AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com
18/09/2013
2° Semestre de 2013
SIN-NA7
Planejamento do Projeto: Parte 2_Declaração de Escopo
Se preparando para que tudo dê certo...
Execução
Monitoramento
Encerram
ento
Iniciação Planejamento
Execução
Monitoramento
Encerram
ento
Iniciação Planejamento
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. C...
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. C...
1. Detalhar o
mapeamento
dos
stakeholders
do projeto
2. Detalhar o
Escopo do
projeto
3. Detalhar a
EAP e o
Cronograma
4. C...
 Considerando as informações da Declaração
de Escopo, é hora de revisar a EAP e o
Cronograma construídos na etapa de
inic...
 Lembre-se!
 A EAP e o Cronograma são muito úteis, pois
permitem que você, Gerente de Projeto, tenha
visibilidade sobre ...
 Lembre-se!
 A EAP e o Cronograma são muito úteis, pois
permitem que você, Gerente de Projeto, tenha
visibilidade sobre ...
 Exemplo de EAP:
Projeto TCC
Documentação
Descrição de Caso
de Uso
Regras de Negócio
Requisitos
Funcionais
Requisitos Não...
 Exemplo de Cronograma:
SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO
1 2 3 4 1 2 3 4 5 1 2 3 4 1 2 3 4
DOCUMENTAÇÃO RESPONSÁVEL
DES...
 A EAP apresenta uma visão detalhada do
escopo do projeto...
 Provavelmente, a sua Declaração de Escopo
apresenta os nív...
 A EAP apresenta uma visão detalhada do
escopo do projeto...
 Provavelmente, a sua Declaração de Escopo
apresenta os nív...
Qual é o nível de detalhe ideal
para a EAP?
 Quando o próximo nível de detalhe de um
componente da EAP contemplar atividades,
talvez seja o momento de parar o
detalh...
 Mas enquanto não for possível atribuir um
item da EAP para um único responsável,
talvez ainda seja possível incluir mais...
 Mas enquanto não for possível atribuir um
item da EAP para um único responsável,
talvez ainda seja possível incluir mais...
 Após detalhar a EAP, as atividades para
realizar cada entrega devem ser listadas no
cronograma...
 Neste momento, o Gerente de Projetos deve
responder – pelo menos – duas perguntas:
 Quanto tempo vai demorar?
 Quem fa...
 Neste momento, o Gerente de Projetos deve
responder – pelo menos – duas perguntas:
 Quanto tempo vai demorar?
 Quem fa...
Um dos grandes dilemas da
humanidade!
Mas algumas técnicas
podem ajudar...
 Opinião Especializada...
 Profissionais experientes naquela atividade
podem ajudá-lo a definir quanto tempo é
necessári...
 EstimativaAnáloga...
 Um projeto semelhante, realizado recentemente,
pode servir de base para definir a duração das
ati...
 Estimativa Paramétrica...
 Relação estatística entre dados históricos e outras
variáveis para calcular a estimativa.
 ...
 Será muito mais fácil realizar estimativas a
partir dos níveis mais baixos da EAP...
 Uma base histórica consistente po...
Inclua um responsável para
cada atividade!
 Gerente de Projeto, cuidado para não ficar
com atividades sem responsáveis...
 Mas também é ruim ter dois responsáveis ...
Você também será avaliado pela
coerência das suas estimativas!
(dependendo da situação, entregar antes do prazo pode
ser t...
Planejamento do Projeto: Parte 3_EAP e Parte 4_Cronograma
 Montem a Estrutura Analítica do ProjetoTCC
 Montem o Cronograma do ProjetoTCC
 Não é necessário considerar as atividades já
realizadas
Entrega das Atividades:
24/09 (terça-feira)
alessandro.almeida@uol.com.br
www.alessandroalmeida.com/unifieo.htm
www.slideshare.net/alessandroalmeida
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)

293 visualizações

Publicada em

Slides da aula apresentada no dia 18 de setembro de 2013.

Disciplina: Gestão de Projetos e Empreendedorismo.

Curso: Sistemas de Informação (SIN-NA7).

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (18/09/2013)

