01|Organograma da Equipa
02|Ciclo Evolutivo da Equipa
02|Ciclo Evolutivo da Equipa
02|Ciclo Evolutivo da Equipa
02|Ciclo Evolutivo da Equipa
02|Ciclo Evolutivo da Equipa
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
» Utilizadores registados e autenticados
» Administradores
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
 » Permite login;
 » Permite novo registo;
 » Permite acesso a per...
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
» Utilizadores registados e autenticados
 » Permite o acesso a inf...
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
» Utilizadores registados e autenticados
 » Permite a criação de g...
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
» Utilizadores registados e autenticados
 » Permite a calendarizaç...
03|Requisitos Funcionais
» Utilizadores não autenticado
» Utilizadores registados e autenticados
» Administradores
 » Perm...
04|Diagrama de Gantt
05|Orçamento
» Salários e Modos de Pagamento
 » Equipa de Desenvolvimento
   » Valor Mensal equivalente ao Salário Júnior;...
05|Orçamento
» Manutenção
 » Elaboração da Tabela de Amortizações;

 » Cálculo da despesa com base no valor de Amortização...
05|Orçamento
06|Plano de Testes
» Teste de Funcionalidade
» Teste de Compatibilidade
» Teste de Segurança
» Teste de Usabilidade
» Test...
06|Plano de Testes
» Teste de Funcionalidade
  » Objectivos                                         » Técnicas de Recolha ...
06|Plano de Testes
» Teste de Segurança
  » Objectivos                                 » Técnicas de Recolha de Dados
   D...
06|Plano de Testes
» Teste de Compatibilidade
  » Objectivos                                    » Técnicas de Recolha de D...
06|Plano de Testes
» Teste de Usabilidade
  » Objectivos
   Avaliar o grau de simplicidade e facilidade com que o utilizad...
06|Plano de Testes
» Teste de Usabilidade
  » Atributos e Métricas a Utilizar

   Atributos baseados na norma ISO 9241-11:...
06|Plano de Testes
» Teste de Usabilidade
  » Participantes
   » 2 Especialistas
   » 3 Principiantes


  » Contexto dos T...
06|Plano de Testes
» Teste de Usabilidade
  » Técnicas de Testes
   » Thinking-Aloud Protocol;
   » Question-Asking Protoc...
06|Plano de Testes
» Teste de Usabilidade
  » Instrumento, Materiais e Recursos Humanos
   » Laboratórios;
   » Máquinas p...
06|Plano de Testes
» Teste de Acessibilidade
  » Objectivos do Teste
   Conhecer até que ponto a aplicação se encontra pre...
07|Plano de Manutenção e Suporte
» Sistemas de Ajuda
  » Ajudas Autónomas
   » FAQ;
   » Índice Videográfico;
   » Filtros...
07|Plano de Manutenção e Suporte
» Sistemas de Ajuda
» Sistemas de Manutenção e Suporte
 O Sistema de Manutenção e Actuali...
07|Plano de Manutenção e Suporte
» Sistemas de Ajuda
» Sistemas de Manutenção e Suporte
» Sistemas de Contacto com os Util...
08|Plano de Lançamento e Distribuição
» Estratégia de Lançamento

 » Soft launch (sem suporte publicitário inicial) - perm...
08|Plano de Lançamento e Distribuição
» Estratégia de Lançamento
» Principais Instrumentos Publicitários
 » Televisão e Ci...
08|Plano de Lançamento e Distribuição
» Estratégia de Lançamento
» Principais Instrumentos Publicitários
  » Soft launch (...
08|Plano de Lançamento e Distribuição
» Estratégia de Lançamento
» Principais Instrumentos Publicitários
» Estratégia de D...
09|Ponto de Situação Actual do Projecto

» O Design Gráfico revela um atraso relativamente significativo;
» O projecto dev...
09|Ponto de Situação Actual do Projecto

Conclusão:
» Necessidade de reunir esforços e compensar o tempo desperdiçado/não ...
Treenya | Apresenteção Final de ICPMM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Treenya | Apresenteção Final de ICPMM

657 visualizações

Publicada em

Apresentração Final da disciplina de ICPMM relativa à plataforma ambiental "Treenya".

