Maranhão MARANHÃO Reunião de Secretários de Planejamento da Amazônia Legal Desafios e Estratégias de Desenvolvimento Maio ...
SUMÁRIO 1 - INFORMAÇÕES GERAIS 2 - BASE ECONÔMICA 3 - CENÁRIO TENDENCIAL 4 - DESAFIOS 5 - INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO 6 -...
1 – INFORMAÇÕES GERAIS <ul><li>Maranhão / Amazônia Legal </li></ul>AMAZÔNIA LEGAL Fonte: IBGE (2007 e 2001). Área: 278.777...
Território:  331.983,293 k m² População Residente (2007):   6.118.995 hab Densidade Demográfica (2007):  18,43 hab/km² Pop...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produto Interno Bruto - PIB </li></ul>Produto a preço de mercado corrente,  percapita, variação...
2 - BASE ECONÔMICA Fonte: IBGE / IMESC PIB a preço de mercado corrente, PIB percapita, variação real anual e participação ...
2 - BASE ECONÔMICA Participação no PIB por setor e atividade econômica Fonte: IBGE / IMESC <ul><li>Produto Interno Bruto -...
2 - BASE ECONÔMICA Participação no valor adicionado bruto por setor e atividade Fonte: IBGE/ IMESC
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Balança Comercial </li></ul>Balança Comercial do Maranhão – 1991 a 2007 US$ 1.000 FOB S a l d o...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Exportação </li></ul>Composição das exportações por tipo de produto - 2004 a 2007 US$ 1.000 FOB...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Agricultura </li></ul>Fonte: IBGE / IMESC Produção agrícola - Brasil, Nordeste e Maranhão – 200...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Pecuária </li></ul>Fonte: IBGE / IMESC Produção pecuária - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2006, ...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produtos de Origem Animal </li></ul>Produção de origem animal - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Extrativismo Vegetal </li></ul>Produção de origem vegetal - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2006,...
2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produção Agrícola </li></ul>Previsão da produção agrícola – Brasil, Nordeste e Maranhão, 2007 e...
<ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Realizados </li></ul>3 - CENÁRIO TENDENCIAL Fonte...
<ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Estimados </li></ul>Fonte : Banco Central do Bras...
<ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Esperados </li></ul>Fonte:  Ministério do Planeja...
<ul><li>Promover o desenvolvimento de forma sustentável </li></ul><ul><li>Envolver a sociedade civil no processo de reform...
<ul><li>Potencializar as riquezas naturais expressivas </li></ul><ul><li>Elevar o nível de empregabilidade, gerando mais e...
<ul><li>Atenuar os impactos de 5,6 bilhões de reais, da dívida pública , sobre o tesouro do estado </li></ul><ul><li>Melho...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>O Plano Plurianual (PPA) define as diretrizes, os objetivos e as metas da adminis...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Programas do PPA e LOA 2008-2009 </li></ul>12,8 6.886,1 97 6.105,3 100 Total 2009...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Programas do PPA e LOA 2008-2009 </li></ul>Natureza de Despesa Tipo de Programa <...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Ecológico Econômico - ZEE </li></ul><ul><li>Orientar as políticas de d...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Agroecológico - ZAEMA </li></ul><ul><li>Estruturar as políticas do set...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Agroecológico - ZAEMA </li></ul><ul><li>DIVISÃO DO ESTADO EM 5 ÁREAS <...