  1. 1. AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com 18/09/2013 2° Semestre de 2013 SIN-NA7
  2. 2. Planejamento do Projeto: Parte 2_Declaração de Escopo
  3. 3. Se preparando para que tudo dê certo...
  4. 4. Execução Monitoramento Encerram ento Iniciação Planejamento
  5. 5. Execução Monitoramento Encerram ento Iniciação Planejamento
  6. 6. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  7. 7. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  8. 8. 1. Detalhar o mapeamento dos stakeholders do projeto 2. Detalhar o Escopo do projeto 3. Detalhar a EAP e o Cronograma 4. Criar o Plano de Comunicação 5. Criar o Plano de Recursos Humanos 6. Criar o Plano de Riscos 7.Validar e divulgar os planos do projeto Planejamento
  9. 9.  Considerando as informações da Declaração de Escopo, é hora de revisar a EAP e o Cronograma construídos na etapa de iniciação.  Há entregas que eu não considerei na versão inicial da EAP?  Quais atividades preciso incluir no cronograma?  Quem serão os responsáveis pelas atividades?
  10. 10.  Lembre-se!  A EAP e o Cronograma são muito úteis, pois permitem que você, Gerente de Projeto, tenha visibilidade sobre o que deve ser feito, quando será feito, quem fará e quanto vai custar
  11. 11.  Lembre-se!  A EAP e o Cronograma são muito úteis, pois permitem que você, Gerente de Projeto, tenha visibilidade sobre o que deve ser feito, quando será feito, quem fará e quanto vai custar Avaliar o quanto vai custar? não faz parte do escopo da nossa disciplina
  12. 12.  Exemplo de EAP: Projeto TCC Documentação Descrição de Caso de Uso Regras de Negócio Requisitos Funcionais Requisitos Não Funcionais Diagrama de Caso de Uso Diagrama de Classes Testes Plano de Testes Script de Testes Evidências de Testes Levantamento de Dados Entrevistas com os Clientes Relatórios de Pesquisas Sistema Cadastros Usuário Paciente Funcionários Relatórios Controle de Acesso
  13. 13.  Exemplo de Cronograma: SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 1 2 3 4 1 2 3 4 5 1 2 3 4 1 2 3 4 DOCUMENTAÇÃO RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DE CASO DE USO Mapear requisitos funcionais José Mapear requisitos não funcionais Maria Mapear regras de negócio Manoel Criar documento Cristina Inserir diagramas Francisca Validar com o cliente Joana DIAGRAMA DE CASO DE USO Identificar atores Roberto Definir casos de uso Mário Criar diagramas Pedro SISTEMA CADASTROS Usuário Codificar módulo João Realizar testes unitários Carlos Encaminhar módulo para o testador Tatiane
  14. 14.  A EAP apresenta uma visão detalhada do escopo do projeto...  Provavelmente, a sua Declaração de Escopo apresenta os níveis 1 e 2 da EAP
  15. 15.  A EAP apresenta uma visão detalhada do escopo do projeto...  Provavelmente, a sua Declaração de Escopo apresenta os níveis 1 e 2 da EAP Projeto TCC Documentação Descrição de Caso de Uso Regras de Negócio Requisitos Funcionais Requisitos Não Funcionais Diagrama de Caso de Uso Diagrama de Classes Testes Plano de Testes Script de Testes Evidências de Testes Levantamento de Dados Entrevistas com os Clientes Relatórios de Pesquisas Sistema Cadastros Usuário Paciente Funcionários Relatórios Controle de Acesso Nível 1 Nível 2
  16. 16. Qual é o nível de detalhe ideal para a EAP?
  17. 17.  Quando o próximo nível de detalhe de um componente da EAP contemplar atividades, talvez seja o momento de parar o detalhamento... Projeto Sem Nome Documentação Descrição de Caso de Uso Regras de Negócio Requisitos Funcionais Requisitos Não Funcionais Fluxos principais, alternativos e de exceção
  18. 18.  Mas enquanto não for possível atribuir um item da EAP para um único responsável, talvez ainda seja possível incluir mais níveis... Projeto Sem Nome Documentação Descrição de Caso de Uso
  19. 19.  Mas enquanto não for possível atribuir um item da EAP para um único responsável, talvez ainda seja possível incluir mais níveis... Projeto Sem Nome Documentação Descrição de Caso de Uso Regras de Negócio Requisitos Funcionais Requisitos Não Funcionais Fluxos principais, alternativos e de exceção
  20. 20.  Após detalhar a EAP, as atividades para realizar cada entrega devem ser listadas no cronograma...
  21. 21.  Neste momento, o Gerente de Projetos deve responder – pelo menos – duas perguntas:  Quanto tempo vai demorar?  Quem fará?
  22. 22.  Neste momento, o Gerente de Projetos deve responder – pelo menos – duas perguntas:  Quanto tempo vai demorar?  Quem fará? Como estimar corretamente? Gerente de Projeto que nunca consegue acertar uma estimativa...
  23. 23. Um dos grandes dilemas da humanidade!
  24. 24. Mas algumas técnicas podem ajudar...
  25. 25.  Opinião Especializada...  Profissionais experientes naquela atividade podem ajudá-lo a definir quanto tempo é necessário para realizá-la
  26. 26.  EstimativaAnáloga...  Um projeto semelhante, realizado recentemente, pode servir de base para definir a duração das atividades
  27. 27.  Estimativa Paramétrica...  Relação estatística entre dados históricos e outras variáveis para calcular a estimativa.  Exemplo... ▪ Em um projeto de instalação de rede de computadores, sei que demoro 1 hora para instalar 15 metros de cabo, então posso afirmar que vou demorar 10 horas para instalar os 150 metros necessários para o projeto
  28. 28.  Será muito mais fácil realizar estimativas a partir dos níveis mais baixos da EAP...  Uma base histórica consistente pode ser útil para realizar estimativas
  29. 29. Inclua um responsável para cada atividade!
  30. 30.  Gerente de Projeto, cuidado para não ficar com atividades sem responsáveis...  Mas também é ruim ter dois responsáveis para a mesma atividade!
  31. 31. Você também será avaliado pela coerência das suas estimativas! (dependendo da situação, entregar antes do prazo pode ser tão negativo quanto entregar depois do prazo)
  32. 32. Planejamento do Projeto: Parte 3_EAP e Parte 4_Cronograma
  33. 33.  Montem a Estrutura Analítica do ProjetoTCC
  34. 34.  Montem o Cronograma do ProjetoTCC  Não é necessário considerar as atividades já realizadas
  35. 35. Entrega das Atividades: 24/09 (terça-feira)
  36. 36. alessandro.almeida@uol.com.br www.alessandroalmeida.com/unifieo.htm www.slideshare.net/alessandroalmeida

×