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treenya | Apresenteção Final de ICPMM

  1. 1. 01|Organograma da Equipa
  2. 2. 02|Ciclo Evolutivo da Equipa
  3. 3. 02|Ciclo Evolutivo da Equipa
  4. 4. 02|Ciclo Evolutivo da Equipa
  5. 5. 02|Ciclo Evolutivo da Equipa
  6. 6. 02|Ciclo Evolutivo da Equipa
  7. 7. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Utilizadores registados e autenticados » Administradores
  8. 8. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Permite login; » Permite novo registo; » Permite acesso a perfis públicos de utilizadores; » Permite acesso às contribuições públicas de utilizadores; » Permite acesso ao ranking do utilizador e ao rating de cada contribuição; » Permitir acesso a informações gerais sobre o tema; » Permitir acesso a área de ajuda via e-mail, FAQ, quick-tours, chat de atendimento, índice vídeo-gráfico. » Utilizadores registados e autenticados » Administradores
  9. 9. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Utilizadores registados e autenticados » Permite o acesso a informações gerais sobre o tema; » Permite a cricação/modificação de um perfil público ou privado com informações pessoais; » Permite a inserção/edição/remoção e visualização das suas contribuições textuais ou com imagem; » Permite atribuir um rating às diferentes contribuições de um utilizador; » Permite acesso a perfis públicos de utilizadores; » Permite acesso às contribuições públicas de utilizadores; » Permite acesso ao ranking do utilizador e ao rating de cada contribuição; » Permite visualizar um ranking geral de utilizadores; » Permite a visualização geográfica de cada utilizador, e quais as zonas geográficas mais activas; » Administradores
  10. 10. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Utilizadores registados e autenticados » Permite a criação de grupos relativos a instituições ou temas específicos » Permite (ao administrador) definir o grupo como privado ou público; » Permite (ao administrador) convidar utilizadores para o grupo (caso seja privado); » Permite (ao administrador) a moderação de contribuições submetidas por utilizadores pertencentes ao grupo; » Permite (ao administrador) “banir” utilizadores, ou conferir acesso administrativo; » Permite a visualização de todas as contribuições do grupo; » Permite a criação de uma lista de amigos; » Permite aceitar/recusar um convite de um amigo; » Permite a definição de um estado on-line como disponível, ou indisponível; » Permite a troca de mensagens síncronas entre utilizadores que são amigos; » Administradores
  11. 11. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Utilizadores registados e autenticados » Permite a calendarização de eventos; » Permite convidar utilizadores para eventos calendarizados; » Permite marcar a participação do utilizador no evento; » Permite a pesquisa de utilizadores por nome, localização ou por grupos; » Permite a pesquisa de eventos por nome, localização, participação de determinado utilizador, ou autor; » Permitir acesso a área de ajuda via e-mail, FAQ, quick-tours, índice vídeo-gráfico e chat de atendimento. » Administradores
  12. 12. 03|Requisitos Funcionais » Utilizadores não autenticado » Utilizadores registados e autenticados » Administradores » Permite o acesso da equipa de manutenção e suporte técnico do site através de autenticação ao Backoffice; » Permite a visualização, edição, remoção e bloqueio de utilizadores registados no site; » Permite a gestão de informações pessoais dos utilizadores; » Permite a gestão de contribuições dos utilizadores; » Permite a gestão de grupos (criação, edição e remoção de grupos); » Permite a gestão de eventos (criação, edição e remoção de eventos); » Permite a gestão de conteúdos informativos no site; » Permite visualizar e responder a pedidos de ajuda via e-mail e edição de FAQ e através de troca de mensagens síncronas; » Permite a desactivação temporária do site.
  13. 13. 04|Diagrama de Gantt
  14. 14. 05|Orçamento » Salários e Modos de Pagamento » Equipa de Desenvolvimento » Valor Mensal equivalente ao Salário Júnior; » Vencimento Mensal ou Quinzenal. » Gestores e Coordenadores » Vencimento à Hora. » Investimentos/Despesas relativas a Equipamentos » Despesas de Manutenção calculadas separadamente tendo em conta a periocidade anual da renovação do domínio e alojamento.
  15. 15. 05|Orçamento » Manutenção » Elaboração da Tabela de Amortizações; » Cálculo da despesa com base no valor de Amortização e o número de meses de utilização efectiva do Equipamento em questão. » Calendário de Pagamentos » Estabelecimento de datas para execução de Pagamentos de Entrada referentes às fases mais complexas que implicam maiores custos de desenvolvimento; » Pagamentos de Entrada suportam as despesas implícitas na Fase em questão.
  16. 16. 05|Orçamento