5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Novo recorte territorial: </li></ul><ul><li>Descentralização  e Regionalização  <...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Incremento de carga...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Produção prevista <...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Combustível  – Carvão min...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Cachoeira (MA / PI)  - 96...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Consórcio Estreito de Ene...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Linhas de Transmiss...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul>Orientar as ações estaduais públicas e/ou privadas em infra-es...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Complementar as metas do PNLT no âmbito estadual </li>...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Logística e Transportes </li></ul><ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Recuperação ...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul><ul><li>Duplicar trecho de acesso...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Implantar o trecho Alto Parnaíba / Divisa MA/TO na BR-...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul><ul><li>Restauração e pavimentaçã...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Ferroviário </li></ul><ul><li>Construir ramal ferroviá...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul>MARANHÃO / ESTRADAS Boa Vista do Gurupi Timon Porto Franco TOC...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Portuário </li></ul><ul><ul><li>Construir o berço 100 ...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Portuário </li></ul><ul><li>Reestruturar e modernizar ...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES Berço  Profundidade Comprimento 101 9m 239m 102 10,5m 239m 103 14m 239m 104 14m 200m 105 18m 28...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Aeroportuário  </li></ul><ul><li>Ampliar e modernizar o aeroporto de São Luís </li></ul...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Aeroportuário </li></ul><ul><li>Construir e certificar...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Construir eclusas na UHE - Estreito no rio Tocantins <...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Implantar o gasoduto - Pecém - CE / São Luís – MA </li...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Implantar...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Básica  <...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Trabalho ...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Profissio...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Saneamento Básico </li></ul>Fonte de recursos:  PAC, Teso...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul>Fonte de recursos:  PAC e Tesouro do Estado <ul><li>Habitação e U...
6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Luz Para Todos </li></ul><ul><li>Universalizar o acesso a...
<ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Parque Tecnológico do Maranhão </li></ul><ul><li>Eixos Temáticos </li></ul>-  C...
<ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Parque Tecnológico do Maranhão </li></ul>6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Ele...
<ul><li>Base Tecnológica </li></ul>- Transparência e democratização -  Instrumento para otimização de processos e recursos...
<ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Integrar com confiança e segurança todos os órgãos do governo em todas as regiõ...
<ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Integrar  digitalmente   todos os municípios à INFOVIA.MA </li></ul><ul><li>Gar...
7 – OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS <ul><li>Energia Renovável – BIODIESEL </li></ul><ul><ul><li>PRIO - Chapadinha  </li></u...
<ul><li>Energia Renovável – ETANOL </li></ul><ul><li>Projetos em Implantação  </li></ul><ul><ul><li>Empresa G5  - Grajaú <...
<ul><li>Projeto: Implantação da Refinaria Premium </li></ul><ul><li>Capacidade:  processar 10 milhões de toneladas / ano <...
<ul><li>Siderurgia </li></ul><ul><li>Expectativa de faturamento global : US$ 36 bilhões / ano  </li></ul><ul><li>Projeto :...
<ul><li>Companhia Siderúrgica do Mearim </li></ul>7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS Future Plant Site Future Port Facilit...
<ul><li>Verticalização da Produção de Alumínio  </li></ul><ul><li>GRUPO BRASIL / ALUJET </li></ul><ul><li>Ações em Andamen...
<ul><li>Estaleiro Naval </li></ul><ul><li>Projeto: Implantação do Estaleiro Naval </li></ul><ul><li>Local: área  portuária...
<ul><li>São Luís e Bacabeira </li></ul><ul><li>ZPE de São Luís </li></ul><ul><li>- Decreto de criação:  nº 899 de 17.08.19...
<ul><li>Incentivar os pólos de produção mineral  </li></ul><ul><li>Implantar projetos de bioenergia   </li></ul><ul><li>At...
PÓLO 1  -  HISTÓRICO E CULTURAL
PÓLO 2  -  PARQUE DOS LENÇÓIS
<ul><li>PROJETOS </li></ul><ul><li>PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS:  </li></ul><ul><li>O ENVOLVIMENTO COM  UM  LUGAR ÚNICO </l...
PÓLO 3  -  DELTA DAS AMÉRICAS
PÓLO  4  -  FLORESTAS DOS GUARÁS
PÓLO  5  -  CHAPADA DAS MESAS
<ul><li>IMPERATRIZ: PORTÃO DE ENTRADA </li></ul><ul><li>CAROLINA: CIDADE DE LAZER </li></ul><ul><li>RIACHÃO: CENTRO DE ECO...
