As 05 forças
colaborativas de Borges
http://admborges.wix.com/gestaocoletivaElaborado por adm. Álvaro Leandro Borges – Liv...
Associação: pensar estrategicamente?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Porter: entender o mercado na visão
do MERCADO
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Vídeo: seria o modelo de Porter tão
bom assim?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Uma nova ideia: as Forças
Colaborativas de Borges
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Como podemos nos juntar com outras
associações?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Como escolher nossos fornecedores?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Será?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
CLIQUE
Ótima escolha!
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Como mostrar que os produtos
solidários são melhores?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Como ajudar novos grupos?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Será que um grupo não
poderia estimular o
desenvolviment...
Como envolver os clientes?
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
Referências
• BORGES, Leandro. As 5 forças COLABORATIVAS de Borges. Extraído de http://blog.luz.vc/o-
que-e/as-5-forcas-co...
Crédito das imagens
• SLIDE 01 - http://carolinaourique-portfoliosipiv.webnode.pt/diario-de-campo/
• SLIDES 03 e 05 - http...
Obrigado! Comente!
• Adm. Álvaro Leandro Borges
• admborges@yahoo.com.br /
alvaroborges@caern.com.br
• Administrador e Esp...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As cinco forças colaborativas de borges

283 visualizações

Publicada em

A apresentação mostra o modelo de Borges com foco em no trabalho associativo. As Cinco Forças Colaborativas de Borges apresenta um viés diferente para as Cinco Forças Competitivas de Porter. E se jogarmos essas ideias para uma associação? Apresentamos os conceitos, com variações, para adaptá-los aos empreendimentos solidários.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Passar primeiro o vídeo. É uma cena do filme Tropa de Elite. O objetivo é fazer uma pequena entrada de humor e brincar que discutir estratégia não deve ser algo tão tenso. Fazer junto com o grupo uma reflexão: deve a associação pensar estrategicamente? O que é pensar estrategicamente? Qual a importância disso pra associação? Reforçar a ideia que pensar na associação como um integrante de um contexto pode mostrar oportunidades e permitir que o grupo tenha maiores possibilidades de sobrevivência e desenvolvimento ao saber como se portar junto aos demais componentes desse contexto: outros grupos, clientes, fornecedores... Etc.
  • O instrutor deve possuir domínio do modelo das 05 forças de Porter. Essas devem ser apresentadas ao grupo sempre reforçando que elas representam o pensamento da caricatura de um empresário capitalista, que sempre tenta ver como ganhar ao máximo nas relações com clientes, fornecedores, concorrentes, etc...
  • Passar o vídeo e reforçar a mensagem.
  • Apresentar a origem das forças colaborativas. Como o próprio autor coloca em http://blog.luz.vc/o-que-e/as-5-forcas-colaborativas-de-borges/ , essas forças surgiram em contraposição ao modelo anterior. A ideia é como colaborar como os outros atores de modo a se desenvolver também. Reforçar que, apesar de não ter sido feita para a Economia Solidária, a mesma se adapta bastante à nossa realidade.
  • Mostrar as vantagens do trabalho cooperativo entre associações. Compras conjuntas, divisão de custos em stands, uma levar produtos da outra em eventos externos, se juntarem para pegar encomendas grandes, dividirem custos de um professor para ensinar uma nova tipologia... Discutir como os empreendimentos podem encontrar vantagens ao se juntar.
  • As imagens são botões. Perguntar ao grupo que local seria interessante para comprar suas matérias primas e clicar na opção escolhida. Pensar em fazer parcerias, principalmente fugindo dos fornecedores tradicionais. Se imaginarmos que a Ecosol deve buscar criar produtos ecologicamente corretos, uma parceria com fornecedores catadores ou com costureiras que fazem fuxico com restos de tecido.
  • Colocar as vantagens de se comprar em armarinho, como variedade e organização. Mas frisar que é mais caro, produz produtos comuns e boa parte de seus produtos vai de encontro à ideia de preocupação ambiental.
  • Parabenize e passe para a tela seguinte
  • Comprar matéria-prima de grupo que trabalha com lixo reciclável gera produtos criativos e diferenciados, mais baratos, estimula o desenvolvimento da comunidade e poupa o meio ambiente. Esse tipo de empreendimento permite um maior nível de interação, podendo, inclusive, serem criadas interessantes parcerias.
  • Nesse item foi necessário mudar a abordagem em relação à teoria original. Aqui é importante discutir como mostrar as vantagens do produto do grupo. Por que uma vassoura de pet é melhor que uma de piaçava? Por que comprar um artesanato feito por um empreendimento solidário do quê aqueles feitos para vender em massa?
  • Novos grupos podem ser novos parceiros. Aqui dá pra trabalhar os diversos princípios da Economia Solidária. Será que um grupo não poderia estimular o desenvolvimento de grupos que funcionassem em cadeia?
  • As características dos empreendimentos permitem repensar as relações com clientes, que muitas vezes acabam por desenvolver envolvimento e amizade. Alguns deles podem oferecer serviços e produtos úteis para a associação. Por que não pensar em uma relação de troca? Conhecendo os clientes, muitas coisas úteis a associação podem ser descobertas. Uma boa estratégia para conhecer os clientes pode ser um sorteio, onde os clientes disponibilizariam seus dados de forma espontânea. Dessa informação, o grupo teria e-mail para divulgar seus produtos, perfil dos clientes, opiniões, etc... Disponibilizei um modelo simples de fiche de sorteio para download no site. Pode ser disponibilizado uma cópia do arquivo para o grupo,
  • As cinco forças colaborativas de borges

