Paginas amarelas - GUSTAVO LIMA

565 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
107
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paginas amarelas - GUSTAVO LIMA

  1. 1. Entrevista RONALDO BEZERRAA essência de um dom GUSTAVO LIMAO cantor e compositor evangélico diz que a felicidade e satisfação pela música estãomuito além da simples compreensão. No ato de cantar, deve haver sentimentoD esde criança, Ronaldo Be- zerra, 37 anos, dentista, cantor, compositor, pastor e líder nacional do minis-tério de música da igreja Comuni-dade da Graça, já dava indícios de quetinha um talento especial. Em 1997,esteve no México cursando a Escola “A música éde Adoração de Marcos Witt (C.C. D. algo divino, porM. A. C), que é destinada à formaçãode músicos e líderes evangélicos. No isso, procuroinício da carreira, chegou a atuar comocontra baixista e, gradativamente, foibuscando seu espaço no meio musi- usá-la comcal como cantor, consolidando seu sabedoria e ”nome na música evangélica. Gra-vou sete CDs, um DVD e escreveuo livro “A Excelência da Adoração”. discernimentoGanhou o Troféu Ômega duas vezescomo destaque do ano e um por mel-hor música do ano. Seu ministériomusical tem ultrapassado fronteiras,ministrando seminários e congressosem outros países, como EUA, Ingla-terra e Japão. Casado e pai de doisfilhos, ele deu a seguinte entrevista.Qual é a importância da música para a suavida? A música sempre mexeu comigo,gosto demais de música, ela se tornoupara mim uma ferramenta que Deusme deu para proclamar o evangelhode Jesus. Quando eu canto consigoesquecer os problemas, tenho umasensação de paz, vivo aquele mo-mento, dou o meu melhor, realmenteé como se fosse um sonho. Porque amúsica não deve ser apenas cantadae escutada simplesmente, ela tambémdeve ser sentida. Sei que além defazer um bem para mim, faço paraaqueles que escutam. Cada louvor queministro me identifico, cada um tema ver com um momento específico daminha vida. A música é algo divino,por isso, procuro usá-la com sabedoria GUSTAVO LIMAe discernimento, ela realmente é umdom especial, é a minha arte. veja/universidade cruzeiro do sul I 31 DE MAIO, 2011 I 19
  2. 2. Entrevista RONALDO BEZERRAQuando foi que você decidiu ser cantor? Epor quê? Desde pequeno eu já gostava “O talento é ema e restaurantes. Procuro levar uma vida normal. Quando possível, acabode cantar, e em pouco tempo a minha essencial. É levando comigo minha família empaixão pela música aumentou, isso viagens à trabalho.impulsionou o meu interesse em importante serseguir nessa profissão. Aos 8 anos Qual a importância da família na suacomecei a ministrar louvor em uma vocacionado para carreira? A família é a base do meucongregação que meu pai, que é pas- ministério. Eles que me dão sustento,tor, abriu em Londrina, no Paraná. As tal função. Muitos apoio, oram por mim e me abençoam.coisas sempre aconteceram natural- Sem essas coisas, com certeza meumente na minha vida. Com relaçãoa cantar não foi diferente, as coisas têm boa intenção, ministério não teria muito sentido. Principalmente, no meio musical,foram fluindo e eu fui evoluindo pas-so a passo, mas claro que não fiquei mas não são onde conheci muitas pessoas que não acrescentaram nada em minha vida.esperando. Corri atrás daquilo queachava o melhor para mim, e fui em vocacionados. O Uma base familiar bem estruturada é tudo para quem almeja ter uma car-busca do meu sonho, com total apoiodos meus pais. E consequentemente, talento te direciona reira de sucesso consolidada.acabei gravando meu primeiro CD para aquilo que você Em um contexto geral, qual a sua maior de- ”“Rei do Universo” em 1998. cepção na carreira? Não generalizando,Na profissão de cantor, talento pode ser um pode ser mas a decepção que tenho é com os organizadores de eventos que muitasdiferencial ou ele é essencial? O talento é vezes deixam a desejar, eles não agemessencial. É importante ser vocacio- com profissionalismo e não cumpremnado para tal função. Muitos têm boa podem trazer grandes consequências com o que foi acordado. Mudamintenção, mas não são vocacionados. e até sequelas