Comunicao

251 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Entrada del Títulos con animación
  • Entrada del títulos con animación
  • Comunicao

    1. 1. Programa de Desenvolvimento de Sucessores Diretores Regionais
    2. 2. Curso de Comunicação, Condução de reuniões e Apresentações eficazes Módulo 2
    3. 3. • Verbal • Não verbal 1.Tipos de Comunicação 2. Nº de Receptores • Comunicação grupal • Comunicação interpessoal 3. 1 • Ascendente • Descendente • Horizontal 3. A Nível de Organizações Empresariais 3. 2 • Interna • Externa Operativa De Imagem 3. 3 • Formal • Não Formal: O boato A Comunicação
    4. 4. • ENFOQUE • CLAREZA • CRIATIVIDADE • DINAMISMO • BREVIDADE Pautas do Emissor no “Feedback”:
    5. 5. Perguntas Úteis sobre o Auditório • Quantas pessoas assistirão? • Qual a idade média do grupo? • Qual é sua ocupação e nível profissional? • Qual é seu conhecimento do tema? • Podem ter preconceitos contra mim ou contra o tema a tratar? • Que expectativas o objetivos podem ter? • A assistência é voluntária ou obrigatória? • Há alguma palavra ou tema “tabu” entre eles? • Qual é a melhor forma de convocá-los? Com quanto tempo de antecipação? • Os assistentes são companheiros de trabalho? Pertencem à mesma empresa? • No caso que assim seja, possuem a mesma categoria e nível hierárquico?
    6. 6. Inícios a Evitar 1. Frases feitas 2. Observações óbvias 3. Desculpas (nossos poucos dotes como orador, o cansativo do tema) 4. Anedotas
    7. 7. EscritaOral + PALAVRAS - PALAVRAS + SONS Verbal Não-Verbal Tipos de Linguagem de Comunicação Paralinguagem Corporal - SONS
    8. 8. 1º - SOLICITÁ-LO 2º - ESCUTÁ-LO 3º - VALORIZÁ-LO 4º - AGRADECÊ-LO Pautas do Receptor no “Feedback”:
    9. 9. Regras para um “Feedback” Eficaz 1º - Descritivo 2º - Utilizável e aplicável 3º - Específico, claro, conciso 4º - Pessoal e direto 5º - Imediato 6º - Positivo, respeitoso, construtivo, orientado ao presente e ao futuro 7º - Solicitado e comprovado
    10. 10. Características da Linguagem Verbal • Selecionar palavras adequadas ao perfil de audiência • Evitar siglas e palavras em outro idioma • Utilizar frases curtas • Procurar que a gramática e o vocabulário sejam corretos • Evitar chavões e frases feitas: “mmm...”, “eh”, “verdade?”, “vale”, “por tanto”. • Utilizar palavras que despertem a imaginação do público: “vasos comunicantes”, as mãos cheias”, “gargalo”. • Incluir citações breves, exemplos concretos, anedotas • Não se limitar a expor características técnicas: traduzi-las em benefícios ou vantagens para sua audiência
    11. 11. • Gestos • Postura • Olhares • Distância • Volume • Velocidade • Tom • Ênfase • Vocalização • Silêncios • Imagem • Decoração da sala • Ordem ou desordem da sala Linguagem Não Verbal Linguagem Corporal Paralinguagem Linguagem Contextual
    12. 12. • Cronológico • Descritivo • Analítico • Problema e solução • Necessidades • Dificuldade progressiva • Comparação Critérios para o Desenvolvimento
    13. 13. • Usar perguntas retóricas • Fazer uma demonstração • Sugerir uma ação • Criar expectativas face a futuras apresentações • Contar uma anedota • Usar cifras, estatísticas • Fazer um resumo Sugestões para um Bom Encerramento
    14. 14. • Não eludir o problema. • Não pôr em evidência um assistente diante de grupo. • Não se deixar levar pela ira ou nervosismo. Recomendações em Situações Difíceis
    15. 15. O que se quer dizer O que se diz O que se ouve O que se escuta O que se compreende O que se retém O que se reproduz “Feed-Back” Perda da Mensagem
    16. 16. Características da Mensagem • Organizada • Exata • Acompanhada de imagens • A palavra: • precisa • a evitar: adjetivos qualificativos,termos de moda etc.