MUITO OBRIGADO! E-mail: cazoba@seplan.ma.gov.br [email_address]
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desafios E Estrat Desenvolvimento Amazonia Completa

2.064 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.064
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desafios E Estrat Desenvolvimento Amazonia Completa

  1. 1. Maranhão MARANHÃO Reunião de Secretários de Planejamento da Amazônia Legal Desafios e Estratégias de Desenvolvimento Maio / 2008 Carlos Alberto Barros Secretário Adjunto de Planejamento
  2. 2. SUMÁRIO 1 - INFORMAÇÕES GERAIS 2 - BASE ECONÔMICA 3 - CENÁRIO TENDENCIAL 4 - DESAFIOS 5 - INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES 7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  3. 3. 1 – INFORMAÇÕES GERAIS <ul><li>Maranhão / Amazônia Legal </li></ul>AMAZÔNIA LEGAL Fonte: IBGE (2007 e 2001). Área: 278.777 km2 População: Total: 5.088.383 hab Urbana: 3.175.070 hab Rural: 1.913.313 hab N o . Municípios: 182 Nº de municípios base rural*: 178 Densidade: 18,3 hab/km 2 * De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Agrário Maranhão Pará Roraima Amapá Amazonas Acre Rondônia Mato Grosso Tocantins
  4. 4. Território: 331.983,293 k m² População Residente (2007): 6.118.995 hab Densidade Demográfica (2007): 18,43 hab/km² População Economicamente Ativa (PEA): 2.968 mil hab Municípios: 217 Capital: São Luís População (2007): 957.515 hab <ul><li>Estado do Maranhão </li></ul>Fonte: IBGE (2007 e 2011) 1 – INFORMAÇÕES GERAIS
  5. 5. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produto Interno Bruto - PIB </li></ul>Produto a preço de mercado corrente, percapita, variação real anual e participação no PIB Brasil por ano Fonte: IBGE / IMESC PIB (pm) corrente PIB percapita Variação real anual Participação no PIB Brasil R$ 1 milhão (R$) (%) (%) 2002 15.449 2.637 2,55 1,05 2003 18.483 3.112 4,33 1,09 2004 21.605 3.588 8,97 1,11 2005 25.326 4.150 7,34 1,18 Ano
  6. 6. 2 - BASE ECONÔMICA Fonte: IBGE / IMESC PIB a preço de mercado corrente, PIB percapita, variação real anual e participação no Brasil PIB per cápita Variação real anual Partic. do MA no PIB do Brasil 25.326 21.605 18.483 15.449 4.150 3.588 2.637 3.112 7,34 4,33 8,97 1,18 1,11 1,09 1,05 2002 2003 2004 2005 PIB a preço de mercado corrente
  7. 7. 2 - BASE ECONÔMICA Participação no PIB por setor e atividade econômica Fonte: IBGE / IMESC <ul><li>Produto Interno Bruto - PIB </li></ul>2002 2003 2004 2005 Total 100,00 100,00 100,00 100,00 AGROPECUÁRIA 16,19 17,67 18,16 17,78 Agricultura, silvicultura e exploração florestal 10,5 11,8 12,5 12,2 Pecuária e pesca 5,7 5,9 5,7 5,6 INDÚSTRIA 16,72 18,69 17,38 17,19 Indústria extrativa mineral 0,3 1,3 2,0 1,9 Indústria de transformação 7,3 9,3 7,5 7,1 Construção 7,3 6,3 5,8 6,1 Produção e distribuição de eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana 1,8 1,7 2,1 2,1 SERVIÇOS 67,09 63,65 64,46 65,03 Comércio e serviços de manutenção e reparação 13,8 13,8 14,1 16,6 Serviços de alojamento e alimentação 1,1 1,3 1,4 1,5 Transportes, armazenagem e correio 7,5 6,0 8,2 7,7 Serviços de informação 2,5 2,4 2,4 2,5 Intermediação financeira, seguros e previdência completamentar 3,1 2,8 2,5 2,8 Serviços prestados às famílias e associativos 1,3 1,2 1,3 1,0 Serviços prestados às empresas 1,8 2,4 2,4 2,2 Atividades imobiliárias e aluguel 10,9 9,8 9,2 8,6 Administração, saúde e educação públicas 21,2 20,6 19,5 19,1 Saúde e educação mercantis 2,3 2,0 1,7 1,4 Serviços domésticos 1,5 1,4 1,7 1,6 Setor e Atividade Maranhão
