Pre Apresentacao

837 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
837
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pre Apresentacao

  1. 1. Pré Banca Melhoramento do Sistema de Estar Alessandra Regina Nezzi Pós Graduação em Design de Interação - Faber Ludens Professor Orientador: Érico Fileno
  2. 2. Pesquisa Pesquisa realizada por e-mail Número de Pesquisados: 25 Dados Relevantes Foram efetuadas 25 perguntas, sobre rotinas de estacionar o carro, sistema de Estar e flanelinhas Destaquei as mais relevantes para o projeto
  3. 3. Dados Quantitativos Algumas das perguntas quantitativas feitas Estaciona seu carro onde? 67% Estacionamento privado 54% ESTAR 46% Rua, com flanelinha 42% Escolhe ruas que não tenham nenhuma dessas alternativas Consegue achar lugar com facilidade? 21% Sim 71% Não Consegue comprar com facilidade o cartão? 21% Sim 71% Não Está satisfeito com o serviço em geral? 17% Sim 74% Não
  4. 4. Dados Qualitativos Quando não consegue comprar o cartão o que você faz? Cristina: “Procuro banquinhas ou lugares que vendam, e se não achar, deixo o carro sem estar mesmo, se achar vaga! ” Marlyo: “Acabo deixando sem cartão e corro o risco de ser multado. Muitas das vezes em que tinha tempo disponível para tentar comprar o cartão, acabei sendo notificado no período em que buscava comprar o cartão. Logo, mais prático não perder tempo. . ” Vinicius: “Procuro estacionar em locais que não possuam ESTAR ou então procuro um estacionamento privativo, porém existem momentos em que não se acha estacionamento e nem locais sem ESTAR, daí temos que correr o risco de levar uma multa, infelizmente. O sistema ESTAR em Curitiba é péssimo. ” Aline: “deixo sem Estar e conto com a sorte . ”
  5. 5. Dados Qualitativos O que na sua opinião poderia ser melhorado? Ana: “Compra e uso de cartões” Marlyo: “Tempo, valores, forma de cobrança. ” Caroline: “facilidade pra achar as agentes de estar . ” Vânia: “Deveria haver um tempo de 15 minutos em que o estar não fosse necessário. As vezes o que temos para fazer é rápido e mesmo assim o Estar é necessário. ” Sabrina: “ Deveria haver mais Estar de 1, 2 e 3 horas. ”
  6. 6. Resultado Análise da pesquisa realizada Analisando todos os dados da pesquisa por e-mail, pude observar que a maioria dos usuários do Sistema de ESTAR, não gostam do sistema. Uns por não entenderem qual o objetivo desses sistema, outros por não terem sidos bem atendidos e outros por nunca acharem vagas e agentes de trânsito para fornecer o cartão. Os usuários também se sentem inseguros com o sistema, pois não oferece nenhuma segurança para o carro estacionado. Outros acham que o preço do serviço é abusivo pelo que é ofertado, acham que não deveriam pagar pelo serviço pois já pagam impostos.
  7. 7. Entrevista Entrevista realizada com usuários Número de Pesquisados: 4 Obs: pesquisa em andamento Dados Relevantes Foram efetuadas 26 perguntas, sobre rotinas de estacionar o carro e o sistema de Estar Destaquei as mais relevantes para o projeto
  8. 8. Dados Qualitativos Você usa sempre a hora inteira do cartão? Mosar: “ Não, esse é o problema porque a faixa de preço é para uma hora e acabo nunca usando o tempo todo, e pagando o mesmo preço ” Pedro: “ Sempre . ” Evellyn: “ Não, geralmente fico 15 ou 20 minutos e acabo perdendo o cartão e não gosto de pagar para ficar pouco tempo ” Priscila: “ Sempre uso, e as vezes até acabo passando da hora do cartão. ”
  9. 9. Dados Qualitativos Sempre consegue comprar o cartão quando quer? Se não o que faz? Mosar: “ Recorro aos guardadores de carros(flanelinhas) ou fico sem ESTAR e corro o risco de levar uma multa, o que é bom que me obrigo a comprar um bloquinho. ” Pedro: “ Não é fácil achar a guarda para comprar e quando não acho deixo o carro sem ESTAR ” Evellyn: “ Não, quando não acho vou em algum lugar que vende quando acho e ainda acabo pagando mais caro, quando não acho acabo deixando sem ESTAR mesmo, e fico preocupada. ” Priscila: “ Não, geralmente compro numa banca mais próxima mais daí é mais caro. ”
