Can  Marketing  Communication Help  to sustain the World? © Armando Guerra Junqueiro 2ºAno Com.Organiz./Com.Marketing
Ads. <ul><li>Comunicação  com diferentes objectivos. </li></ul><ul><li>Sensibilização, Político, Comercial, </li></ul><ul>...
Always consider Starting at the other end
Formação de atitudes .  Entradas Presenças actuais, imaginadas ou implicadas de outras pessoas. Saídas Os pensamentos, sen...
Formação de atitudes.  T eoria  Cog nitiva:  O comportamento  depende   da forma  como o  indivíduo   percepciona  a situa...
Formação de atitudes.  Afectiva Sentimentos subjectivos e respostas fisiológicas que estão na atitude. Comportamental Proc...
Formação de atitudes.  Ou t ras  Caracter ísticas: As atitudes  são apreendidas, provêm da experiência , portanto  podem s...
<ul><li>Influ ência  informa tiva:   </li></ul><ul><li>Existe uma tendência </li></ul><ul><li>em aceitar a informação dada...
Exemplo de Formação de Atitude. 1.  Criam-se laços de união com as vitimas da catástrofe;  2.  Desenvolve-se uma opinião d...
 
Title Sustain ability Cultural Económica Social Espacial Ecológica Il Faut Changer Sustentabilidade
Title <ul><li>Económica  –  Toca na gestão eficiente dos recursos numa dinâmica activa de investimentos públicos e privado...
<ul><li>Cultural  –  Reporta-se na procura de raízes endógenas, de processos de modernização e de sistemas agrícolas integ...
Title <ul><li>Social  -  Está relacionada com uma equidade na distribuição das receitas, diminuindo o  gap  entre ricos e ...
 
<ul><li>Antes de pretender criar a </li></ul><ul><li>ligação com o consumidor, uma </li></ul><ul><li>segmentação eficaz ap...
<ul><li>“ POSICIONAMENTO É A ARTE DE CRIAR UMA </li></ul><ul><li>PERCEPÇÃO DISTINTIVA PARA A MARCA DE </li></ul><ul><li>FO...
<ul><li>Mais do que ser marca  </li></ul><ul><li>Top  of  Mind </li></ul><ul><li>Não é ser apenas lembrada quando se prete...
<ul><li>Above the Line </li></ul><ul><li>Estratégia de </li></ul><ul><li>Comunicação dirigida </li></ul><ul><li>ao consumi...
Title www.mindthecurb.com E x emplos de Sp o ts:
Conc l usão <ul><li>Neste campo,  todos   os  profissionais  de </li></ul><ul><li>Marketing  têm um encargo acrescido. </l...
 
Obrigado. Armando Guerra Junqueiro 2ºAno Com.Organiz./Com.Marketing
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Can Mark. Com. Help to Sustain the World?

303 visualizações

Publicada em

Apresentação efectuada na 7thInternational Week da ESEC.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Can Mark. Com. Help to Sustain the World?

