RFID - Identificação por Radiofreqüência

5.817 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.817
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
311
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RFID - Identificação por Radiofreqüência

  1. 1. RFID - Identificação por Radiofreqüência <ul><ul><li>Christiane de Lima C. Silva </li></ul></ul><ul><ul><li>Kleber Costa Corrêa </li></ul></ul>
  2. 2. O que é RFID? <ul><li>Objetivo e utilidade similares ao código de barras; </li></ul><ul><li>Composto por 3 elementos: </li></ul><ul><ul><li>Uma antena; </li></ul></ul><ul><ul><li>Um leitor; </li></ul></ul><ul><ul><li>Um transmissor (etiqueta). </li></ul></ul><ul><li>Tipos de Etiquetas </li></ul><ul><ul><li>Ativas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Passivas. </li></ul></ul>
  3. 3. O que é RFID?
  4. 4. O que é RFID? <ul><li>Classificação </li></ul><ul><ul><li>Baixa Freqüência </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>De 30 KHz a 500 KHz; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Têm menor custo; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Raio de leitura até 3 m. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Alta Freqüência </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>De 850 MHz a 950 MHz e de 2.4 GHz a 2.5 GHz ; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Oferece leitura rápida em distâncias de até 30 m; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Custo maior. </li></ul></ul></ul>
  5. 5. O que é RFID? <ul><li>Não é uma tecnologia nova; </li></ul><ul><li>Então, o que há de novo? </li></ul><ul><ul><li>Tamanhos menores ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos menores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Melhor Performance </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Etiquetas passivas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tamanho, velocidade, memória, etc. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Novos Padrões (EPC); </li></ul></ul>
  6. 6. EPC – Código Eletrônico do Produto <ul><li>Cada etiqueta possui um código gravado nela – Código Padrão; </li></ul><ul><li>Um padrão universal para a identificação de produtos e o compartilhamento da informação. </li></ul>
  7. 7. RFID X Código de Barras <ul><li>as etiquetas de RFID podem ser lidas a distâncias maiores, assim como podem ler produtos que não estejam ao seu alcance visual (Ex: caminhão); </li></ul><ul><li>um leitor de RFID pode ler centenas de etiquetas ao mesmo tempo (Ex: carrinho de supermercado); </li></ul><ul><li>um objeto etiquetado com essa tecnologia pode ser rastreado em qualquer lugar do mundo, desde que este lugar tenha um leitor ao alcance; </li></ul>
  8. 8. RFID X Supply Chain
  9. 9. Visão Clássica <ul><li>Desafios: </li></ul><ul><li>Melhores Níveis de Serviço </li></ul><ul><li>Custos menores </li></ul><ul><li>Otimização do fluxo de informações </li></ul>
  10. 10. Novo Conceito
  11. 11. Benefícios <ul><li>Aumentar a produtividade de centros de distribuição e reduzir custos com trabalho; </li></ul><ul><li>Armazenar quantidades substanciais de dados que podem ser atualizados e alterados de forma dinâmica; </li></ul><ul><li>Aprimorar o gerenciamento de prateleiras de embalagens; </li></ul><ul><li>Aprimorar combinações de merchandising e criar oportunidades promocionais em tempo real; </li></ul><ul><li>Automatizar processos voltados para clientes, como autenticação para pagamento, devoluções e garantia. </li></ul>
  12. 12. Benefícios <ul><li>Pesquisas IBM sobre soluções RFID indicam que: </li></ul><ul><ul><li>A produtividade em centros de distribuição pode aumentar de 10 a 20%; </li></ul></ul><ul><ul><li>A exatidão de inventário e de entrega alcança 100%; </li></ul></ul><ul><ul><li>A produtividade de lojas de varejo pode aumentar aproximadamente 5% ; </li></ul></ul><ul><ul><li>Na maioria dos casos, esse trabalho pode ser realocado para atividades voltadas para clientes. </li></ul></ul>
