Visão geral da educação preventiva

1.206 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.206
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Visão geral da educação preventiva

  1. 1. APRESENTAÇÃO SANDRO VIANA
  2. 2. Álvaro Lazarini: “atuação incisiva na PREVENÇÃO é fatordeterminante para obtermos uma sociedade segura.”
  3. 3. PROGRAMAS DE PREVENÇÃOO NIDA (NATIONAL INSTITUTE ONDRUG ABUSE), EM 1996, SUMARIZOUPRINCÍPIOS BÁSICOS DEPREVENÇÃO AO USO DE DROGAS:
  4. 4. PROGRAMAS DE PREVENÇÃOModelos de programas de prevenção são desenvolvidoscom filosofias definidas:1 – CONHECIMENTO: programas que oferecem aosparticipantes informações dos efeitos das drogas;2 – AFETIVIDADE: programas que proporcionamsentimentos positivos de auto-estima;3 – ALTERNATIVAS: programas que oferecem atividadesalternativas positivas;4 – RESISTÊNCIA SOCIAL: programas que oferecemhabilidades de resistência às pressões negativas;
  5. 5. PROGRAMAS DE PREVENÇÃO-5 – HABILIDADES ECLÉTICAS: programas que combinamaspectos positivos dos modelos anteriores (conhecimento,afetividade, alternativas positivas e resistência).
  6. 6. PROGRAMAS DE PREVENÇÃO BASE PARA O SUCESSOFIDELIDADE DE IMPLEMENTAÇÃO:grau em que o conteúdo curricular e oestilo de ministrar encontram-seconjugados. Fonte: Sloboda 2004
  7. 7. REFERENCIAL
  8. 8. PROGRAMAS DE PREVENÇÃOFATORES DE RISCO E PROTEÇÃOPODEM ESTAR PRESENTES:– NO INDIVÍDUO;– NA ESCOLA;– ENTRE COMPANHEIROS;– NA COMUNIDADE.
  9. 9. RESILIÊNCIACONCEITO: CAPACIDADE DE SE RECUPERAR,SOBREVIVER E LUTAR, INDEPENDENTE DEQUAIS AS CIRCUNSTÂNCIAS DE VIDA DE UMAPESSOA.Os resilientes são aqueles que são capazes de vencer asdificuldades, os obstáculos, por mais fortes etraumáticos que elas sejam. MISSÃO DOS EDUCADORES SOCIAIS: DESENVOLVEREM NOS ALUNOS A CULTURA DE PROMOVER A RESILIÊNCIA.
  10. 10. OBJETIVOSA - GERAIS:1 - Envolver educadore socias, a escola, a família e a comunidade naproblemática das drogas e da violência;2 - Desenvolver uma ação pedagógica de prevenção ao usoindevido de drogas e a prática da violência nas escolas; 3 - Desenvolver o espírito de solidariedade, de cidadania e de comunidade na escola.
  11. 11. OBJETIVOSB - ESPECÍFICOS:1 - Sensibilizar os pais e os educadores para o trabalho de prevençãoao uso indevido de drogas e à prática da violência;2 - Promover o desenvolvimento de valores positivos;3 - Fortalecer a auto-estima das crianças e dosadolescentes;4 - Sensibilizar as crianças e os adolescentes para que desenvolvamestilos de vida saudável;5 - Sensibilizar as crianças e os adolescentes para que reconheçam eresistam às pressões diretas ou indiretas que poderão influenciá-losa experimentar drogas ou mesmo a agirem com violência.
  12. 12. COMPROMETIMENTOServiços Sociais x Educadores Sociais “IMPACTO POSITIVO”
  13. 13. MUITO OBRIGAD0!!!

×