Faculdade de Engenharia Civil
Disciplina:
ENGENHARIA, MEIO
AMBIENTE E SOCIEDADE
Prof. Eldemir Pereira de Oliveira
Programação da Aula
Aula Data Conteúdo programático
7ª 07/10
- IMPACTOS AMBIENTAIS –
Gestão Ambiental Urbana
Tema da Aula:
IMPACTOS AMBIENTAIS
GESTÃO AMBIENTAL URBANA
GESTÃO AMBIENTAL
Impactos Ambientais nas Áreas Urbanas
GESTÃO AMBIENTAL
Impactos Ambientais nas Áreas Urbanas
Desafios da Urbanização Crescente
• O Processo da Urbanização
• Urbanização na América Latina
• Gestão Ambiental Urbana no...
1 – O Processo da Urbanização
1 – O Processo da Urbanização
1 – O Processo da Urbanização
Definições de urbanização:
A proporção da população concentrada em cidades ou o
crescimento ...
1 – O Processo da Urbanização
Origem das Cidades:
Neolítico - proto-cidade / a aldeia surge na
transformação da atividade ...
1 – O Processo da Urbanização
Tal como a domestificação de animais e o cultivo de
plantas, a urbanização, que segundo algu...
Consumo e Resíduos de uma cidade americana
com 1 milhão de habitantes
Fonte: revista Veja 21/08/02
AGENDA VERDE X AGENDA MARROM
Agenda Verde – preponderância dos problemas
ambientais decorrentes do desenvolvimento –
mudan...
AGENDA VERDE X AGENDA MARROM
Gestão Ambiental Urbana – questão central da agenda
ambiental no Terceiro Mundo
Países pobres...
NUMERADOR:
A oferta permanece constante
Denominador:
Mas no Século XX
a população cresceu
em fator de 3 vezes
... E o cres...
1,1 bilhão
E muito mais pessoas sem acesso a
sistemas seguros de esgotamento sanitário
5,5 bilhões
Mesmo com um consumo de...
AS POPULAÇÕES E OS RECURSOS SOB PRESSÃO;
O crescimento da população e os padrões de consumo
Modelo atual dos sistemas
de saneamento e o ciclo de nutrientes
Modelo do eco-saneamento e o ciclo
de nutrientes
A ocupação desordenada dos solos urbanos
A ocupação desordenada dos solos urbanos
Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B.,
Ed. Bertrand Brasil,
“ atividade humanas desenvo...
Impactos Ambientais urbano/rurais
“São exemplos as obras de engenharia, como a
construção de reservatórios e canalizações ...
Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B.,
Ed. Bertrand Brasil,
“rios e canais transbordam ...
Cheia de 1983
Escoamento
normal
União da Vitória e
Porto União
Enchentes: Baixa Proteção, Alta Vulnerabilidade
Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B.,
Ed. Bertrand Brasil,
Cap. 7 - Canais Fluviais e ...
Tom Jobim (1927-1994), comentando sobre a cidade do Rio de Janeiro
que em 1º de março de 2010 completou 445 anos
“Esta cid...
“ Os desmatamentos indevidos, não controlados pela legislação, e o
crescimento das áreas urbanas sem as necessárias condiç...
Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B.,
Ed. Bertrand Brasil,
“ nas áreas urbanas há cont...
“Os rios espelham, de maneira indireta, as condições naturais e as
atividades humanas desenvolvidas na bacia hidrográfica,...
Manejo das
Águas Pluviais
Urbanas
Abastecimento de
Água Potável
Drenagem Rural -
Macrodrenagem
Uso Industrial da
Água e De...
ENTRADAS
MORAR
SAÍDAS
água
energia
ar
solo
população
alimentos
outros
TRABALHAR CIRCULAR
RECREAR
poluição
energia
ruído
er...
A VISÃO SISTÊMICA DO AMBIENTE URBANO
METABOLISMO LINEAR
Alimento e água
Combustível e energia
Bens processados
 Materi...
1 – O Processo da Urbanização
Revolução Industrial
 Aceleração da urbanização = degradação ambiental
 Agravamento das co...
1 – O Processo da Urbanização
ANO POP. MUNDIAL INTERVALO ( em anos)
10.000AC 5 milhões
Início Era Cristã 200 milhões 10.00...