para o resto da vida, planejamentos e esquemas anterior-O Talento te direciona para aquilo que infelizmente muitos cantores já se mente elaborados, e exigem flexibi-você pode ser. E tudo é questão tam- perderam assim. lidade do seu tempo, acabam assim,bém, de oportunidades, muitos têm prejudicando não só a mim, mashabilidades incríveis na área musical, De todas as dificuldades que você enfrentou, como toda a estrutura organizacionalporém não tem aquela oportunidade qual foi o seu maior desafio na profissão? envolvida.necessária para divulgar o seu trabal- Com certeza foi deixar tudo aqui noho e seguir carreira. Fica visível como Brasil para ir estudar música, durante Como você vê a venda de CDs tendo umamuitos que se dizem músicos, tiveram um ano em Durango, no México, queda exorbitante, devido à facilidade emgrandes chances, mas não têm suas na escola de preparação musical e baixar as músicas pela internet? Esse écarrerias alavancadas, justamente, por ministerial do Marcos Witt que é um o preço que nós, músicos, estamosnão terem o dom. ministro muito reconhecido em toda pagando pelo avanço tecnológico. No a América Latina. Foi um tempo entanto, a música é um campo muitoA fama nos tempos hodiernos leva muitos muito proveitoso de crescimento e aberto, por mais que dificuldadesartistas ao sucesso, mas também, muitos amadurecimento, não apenas para o apareçam a própria tecnologia ajudaa perda de tudo aquilo que conquistaram. profissional, mas pessoal também. No trazendo novos recursos para o mer-Como você a gerencia? Eu quero ser uma entanto, ficar longe da minha família cado que é muito versátil. E sempre opessoa simples e não afetada por tudo e amigos foi muito difícil, para mim público que me acompanha não exitao que é oferecido. Procuro sempre foi um sacrifício muito grande que fiz em comprar um CD ou um DVD,estar com pessoas. A humildade foi ficar sozinho em outro país. Não foi mesmo que o conteúdo deles estejaalgo muito marcante que meu pai fácil. disponível na internet.sempre me ensinou, e é o que euvejo nele também. A fama é muito Como você administra o cotidiano cor- Observando um viés do avanço tecnológico,traiçoeira, se você não a domina, ela riqueiro de cantor com a vida pessoal? A qual foi a importância das redes sociaispode destruir sua carreira. Procuro música é minha profissão e exige para a divulgação do seu trabalho? Semmanter próximo sempre minha família muito tempo, principalmente, para dúvida, foi fundamental. Creio quee amigos. Gosto de conhecer pessoas dedicar-me aos ensaios, mas procuro hoje se tornou a principal ferramentanovas e fazer amizades. O dinheiro dividi-lo e estabelecer minhas priori- de divulgação do meu trabalho ee a fama que muitos buscam, trazem dades. Eu gosto de sair com a minha ministério. As pessoas têm fáciluma alegria e prazeres momentâ- família, estar com meus filhos, amigos acesso às minhas músicas, eventosneos, porque tudo isso é passageiro e e ir à igreja, enfim, passeios ao cin- que participo, lançamentos de projetos22 I 31 DE MAIO, 2011 I veja/universidade cruzeiro do sul
  3. 3. e até mesmo da minha vida pessoal.Isso é bom, pois aproxima o público “A música sempre como as nossas também. Além disso, músicas em parcerias sempre ajudamque me acompanha e também os que mexeu comigo. em uma divulgação maior do nossonão me conhecem. As redes sociais trabalho.funcionam como uma assessoria de Quando eu cantoimprensa, claro que com suas limita- O que a participação em eventos solidários,ções, mas ajudam bastante o contato consigo esquecer como o “Projeto Atitude” acrescentaramcom as pessoas, que quando converso, para a sua vida? Me sinto muitome passam o que elas têm gostado e os problemas, tenho mais feliz por poder abençoaro que poderia ser melhorado. Ouvir pessoas. O “Projeto Atitude” visaopiniões, mesmo quando são muitocríticas, me ajudam a crescer, e pra uma sensação de isso, abençoamos pessoas através de doações de roupas, alimentos,mim esse é o maior benefício dacomunicação digital. paz, vivo aquele brinquedos, enfim, é um projeto que visa alcançar o próximo e