  17. 17. 06|Plano de Testes » Teste de Funcionalidade » Teste de Compatibilidade » Teste de Segurança » Teste de Usabilidade » Teste de Acessibilidade
  18. 18. 06|Plano de Testes » Teste de Funcionalidade » Objectivos » Técnicas de Recolha de Dados Para alcançar a eficácia de uma forma eficiente é Inventário. necessário analisar as funcionalidades que a plataforma oferece diagnosticando e corrigindo erros/bugs. » Técnicas de Teste » Recursos Humanos » Unit Testing » Daniela Alves (Programador) » Teste Integrado » Diogo Costa (Programador) » Teste de Regressão » Pedro Silva (Programador/Analista de Sistemas) » Hélder Caixinha (Consultor Técnico) » Licínio Mano (Consultor Técnico) » Futuros Utilizadores
  19. 19. 06|Plano de Testes » Teste de Segurança » Objectivos » Técnicas de Recolha de Dados Detectar eventuais falhas de segurança na Checklist. aplicação. » Técnicas de Teste » Recursos Humanos » Peer Review » Daniela Alves (Programador) » Diogo Costa (Programador) » Pedro Silva (Programador/Analista de Sistemas) » Hélder Caixinha (Consultor Técnico) » Licínio Mano (Consultor Técnico) » Tester Especialista na Segurança de Páginas Web
  20. 20. 06|Plano de Testes » Teste de Compatibilidade » Objectivos » Técnicas de Recolha de Dados Verificar compatibilidade da aplicação entre Checklist. diferentes: browsers, resoluções, sistemas operativos, plataformas. » Técnicas de Teste » Recursos Humanos » Teste Integrado » Daniela Alves (Programador) » Diogo Costa (Programador) » Pedro Silva (Programador/Analista de Sistemas) » Materiais » Hélder Caixinha (Consultor Técnico) » Sistemas Operativos » Licínio Mano (Consultor Técnico) » Browsers » Máquinas com diferentes resoluções
  21. 21. 06|Plano de Testes » Teste de Usabilidade » Objectivos Avaliar o grau de simplicidade e facilidade com que o utilizador navega pelo website. Tarefas, consideradas de maior relevo, a avaliar: » Efectuar Registo; » Efectuar Login/Logout; » Aceder à Área de Perfil Pessoal; » Publicar uma Contribuição Pessoal; » Procurar um Utilizador de Espanha e aceder ao seu perfil; » Atribuir um Rating a uma contribuição do utilizador encontrado; » Adicionar como Amigo um Utilizador; » Editar Dados Pessoais.
  22. 22. 06|Plano de Testes » Teste de Usabilidade » Atributos e Métricas a Utilizar Atributos baseados na norma ISO 9241-11: » Eficácia; » Eficiência; » Satisfação. Métricas (comuns a todas as tarefas especificadas): » Contabilização do nº de cliques até que o objectivo seja alcançado; » Tempo decorrido; » Erros obtidos.
  23. 23. 06|Plano de Testes » Teste de Usabilidade » Participantes » 2 Especialistas » 3 Principiantes » Contexto dos Testes » Ambiente de uso controlado; » Condições da Sala » Equipada com diferentes tipos de computador, cada um contendo os diversos browsers; » Sujeita a gravação de vídeo do participante e do monitor relativo à máquina de utilização.
  24. 24. 06|Plano de Testes » Teste de Usabilidade » Técnicas de Testes » Thinking-Aloud Protocol; » Question-Asking Protocol; » Cognitve Walkthroughs. » Técnicas de Recolha de Dados » Registo Facial por Vídeo associado ao Registo de Monitor por Vídeo; » Questionário Inicial; » Entrevista Final (opcional, na necessidade de esclarecimento de dúvidas da sessão).
  25. 25. 06|Plano de Testes » Teste de Usabilidade » Instrumento, Materiais e Recursos Humanos » Laboratórios; » Máquinas para realização dos testes; » Câmara de captura de vídeo (imagem e som); » Software de Registo de Vídeo (o software responsável pela captura do ecrã, deverá ser capaz de registar os cliques por parte do participante); » Um ou mais elementos da equipa.
  26. 26. 06|Plano de Testes » Teste de Acessibilidade » Objectivos do Teste Conhecer até que ponto a aplicação se encontra preparada para que pessoas com necessidades especiais possam com ela interagir como qualquer outro utilizador comum. » Técnicas de Teste » Manuais (revisão directa); » Automáticos (recurso a um verificador automático Web-based como o W3C validator); Instrumentos, Materiais e Recursos Humanos Necessários » Elementos da Equipa de Projecto (Daniela Alves, Diogo Costa, Pedro Silva); » Utilizadores portadores de necessidades especiais.
  27. 27. 07|Plano de Manutenção e Suporte » Sistemas de Ajuda » Ajudas Autónomas » FAQ; » Índice Videográfico; » Filtros associados ao Sistema de Pesquisa; » Ajuda Integrada » Dicas; » Quick Tours; » Mensagens de Erro. » Sistemas de Manutenção e Suporte » Sistemas de Contacto com os Utilizadores Finais
  28. 28. 07|Plano de Manutenção e Suporte » Sistemas de Ajuda » Sistemas de Manutenção e Suporte O Sistema de Manutenção e Actualização irá funcionar sob um BackOffice, com constante actualização de conteúdos e funcionalidades. » Ferramentas/Sistemas que irão contemplar o BackOffice » Envio de Sugestões; » Atendimento via Chat com horário pré-definido; » Sistema de Denúncias associado às Contribuições; » Linha telefónica de Suporte (futuramente). » Sistemas de Contacto com os Utilizadores Finais