    1. 1. As 05 forças colaborativas de Borges http://admborges.wix.com/gestaocoletivaElaborado por adm. Álvaro Leandro Borges – Livre utilização desde que citada a fonte
    2. 2. Associação: pensar estrategicamente? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    3. 3. Porter: entender o mercado na visão do MERCADO http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    4. 4. Vídeo: seria o modelo de Porter tão bom assim? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    5. 5. Uma nova ideia: as Forças Colaborativas de Borges http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    6. 6. Como podemos nos juntar com outras associações? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    7. 7. Como escolher nossos fornecedores? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    8. 8. Será? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva CLIQUE
    9. 9. Ótima escolha! http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    10. 10. http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    11. 11. Como mostrar que os produtos solidários são melhores? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    12. 12. Como ajudar novos grupos? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva Será que um grupo não poderia estimular o desenvolvimento de grupos que funcionassem em cadeia?
    13. 13. Como envolver os clientes? http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    14. 14. http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    15. 15. Referências • BORGES, Leandro. As 5 forças COLABORATIVAS de Borges. Extraído de http://blog.luz.vc/o- que-e/as-5-forcas-colaborativas-de-borges/. Acesso em 04 de jun de 2015. OBS.: Apesar do nome do autor dessa teoria, não o conheço e nem possuo vínculos pessoais de qualquer forma com o mesmo. • ÓCIO CRIATIVO. Listagem de frases. Extraído de http://www.ociocriativo.com.br/ frases/pesquisa.cgi?cmd=txtcat&ref=1073307400. Acesso em 05 de jun de 2015. • PADILHA, José. Tropa de Elite. Brasil, 2007, 118 min. • UNIVERSIDADE EMPREENDEDOR. 5 forças colaborativas de Borges: Opinião da Forbes. Extraído de https://vimeo.com/62822577. Acesso em 04 de jun de 2015. http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    16. 16. Crédito das imagens • SLIDE 01 - http://carolinaourique-portfoliosipiv.webnode.pt/diario-de-campo/ • SLIDES 03 e 05 - http://blog.luz.vc/o-que-e/as-5-forcas-colaborativas-de-borges/ • SLIDE 06 - http://www.acetb.com.br/site/2015/04/14/acetb-cada-dia-mais-forte- novos-associados-em-marco/ • SLIDE 07 - http://www.pontodosbotoes.com.br/loja/empresa.php / http://blog.institutobrookfield.org.br/index.php/2010/12/conheca-nossos- projetos-parceria-com-a-cooperativa-de-reciclagem-avemare/ • SLIDE 08 - http://mormonsacreditam.org/297/o-que-e-a-verdade • SLIDE 10 - http://www.artesanatoedecoracao.com/arte-eco/reuso-criativo-para- tampas-plasticas/ • SLIDE 11 - http://www.raiodeluzmaterial.com.br/produto.php?cod_produto=156451 / http://www.portaldoararipe.com.br/ipubi-ganhara-fabrica-de-vassouras- confeccionadas-com-garrafas-pet/ • SLIDE 12 - http://portal.uninter.com/?attachment_id=2741 http://admborges.wix.com/gestaocoletiva
    17. 17. Obrigado! Comente! • Adm. Álvaro Leandro Borges • admborges@yahoo.com.br / alvaroborges@caern.com.br • Administrador e Especialista em Economia Solidária e Desenvolvimento Territorial pela UFRN • Administrador na CAERN – Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte • http://admborges.wix.com/gestaocoletiva http://admborges.wix.com/gestaocoletiva

    ×