  8. 8. 2 - BASE ECONÔMICA Participação no valor adicionado bruto por setor e atividade Fonte: IBGE/ IMESC
  9. 9. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Balança Comercial </li></ul>Balança Comercial do Maranhão – 1991 a 2007 US$ 1.000 FOB S a l d o Valor (A) Var% (*) Valor (B) Var % (*) (A) – (B) 1991 476.706 7,7 222.604 118,98 254.102 1992 427.458 -10,33 148.316 -33,37 279.142 1993 462.627 8,23 164.265 10,75 298.362 1994 575.719 24,45 173.995 5,92 401.724 1995 671.361 16,61 195.933 12,61 475.428 1996 681.460 1,5 403.326 105,85 278.134 1997 744.598 9,27 433.413 7,46 311.185 1998 635.918 -14,6 316.164 -27,05 319.753 1999 662.962 4,25 367.102 16,11 295.860 2000 758.245 14,37 486.257 32,46 271.988 2001 544.348 -28,21 830.524 71,2 -286.176 2002 652.387 19,85 868.611 4,59 -216.224 2003 739.802 13,4 661.799 -23,81 78.003 2004 1.231.094 66,41 735.732 11,17 495.362 2005 1.501.053 21,93 1.156.716 57,22 344.337 2006 1.712.702 14,1 1.725.869 49,2 -13.168 2007 2.177.155 27,12 2.353.140 36,35 -175.985 E x p o r t a ç ã o I m p o r t a ç ã o Ano
  10. 10. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Exportação </li></ul>Composição das exportações por tipo de produto - 2004 a 2007 US$ 1.000 FOB 100,00 1.231.085 100,00 1.501.034 100,00 1.712.701 100,00 2177.155 Total 0,00 - 0,00 - 0,05 893 0,14 3.074 Outros couros / peles bovinos, secos, pena flor 0,16 1.978 0,11 1687 0,17 2.947 0,22 4.830 Algodão simplesmente debulhado, não cardado ne 0,45 5.509 0,40 6.051 0,29 5.014 0,27 5.980 Rutosidio (rutina) e seus derivados 0,00 - 0,00 - 0,00 - 0,33 7.280 Mad. comp. fac d/mad. ñ conif, espessura,6mm 0,01 84 0,58 8.449 0,51 8.707 0,64 13.853 Consumo de bordo combustível e lubrif. p/ embarcações 0,00 - 0,00 - 0,00 - 1,45 31.636 Bagaços e out. resíduos sólidos, da extr. do ol 7,52 92.517 8,30 124.612 8,27 141.556 7,03 152.982 Alumina calcinada 15,35 189.085 14,78 221.780 13,50 231.136 10,80 235.166 Outros grãos de soja, mesmo triturados 14,43 177.627 9,43 141.533 15,42 264.167 15,63 340.285 Ligas de alumínio em forma bruta 14,03 172.719 13,02 195.481 18,75 321.051 16,65 362.556 Alumínio não ligado em forma bruta 18,81 231.593 21,26 319.136 14,70 251.735 17,76 430.304 Minérios de ferro aglomerados e seus concentrados 26,86 330.724 29,00 435.295 26,35 451.313 26,35 573.726 Ferro fundido não ligado, c/ peso ,= 0.5% de fósforo % Valor % Valor % Valor % Valor 2005 2004 2006 2007 Tipo de Produto
  11. 11. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Agricultura </li></ul>Fonte: IBGE / IMESC Produção agrícola - Brasil, Nordeste e Maranhão – 2006, por tipo de produto Área ( ha) Produção ( t) Produtividade (kg / ha) Brasil Maranhão Nordeste Tipo de Produto Cana - de - açúcar 6.144.286 457.245.516 74.418 1.120.547 63.182.425 56.385 39.301 2.306.456 58.686 Mandioca 1.896.509 26.639.013 14.046 883.529 9.614.526 10.881 212.088 1.720.322 8.111 Soja ( em grão ) 22.047.349 52.464.640 2.379 1.487.915 3.467.918 2.330 382.886 931.142 2.431 Arroz (em casca) 2.970.918 11.526.685 3.879 716.372 1.112.828 1.553 503.226 702.224 1.395 Milho ( em grão ) 12.613.094 42.661.677 3.382 2.723.273 3.167.819 1.163 363.985 426.203 1.170 Feijão ( em grão ) 4.034.383 3.457.744 857 2.175.301 1.045.238 480 85.606 40.561 473 Abacaxi (Mil frutos)* 66.845 1.707.088 25.538 25.383 707.997 27.892 1.418 29.060 20.493 Algodão herbáceo ( em caroço ) 898.008 2.898.721 3.227 302.758 885.996 2.926 7.194 18.611 2.587 Área ( ha) Produção ( t) Produtividade (kg / ha) Área ( ha) Produção ( t) Produtividade (kg / ha)