  29. 29. 07|Plano de Manutenção e Suporte » Sistemas de Ajuda » Sistemas de Manutenção e Suporte » Sistemas de Contacto com os Utilizadores Finais » Preenchimento de formulários que permitam o contacto com o utilizador via e-mail; » Troca de mensagens instantâneas através do Chat embutido da plataforma; » Envio regular de uma newsletter; » Apresentação de um Blog como ponte de comunicação entre utilizadores e responsáveis pela manutenção.
  30. 30. 08|Plano de Lançamento e Distribuição » Estratégia de Lançamento » Soft launch (sem suporte publicitário inicial) - permite obter feedback dos utilizadores que utilizem o serviço, evitar campanhas fracassadas e eventualmente melhorar determinados aspectos; » Hard Launch (com suporte publicitário 1 mês depois de soft launch), com o objectivo de disseminar o produto através de instrumentos publicitários específicos. » Principais Instrumentos Publicitários » Estratégia de Distribuição
  31. 31. 08|Plano de Lançamento e Distribuição » Estratégia de Lançamento » Principais Instrumentos Publicitários » Televisão e Cinema – 2 filmes distintos, em momentos distintos. O primeiro causa expectativa/curiosidade, o segundo revela a identidade do projecto e o conceito. » Outdoors – 2 outdoors distintos, em momentos distintos. A mesma estratégia dos filmes: o primeiro causa expectativa/curiosidade, o segundo revela a identidade do projecto e o conceito. » Campanha em Centros Comerciais e Universidades – divulgação e disponibilização do serviço à população geral (no caso dos centros comerciais) e a um público jovem (no caso das universidades). » Serviço Móvel – parceria com as redes móveis nacionais e lançamento de uma aplicação móvel que permite o acesso directo à plataforma. » Estratégia de Distribuição
  32. 32. 08|Plano de Lançamento e Distribuição » Estratégia de Lançamento » Principais Instrumentos Publicitários » Soft launch (sem suporte publicitário inicial) - permite obter feedback dos utilizadores que utilizem o serviço, » evitar campanhasDistribuição Estratégia de fracassadas e eventualmente melhorar determinados aspectos; » Televisão e Cinema – 2 filmes distintos, em momentos distintos. O primeiro causa expectativa/curiosidade, o segundo revela a identidade do projecto e o conceito. » Distribuição On-line – o serviço a distribuir é um site, pelo que a distribuição é exclusivamente on-line. » Outdoors – 2 outdoors distintos, em momentos » Hard Launch (com suporte publicitário 1 mês o distintos. A mesma site, colocar osfilmes: o primeiro causa estratégia dos » Necessidade de alojar o site num ISP, registardepois de soft launch), com o objectivo de disseminar o produto domínio, activar o ficheiros on-line. expectativa/curiosidade, publicitários específicos. através de instrumentos o segundo revela a identidade do projecto e o conceito. » Pré-lançamento do site num staging server, afim de testar a performance e resolver eventuais problemas que » Campanha em Centros Comerciais e Universidades – divulgação e disponibilização do serviço à população possam surgir. geral (no caso dos centros comerciais) e a um público jovem (no caso das universidades). » Serviço Móvel – parceria com as redes móveis nacionais e lançamento de uma aplicação móvel que permite o acesso directo à plataforma.
  33. 33. 08|Plano de Lançamento e Distribuição » Estratégia de Lançamento » Principais Instrumentos Publicitários » Estratégia de Distribuição » Distribuição On-line – o serviço a distribuir é um site, pelo que a distribuição é exclusivamente on-line. » Necessidade de alojar o site num ISP, registar o domínio, activar o site, colocar os ficheiros on-line. » Pré-lançamento do site num staging server, afim de testar a performance e resolver eventuais problemas que possam surgir.
  34. 34. 09|Ponto de Situação Actual do Projecto » O Design Gráfico revela um atraso relativamente significativo; » O projecto deveria entrar, a 17 de Dezembro, na Fase Beta; » A Fase de Programação e Análise de Sistemas deveria encontrar-se na etapa final; » Os conteúdos programáticos de Laboratório Multimédia 5 foram leccionados até início de Dezembro, pelo que a tentativa de iniciar a Fase de Desenvolvimento do Motor da Plataforma, aquando da data estipulada no cronograma temporal, poderia resultar num processo pouco produtivo com resultados inúteis/ineficazes; » No entanto, os conhecimentos adquiridos no início do ano lectivo, como o desenho da Base de Dados, já se encontram razoavelmente consolidados na prática projectual.
  35. 35. 09|Ponto de Situação Actual do Projecto Conclusão: » Necessidade de reunir esforços e compensar o tempo desperdiçado/não aproveitado.

×