Território ações afirmativas na UFRGS

817 visualizações

Publicada em

Apresentação do território Ações Afirmativas

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
817
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Território ações afirmativas na UFRGS

  1. 1. TERRITÓRIO AÇÕES AFIRMATIVAS
  2. 2. Membros <ul><li>Ellen Vierheller - Química </li></ul><ul><li>Gabriel Martins – Ed. Física </li></ul><ul><li>João Batista Rodrigues – Ciências Sociais </li></ul><ul><li>Pablo Silva Figueiredo - História </li></ul><ul><li>Patrícia Gonçalves - Letras </li></ul><ul><li>Priscila Nunes Pereira - História </li></ul><ul><li>Silvana Rodrigues - Teatro </li></ul><ul><li>Wagner dos Santos – Engenharia Mecânica </li></ul><ul><li>Coordenação: Luciane Bello, Ruth Sabat e Rita Camisolão. </li></ul>
  3. 3. Conexões de Saberes UFRGS: <ul><li>2005: início das atividades do programa na UFRGS, tendo as AÇÕES AFIRMATIVAS como eixo transversal em âmbito nacional. </li></ul><ul><li>2006 à 2008: realização de seminários locais do Conexões de Saberes, versando sobre questões relacionadas às Ações Afirmativas na Universidade, acesso e permanência de estudantes de origem popular e diálogos com as comunidades populares. </li></ul>
  4. 4. TERRITÓRIO AÇÕES AFIRMATIVAS AÇÕES AFIRMATIVAS é um conjunto de ações privadas e ou políticas públicas que tem como objetivo reparar os aspectos discriminatórios que impedem o acesso de pessoas pertencentes a diversos grupos sociais às mais diferentes oportunidades.
  5. 5. A partir desse conceito o objetivo do território é: Oportunizar uma melhor compreensão sobre a política de ações afirmativas pelos estudantes de origem popular da UFRGS; colaborar com o fortalecimento do sistema de reserva de vagas, aprovada na UFRGS em 2007, e atuar junto as comunidades da Restinga e Jardim Universitário, de modo a estimular o acesso ao ensino superior e a permanência com qualidade.
  6. 6. Territórios de atuação <ul><li>Restinga: Formada pela Restinga Nova e Restinga Velha, a partir do processo de expulsão de moradores das antigas comunidades da Ilhota, Santa Luzia, Marítimos e Teodora, para a periferia de POA. A população atual, estimada por associações comunitárias, gira em torno de 120 a 150 mil habitantes. O bairro é conhecido pelo histórico de lutas e organização popular em defesa de direitos sociais para a comunidade. </li></ul><ul><li>Jardim Universitário: Formado a partir do processo de urbanização, por consequência da construção do campus do Vale da UFRGS, na década de 80. Neste bairro estabeleceu-se uma população de moradores de diversas cidades do interior do estado. </li></ul>
  7. 7. Localização dos bairros Santa Izabel e Restinga de Porto Alegre:
  8. 8. Restinga: foto aérea
  9. 9. Vila Jardim Universitário
  10. 10. Atividades 2011 <ul><li>Formação : </li></ul><ul><li>Grupos de estudo sobre o tema Ações Afirmativas. </li></ul><ul><li>Participação no Programa de Apoio a Graduação / PAG – língua portuguesa </li></ul><ul><li>Reconhecimento das comunidades : </li></ul><ul><li>Visitas as comunidades da Restinga e Jardim Universitário. </li></ul><ul><li>Entrevistas com lideranças e referências locais. </li></ul><ul><li>Elaboração de relatório. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Ações Realizadas : </li></ul><ul><li>Divulgação do programa na UFRGS nas matrículas dos calouros 2011/1 </li></ul><ul><li>Acolhimento aos calouros de 2011/1 </li></ul><ul><li>Criação do Blog: territorioafirmativas.blogspot.com </li></ul><ul><li>Pintura do Mural no campus central UFRGS </li></ul>Atividades 2011
  12. 13. <ul><li>Atividades previstas: </li></ul><ul><li>Divulgação das políticas de ingresso (cotas) e permanência (benefícios) de estudantes de origem popular em colégios da rede pública de POA e região metropolitana, visando o aumento do número de estudantes de origem popular na UFRGS.‏ </li></ul><ul><li>Inserção de um programa semanal nas rádios comunitárias locais sobre as ações afirmativas. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos de extensão, relatando e refletindo sobre a experiência do território. </li></ul><ul><li>Mapeamento das ações de ensino, pesquisa e extensão, relacionadas a temática em nossa universidade </li></ul><ul><li>Oficinas de muralismo em parceria das comunidades do Jardim Universitário e Bairro Restinga. </li></ul>Atividades previstas:
  14. 15. “ A Universidade precisa ser pintada de preto, de mulato, de trabalhador, de camponês.” Che Guevara

×