  12. 12. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Pecuária </li></ul>Fonte: IBGE / IMESC Produção pecuária - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2006, por tipo de rebanho Brasil Nordeste Maranhão Quantidade (em mil cabeças) Galos, frangas, frangos e pintos 819.893 82.099 8.445 Bovino 205.886 27.881 6.613 Galinhas 191.622 39.835 3.129 Suíno 35.173 7.167 1.668 Caprino 10.401 9.613 405 Ovino 16.019 9.379 230 Eqüino 5.749 1.428 177 Asinino 1.187 1.080 124 Muar 1.386 691 102 Bubalino 1.156 126 84 Tipo de Rebanho
  13. 13. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produtos de Origem Animal </li></ul>Produção de origem animal - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2006, por tipo de produto Fonte: IBGE / IMESC Brasil Nordeste Maranhão Leite (mil litros) 25.398.219 3.198.039 341.206 Ovos de galinha (mil dúzias) 2.933.901 468.130 14.764 Tipo de Produto Mel de abelha (quilograma) 36.193.868 12.102.924 558.775 Quantidade
  14. 14. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Extrativismo Vegetal </li></ul>Produção de origem vegetal - Brasil, Nordeste e Maranhão - 2006, por tipo de produto Fonte: IBGE / IMESC Brasil Nordeste Maranhão Lenha (metro cúbico) Carvão vegetal (tonelada) Madeira em tora (metro cúbico) Oleaginosos (tonelada) Amêndoa de Babaçu (tonelada) Fruto do Açaí (tonelada) 9.441 Aromáticos, medicinais, tóxicos e corantes (tonelada) 957 Folha de Jaborandi (tonelada) 214 Fruto do Buriti (tonelada) 125 Tipo de Produto 3.230.032 477.639 246.512 110.570 110.418 45.159.866 24.903.253 2.505.733 908.798 17.985.901 2.207.477 129.152 125.057 117.150 116.269 101.341 9.441 1.705 1.428 224 215 467 154 Quantidade
  15. 15. 2 - BASE ECONÔMICA <ul><li>Produção Agrícola </li></ul>Previsão da produção agrícola – Brasil, Nordeste e Maranhão, 2007 e 2008, por tipo de produto             Fonte: IBGE / IMESC 6 6 271 132 271 132 Castanha de caju 40 38 1.127 797 3.497 3.245 Feijão 41 18 1.279 1.189 3.944 4.094 Algodão herbáceo 128 125 2.947 2.854 7.177 7.068 Banana 719 683 1.185 1.026 11.994 11.047 Arroz 8 8 1.799 1.810 17.956 18.500 Laranja 1.838 1.802 10.213 10.009 26.791 26.920 Mandioca 468 469 4.252 3.157 57.760 51.830 Milho 1.221 1.125 4.397 3.907 59.457 57.952 Soja 2.883 2.412 69.430 68.640 557.975 515.821 Cana de açúcar 2008 2007 2008 2007 2008 2007 Maranhão Nordeste Brasil Previsão de Safra (em mil toneladas) Tipo de Produto
  16. 16. <ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Realizados </li></ul>3 - CENÁRIO TENDENCIAL Fonte: Banco Central do Brasil - BACEN Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE Instituto Maranhense de Estudos Sociais e Cartográficos - IMESC Taxa de crescimento real 5,69 3,16 4,57 7,34 2005 7,60 5,66 6,33 8,97 2004 9,30 1,15 1,89 4,33 2003 Taxa de inflação Brasil Nordeste Maranhão Ano
  17. 17. <ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Estimados </li></ul>Fonte : Banco Central do Brasil - BACEN Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE Instituto Maranhense de Estudos Sociais e Cartográficos - IMESC 3 – CENÁRIO TENDENCIAL Taxa de crescimento real 4,46 5,42 3,70 5,80 2007 3,14 3,75 3,50 5,50 2006 Taxa de inflação Brasil Nordeste Maranhão Ano
