Camila 21mp filosofia medieval

332 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
332
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Camila 21mp filosofia medieval

  1. 1. Colégio Estadual Visconde De Bom Retiro Filosofia Medieval Escolástica e Patrística Santo Agostinho São Tomas de Aquino Nome: Camila Dos Anjos Turma: 21M Professor: Alexandre Misturini
  2. 2. Filosofia Medieval • É a forma como denominamos a filosofia que aconteceu na Europa, entre os séculos V e XV; • Interferência da Igreja Católica em todas as áreas do conhecimento; • Temas religiosos, os próprios membros da igreja fazendo parte dos filósofos que vieram a dar vida a este momento da história da filosofia; • Houve diversos pensadores árabes, europeus e judeus; • Domínio da Igreja Romana sobre a Europa, organizando Cruzadas à Terra Santa, sagrando e coroando reis. • Passou a ser lecionada nas escolas, ficando conhecida pelo nome de Escolástica, método de pensamento que dominou o ensino entre os anos de 1100 a 1500 d.C. • Hierarquia entre os seres existentes (relação de domínio entre superiores e inferiores), domínio de papas e bispos sobre reis e barões, separação e diferença entre espírito e corpo, fé e razão, Deus e homem. • Os medievais foram influenciados pelo pensamento de Santo Agostinho, bispo, escritor, teólogo, filósofo, Padre latino e Doutor da Igreja Católica.
  3. 3. Escolástica • Disciplinas ministradas nas escolas medievais – o trivio: gramática, retórica e dialética; e o quadrívio: aritmética, geometria, astronomia e música; • Escola filosófica vigora do princípio do século IX até o final do século XVI, que representou o declínio da era medieval; • No começo seus ensinamentos eram disseminados nas catedrais e monastérios, posteriormente eles se estenderam às Universidades; • É o resultado de estudos mais profundos da arte dialética, a radicalização desta prática; • Um método de aprendizagem, a escolástica nasceu nas escolas monásticas cristãs, de modo a conciliar a fé cristã com um sistema de pensamento racional, especialmente o da filosofia grega; • A obra-prima de Tomás de Aquino é frequentemente vista como exemplo maior da escolástica; • Era essencialmente cristã e procurava respostas que justificassem a fé na doutrina ensinada pelo clero, guardião das verdades espirituais; • Escolásticos tentam harmonizar ideais platônicos com fatores de natureza espiritual, à luz do cristianismo vigente no Ocidente; • A Escolástica foi profundamente influenciada pela Bíblia Sagrada, pelos filósofos da Antiguidade e também pelos Padres da Igreja, escritores do primeiro período do Cristianismo oficial, que detinham o domínio da fé e da santidade.
  4. 4. Patrística • Nome dado à filosofia cristã dos primeiros sete séculos, elaborada pelos Padres ou Pais da Igreja, os primeiros teóricos; • Período patrístico, que durou do século I d.C. à VII d.C.; • caracterizado pelos esforços dos apóstolos João e Paulo e dos primeiros Padres da igreja para fazer uma ligação entre a nova religião e o pensamento filosófico da época, que tinha o pensamento greco-romano em linha de frente; • Consiste na elaboração doutrinal das verdades de fé do Cristianismo e na sua defesa contra os ataques dos "pagãos" e contra as heresias; • Foram os pais da Igreja responsáveis por confirmar e defender a fé, a liturgia, a disciplina, criar os costumes e decidir os rumos da Igreja, ao longo dos sete primeiros séculos do Cristianismo; • Filosofia responsável pela elucidação progressiva dos dogmas cristãos e pelo que se chama hoje de Tradição Católica; • Os nomes mais destacados desse período foram: Justino Mártis, Tertuliano, Clemente de Alexandria, Orígenes, Gregório de Nazianzo, Basílio de Cesaréia e Gregorio de Nissa. Eles não apenas eram envolvidos em com a filosofia grega, a cultura helênica como também foram educados no ambiente desse tipo de filosofia, e assim sendo, queriam usar essa forma de pensamento para ajudar na expansão do cristianismo;
