Projeto Experimental em Comunicação II Instituto do Câncer Infantil do RS
APRESENTAÇÃO Razão Social: Instituto do Câncer Infantil do RS Data de Fundação :  09/12/1992 Fundadores: Dr. Algemir Brune...
História O ICI/RS começa em 1992, quando o médico oncologista pediátrico Algemir Lunardi Brunetto retorna de Newcastle e u...
Diagnóstico A instituição conta com uma equipe muito enxuta de colaboradores, nove funcionários e quatro estagiários que t...
Mapeamento dos Públicos
Mapeamento dos Públicos Os  públicos estratégicos  são os voluntários e acompanhantes, aos quais devem ser trabalhados par...
Objetivos <ul><li>Objetivo Geral : </li></ul><ul><ul><li>Desenvolver projetos com os públicos estratégicos, com finalidade...
PROJETO 1  FABRICANDO O FUTURO Justificativa : A Casa de Apoio abriga os acompanhantes das crianças que vem do Interior do...
Justificativa : A Feira Natalina será realizada pra que os acompanhantes tenham um retorno financeiro com a venda dos prod...
Créditos do Trabalho <ul><li>O trabalho foi desenvolvido pelas Alunas de Comunicação Social – Habilitação em Relações Públ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS

1.588 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.588
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
56
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rp Em Ação - Instituto do Câncer Infantil do RS