  18. 18. <ul><li>Indicadores Macroeconômicos Comparados </li></ul><ul><li>Índices Esperados </li></ul>Fonte: Ministério do Planejamento e Orçamento / MPO Secretaria Adjunta de Planejamento SEAPLAN / SEPLAN Instituto Maranhense de Estudos Sociais e Cartográficos – IMESC / SEPLAN 3 – CENÁRIO TENDENCIAL Taxa média de crescimento anual real 4,8 5,0 7,0 7,5 2008 a 2012 Taxa média anual de inflação Brasil Nordeste Maranhão Período
  19. 19. <ul><li>Promover o desenvolvimento de forma sustentável </li></ul><ul><li>Envolver a sociedade civil no processo de reforma do Estado </li></ul><ul><li>Garantir maior efetividade no cumprimento das políticas públicas </li></ul><ul><li>Internalizar na gestão pública os valores do governo </li></ul><ul><li>Um Maranhão Democrático e Solidário </li></ul>4 – DESAFIOS
  20. 20. <ul><li>Potencializar as riquezas naturais expressivas </li></ul><ul><li>Elevar o nível de empregabilidade, gerando mais e melhores empregos formais </li></ul><ul><li>Atrair novos investimentos e desenvolver o empreendedorismo maranhense </li></ul><ul><li>Desenvolver parcerias público-privadas </li></ul><ul><li>Um Maranhão Democrático e Solidário </li></ul>4 - DESAFIOS
  21. 21. <ul><li>Atenuar os impactos de 5,6 bilhões de reais, da dívida pública , sobre o tesouro do estado </li></ul><ul><li>Melhorar o desempenho da dívida ativa de 1 bilhão de reais </li></ul><ul><li>Identificar soluções de longo prazo para o déficit da previdência do estado </li></ul><ul><li>Um Maranhão Democrático e Solidário </li></ul>4 - DESAFIOS
  22. 22. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>O Plano Plurianual (PPA) define as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública para as despesas de capital e outras dela decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada. </li></ul><ul><li>A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) compreenderá as metas e prioridades para o exercício financeiro subseqüente. </li></ul><ul><li>A Lei Orçamentária Anual (LOA) proverá os recursos necessários para cada ação constante da LDO. </li></ul>
  23. 23. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Programas do PPA e LOA 2008-2009 </li></ul>12,8 6.886,1 97 6.105,3 100 Total 2009 2008 2.649,4 6,1 2.707,0 1.523,6 Valor (B) 5 3 28 61 Quantidade 2.381,9 5,7 2.583,9 1.133,8 Valor (A) 11,4 5 <ul><li>Apoio Administrativo </li></ul>7,0 3 <ul><li>Serviço ao Estado </li></ul>4,8 27 <ul><li>Gestão de Políticas Públicas </li></ul>34,4 65 <ul><li>Finalístico </li></ul>Incremento (B/A) % Quantidade Tipo
  24. 24. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Programas do PPA e LOA 2008-2009 </li></ul>Natureza de Despesa Tipo de Programa <ul><li>pagamento de pessoal inativo, de encargos de pessoal, de serviços da dívida, de transferências, de sentenças judiciais, PASEP e outros. </li></ul><ul><li>Apoio Administrativo </li></ul><ul><li>cobertura de bens e serviços técnicos consumidos pelo governo </li></ul><ul><li>Serviço ao Estado </li></ul><ul><li>pagamento de pessoal ativo, manutenção das unidades gestoras e formulação de políticas </li></ul><ul><li>Gestão de Políticas Públicas </li></ul><ul><li>produção de bens e serviços diretamente ao cidadão </li></ul><ul><li>Finalístico </li></ul>
  25. 25. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Ecológico Econômico - ZEE </li></ul><ul><li>Orientar as políticas de desenvolvimento sustentável do Estado em consonância com a política federal. </li></ul><ul><li>Racionalizar a ocupação dos espaços e reorientar ações. </li></ul><ul><li>Finalidade </li></ul><ul><li>Proposta de finalização do projeto encaminhado ao Ministério do Meio Ambiente - MMA. </li></ul><ul><li>Objetivo </li></ul><ul><li>Situação Atual </li></ul>