1 – O Processo da Urbanização
URBANIZAÇÃO NO MUNDO
Fonte : Adaptado do Relatório Brundtland ( 1991) e UN-HABITAT (2004) * ...
População Mundial
Crescimento Populacional Wolfgang Kron (2006)
Século XX: Situação agravada pela escala de aglomeração,
c...
1 – O Processo da Urbanização
 Incremento da pop. urbana entre 2000-2030:
 Ásia – 1,4 bilhões para 2,6 bilhões
 África ...
1 – O Processo da Urbanização
Países pobres :
• 1960 - - 40 % das grandes cidades
• 2000 - 80% das grandes cidades / 17 da...
1 – O Processo da Urbanização
Fonte:Revista Veja (2000),baseada emdados da ONU
Seoul
Moscow
London
Paris
Rhine-Ruhr
New York
Buenos Aires
Tokyo
Los Angeles
Mexico City
Guatemala City
Toronto
Chicago
Li...
Nome País População em 1950 População em 2008
1 Tóquio Japão 5.385.000 33.800.000
2 Seul Coréia do Sul 1.000.000 23.800.00...
2 –URBANIZAÇÃO – AMÉRICA LATINA
2 – URBANIZAÇÃO – AMÉRICA LATINA
• Imprecisão da fronteira urbano-rural
• Expansão horizontal (urban sprawl)– maior custo ...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
URBANIZAÇÃO NO BRASIL
•INDICADORES •1890 •1920 •1940 •1950 •1960 •1970 •1980 •1991 •1995 •2000
1 ...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
• 1950 – Pop. urbana – 70%
• 2000 – Pop. urbana - 81%
• Cidades imaginárias (José Eli da Veiga,20...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
(Agenda 21 Brasileira/Cidades Sustentáveis)
• Dificuldade...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
O Déficit Habitacional
• Déficit Habitacional : Necessida...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
O Déficit Habitacional
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
A Carência de Saneamento
• principal problema ambiental u...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
O aumento da frota de veículos
• Países em desenvolviment...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
• Explosão automotiva – incentivada pela
desigualdades
• ...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Principais Problemas Ambientais Urbanos
• Desemprego Urbano
• crescimento da violência urbana
• c...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana
(Baseado na Agenda 21 Brasileira - Cidades Sustentáve...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana
• A partir de 2005 – Retomada do planejamento
territo...
3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana
• Soluções integradas / redução da fragmentação
admin...
4 – Cidade: Problema e Solução ambiental
“As cidades (em tese) são a solução para a crise
ambiental global:
A densidade ur...
O ESTATUTO DA CIDADE
 Constituição de 1988 - função social da propriedade urbana
(capítulo da Política Urbana)
 Estatuto...
5 – Cidade - do Global ao Local
 A Cidade é Global :
 Cidade: centro do poder
 Agravamento da situação econ./soc mundia...
A imagem do urbano
Fotos Sebastião Salgado – Série Megalópoles
ECOLOGIA , MEIO AMBIENTE E URBANISMO
 Ecologia = “oikos” (casa) + “logos” (ciência)
 casa = morada = vivenda = abrigo de...
3 –URBANIZAÇÃO – BRASIL
Cidades com + de 20.000 habitantes / 1940 - 51 / 1990 – 685
• 1990 -60% da população urbana concen...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
AGUIRRE, Brasília (coord.) Projetos de Irrigação: O custo da transformação social,
PRONI, São P...
FIM
7ª aula- Gestão ambiental urbana.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7ª aula- Gestão ambiental urbana.

1.460 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
291
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7ª aula- Gestão ambiental urbana.