abençoá-Na sua visão, atualmente, qual a maior momento, dou o meu lo. Um gesto que pode parecer simples, mas para quem precisa édificuldade da música evangélica na culturabrasileira? Ser realmente reconhecida melhor, realmente muito importante, não tem coisa melhor do que você cantar em umcomo parte da nossa cultura, apesar é como se fosse um evento que ajuda pessoas carentes, e ”de vários cantores já terem. A música depois você vê-las entusiasmadas eevangélica na cultura brasileira nãotem aberturas e oportunidades na mí- sonho extremamente felizes e agradecidas. Não há nada mais humano do quedia como outros estilos musicais mais ajudar o próximo, com certeza issotradicionais têm. Precisa haver uma traz satisfação para minha vida emaior valorização dos nossos trabal- têm um certo receio, não criticam, ministério.hos, mas acho que isso é questão de mas também não apóiam.tempo. O mais importante é quando O que você acha que falta para ser recon-passo na rua e escuto em carros, lojas, Qual a situação mais inusitada que acon- hecido internacionalmente? A questão docasas e até mesmo nas barracas de teceu com você, por ter o mesmo nome do idioma é algo a ser considerado. Nacamelô músicas evangélicas, a mídia ex-jogador da seleção brasileira e do Corin- maioria das vezes, as nossas músicaspode não nos divulgar tanto, mas as thians, Ronaldo “Fenômeno”? O mais en- não são tão divulgadas em outrospessoas mesmo assim, as escutam. graçado é que coincidentemente tam- países, por causa da língua portuguesa bém sou corinthiano. Por um tempo, não ter um reconhecimento interna-As músicas evangélicas tradicionais do quando ia ao estádio do Pacaembu, ou cional. Seria necessário, por exemplo,Brasil têm uma característica de serem um qualquer outro lugar, as pessoas sem- gravar um projeto em inglês, que épouco mais lentas. Você já foi criticado ou pre diziam “Ronaldo, brilha muito no um idioma internacionalmente recon-até mesmo perseguido, por ter um estilo de Corinthians”. Eu sempre recebi isso hecido, além de ser a língua em que amúsica mais agitada, estilo pop/rock? Essa como carinho das pessoas, além de ser música ganha mais destaque.é uma questão muito mais ampla, o muito engraçado é legal essa ligação,que seria da música se só tivéssemos claro que com as devidas proporções, Quais são as suas ambições profissionais e oapenas um estilo. A música evangélica já que eu não levo tanto jeito com o que você vê para o futuro da música? Que-como outros estilos ampliaram sua futebol, é melhor ficar só na música. ro continuar gravando os meus pro-visão, buscam levar a mesma mensa- jetos musicais, procurando crescer egem em gêneros diferentes, para pú- Qual a importância para você em fazer me aperfeiçoar, e também, preparandoblicos diferentes. No início da minha parcerias com outros cantores em músicas e líderes na área do louvor e adoração,carreira, muitas vezes não tive muitas grandes eventos? Já tive o privilégio de através de congressos e semináriosoportunidades para expor meu trab- fazer parcerias com grandes cantores por todo o Brasil como já tenho feito.alho supondo que fosse esse o motivo, como Marcos Witt, Adhemar de Cam- Na música sempre temos evoluções emas isso foi mudando aos poucos, até pos, PG, Pregador Luo, entre outros. renovações, e o número de bandas emesmo porque nos Estados Unidos a As parcerias são muito importantes, cantores revelações é cada vez maior.música evangélica que hoje tem muita são experiências diferentes, misturas E acredito que quem sente felicidadeinfluência no Brasil, já vinha num de estilos e variações nas músicas, e satisfação na música, e coloca sen-embalo de readaptação para os estilos damos mais liberdade para alterar timento naquilo que faz, tendo umade música. Se eu sofri alguma perse- trechos das músicas enquanto canta- preparação adequada, pode vencerguição não percebi, mas o que pude mos. É muito bom sair do protocolo, grandes obstáculos e realizar os seusobservar é que muitas pessoas, ainda quebra expectativas tanto do público sonhos. veja/universidade cruzeiro do sul I 31 DE MAIO, 2011 I 23

×