  5. 5. Santo Agostinho • Aurélio Agostinho, nasceu em Tagaste e faleceu em Hipona; • Professor de retórica em escola romanas; • Analisava a vida levando em consideração a psicologia e o conhecimento da natureza. Porém, o conhecimento e as ideias eram de origem divina; • Despertou para a filosofia com a leitura de Cícero, orador e político romano que se caracterizou por seu ecletismo; • Deixou-se influenciar pelo maniqueísmo, doutrina persa que afirmava ser o universo dominado por dois grandes princípios oposto, o bem e o mal, em uma incessante luta entre si; • Passou a lecionar em Roma e posteriormente em Milão; • Entrou em contato com o Ceticismo e depois com o neoplatonismo; • Agostinho argumenta em favor da supremacia do espírito sobre corpo; • As obras de Santo Agostinho influenciaram muito o pensamento teológico da Igreja Católica na Idade Média;
  6. 6. Algumas obras de Santo Agostinho: - Da Doutrina Cristã (397-426) - Confissões (397-398) - A Cidade de Deus (413-426) - Da Trindade (400-416) - Retratações - De Magistro - Conhecendo a si mesmo Frases e Pensamentos de Santo Agostinho: - "Se dois amigos pedirem para você julgar uma disputa, não aceite, pois você irá perder um amigo. Porém, se dois estranhos pedirem a mesma coisa, aceite, pois você irá ganhar um amigo." - "Milagres não são contrários à natureza, mas apenas contrários ao que entendemos sobre a natureza." - "Certamente estamos na mesma categoria das bestas; toda ação da vida animal diz respeito a buscar o prazer e evitar a dor." - "Se você acredita no que lhe agrada nos evangelhos e rejeita o que não gosta, não é nos evangelhos que você crê, mas em você." - "Ter fé é acreditar nas coisas que você não vê; a recompensa por essa fé é ver aquilo em que você acredita." - "A pessoa que tem caridade no coração tem sempre qualquer coisa para dar." - "A confissão das más ações é o passo inicial para a prática de boas ações." - "A verdadeira medida do amor é não ter medida." - "Orgulho não é grandeza, mas inchaço. E o que está inchado parece grande, mas não é sadio."
  7. 7. Santo Agostinho
  8. 8. São Tomas de Aquino • Foi um importante teólogo, filósofo e padre dominicano do século XIII; • Nasceu em 1225 no castelo da cidade de Roccasecca; • Em 1230 começou seus estudos na abadia de Rocasecca; • Em 1244 ingressou na ordem religiosa dos Dominicanos; • Entre 1245 e 1248 estudou na cidade de Paris e foi orientado por Alberto Magno (entra em contato com a filosofia aristotélica); • Entre 1248 e 1259 estudou na Faculdade de Teologia, fundada por Alberto Magno na cidade alemã de Colônia; • Entre 1252 e 1259 foi mestre na Universidade de Paris; • Em 1259 escreveu a Suma contra os gentios; • Em 1273 escreveu a Suma Teológica; • Considerado um dos principais representantes da escolástica; • Foi o fundador da escola tomista de filosofia e teologia; • Buscou utilizar a filosofia grecolatina clássica (principalmente de Aristóteles) para compreender a revelação religiosa do cristianismo.
  9. 9. • Principais obras -Scriptum super sententiis -Summa contra gentiles (Suma contra os gentios) -Summa theologiae (Suma Teológica) • Frases - "O primeiro degrau para a sabedoria é a humildade." - "Tenho medo do homem de um só livro." - "Para aqueles que tem fé, nenhuma explicação é necessária. Para aqueles sem fé, nenhuma explicação é possível."
  10. 10. São Tomas de Aquino

×