  1. 1. Faculdade de Engenharia Civil
  2. 2. Disciplina: ENGENHARIA, MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE Prof. Eldemir Pereira de Oliveira
  3. 3. Programação da Aula Aula Data Conteúdo programático 7ª 07/10 - IMPACTOS AMBIENTAIS – Gestão Ambiental Urbana
  4. 4. Tema da Aula: IMPACTOS AMBIENTAIS GESTÃO AMBIENTAL URBANA
  5. 5. GESTÃO AMBIENTAL Impactos Ambientais nas Áreas Urbanas
  6. 6. GESTÃO AMBIENTAL Impactos Ambientais nas Áreas Urbanas
  7. 7. Desafios da Urbanização Crescente • O Processo da Urbanização • Urbanização na América Latina • Gestão Ambiental Urbana no Brasil • Principais Problemas • Perspectivas • Agenda Verde x Agenda Marrom • Cidades - do Global ao Local
  8. 8. 1 – O Processo da Urbanização
  9. 9. 1 – O Processo da Urbanização
  10. 10. 1 – O Processo da Urbanização Definições de urbanização: A proporção da população concentrada em cidades ou o crescimento dessa proporção. Oposto de área rural ou local onde residem e trabalham pessoas ligadas a setores de produção não agrícolas Concentrações populacionais a partir de 2.500 a 25.000 pessoas Status legal, outorgado por um governo nacional ou provincial e representado por uma estrutura governamental local
  11. 11. 1 – O Processo da Urbanização Origem das Cidades: Neolítico - proto-cidade / a aldeia surge na transformação da atividade coletora em produtora (agricultura) / excedentes de produção agrícola – permite a construção de edificações A cidade é a organização espacial que permite à classe dominante maximizar a transformação do excedente alimentar em poder militar e dominação política (SINGER,1973)
  12. 12. 1 – O Processo da Urbanização Tal como a domestificação de animais e o cultivo de plantas, a urbanização, que segundo alguns autores foi a mais importante intervenção do homem na natureza, reduziu o espaço requerido para o sustento e sobrevivência de cada indivíduo, incrementando o uso dos recursos naturais (GOUDIE, 1986). As cidades ocupam aproximadamente só 2% da superfície terrestre mas utilizam em torno de 75% dos recursos naturais e despejam no meio ambiente quantidades semelhantes de dejetos (Girardet, 2001). Além disso são responsáveis por:  78% das emissões de carbono,  60% do consumo residencial de água e  76% da madeira utilizada para fins industriais.
  13. 13. Consumo e Resíduos de uma cidade americana com 1 milhão de habitantes Fonte: revista Veja 21/08/02
  14. 14. AGENDA VERDE X AGENDA MARROM Agenda Verde – preponderância dos problemas ambientais decorrentes do desenvolvimento – mudanças climáticas, camada de ozônio – Países ricos do Primeiro Mundo Agenda Marrom – preponderância dos problemas ambientais decorrentes do subdesenvolvimento - problemas urbanos e socioambientais - Países pobres do Terceiro Mundo
  15. 15. AGENDA VERDE X AGENDA MARROM Gestão Ambiental Urbana – questão central da agenda ambiental no Terceiro Mundo Países pobres – os principais problemas ambientais estão na cidade  Saneamento  Poluição hídrica  Poluição atmosférica  Ocupações humanas em áreas de risco  Vulnerabilidade socioambiental
  16. 16. NUMERADOR: A oferta permanece constante Denominador: Mas no Século XX a população cresceu em fator de 3 vezes ... E o crescimento de uso de água foi multiplicado por 7
  17. 17. 1,1 bilhão E muito mais pessoas sem acesso a sistemas seguros de esgotamento sanitário 5,5 bilhões Mesmo com um consumo de água se elevando Há grande parte da população sem acesso à água potável 2,2 bilhões4,4 bilhões
  18. 18. AS POPULAÇÕES E OS RECURSOS SOB PRESSÃO; O crescimento da população e os padrões de consumo
  19. 19. Modelo atual dos sistemas de saneamento e o ciclo de nutrientes Modelo do eco-saneamento e o ciclo de nutrientes
  20. 20. A ocupação desordenada dos solos urbanos
  21. 21. A ocupação desordenada dos solos urbanos
  22. 22. Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B., Ed. Bertrand Brasil, “ atividade humanas desenvolvidas em um trecho do rio podem alterar, de diferentes formas e escalas de intensidade, a dinâmica desse equilíbrio.” Cap. 7 - Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.222.
  23. 23. Impactos Ambientais urbano/rurais “São exemplos as obras de engenharia, como a construção de reservatórios e canalizações e a exploração de alúvios.”
  24. 24. Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B., Ed. Bertrand Brasil, “rios e canais transbordam de seus leitos (inundações, enchentes) pelo menos uma vez a cada dois anos. Entretanto, o intervalo de recorrência (tempo entre enchentes) varia de um rio para outro e com a intensidade da enchente. As consequências das enchentes trazem não só riscos de vida para a população (perdas humanas, perdas materiais e doenças por contaminação), como também alteram a morfologia dos canais, importante elemento para manutenção da ecologia e sustentabilidade dos ambientes aquáticos.” Cap. 7 - Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.221.
