2012 Maia

363 visualizações

Publicada em

Maias - Procecia 2012

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
363
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2012 Maia

  1. 1. 2O12 E OS MAIAS
  2. 2. A Pedra do Sol Azteca contém uma cosmologia baseada nos dados da civilização Maia, através do qual pode-se montar um “calendário” completo que abrange 5.125,36 anos. Os dados da Pedra do Sol contém informações de dois calendários: um solar de 365 dias (calendário Haab) e um venusiano de 260 dias (calendário tzolk'in). Esses calendarios foram montados a partir das observações astronômicas, no observatório Maia conhecido hoje como “El Caracol”, através das aberturas na cúpula voltadas para Vênus, Marte, Júpiter, Sírio e Lua.
  3. 3. AMENO Grupo Era A contagem dos anos tem um formato diferente do nosso. 1 dia - kin 20 dias - uinal 360 dias – tun = 18 - uinal 7.200 dias - katun = 360 - uinal = 20 - tun 144.000 dias – baktun = 7.200 - uinal = 20 – katun = 400 tun
  4. 4. AMENO Grupo Era Exemplo: 20 de julho de 1969 ( dia em que a Apollo 11 pousou na Lua). No calendário de longa contagem (5.125,36 anos), esta data é representada como 12.17.15.17.0. Você perceberá que existem cinco números nesta data. Lendo-se da esquerda para a direita, o primeiro número significa o número de baktuns desde o início do Grande Ciclo. Neste caso, existiram 12 baktuns, ou 1.728.000 dias (144.000 x 12) desde 13 de agosto de 3114 a.C, ano de inicio do “calendário”. O segundo número está relacionado ao número de katuns que se passaram e continua à direita com o número de tuns, uinals e kins.
  5. 5. Os Maias registram que há cinco eras do mundo, que equivalem ao tempo total da precessão do eixo da terra, ou seja, 26.000 anos conhecidos na Grécia antiga como o Grande Ano. Platão associou este ciclo ao da respiração humana que ocorre em um dia, na base de 18 respirações por minuto. Ou seja, em 24 horas teremos o número de 25.920 respirações. Cada era Maia tem aproximadamente 5.125,36 anos e com os estudos do antropólogo inglês, Sir Eric Thompson, com base na data da Inquisição Espanhola registradas nos calendários Gregoriano e Maia de longa duração, alem dos dados astronômicos Maias registrado no códice Desdém, foi possível deduzir o inicio da quinta era Maia, ou quinto sol, em que vivemos, como sendo 13 de agosto de 3.114 a.C.
  6. 6. A era ou sol Maia está relacionado a data total da Precessão dos Equinócios é necessário saber o que é a Precessão dos Equinócios. È o nome que se dá ao movimento de rotação da Terra que, como um pião, gira sobre si mesma enquanto seu eixo desloca-se traçando um círculo no espaço. Essa inclinação é responsável pelas eras astronômicas, estações do ano, solstícios e equinócios, com duração de cerca de 2.240 anos em cada signo do Zodíaco e aproximadamente 26.000 anos para completar um ciclo ou seja, fechar o circulo, passando por todos os signos do zodíaco. A precessão não tem nenhum efeito importante sobre as estações, uma vez que o eixo da Terra mantém sua inclinação de 23,5 durante a precessão.
  7. 7. AMENO Grupo Era Como o ano do nosso calendário é baseado nos equinócios, a primavera continua iniciando em setembro no hemisfério sul, e em março no hemisfério norte. A única coisa que muda são as estrelas visíveis no céu durante a noite em diferentes épocas do ano. Por exemplo, atualmente Órion é uma constelação característica de dezembro, e o Escorpião é uma constelação característica de junho. Daqui a 13.000 anos, meia precessão, será o oposto. No universo tudo gira, nada está parado. O sistema solar gira em torno do centro da galáxia que por sua vez gira, como as demais do zodíaco portanto, a terra está sempre alinhada com o eixo central da galáxia, como a roda em relação ao seu eixo.
  8. 8. AMENO Grupo Era (Romanos 8:39) - Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. (Atos 10:34) - E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; (Colossenses 3:11) - Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos. (Lucas 3:6) - E toda a carne verá a salvação de Deus. (Mateus 24:36) - Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.

×