Colunistas Case Vai Bem

546 visualizações

Publicada em

A Vai Bem é uma marca de picolés artesanais nascida e criada em Brasília. Nascida do sonho de 6 empresários que resolveram inovar em um segmento em crescimento e ao invés de optar por uma operação de loja ou quiosque, criaram uma fábrica própria para distribuir picolés para diversos pontos de venda e para um canal de venda direta, um foodtruck.

O trabalho foi recebido pela Look'n Feel em seu estágio mais embrionário, antes mesmo de inclusive ter nome. Em uma estratégia arrojada, resolvemos criar um posicionamento que se afastava de todos os principais concorrentes e ia contra a onda das paletas mexicanas vigente no segmento. Optamos por nos assumir como o que realmente somos: picolés!

Esse case conta toda a história do desenvolvimento da marca, mostra seus desdobramentos e aplicações e os resultados originados do trabalho.

Publicada em: Alimentos
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
98
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Colunistas Case Vai Bem

  1. 1. No auge da moda das paletas mexicanas, seis jovens empresários de Brasília resolveram lançar uma nova marca no mercado. Adotaram uma estratégia de negócio diferente dos seus principais competidores. Ao invés do tradicional modelo de franquias, montaram uma fábrica própria para atender diversos pontos de venda e um canal de venda direta, um descolado foodtruck de picolés.
  2. 2. Sendo assim, resolvemos criar um posicionamento de comunicação que também fosse diferente e único. Optamos por deixar de lado a identidade mexicana e apostar numa marca que trouxesse toda a nossa brasilidade. Esquecemos essa coisa de “paleta” e nos assumimos como aquilo que realmente somos: picolé. E criamos uma marca que carrega a leveza do nosso Brasil em seu nome e em sua identidade visual, recheada com muito tropicalismo e um bocado de leite condensado.
  3. 3. Brasilidade e positividade traduzidas no nome da marca
  4. 4. Escolhemos uma fonte cursiva, pois as curvas sugerem movimento, fluidez e leveza. Os gliphs nos lembram das ondas do mar, que estão intimamente conectadas ao universo cognitivo da marca; praia, sol, diversão e muita energia positiva.
  5. 5. A paleta de cores da marca traz tons de verde e azul, que remetem aos elementos da natureza; a água, as plantas, o céu. Os tons alaranjados nos lembram da energia do sol e nos emprestam toda a vibração das cores mais quentes.
  6. 6. http://www.vaibemgelados.com.br/
  7. 7. http://www.vaibemgelados.com.br/
  8. 8. DescoladaJovem Festiva Animada Extrovertida
  9. 9. Como traduzimos isso na comunicação?
  10. 10. “ ”
  11. 11. A marca foi lançada na Santa Feijuca, um evento que é a cara da marca: alto astral, descolado e brasileiríssimo. Aperta o play! https://www.youtube.com/watch?v=L6RwPt-OCJo
  12. 12.

×