  25. 25. Cheia de 1983 Escoamento normal União da Vitória e Porto União Enchentes: Baixa Proteção, Alta Vulnerabilidade
  26. 26. Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B., Ed. Bertrand Brasil, Cap. 7 - Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.220.
  27. 27. Tom Jobim (1927-1994), comentando sobre a cidade do Rio de Janeiro que em 1º de março de 2010 completou 445 anos “Esta cidade é um lugar paradisíaco, com essas montanhas, essas matas, esse céu azul lavado, esse sol, essas garotas e até essas águas de março, que já começam a chegar. Mas meu amigo Oscar Niemeyer estava com a razão quando me disse que uma cidade só é cidade até 800 000 habitantes.”
  28. 28. “ Os desmatamentos indevidos, não controlados pela legislação, e o crescimento das áreas urbanas sem as necessárias condições de manutenção de áreas verdes, para permitir o equilíbrio do ciclo hidrológico, sem as mínimas condições de saneamento (lixo, sedimentos,e esgoto), são exemplos de impactos indiretos, oriundos da bacia de drenagem e que causam a degradação dos canais.” Cap. 7 - Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.224.
  29. 29. Impactos ambientais urbanos no Brasil( Orgs. GUERRA, A.J.T & CUNHA, S.B., Ed. Bertrand Brasil, “ nas áreas urbanas há contribuição do lixo, dando origem à formação de bancos e ilhas, reduzindo a carga do canal e favorecendo as inundações e afetando a qualidade de vida.” Cap. 7 - Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.226.
  30. 30. “Os rios espelham, de maneira indireta, as condições naturais e as atividades humanas desenvolvidas na bacia hidrográfica, sofrendo, em função da escala e intensidade de mudanças nesses dois elementos, alterações, efeitos e/ou impactos no comportamento da descarga, carga sólida e dissolvida, e poluição das águas.” Canais Fluviais e a Questão Ambiental, Sandra B. da Cunha, p.224.
  31. 31. Manejo das Águas Pluviais Urbanas Abastecimento de Água Potável Drenagem Rural - Macrodrenagem Uso Industrial da Água e Destino Final de Resíduos Manejo de Resíduos Sólidos Tecnologias Zoneamento Ecológico Econômico Apoio Político Coleta e Tratamento dos Esgotos Sanitários Uso e Ocupação dos Solos Atividades Agrícolas e Pecuárias Mobilização Social Educação e Informação
  32. 32. ENTRADAS MORAR SAÍDAS água energia ar solo população alimentos outros TRABALHAR CIRCULAR RECREAR poluição energia ruído erosão pobreza resíduos outros A VISÃO SISTÊMICA DO AMBIENTE URBANO MORAR RECREARCIRCULAR TRABALHAR
  33. 33. A VISÃO SISTÊMICA DO AMBIENTE URBANO METABOLISMO LINEAR Alimento e água Combustível e energia Bens processados  Materiais SAÍDAENTRADA Agua residuais Resíduos sólidos e efluentes líquidos Emissão de gases Restos
  34. 34. 1 – O Processo da Urbanização Revolução Industrial  Aceleração da urbanização = degradação ambiental  Agravamento das condições sanitárias / poluição/ proliferação de doenças – situação crítica nos bairros de trabalhadores  1848- Primeiras leis de Saúde Pública na Inglaterra (Public Health Act)  1863 - 1ª lei contra a poluição do ar.  origem do planejamento urbano com sentido de melhorar as conduções sanitárias nas cidades - higienismo
  35. 35. 1 – O Processo da Urbanização ANO POP. MUNDIAL INTERVALO ( em anos) 10.000AC 5 milhões Início Era Cristã 200 milhões 10.000 1650 500 milhões 1650 1850 1 bilhão 180 1930 2 bilhões 80 1960 3 bilhões 30 1975 4 bilhões 25 1987 5 bilhões 12 1999 6 bilhões 12 2012 7 bilhões 13 2050 9,5 bilhões* 38 A EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA NO MUNDO •- 8 bilhões em países em desenvolvimento Fonte: Adaptado de A. Goudie ( 1986) atualizado em nov 2008
  36. 36. 1 – O Processo da Urbanização URBANIZAÇÃO NO MUNDO Fonte : Adaptado do Relatório Brundtland ( 1991) e UN-HABITAT (2004) * - valores aproximados ANO POP. URBANA % da POP. TOTAL 1800 20 milhões* 2,4 1930 100 milhões* 5,0* 1950 734,2 milhões 29,2 1980 1 bilhão* 32,0* 1985 1,9 bilhões 41,0 2000 2,8 bilhões 46,6 2008 3,3 bilhões 50 2030 5 bilhões 60
  37. 37. População Mundial Crescimento Populacional Wolfgang Kron (2006) Século XX: Situação agravada pela escala de aglomeração, concentração e padrões de consumo da população.
