas  e  Websites  
  11. 11. Sociedades  e  Encontros  
  12. 12. DisposiJvos  Computacionais  
  13. 13. Steampunk  =  Ciência  da  Computação?     •  As  duas  áreas   –  ...  englobam  um  número  relaJvamente  pequeno  de   indivíduos  que  julgam  os  trabalhos  uns  dos  outros   –  ...  se  comunicam  através  de  encontros,  sociedades,   websites  e  publicações   –  ...  constroem  artefatos  `sicos  e  não-­‐`sicos  que  são   julgados  por  padrões  internos  da  comunidade   –  ...  produzem  bens  com  valor  econômico   •  Existe  alguma  caracterísJca  essencial  que  possa   disJnguir  a  Ciência  da  Computação  do  universo   steampunk?  
  14. 14. “Science  is  not  science  ficJon.   It  accepts  the  tests  of  observaJon  and   experiment,  acknowledges  the  supremacy   of  fact  over  wish  or  hope.   The  smallest  experiment  can  crash  to   earth  the  most  a5racJve  theory.  “     Herbert  Simon  
  15. 15. Por  que  praJcar  Computação  como   ciência  ?   •  As  práJcas  cienMficas  fornecem  um  número  e   Jpo  limitado  de  verificações  externas  que   solidificam  nosso  trabalho  em  algo  mais  do  que  o   fruto  de  uma  alucinação  consensual   •  PráJcas  cienMficas  nos  permitem  progredir  mais   rapidamente  em  direção  ao  que  desejamos   produzir   –  Explicações:  Como  o  sistema  X  funciona?   –  Direcionamento:  O  que  devemos  fazer  para  que  a   métrica  X  aumente  em  30%?   –  Tecnologia:  Como  construir  o  sistema  X  ?  
  16. 16. Um  estudo  de  caso:  invenção  do  avião   (o  lado  americano  da  história  J  )  
  17. 17. O  QUE  OS  IRMÃOS  IRMÃOS  WRIGHT   FIZERAM  CORRETAMENTE?  
  18. 18. Revisaram  o  que  já  era  sabido  sobre  o   assunto  
  19. 19. Revisaram  o  que  já  era  sabido  sobre  o   assunto   “I  wish  to  obtain  such  papers  as  the  Smithsonian  Ins4tu4on   has  published  on  this  subject,  and  if  possible  a  list  of  other   works  in  print  in  the  English  language.  I  am  an  enthusiast,   but  not  a  crank  in  the  sense  that  I  have  some  pet  theories   as  to  the  proper  construc4on  of  a  flying  machine.  I  wish  to   avail  myself  of  all  that  is  already  known  and  then  if   possible  add  my  mite  to  help  on  the  future  worker  who  will   aAain  final  success.”  
  20. 20. Revisaram  o  que  já  era  sabido  sobre  o   assunto   •  A  resposta  trouxe:     – Dois  livros   – Três  edições  do  único  periódico  sobre  o  assunto   – Quatro  panfletos   •  Isso  era  um  compendio  sobre  tudo  que  já   havia  sido  escrito  acerca  de  vôo  com   máquinas  mais  pesadas  que  o  ar  até  1896.  
  21. 21. Se  comunicaram  com  outros   pesquisadores  
  22. 22. Construíram  e  testaram  vários   protóJpos  
  23. 23. Construíram  um  arcabouço   experimental    
  24. 24. Conduziram  experimentos  
  25. 25. Coletaram  e  analisaram  dados   experimentais  
  26. 26. Refutaram  resultados  anteriores  
  27. 27. Publicaram  resultados  intermediários   Wilbur  Wright  (1901).  “Some  AeronauJcal  Experiments.”  Journal  of   the  Western  Society  of  Engineers  6:489-­‐508  
  28. 28. Generalizando  esta  abordagem   1.  IdenJfique  os  desafios  técnicos   fundamentais  que  estão  no  caminho  críJco   para  a  construção  da  tecnologia  desejada   2.  InvesJgue  sistemaJcamente  os  princípios   básicos  necessários  para  superar  tais  desafios   3.  Aplique  tais  princípios  para  construir   protóJpos   4.  Avalie  os  protóJpos  sistemaJcamente     5.  Vá  para  1.  
  29. 29. Em  resumo   •  Ciência  não  é  ficção  cienMfica.  Avaliamos  o  nosso   trabalho  através  da  correspondência  com  a   realidade  `sica.  Experimentos  são  uJlizados  para   avaliar  essa  correspondência   •  Nomear,  descrever  ou  contextualizar  é  menos   úJl  do  que  apresentar  explanações  causais  para   um  determinando  evento   •  O  progresso  técnico  pode  ser  alcançado  através   da  busca  e  entendimento  de  princípios   fundamentais    

×