  10. 10. Dados Qualitativos Sobre a forma de pagamento acha ruim? Quando você não tinha dinheiro o que fez? Mosar: “ Sim, pois só aceita dinheiro. Uma vez eu não tinha trocado, e a atendente não tinha troco, daí tive que recorrer a minha namorada para comprar. ” Pedro: “ Quando não tenho dinheiro deixo sem ESTAR ” Evellyn: “ Acho ruim porque dificilmente temos dinheiro, precisa comprar em algum lugar com alguma outra coisa e passar no cartão, mas não vejo outra forma de ser diferente, porque não tem como elas terem máquina de cartão. ” Priscila: “ Geralmente a guarda tem troco, quando consigo achar a guarda sempre foi tranqüilo. Aconteceu uma vez quando recebi uma multa e precisei comprar um bloco para pagar e não tinha dinheiro tive que deixar sem pagar. ”
  11. 11. Dados Qualitativos Classificar o serviço do pior(1) para melhor(4): Localização das agentes / Tempo de Estar / Formas de Pagamento / Atendimento das Agentes Mosar: “ (1) Localização das agentes (4) Tempo de Estar (2) Formas de Pagamento (3) Atendimento das Agentes ” Priscila: “ (1) Localização das agentes (2) Tempo de Estar (4) Formas de Pagamento (3) Atendimento das Agentes ” Pedro: “ (1) Localização das agentes (3) Tempo de Estar (4) Formas de Pagamento (2) Atendimento das Agentes ” Evellyn: “ (1) Localização das agentes (2) Tempo de Estar (3) Formas de Pagamento (4) Atendimento das Agentes ”
  12. 12. Resultado Análise parcial da entrevista realizada Analisando os dados das entrevista, pude perceber que, o maior problema do sistema é a ausência de agentes para atender os usuários, como elas são o centro do sistema, com a venda do cartão, monitoramento dos carros e o pagamento das possíveis multas. Outro problema é a falta de lugares para estacionar e a dificuldade para achar lugares vagos, já que o sistema prega a rotatividade dos carros, para facilitar o estacionamento em vias publicas. O tempo do Estar também foi citado, pois para alguns é pouco tempo. E outros por pagarem pela hora inteira e não ficam o tempo todo.
  13. 13. Entrevista Entrevista realizada com funcionários Nenhum Estou tentando autorização para entrevistar as agentes
  14. 14. Possíveis soluções Idéias geradas com base na analise das entrevistas
  15. 15. Carro dos usuários RFID nos carros dos usários Todos os carros teriam um “cartão eletrônico”, um selo com um dispositivo de RFID. Esse selo ficará colado no vidro da frente do carro, o sistema estará interligado com o celular do usuário e avisará quando vai vencer o cartão. Com esse sistema o usuário usará apenas o tempo necessário, e contabilizar apenas o tempo estacionado. Com isso só iria pagar pelo tempo permanecido no local. Os leitores de RFID, ficariam dispostos nas áreas de atuação do ESTAR, formando uma rede, e essa é ligada com uma torre que armazena os dados dos carros estacionados, número de celular para mandar sms e dados dos carros.
  16. 16. Sistema de GPS para usuários Aplicativo para GPS Um aplicativo que pode ser instalado nos GPSs de carros e celulares, que especifica os possíveis lugares para estacionar na região que o usuário deseja. O aplicativo falaria quantos carros cabem aproximadamente na rua e quantos carros estão estacionados, facilitando assim para o usuário na hora de estacionar, pois saberia antes a melhor rua para estacionar.
  17. 17. Aplicativo/sistema para agentes de trânsito Os agentes de trânsito teriam um dispositivo no qual aparece a quantidade de carros que estão na rua e apresenta o horário de entrada e saída dos carros e avisa qual carro deve ser multado. Também nesse dispositivo a agente pode selecionar o carro e ver todo o histórico, quantas vezes estaciona ali, multas, IPVA, entre outras coisas. Quando a agente dá a multa, automaticamente ela entra no sistema do DIRETRAN, vai para o e-mail cadastrado do dono do carro, manda mensagem via celular e pode imprimir uma notificação para ser colocada no carro. Essa idéia poderá ser melhorada ou descartada dependendo da entrevista com as agentes do Estar
  18. 18. Sistema para quem não RFDI no carro Cartão de Estar com RFID Os cartões do ESTAR, podem ser vendidos em máquinas que poderiam ficar na torre onde são armazenados os dados dos carros. Onde teriam cartões com horários diferenciados, o usuário escolhe quanto tempo deseja(terá opções de escolha). O usuário pode escolher pagar com dinheiro ou cartão. Esses cartões também teriam os RFIDs, com isso o fluxo de trabalho das agentes de transito não mudaria.
  19. 19. Obrigada! É isso! E ainda tem muito trabalho!

×