  38. 38. 1 – O Processo da Urbanização  Incremento da pop. urbana entre 2000-2030:  Ásia – 1,4 bilhões para 2,6 bilhões  África – 300 milhões para 740 milhões  AL e Caribe – 400 milhões para 600 milhões  A maior parte em cidades com + de 1 milhão de hab.  2003- 39 cidades > 5 milhões hab. 16 cidades > 10 milhões hab  Habitantes de áreas grande precariedade urbana (slums)  2005 – 1 bilhão  2050- 3 bilhões
  39. 39. 1 – O Processo da Urbanização Países pobres : • 1960 - - 40 % das grandes cidades • 2000 - 80% das grandes cidades / 17 das 20 megalópoles • População em condições precárias de habitabilidade - 50% Banco Mundial (1999) – Geração de riquezas nas áreas urbanas: • 55% PNB nos países mais pobres • 73% PNB nos países medianamente desenvolvidos • 85% PNB nos países ricos.
  40. 40. 1 – O Processo da Urbanização Fonte:Revista Veja (2000),baseada emdados da ONU
  41. 41. Seoul Moscow London Paris Rhine-Ruhr New York Buenos Aires Tokyo Los Angeles Mexico City Guatemala City Toronto Chicago Lima Bogotá Santiago Sao Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Luanda Abidjan Lagos Istanbul Cairo Baghdad Jeddah Tehran Bandung Jakarta Osaka Ho Chi Minh City Bangkok Yangon Kabul Surat Lahore Delhi Mumbai Kolkata Dhaka Karachi Beijing Tianjin Shanghai Megacidades 2015 Source: U.N. Population Division População que vive em cidades 1950 30% 2005 50% 2030 60% Crescimento Populacional
  42. 42. Nome País População em 1950 População em 2008 1 Tóquio Japão 5.385.000 33.800.000 2 Seul Coréia do Sul 1.000.000 23.800.000 3 Cidade do México Mexico 2.900.000 22.800.000 4 Nova Délhi Índia 1.400.000 22.220.000 5 Bombaim Índia 2.900.000 22. 200.000 6 Nova York EUA 12.300.00 21.900.000 7 Sao Paulo Brasil 2.400.000 20.900.000 8 Manila Filipinas 1.500.000 19.000.000 9 Los Angeles EUA 1.970.000 18.000.000 10 Xangai China 5.300.000 17.900.000 11 Osaka Japão 4.150.000 16.700.000 12 Calcutá Índia 4.400.000 16.000.000 13 Karachi Paquistão 1.000.000 15.600.000 14 Cantão China 15.200.000 15 Jakarta Indonésia 1.500.000 15.100.000 16 Cairo Egito 2.400.000 14.700.000 17 Buenos Aires Argentina 4.600.000 13.800.000 18 Moscou Russia 6.500.000 13.500.000 19 Beijing China 3.900.000 13.100.000 20 Daca Bangladesh 400.000 13.000.000 21 Rio de Janeiro Brasil 3.000.000 12.400.000 Fonte: Revista Veja (2000) , baseada emdados da ONU
  43. 43. 2 –URBANIZAÇÃO – AMÉRICA LATINA
  44. 44. 2 – URBANIZAÇÃO – AMÉRICA LATINA • Imprecisão da fronteira urbano-rural • Expansão horizontal (urban sprawl)– maior custo da infraestrutura / periferias pobres / suburbanização de alta renda/especulação imobiliária. • “urbanismo corporativo” - • melhorias urbanas concentradas nas áreas onde se instalam as grandes corporações • periferias pobres, à margem dos investimentos em infraestrutura. • Renovação urbana - atrai capital / permite maximizar o poder e a rentabilidade dos grupos hegemônicos
  45. 45. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL
  46. 46. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL URBANIZAÇÃO NO BRASIL •INDICADORES •1890 •1920 •1940 •1950 •1960 •1970 •1980 •1991 •1995 •2000 1 População Urbana ( % do total) 6,8 10,7 31,2 36 44,6 55,92 67,6 74,6 78,3 81,2 2 Taxa anual de crescimento urbano(%) - - - - - - 4,7 3,0 2,7 - 3 Pop. da maior cidade (% da pop. total) - - - - - - 10,6 10,5 10,5 - 4 Pop. da Grande São Paulo ( milhões) - - - - - - 12,6 15,4 16,4 - •Fonte: IBGE e SANTOS,1993 Período colonial até Seculo XIX – pouca alteração
