PROF. ALDO
 Argumentar é a arte de influenciar os outros por meioda evidência e da lógica.
 Dissertar é expor, explanar, explicar ideias ouargumentar acerca de determinado assunto. Tipos de texto dissertativoEx...
OPINIÃO PONTODE VISTAARGUMENTOSOBSERVAÇÃOREFLEXÃOTEMA = ASSUNTO-CHAVE
TEMATESEARGUMENTOSÉ o ASSUNTO-CHAVE DEUMA REDAÇÃOÉ o PONTO DE VISTASOBRE O TEMA.São as JUSTIFICATIVAS,EXPLIFICAÇÕES, EXEMP...
ESQUEMA DA DISSERTAÇÃOIntrodução→ 1 parágrafo.Desenvolvimento → 2 ou 3parágrafos.Conclusão → 1 parágrafo.
VAMOS ANALISAR OSTEXTOS!?
Fisicamente, oparágrafo apresenta, nanorma brasileira, ligeiroafastamento das margens;e termos de lógica, oparágrafo osten...
 Na minha opinião.., ‘Eu acho...’ No meu ponto devista... Podemos concluir.., Então concluímos..;Ah, Não se usa oster...
VAMOS PRATICAR!?HORA DO EXERCÍCIO!
1 – Reescreva o texto no caderno de redação, Primeiramente,identifique as partes básicas do texto e as organizem de acordo...
COMO CONVIVER CRITICAMENTE COM A TV1º parágrafo→introdução→ recorte do temaVivemos numa época em que a televisão é o meio ...
Introdução a argumentação
Introdução a argumentação
Introdução a argumentação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Introdução a argumentação

2.357 visualizações

Publicada em

Estudo da estrutura básica do texto dissertativo-argumentativo.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução a argumentação

  1. 1. PROF. ALDO
  2. 2.  Argumentar é a arte de influenciar os outros por meioda evidência e da lógica.
  3. 3.  Dissertar é expor, explanar, explicar ideias ouargumentar acerca de determinado assunto. Tipos de texto dissertativoExpositivo dissertativoArgumentativo-dissertativo
  4. 4. OPINIÃO PONTODE VISTAARGUMENTOSOBSERVAÇÃOREFLEXÃOTEMA = ASSUNTO-CHAVE
  5. 5. TEMATESEARGUMENTOSÉ o ASSUNTO-CHAVE DEUMA REDAÇÃOÉ o PONTO DE VISTASOBRE O TEMA.São as JUSTIFICATIVAS,EXPLIFICAÇÕES, EXEMPLOSda tese.
  6. 6. ESQUEMA DA DISSERTAÇÃOIntrodução→ 1 parágrafo.Desenvolvimento → 2 ou 3parágrafos.Conclusão → 1 parágrafo.
  7. 7. VAMOS ANALISAR OSTEXTOS!?
  8. 8. Fisicamente, oparágrafo apresenta, nanorma brasileira, ligeiroafastamento das margens;e termos de lógica, oparágrafo ostenta unidade depensamento; a sua extensãovaria de acordo com acomplexidade da ideiageradora do parágrafo.SEMPRE INICIAMOSO PARÁGRAFO COM LETRAMAIÚSCULA.Para seguir a estrutura ,você deve usar osparágrafos!
  9. 9.  Na minha opinião.., ‘Eu acho...’ No meu ponto devista... Podemos concluir.., Então concluímos..;Ah, Não se usa ostermos:
  10. 10. VAMOS PRATICAR!?HORA DO EXERCÍCIO!
  11. 11. 1 – Reescreva o texto no caderno de redação, Primeiramente,identifique as partes básicas do texto e as organizem de acordocom a estrutura do texto dissertativo (INTRODUÇÃO –DESENVOLVIMENTO – CONCLUSÃO)Porém, apesar dos malefícios acima citados, não há meio de seacabar com tais problemas, resultando, desse modo, naconvivência crítica com a realidade. A verdade é que a tv veiopara ficar e a cada dia se torna mais sofisticada. Assim, o que sedeve é investir maciçamente em educação, deixando ao encargodo telespectador a escolha do que lhe é útil.Por outro lado, ela revela-se um mau veículo devido ao grandepoder de massificação e indução ao consumismo, manipulaçãode opiniões levando à alienação e deixando o indivíduo à mercêdas mais diversas ideologias.como conviver criticamente com a tvVivemos numa época em que a televisão é o meio decomunicação de maior expressão. Alguns programas nosauxiliam no cotidiano. No entanto, há outros que manipulam asinformações e acabam por nos levar a falsas generalizações.Dentre os benefícios proporcionados pela tv, podemos citar ainformação rápida transmitida pelos telejornais, o lazer fácil, adifusão de cultura por meio de filmes e documentários, osprogramas educativos e outros.
  12. 12. COMO CONVIVER CRITICAMENTE COM A TV1º parágrafo→introdução→ recorte do temaVivemos numa época em que a televisão é o meio de comunicação de maior expressão.Alguns programas nos auxiliam no cotidiano. No entanto, há outros que manipulam as informações eacabam por nos levar a falsas generalizações.2º parágrafo→desenvolvimento→pontos positivos da tvDentre os benefícios proporcionados pela tv, podemos citar a informação rápida transmitidapelos telejornais, o lazer fácil, a difusão de cultura por meio de filmes e documentários, os programaseducativos etc.3º parágrafo→desenvolvimento→pontos negativos da tvPor outro lado, ela revela-se um mau veículo devido ao grande poder de massificação eindução ao consumismo, manipulação de opiniões levando à alienação e deixando o indivíduo àmercê das mais diversas ideologias.4º parágrafo→conclusão→favorável com ressalvasPorém, apesar dos malefícios acima citados, não há meio de se acabar com tais problemas,resultando, desse modo, na convivência crítica com a realidade. A verdade é que a tv veio para ficar ea cada dia se torna mais sofisticada. Assim, o que se deve é investir maciçamente em educação,deixando ao encargo do telespectador a escolha do que lhe é útil.

×