  1. 1. Can Marketing Communication Help to sustain the World? © Armando Guerra Junqueiro 2ºAno Com.Organiz./Com.Marketing
  2. 2. Ads. <ul><li>Comunicação com diferentes objectivos. </li></ul><ul><li>Sensibilização, Político, Comercial, </li></ul><ul><li>Apelo, Espectáculo… </li></ul>No final, a comunicação , centra-se na procura da mudança.
  3. 3. Always consider Starting at the other end
  4. 4. Formação de atitudes . Entradas Presenças actuais, imaginadas ou implicadas de outras pessoas. Saídas Os pensamentos, sentimentos e comportamentos do indivíduo.
  5. 5. Formação de atitudes. T eoria Cog nitiva: O comportamento depende da forma como o indivíduo percepciona a situação social, como um todo activo , conferindo importância às emoções e cognições logo, aos seus efeitos nas crenças e atitudes. <ul><ul><li>T eoria dos Pap éis: </li></ul></ul><ul><ul><li>Relacionada com os diferentes papéis que os indivíduos “representam”, durante a sua relação com as redes sociais em que estão envolvidos. </li></ul></ul>
  6. 6. Formação de atitudes. Afectiva Sentimentos subjectivos e respostas fisiológicas que estão na atitude. Comportamental Processo mental e físico que aparelha o individuo para agir de uma certa forma. Cognitiva Crenças e opiniões que servem para expressar a atitude.
  7. 7. Formação de atitudes. Ou t ras Caracter ísticas: As atitudes são apreendidas, provêm da experiência , portanto podem ser alteradas . Neste âmbito, as atitudes, podem ajudar o pensamento e ao comportamento, para além de contribuírem para a auto-representação. São depreendidas do modo como os indivíduos se comportam São conduzidas para um objecto psicológico tangível, abstracto, comportamental, grupos, pessoas.
  8. 8. <ul><li>Influ ência informa tiva: </li></ul><ul><li>Existe uma tendência </li></ul><ul><li>em aceitar a informação dada, como prova </li></ul><ul><li>de realidade objectiva, e é superior quanto </li></ul><ul><li>maior for a maioria a concordar. </li></ul>Formação de atitudes. Ou t ras Condições : Influ ência norma tiva : Acontece uma conformação do individuo às expectativas dos outros, é tanto maior quanto maior for a coesão do grupo a exercê-la.
  9. 9. Exemplo de Formação de Atitude. 1. Criam-se laços de união com as vitimas da catástrofe; 2. Desenvolve-se uma opinião de apoio; 3. Age-se em conformidade.
  10. 11. Title Sustain ability Cultural Económica Social Espacial Ecológica Il Faut Changer Sustentabilidade
  11. 12. Title <ul><li>Económica – Toca na gestão eficiente dos recursos numa dinâmica activa de investimentos públicos e privados. </li></ul>Sustain ability <ul><li>Ecológica - Está focalizada na utilização dos recursos renováveis e limitação dos combustíveis fósseis, reduzindo a produção de resíduos e de poluição. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Cultural – Reporta-se na procura de raízes endógenas, de processos de modernização e de sistemas agrícolas integrados que facilitem a geração de soluções específicas para o local, ecossistema, a cultura e a área. </li></ul>Sustain ability <ul><li>Espacial - Ordenamento </li></ul><ul><li>do território consciente e dos espaços rurais e urbanos. </li></ul>
  13. 14. Title <ul><li>Social - Está relacionada com uma equidade na distribuição das receitas, diminuindo o gap entre ricos e pobres . </li></ul>Sustain ability &quot;Sustainable development is development that meets the needs of the present without compromising the ability of future generations to meet their own needs.” Brundtland Commission, in Bruntland Report “Our Commom Future”
  14. 16. <ul><li>Antes de pretender criar a </li></ul><ul><li>ligação com o consumidor, uma </li></ul><ul><li>segmentação eficaz apoia a estratégia de comunicação. </li></ul>Seg mentação A Q uem vamos Comunicar ? Q uem nos vai ouvir ?
  15. 17. <ul><li>“ POSICIONAMENTO É A ARTE DE CRIAR UMA </li></ul><ul><li>PERCEPÇÃO DISTINTIVA PARA A MARCA DE </li></ul><ul><li>FORMA A DIFERENCIÁ-LA DE FORMA RELEVANTE </li></ul><ul><li>EM RELAÇÃO À CONCORRÊNCIA. </li></ul><ul><li>POSICIONAMENTO NÃO É O QUE VOCÊ FAZ </li></ul><ul><li>COM O PRODUTO, É O QUE FAZ NA MENTE DO </li></ul><ul><li>CONSUMIDOR.” </li></ul><ul><li>(Al Ries e Jack Trout, 2000) </li></ul>Look Up! Posicio namento
  16. 18. <ul><li>Mais do que ser marca </li></ul><ul><li>Top of Mind </li></ul><ul><li>Não é ser apenas lembrada quando se pretende comprar um produto mas, sempre que pensa no produto. </li></ul>Posicio namento Como ?
  17. 19. <ul><li>Above the Line </li></ul><ul><li>Estratégia de </li></ul><ul><li>Comunicação dirigida </li></ul><ul><li>ao consumidor em </li></ul><ul><li>geral utilizando </li></ul><ul><li>plataformas mass </li></ul><ul><li>media ex: publicidade </li></ul>Str a tegy Below the Line Estratégia de Comunicação dirigida a públicos especificos, com maior interacção e fora das plataformas mass media ex: Marketing Directo Identifica ção & Diferencia ção
  18. 20. Title www.mindthecurb.com E x emplos de Sp o ts:
  19. 21. Conc l usão <ul><li>Neste campo, todos os profissionais de </li></ul><ul><li>Marketing têm um encargo acrescido. </li></ul><ul><li>Compreendem um dever para com a </li></ul><ul><li>Humanidade e gerações vindouras, no </li></ul><ul><li>sentido de terem esclarecimento no efeito </li></ul><ul><li>da técnica utilizada e serem detentores </li></ul><ul><li>de informação privilegiada. </li></ul><ul><li>Responsabilidade que vai para além da </li></ul><ul><li>consciência normal do Código </li></ul><ul><li>Deontológico . Responsabilidade Humana </li></ul><ul><li>pelo conhecimento da consequência dos </li></ul><ul><li>seus actos nos consumidores, </li></ul><ul><li>seguidores, público, amigos, família, </li></ul><ul><li>colegas, profissionais e por último em si . </li></ul><ul><li>Sente-se Comprometido? </li></ul>
  20. 23. Obrigado. Armando Guerra Junqueiro 2ºAno Com.Organiz./Com.Marketing

×