  47. 47. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL • 1950 – Pop. urbana – 70% • 2000 – Pop. urbana - 81% • Cidades imaginárias (José Eli da Veiga,2002) • Contesta índices de urbanização • Critério usado pelo IBGE: urbano : toda sede de município • 57% pop. - essencialmente urbanos- Estudo IPEA (2000) • 13% pop. - situação intermediária - 10% mun. • 30% pop. - essencialmente rurais - 80% mun • Correção: pop. urbana - 70% = mun >20.000hab (2000) • Critério sugerido: população / densidade / localização / ativ. econ.
  48. 48. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos (Agenda 21 Brasileira/Cidades Sustentáveis) • Dificuldade de acesso à terra • concentração da renda • concentração da propriedade • ocupações ilegais - áreas inadequadas • agrava a degradação ambiental e insalubridade
  49. 49. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos O Déficit Habitacional • Déficit Habitacional : Necessidade imediata de construção de novas moradias para resolução de problemas sociais e específicos de habitação, detectados em um certo ponto no tempo. • Inadequação dos Domicílios: Reflete problemas na qualidade de vida dos moradores, problemas não relacionados ao dimensionamento do estoque de habitações, e sim a especificidades internas de um estoque dado. Fonte: Déficit Habitacional no Brasil 2000 -SEDU/PR(2001)
  50. 50. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos O Déficit Habitacional
  51. 51. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos A Carência de Saneamento • principal problema ambiental urbano • crescimento da oferta de água ( exceto Norte) • coleta e tratamento de esgotos ainda insuficiente • doenças de veiculação hídrica • resíduos sólidos urbanos
  52. 52. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos O aumento da frota de veículos • Países em desenvolvimento: • 1980 - 18% dos veículos no mundo • 2020 – 50% dos veículos no mundo • Brasil: a taxa de motorização passou de 72 hab./automóvel em 1960 para 4,85 hab./aut. em 2007 • Brasília : 2,6 hab./aut. em 2008 • incentivos governamentais à fabricação de carros
  53. 53. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos • Explosão automotiva – incentivada pela desigualdades • Círculo viciosos: queda na qualidade de transporte reforça uso do automóvel particular e vice-versa • aumento da poluição atmosférica e sonora • crescimento dos acidentes de trânsito e custos decorrentes • congestionamentos • necessidade de grandes obras viárias
  54. 54. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Principais Problemas Ambientais Urbanos • Desemprego Urbano • crescimento da violência urbana • crescimento da informalidade /conflitos • Moradores e menores de rua • crescimento das periferias
  55. 55. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana (Baseado na Agenda 21 Brasileira - Cidades Sustentáveis) • Foco na ação local • Descentralização das ações administrativas e dos recursos • A partir da Constituição Federal de 1988: • fortalecimento administrativo e financeiro dos municípios e • proposição de instrumentos jurídicos para a melhoria da gestão municipal.