  1. 1. Projeto Experimental em Comunicação II Instituto do Câncer Infantil do RS
  2. 2. APRESENTAÇÃO Razão Social: Instituto do Câncer Infantil do RS Data de Fundação : 09/12/1992 Fundadores: Dr. Algemir Brunetto Lunardi e Lauro Quadros Localização: Possui sede própria na Rua Francisco Ferrer, 276, Bairro Rio Branco Porto Alegre/RS Área de Atuação: A ssistência, ensino e pesquisa para o desenvolvimento do tratamento do câncer Infantil. Diretoria: Diretor Presidente: Algemir Lunardi Brunetto Diretoria: Rui Carlos Guerreiro, José Henrique Noronha Scheibe, Kátia Arrudae Sylvia Lawson Foster Conselheiro Presidente: Jornalista Lauro Quadros Conselheiro vice-presidente: Sérgio Antônio L. de M. Saraiva Gerente Executiva: Marion de Souza Site: www.ici-rs.org.br
  3. 3. História O ICI/RS começa em 1992, quando o médico oncologista pediátrico Algemir Lunardi Brunetto retorna de Newcastle e une-se ao jornalista Lauro Quadros para criar, no Estado do Rio Grande do Sul, uma instituição voltada exclusivamente para o tratamento de crianças com câncer. O Instituto é hoje uma referência para o tratamento do câncer na América Latina, atingindo um índice de cura de 70% de casos atendidos. O ICI-RS é formado por três anexos que abrangem seus serviços e dão estrutura básica. São eles: Centro de Apoio, sede administrativa da instituição, Casa de Apoio, conhecido também por Albergue, onde ficam hospedadas as crianças em tratamento e seus acompanhantes e o SOP (Serviço de Oncologia Pediátrica) localizado no 3º Leste do Hospital de Clínicas, onde ficam internadas as crianças em tratamento. A forma de sustentabilidade da Instituição é através de diversos projetos e eventos , realizados durante o ano que revertem renda para a causa. Esses eventos são coordenados pela área de eventos. A realização se dá com o apoio da equipe administrativa e voluntários. Os principais eventos são: McDia Feliz e Corrida pela Vida. Além disso, recebe doações através de projetos como Funcriança e a Nota é Minha, além de doações em dinheiro e em gêneros alimentícios, roupas, calçados, brinquedos, livros, medicamentos, entre outros. Como forma de comunicação conta com três informativos mensais on-line que atingem públicos diferenciados: o ICI Voluntariado, para os voluntários, o Tijolinhos Amarelos, para a comunidade em geral (mailling da instituição) e o Integração para os funcionários da Instituição. Além do trabalho de Assessoria de Imprensa.
  4. 4. Diagnóstico A instituição conta com uma equipe muito enxuta de colaboradores, nove funcionários e quatro estagiários que trabalham na área administrativa. Os voluntários estão divididos em nove núcleos, que atuam em diferentes áreas, e ajudam muito no trabalho diário da instituição e nos eventos realizados. Cada núcleo conta um Coordenador que conduz o trabalho da equipe formada pelos voluntários. Os voluntários podem trabalhar diariamente, algumas vezes por semana ou apenas nos eventos. Isso depende do tempo de cada pessoa, que é indicado ao preencher a ficha de interesse e na entrevista com a Coordenadora de todos os voluntários. Os voluntários conhecem a instituição através do site, ou de indicação de outros voluntários ou de outras ONGs parceiras como a Parceiros Voluntários. Conforme analisado verificamos que o ICI-RS tem deficiências de relacionamento com seus públicos. Há dificuldades com os voluntários que não exercem de maneira plena suas funções, como a falta de comprometimento, responsabilidade, cuidado com o patrimônio da instituição, sentimento de posse, o que gera conflito entre os voluntários e funcionários do Centro de Apoio. Outro ponto a ser desenvolvido é a comunicação com os familiares, pois não compreendem que a assistência não pode ser oferecida para toda a família, mas apenas para o paciente.
  5. 5. Mapeamento dos Públicos
  6. 6. Mapeamento dos Públicos Os públicos estratégicos são os voluntários e acompanhantes, aos quais devem ser trabalhados para que haja uma melhoria de relacionamento entre esses públicos e a instituição.
  7. 7. Objetivos <ul><li>Objetivo Geral : </li></ul><ul><ul><li>Desenvolver projetos com os públicos estratégicos, com finalidade de restituir os relacionamentos entre organização e estes públicos. </li></ul></ul><ul><li>Objetivos Específicos : </li></ul><ul><ul><ul><li>Incentivar a capacitação dos familiares dos pacientes em tratamento. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Promover o engajamento do voluntário com a instituição. </li></ul></ul></ul>
  8. 8. PROJETO 1 FABRICANDO O FUTURO Justificativa : A Casa de Apoio abriga os acompanhantes das crianças que vem do Interior do Estado para tratamento da doença no hospital. Como o abrigo não conta com estrutura que proporcione entretenimento, o projeto ajudará os acompanhantes a ocuparem seu tempo livre. Objetivo : Incentivar os acompanhantes a ocupar seu tempo ósseo, participando de oficinas artesanais que possam lhes proporcionar ajuda financeira. Público alvo : Acompanhantes de pacientes que estão em tratamento com apoio da Instituição. Dinâmica ação : As oficinas artesanais serão realizadas terças-feiras das 9h30min às 11h e quintas-feiras das 16h30min às 18h as aulas serão ministradas na Casa de Apoio por voluntários do ICI-RS. Para informar os voluntários da realização do projeto e convidá-los a integrar a ação, será utilizado o ICI Voluntariado, que é o instrumento de comunicação dirigido à este público. O comunicado aos acompanhantes será realizado através de uma reunião promovida pelo núcleo das oficinas, que serão os co-responsáveis pelo projeto. Divulgaremos no mural da Casa de Apoio as informações das oficinas. Instrumentos de comunicação : Boletim Informativo (ICI Voluntariado) e Murais da Casa de Apoio e Centro de Apoio. Avaliação : A avaliação será realizada através de pesquisa qualitativa que será aplicado no final ano para mensurar o resultado da oficina, ocasionando possíveis melhorias.
  9. 9. Justificativa : A Feira Natalina será realizada pra que os acompanhantes tenham um retorno financeiro com a venda dos produtos confeccionados na oficina. Objetivo : Após a realização das oficinas artesanais os acompanhantes precisarão realizar a venda dos produtos confeccionados durante as oficinas. Público alvo : Voluntários, colaboradores do ICI-RS, funcionários do Hospital e comunidade em geral. Dinâmica ação : A feira será organizada pelo núcleo das oficinas e pelos próprios expositores. A venda será realizada no pátio da Casa de Apoio, utilizando estruturas próprias. O evento acontecerá nos dias 17 e 18 de dezembro, das 10h às 17h. A divulgação será feita através de cartazes anexados nos murais do Centro de Apoio, SOP, Casa de Apoio. Será enviada uma nota no ICI Voluntariado. E através da assessoria de imprensa será feita a divulgação para a mídia. Instrumentos de comunicação : Boletim Informativo (ICI Voluntariado), Assessoria de Imprensa e Murais. Avaliação : A avaliação será realizada através de pesquisa quantitativa através das vendas realizadas no evento. PROJETO 2 FEIRA NATALINA
  10. 10. Créditos do Trabalho <ul><li>O trabalho foi desenvolvido pelas Alunas de Comunicação Social – Habilitação em Relações Públicas, da Universidade do Vale dos Sinos – Unisinos, na disciplina de Projeto Experimental em Comunicação II, do ano 2008/2. </li></ul><ul><li>Alunas: Claudia Dias, Karoline Lima e Priscila Sanches. </li></ul><ul><li>Informações retiradas do site da Instituição e cedidas por Fabíola Carrilo Supervisora de Projetos e Eventos da Instituição. </li></ul>

×