    17. 17. • Observar • Escutar • Manejar de forma coordenada a comunicação não verbal e a verbal • Ter empatia • Persuadir o receptor • Perguntar • Ser ativo Habilidades de emissor
    18. 18. Defeitos e dificuldades do emissor • Não organizar seus pensamentos antes de falar • Expressar-se com imprecisão • Colocar muito conteúdo no mesmo  enunciado = Efeito desconcertante • Não conhecer a seu receptor • Não levar em conta a capacidade de compreensão de seu interlocutor • Ter preconceitos (culturais,origem,sexo,nacionalidade)
    19. 19. Que fatores influem na recepção? • A Escuta • A Percepção - o receptor organiza os dados incompletos em um todo, de modo que tenham significados para ele. - o receptor seleciona a informação que chega a ele com base em antecedentes, expectativas...
    20. 20. Defeitos ou obstáculos do receptor • Atenção insuficiente • Comunicação defensiva • Implicação pessoal na comunicação • Preocupação com perguntas ensaiadas • Atenção aos detalhes e não na informação principal • Interpretação pessoal • Presunção
    21. 21. Distorção da comunicação A EMISSOR B RECEPTOR Filtros Filtros Arco de distorção: distorção da comunicação
    22. 22. receptoremissor Emissão - Recepção MENSAGEM
    23. 23. Retroinformação EMISSOR RECEPTOR
    24. 24. • Quem convoca • A quem se convoca • Data • Hora de início e Hora prevista da finalização • Lugar de reunião • Ordem do Dia • Objetivos da reunião • Lugar, Data e Assinatura de quem assina a convocação • Informação adicional, se necessária. Convocação correta
    25. 25. • Resolução de problemas: 5 ou 6 pessoas. • Iniciar algo novo: em torno de 8 pessoas. • Tomada de decisões: depende da área (estratégica, operativa...); ao redor de 7 pessoas. • Formação ou treinamento: mais ou menos 15 assistentes. • Caráter informativo: até 25 ou 30. • Motivação: neste caso o número é muito variável, depende do tipo de motivação. Número de assistentes
    26. 26. • Não conflite nunca com os membros da equipe • Escute as pessoas que assistem à reunião • Não permita que alguém fique na defensiva • Faça participar todos os membros do grupo • Freie o que fala demasiado • Mantenha alto o nível de interesse • Vigie o especialista • Experimente com sua equipe a rotatividade na presidência • Não manipule o grupo Gestão de pessoas
    27. 27. • Uma objeção pode esconder outra atrás. • As objeções devem ser tratadas durante ou depois da exposição ou módulo de que nos ocupamos, mas sempre devem obter resposta. • As objeções argumentadas costumam demonstrar interesse e envolvimento; por isso não se devem tomar como um ataque. Podem até esconder certa animosidade das objeções vagas, carentes de argumentos e recorrentes. • Não devemos temer as objeções, temos que enfrentá-las. Situações difíceis
    28. 28. • Repita a pergunta para a audiência e, fazendo-o, mude o texto. • Não responda à pergunta diretamente, diga algo como: “Esclareceremos algo primeiro ...” • Mostre compreensão com quem pergunta: “Comparto seu interesse...” Encarar perguntas difíceis
    29. 29. • Fornecer dados estatísticos surpreendentes • Expressar uma idéia chocante • Utilizar uma anedota ou fábula • Fazer propostas retóricas • Utilizar uma notícia de atualidade • Anunciar o objetivo da conversa • Fazer citações Sugestões de bom início
    30. 30. • A vontade das pessoas • Os estilos diretivos • O clima empresarial • A cultura • A nacionalidade da organização Que fatores influem na comunicação empresarial
    31. 31. • 9% Escrever • 16% Ler • 30% Falar • 45% Escutar Tempo empregado nos diferentes modos de comunicação
    32. 32. • Quadros de anúncios vs correio eletrônico • O jornal interno • Carta pessoal • Seminário de estudo Meios de comunicação na empresa

    ×