  56. 56. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana • A partir de 2005 – Retomada do planejamento territorial e urbano em escala nacional/federal: • PNDR -Política Nacional de Desenvolvimento Regional • PNOT – Política Nacional de Ordenamento Territorial • Nova Regionalização brasileira • Regic 2008 – Região de Influência das Cidades
  57. 57. 3 – URBANIZAÇÃO – BRASIL Perspectivas para a Gestão Ambiental Urbana • Soluções integradas / redução da fragmentação administrativa. • Incentivo à inovação e às soluções criativas e experimentais • Indução a novos hábitos de consumo, moradia e transporte • Fortalecimento dos canais de participação comunitária -gestão democrática da cidade
  58. 58. 4 – Cidade: Problema e Solução ambiental “As cidades (em tese) são a solução para a crise ambiental global: A densidade urbana pode traduzir-se em maior eficiência do uso da terra, da energia e dos recursos naturais, enquanto os espaços públicos democráticos e as instituições culturais também oferecem padrões de diversão de qualidade superior ao do consumo individualizado e do lazer mercadorizado” ( DAVIS, 2006)
  59. 59. O ESTATUTO DA CIDADE  Constituição de 1988 - função social da propriedade urbana (capítulo da Política Urbana)  Estatuto da Cidade - Lei nº 10.257 de 10 de julho de 2001  Artigo 2º, I: garantia do direito a cidades sustentáveis;  Exigência de Plano Diretor p/ cidades com mais de 20.000 hab.;  „função social da cidade‟  gestão urbana democrática;  estabelecimento de novos instrumentos de intervenção no espaço urbano;  controle da especulação imobiliária e regulação fundiária; entre outros.
  60. 60. 5 – Cidade - do Global ao Local  A Cidade é Global :  Cidade: centro do poder  Agravamento da situação econ./soc mundial  Globalização - Aumento da exclusão social  Crise do Estado Nação  Disparidades em todos os níveis territoriais  Cidade: centro do poder/zona intensificadora de pobreza  Segregação social – segregação espacial  Cidade : zona intensificadora de pobreza
  61. 61. A imagem do urbano Fotos Sebastião Salgado – Série Megalópoles
  62. 62. ECOLOGIA , MEIO AMBIENTE E URBANISMO  Ecologia = “oikos” (casa) + “logos” (ciência)  casa = morada = vivenda = abrigo de vida  Ecologia = “estudo da vida em sua casa”  “estudo das relações dos organismos, ou grupos de organismos, com seu meio ”  cidade – principal abrigo da vida humana  meio ambiente - ambiente urbano
  63. 63. 3 –URBANIZAÇÃO – BRASIL Cidades com + de 20.000 habitantes / 1940 - 51 / 1990 – 685 • 1990 -60% da população urbana concentrada nas 9 R.M. • (SP,RJ,BH,PA,CUR,SAL,REC,FOR,BEL - GOI,CAM,BS,FLO,BSB,VIT ) A tendência atual é de crescimento maior nas cidades médias • 1970 - municípios com pop. entre 50 a 800 mil hab = 24,4% da pop. / atualmente = 29 % • Formação de aglomerações urbanas – 49 regiões (Goiânia, Campinas, Itajaí) • Megametrópole -S.Paulo / B.Santista / Campinas • .
  64. 64. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AGUIRRE, Brasília (coord.) Projetos de Irrigação: O custo da transformação social, PRONI, São Paulo, 1989. CHRISTOFIDIS, Demetrios Emprego na Irrigação: MI/SIH/DDH, Brasília, 2005. IRIGARAY, Carlos Teodoro Hugueney, Controle de Poluição, em O Direito e o Desenvolvimento Sustentável, IEB, Brasília, 2005, p. 272-341. JATOBÁ, Sérgio. Gestão ambiental urbana, UnB/CDS,Brasília, nov. 2008. PELICIONE A Focesi, Trajetória do Movimento Ambientalista, em Curso de Gestão Ambiental ( PHILIPPI Jr A, ROMERÓ Marcelo de A, BRUNA Gilda Collet, editores), USP/Manole, Barueuri, SP, 2007, ISBN 85-204-2055-9, p.431-457. PHILIPPI Jr. A, ROMERÓ, M. de A. BRUNA, G Collet, Uma Introdução à Questão Ambiental, em Curso de Gestão Ambiental ( PHILIPPI Jr A, ROMERÓ Marcelo de A, BRUNA Gilda Collet, editores ), USP/Manole, Barueuri, SP, 2007, ISBN 85-204-2055-9, p.3-16. VALDES, Alberto et all: Impactos e Externalidades Sociais de Irrigação no Semi-árido Brasileiro, Série Água Brasil 5, Banco Mundial, 1ª ed., Brasília, 2004 ISBN. 85-88 192.11-X
  65. 65. FIM

×