Política em Bom Jardim
Ruas e Patrimônios Públicos em Bom Jardim
entregues ao Abandono
Ao circular pelas ruas de Bom Jardi...
Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)
Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)
Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)
Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)
Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)

142 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ruas Abandonadas. Bom Jardim 3 meses antes da Eleição de 2012 (Roque Portela)

  1. 1. Política em Bom Jardim Ruas e Patrimônios Públicos em Bom Jardim entregues ao Abandono Ao circular pelas ruas de Bom Jardim, há longos anos os cidadãos da cidade assistem ao cenário de demolição determinado pelo abandono político ao longo do tempo – como se política pública fosse apenas a política do salário e deixar tudo acabar. Operação Tapa Buraco em contínuo processo de ação durante o surgimento dos problemas resolveria o problema demandado na Secretaria de Obras. Mas, é tarde, Inês Pereira já morreu. Tudo que vier nesse período eleitoreiro será tido por demagogia e não aceitação como verdade. Prédios públicos construídos ao longo de outros governos – sangue e suor do povo não estão sendo cuidados. O código de ética do Poder Executivo, frente a certas situações define que, (...) causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não constitui apenas uma ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado, mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus esforços para construí-los. Além, é claro, de ser considerado como crime de responsabilidade por abandono ao patrimônio público que se deteriora.

×