  13. 13. Casos Práticos <ul><li>Hospitais </li></ul><ul><ul><li>Jacobi Medical Center (NY – EUA); </li></ul></ul><ul><ul><li>controle de medicamentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>permite aos funcionários dedicar mais tempo no atendimento aos pacientes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros exemplos: controlar cadeia de suprimentos, cadeiras de rodas, alimentação, etc. </li></ul></ul><ul><li>Governos – Alemanha </li></ul><ul><ul><li>colocar o sistema em seu novo passaporte (01/11/2005); </li></ul></ul><ul><ul><li>O passaporte será válido por 10 anos e a etiqueta conterá a foto do dono do passaporte e as impressões digitais de seus dedos indicadores esquerdo e direito </li></ul></ul>
  14. 14. Casos Práticos <ul><li>Unisys Corp and SupplyScape Corp </li></ul><ul><ul><li>remédios dentro cadeia de suprimentos; </li></ul></ul><ul><ul><li>busca em especial rastrear o produto Oxycontin, um narcótico com grandes efeitos analgésicos, que pode causar dependência (julho 2005); </li></ul></ul><ul><ul><li>esse remédio tem se tornado alvo de muitos viciados, os quais buscam obter receitas falsas; </li></ul></ul><ul><li>Wall-mart e Levi's </li></ul><ul><ul><li>buscam utilizar a tecnologia no sentido de controlar melhor o estoque; </li></ul></ul><ul><li>Gillette </li></ul><ul><ul><li>verificar os resultados de suas políticas de marketing e se as datas de entrega estão condizendo com o que foi planejamento; </li></ul></ul>
  15. 15. Pontos Críticos <ul><li>Rastreamento de Produtos e conseqüente invasão de privacidade; </li></ul><ul><li>É possível desativar a etiqueta após esta ter servido ao seu propósito, e a maioria das etiquetas só pode ser lida a um raio de até 3 metros, mas é confiável?; </li></ul><ul><li>Em uma pesquisa feita pelo Auto-ID Center, no MIT, 78% das pessoas mostraram-se preocupadas quanto à ética desta tecnologia. </li></ul>
  16. 16. Pontos Críticos – Conseqüências <ul><li>A Wall-Mart e a Benetton anunciaram que iriam utilizar o RFID apenas em controle de estoques; </li></ul><ul><li>Criação de leis regulamentando que produtos com a tecnologia sejam devidamente rotulados avisando aos consumidores; </li></ul><ul><li>Juels (2005) sugere que esta tecnologia seja implantada juntamente com a já existente EAS (Electronic article surveillance). </li></ul>
  17. 17. Desafios <ul><li>Desempenho </li></ul><ul><ul><li>Os leitores de RFID podem falhar na leitura das etiquetas por vários motivos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Distância e orientação das etiquetas em relação ao leitor; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Certos materiais como metais ou líquidos podem distorcer ou absorver o sinal da etiqueta RFID; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ondas eletromagnéticas, ruídos de fundo gerados por outros equipamentos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>a velocidade que as etiquetas se movimentam através dos leitores. </li></ul></ul></ul>
  18. 18. Desafios <ul><li>Custo </li></ul><ul><ul><li>Etiquetas passivas custam atualmente de US$ 0,20 a US$ 10,00 (contra US$ 0,001 de uma etiqueta de código de barras); </li></ul></ul><ul><ul><li>O Auto-ID Center prevê que uma etiqueta custará US$ 0,05 nos próximos anos; </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A InkSure divulgou em 1 de junho de 2005 dois modelos de etiqueta ao preço de US$ 0,01; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Wall-Mart: identificação é feita em uma parte de cada lote recebido </li></ul></ul></ul>
  19. 19. Desafios <ul><li>Redesenho do processo </li></ul><ul><ul><li>RFID torna os processos internos do centro de distribuição um fluxo contínuo sem atrito e isso exige mudança nos processos operacionais de forma que se possa obter os ganhos esperados com esta tecnologia </li></ul></ul><ul><li>Integração </li></ul><ul><ul><li>muitas empresas terão que contratar integradores terceirizados para assisti-los. </li></ul></ul>
  20. 20. Vídeo
  21. 21. Bibliografia <ul><li>Nafal, Kalid. RFID A CAMINHO DA INTEGRAÇÃO . Disponível em www.guiadelogistica.com.br/Y599.htm </li></ul><ul><li>Muller, Aline R., Hoffmann Murilo R. O advento de uma nova tecnologia: identificação por radiofreqüência . Disponível em www.logweb.com.br/artigos/artigos.htm </li></ul><ul><li>Bernardo, Cláudio G. A TECNOLOGIA RFID E OS BENEFÍCIOS DA ETIQUETA INTELIGENTE PARA OS NEGÓCIOS . Disponível em http://www.unibero.edu.br/download/revistaeletronica/Set04_Artigos </li></ul><ul><li>EAN Brasil http://www.eanbrasil.org.br/servlet/ServletContent?requestId=43 </li></ul>
  22. 22. Dúvidas? Obrigado!

×