MDA –Model Driven Architecture

1.643 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.643
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MDA –Model Driven Architecture

  1. 1. MDA – Model Driven Architecture Introdução à MDA Thais Vasconcelos Batista Teresa Raquel S. do Nascimento Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  2. 2. MDA – Sumário odel riven rchitecture Conceitos O que é a MDA? Visão Geral Quais são as características da MDA? Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  3. 3. Requisitos do Software hoje... Serviços Web Desenvolvimento Rápido Java Compatibilidade CORBA Comunicação Sistemas Legados Outros Softwares Robustez Segurança Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  4. 4. A MDA... Serviços Web Desenvolvimento Rápido Java Compatibilidade CORBA Comunicação Sistemas Legados Outros Softwares Robustez Segurança Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  5. 5. A MDA é: A MDA é uma arquitetura de software padronizada que agrega: CORBA CWM UML MOF XMI/XML A MDA define uma técnica de especificação de sistemas que separa a especificação da funcionalidade do sistema da especificação da implementação daquela funcionalidade em uma tecnologia de plataforma específica. Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  6. 6. Padrões OMG UML - utilizada para XMI - padrão de troca modelagem de utilizado entre várias arquitetura, objetos, ferramentas, interações entre objetos, repositórios e aspectos a respeito de middlewares. dados e aspectos de design de MOF – desenvolvimento modelagem baseado em padrão de componentes. elementos CWM – modelo de utilizados pelo repositório de dados MDA. padrão da OMG. Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  7. 7. Componentes do MDA Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  8. 8. Conceitos básicos - Modelos Um modelo MDA é parte de uma função, estrutura ou comportamento do sistema. Sintaxe bem Sintaxe baseada no definida e senso comum e semântica formal ausência de semântica associada Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  9. 9. Conceitos básicos ABSTRAÇÃO é usado na MDA como a supressão de detalhes irrelevantes, tendo como resultado um modelo obtido da visão do sistema definida por determinado critério de abstração. REFINAMENTO é um relacionamento entre pares de modelos onde um modelo, a abstração, é mais abstrato que outro, a realização. Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  10. 10. Plataform-Independent Model (PIM) vs. Plataform-Specific Model (PSM) Modelo para CORBA Modelo Independente Plataforma de Plataforma CORBA Plataforma Plataforma Modelo para Java CORBA Java Plataforma Java Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  11. 11. PIM vs. PSM É mais fácil validar o modelo abstraindo-se de semânticas específicas da plataforma É mais fácil produzir implementações em diferentes plataformas partindo da estrutura essencial e do comportamento preciso do sistema. Integração e interoperabilidade podem ser definidos mais claramente em termos de independência de plataforma Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  12. 12. Arquitetura para modelos MDA Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  13. 13. Mapeamento de Modelos Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  14. 14. Modelos Independentes e Específicos de Plataforma em UML Construção manual do PSM a partir do PIM Construção do PSM a partir de padrões de refinamento conhecidos Através de um algoritmo, geração do esqueleto do PSM a partir do PIM correspondente Uso de ferramentas automatizadas para geração do PSM a partir do PIM (ideal!) Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  15. 15. Modelo Independente de Plataforma em UML especificação das restrições do modelo Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  16. 16. Modelo Específico de Plataforma em UML * 1 IDL: Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  17. 17. Pacotes Elemento que agrupa modelos correspondência de visões diferentes: refinamento: Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  18. 18. Desenvolvimento da aplicação PIM PSM Geração da aplicação Implantação Revisão
  19. 19. Conclusão A MDA é o próximo passo da OMG para a solução de problemas de integração através de especificações de interoperabilidade aberta e sem domínio de fabricante. Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN
  20. 20. Referências www.omg.org/mda Teresa Raquel S. do Nascimento teresa_raquel@yahoo.com Projeto LuaSpace Plus – DIMAp – CCET – UFRN

×