Apresentação1

49 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
49
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1

  1. 1. • A pertinencia de se investirem recursos publicos na pesquisa cientifica e tecnologica em qualquer pais, mas particularmente em paises em desenvolvimento como o nosso, com notaveis carencias sociais, deve ser constantemente redemonstrada com argumentos novos e eloquentes.
  2. 2. • Tempos como esse em que, as publicações e citações perdem efeito, é necessário resgatar alguns argumentos tais como: Argumentos humanistas: sustentam a nobreza da busca constante pelo conhecimento. Argumentos pragmáticos: mostram que a pesquisa é a base para a inovação, essencial ao desenvolvimento econômico e à geração de riquezas.
  3. 3. • Apesar do crescimento significativo da pesquisa cientifica no pais, deve-se resaltar a necessidade do Brasil em superar o subdesenvolvimento e se aproximar dos países avançados em prol da ciência. • É parte da responsabilidade social das instituiçoes de pesquisa do pais, particularmente aquelas mantidas com verbas publicas, entrar no debate para apontar falhas e limitaçoes do sistema atual e propor melhorias.
  4. 4. A EVOLUÇÃO DO PARADIGMA
  5. 5. Para que se tenha ideia do avanço da Pesquisa, marcaremos essa evolução utilizando o tipo de pergunta feita nos diferentes momentos ate o dias atuais. DECADA DE 1960 “Voce faz pesquisa?”
  6. 6. DECADA DE 1960 “Voce faz pesquisa?” • O interlocutor ficaria feliz com uma simples resposta positiva ou negativa. Em caso positivo o ‘status’ era diferenciado.
  7. 7. DEACADA DE 1970 “Voce tem publicado ‘papers’?” O ‘status’ era diferenciado vinha da existencia de publicaçoes, principalmente aquelas em ingles, que seria ainda mais valorizado.
  8. 8. DECADA DE 1980 “Com qual tematica voce esta trabalhando? Trata-se de pesquisa basica ou aplicada?” Nesta decada a ultima pergunta levava a interminaveis debates em todos os foruns em que fosse colocada.
  9. 9. DECADA DE 1990 “Quantos trabalhos voce já publicou?” “Quantos trabalhos voce já publicou esse ano?” “Qual o fator de impacto das revista nas quais voce publica?” “Objetivamente, sua pesquisa serve para que? Voce tem alguma interação com o setor produtivo?”
  10. 10. Essa década foi marcada pela rapidez em que as perguntas se ampliavam, e bem ou mal deveriam ser respondidas dentro de um cenário marcado pela descontinuidade nos financiamentos para a pesquisa. Surpreendentemente, a produção cientifica aumentou, superando todas as expectativas.
  11. 11. Anos 2000 aos dias atuais

×