  26. 26. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Agroecológico - ZAEMA </li></ul><ul><li>Estruturar as políticas do setor agropecuário. </li></ul><ul><li>Conhecer as potencialidades e restrições dos solos. </li></ul><ul><li>Finalidade </li></ul><ul><li>Projeto Executivo contratado com a EMBRAPA SOLOS-RECIFE/PE. </li></ul><ul><li>Objetivo </li></ul><ul><li>Situação Atual </li></ul>
  27. 27. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Zoneamento Agroecológico - ZAEMA </li></ul><ul><li>DIVISÃO DO ESTADO EM 5 ÁREAS </li></ul>1 - Norte 2 - Oeste 3 - Sul 4 - Centro Oeste 5 - Leste Execução em 2008: Áreas 1 e 2 1 2 3 4 5
  28. 28. 5 – INSTRUMENTOS DE PLANEJAMENTO <ul><li>Novo recorte territorial: </li></ul><ul><li>Descentralização e Regionalização </li></ul>Aproximar o governo do cidadão Transformar regiões administrativas em territórios de desenvolvimento <ul><li>Novo modelo de gestão: </li></ul><ul><li>32 regiões de planejamento </li></ul>
  29. 29. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Incremento de carga previsto </li></ul>- SE Ilha de São Luís: 1.230 Mw para 1.690 Mw - SE Miranda II: 155 Mw para 230 Mw - SE Peritoró: 80 Mw para 120 Mw 1.465 Mw em 2008 para 2.040 Mw em 2017 575 Mw
  30. 30. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Produção prevista </li></ul>- UTE - Termomaranhão – 350 Mw - PCH - Pequenas Centrais Hidrelétricas - 617 Mw - UHE - Usina Hidrelétrica de Estreito – 1.087 Mw 2.054 Mw
  31. 31. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Combustível – Carvão mineral importado - Potencial instalada – 350 Mw - Investimento: R$ 1,4 bilhões - Situação : em licitação <ul><li>UTE - Termomaranhão </li></ul>Fonte de recursos: PAC e PPP
  32. 32. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Cachoeira (MA / PI) - 96 Mw - Castelhano (MA / PI) - 96 Mw - Ribeiro Gonçalves (MA / PI)- 173 Mw - Estreito Parnaíba (MA / PI) - 88 Mw - Uruçuí (MA / PI) - 164 Mw 617 Mw <ul><li>PCH - Pequenas Centrais Hidrelétricas – Rio Parnaíba </li></ul>Fonte de recursos: PAC e PPP
  33. 33. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul>- Consórcio Estreito de Energia - CESTE - Localização: rio Tocantins - Municípios: Carolina e Estreito - Potência: 1.087 Mw - Situação Atual : em fase de implantação <ul><li>UHE - Usina Hidrelétrica de Estreito </li></ul>Fonte de recursos : PAC e PPP
  34. 34. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Energia Elétrica </li></ul><ul><li>Linhas de Transmissão </li></ul>- Balsas / Ribeiro Gonçalves - Açailândia / Presidente Dutra - São Luís II / São Luís III Fonte de recursos: PAC
  35. 35. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul>Orientar as ações estaduais públicas e/ou privadas em infra-estrutura de transportes e logística, num horizonte de médio e longo prazo, abrangendo os seguintes setores: <ul><li>Aeroportuário </li></ul><ul><li>Dutoviário </li></ul><ul><li>Aquaviário </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul><ul><li>Ferroviário </li></ul><ul><li>Portuário </li></ul>
  36. 36. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Complementar as metas do PNLT no âmbito estadual </li></ul><ul><li>Otimizar e maximizar o uso da infra-estrutura de transportes estadual e municipal </li></ul><ul><li>Melhorar a eficiência e a competitividade da economia </li></ul><ul><li>Equilibrar a matriz de transporte com otimização do uso em cada modal </li></ul>
