Desde 1976, as lojas Gang tem como objetivo principal atender ao público jovem oferecendo o melhor em roupas. Atualmente c...
O mix de mídia das Lojas Gang
O trabalho da Duplo M era descobrir se as ações de comunicação das lojas Gang possuiam aderência junto ao público alvo. Ta...
Objetivos:  A pesquisa teve como objetivo principal observar e analisar os hábitos de mídia do consumidor da Gang, a parti...
1ª Etapa - Seleção Dividimos a pesquisa em duas etapas.  Na  1ª Etapa  selecionamos  20 adolescentes  consumidores da Gang...
Os resultados das agendas já foram surpreendentes: as agendas vieram cheias de detalhes, já revelando tendências de compor...
Uma entrevista em profundidade filmada, dentro do quarto do adolescente, com roteiro específico conforme a rotina relatada...
Logo depois da entrevista fizemos uma invasão de cenário completa. Pedimos para ele mostrar todo o quarto e as coisas que ...
RESULTADOS Conseguimos, dentro do universo jovem, compreender e analisar: - Como se relacionavam com as marcas que fazem p...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Case Mix De Midia Gang

1.344 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.344
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
92
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Case Mix De Midia Gang

  1. 1. Desde 1976, as lojas Gang tem como objetivo principal atender ao público jovem oferecendo o melhor em roupas. Atualmente conta com mais de 27 filiais entre os estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina e outros 150 pontos de venda multimarca espalhados pelo Brasil.
  2. 2. O mix de mídia das Lojas Gang
  3. 3. O trabalho da Duplo M era descobrir se as ações de comunicação das lojas Gang possuiam aderência junto ao público alvo. Também não era possível identificar se essa comunicação estava contribuindo para a construção da imagem de marca pretendida pela empresa junto a seu público.
  4. 4. Objetivos: A pesquisa teve como objetivo principal observar e analisar os hábitos de mídia do consumidor da Gang, a partir de um aprofundamento das ações cotidianas dele. Porém, através desse objetivo, conseguimos ao longo do trabalho compreender vários outros pontos a respeito do perfil do consumidor da Gang. Realizar uma pesquisa qualitativa com os consumidores das Lojas Gang que buscasse responder as questões pretendidas.
  5. 5. 1ª Etapa - Seleção Dividimos a pesquisa em duas etapas. Na 1ª Etapa selecionamos 20 adolescentes consumidores da Gang e enviamos uma agenda , onde deveriam contar em detalhes de suas rotinas ao longo de uma semana. Para incentivar o bom preenchimento das agendas, compramos as bem preenchidas pelo valor de R$30,00 para cada adolescente. As melhores agendas concorriam uma vaga na segunda etapa da pesquisa, que valeria um prêmio muito maior.
  6. 6. Os resultados das agendas já foram surpreendentes: as agendas vieram cheias de detalhes, já revelando tendências de comportamento e abertura para o conhecimento do público. Escolhemos então as 12 melhores agendas (6 meninas e 6 meninos) e partimos para a segunda etapa da pesquisa. 1ª Etapa - Seleção
  7. 7. Uma entrevista em profundidade filmada, dentro do quarto do adolescente, com roteiro específico conforme a rotina relatada na agenda. E além de conversar sobre hábitos de mídia, falamos sobre música, amigos, família, relacionamentos, diversão e é claro: ROUPAS E MARCAS. 2ª Etapa - Entrevista
  8. 8. Logo depois da entrevista fizemos uma invasão de cenário completa. Pedimos para ele mostrar todo o quarto e as coisas que mais gostava. Abrimos o guarda-roupas e simulamos junto com eles vários visuais diferentes, de acordo com as ocasiões da sua rotina. 2ª Etapa - Entrevista
  9. 9. RESULTADOS Conseguimos, dentro do universo jovem, compreender e analisar: - Como se relacionavam com as marcas que fazem parte de seu universo e em que grau elas fazem parte de suas vidas. - A percepção que tinham da marca Gang e de suas principais concorrentes. - Como refletiam e expressavam as suas identidades através de seus quartos e objetos pessoais. - O público-alvo da Gang, construindo seu perfil de acordo com seus hábitos e afazeres cotidianos. - Como utilizavam seu tempo em relação à família, estudo, demais obrigações e lazer. E, mais importante que tudo: fornecer o conhecimento necessário para que marca entendesse seu papel e no universo do seu público, possibilitando novas interações, novos pontos de contato e crescimento para as Lojas Gang.

×