  37. 37. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Logística e Transportes </li></ul><ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Recuperação das BR´s: 316, 226, 230 e 308 </li></ul><ul><li>Duplicação de trecho da BR – 135 </li></ul><ul><li>Implantação e pavimentação de 130 km da BR – 402 </li></ul><ul><li>Restauração, recuperação e pavimentação de 4.340 km </li></ul><ul><li>de rodovias estaduais </li></ul><ul><li>Ponte sobre o rio Tocantins </li></ul><ul><li>Ramais Ferroviários </li></ul><ul><li>Porto </li></ul><ul><li>Construção de Eclusas no rio Tocantins - Estreito </li></ul><ul><li>Gás natural </li></ul>
  38. 38. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul><ul><li>Duplicar trecho de acesso ao Porto do Itaqui, na BR-135 </li></ul><ul><li>Implantar e pavimentar o trecho Sobradinho / Jandira na BR-402 </li></ul><ul><li>Concluir ponte sobre o rio Tocantins em Imperatriz/MA </li></ul><ul><li>Implantar e pavimentar o trecho Central do Maranhão / Bequimão na BR-308 com construção de ponte sobre o rio Pericumã </li></ul><ul><li>Restaurar e pavimentar o trecho Presidente Dutra / Timon na BR-226 </li></ul>Fonte de recursos : PAC e Emendas de Bancada
  39. 39. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Implantar o trecho Alto Parnaíba / Divisa MA/TO na BR-235 </li></ul><ul><li>Restaurar e pavimentar o trecho Balsas / Estreito na BR-230 </li></ul><ul><li>Restaurar e pavimentar o trecho Imperatriz / Gov. Edison Lobão na BR-010 </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul>Fonte de recursos : PAC e Emendas de Bancada
  40. 40. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Rodoviário </li></ul><ul><li>Restauração e pavimentação de MA´s: </li></ul><ul><ul><ul><li>Concluídos 216 km </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Em execução 1.248 km </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>A iniciar 2.876 km </li></ul></ul></ul>4.340 km <ul><li>Em execução 900 km de pavimentação de vias urbanas </li></ul><ul><li>Em execução 2.500 km de estradas vicinais </li></ul>Fonte de recursos: Tesouro do Estado
  41. 41. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Ferroviário </li></ul><ul><li>Construir ramal ferroviário da Norte Sul - trecho Estreito / Balsas / Eliseu Martins / PI </li></ul><ul><li>Construir ramal ferroviário da Norte Sul - trecho Lucas do Rio Verde - MT / Miracema /TO </li></ul><ul><li>Apoiar a conclusão da ferrovia Norte-Sul </li></ul>Fonte de recursos: PAC
  42. 42. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul>MARANHÃO / ESTRADAS Boa Vista do Gurupi Timon Porto Franco TOCANTINS PIAUÍ PIAUÍ BR-316 BR-226 PARÁ SÃO LUÍS AMAZÔNIA LEGAL BR-230 BR-135 EFC BR-402 NORTE/SUL BR-308 Balsas
  43. 43. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Portuário </li></ul><ul><ul><li>Construir o berço 100 e alargar o cais sul </li></ul></ul><ul><ul><li>Recuperar os berços 101 e 102 </li></ul></ul><ul><ul><li>Dragar os berços 100, 101, 102 e 103 e derrocar a retroárea dos berços 100 e 101 </li></ul></ul><ul><ul><li>Construir o terminal de grãos – TEGRAM </li></ul></ul><ul><ul><li>Construir o pátio de containeres </li></ul></ul><ul><ul><li>Construir o terminal de granéis líquidos </li></ul></ul><ul><ul><li>Fonte de recursos : PAC </li></ul></ul><ul><li>Projeto: Ampliação e Modernização do Porto do Itaqui </li></ul>
  44. 44. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Portuário </li></ul><ul><li>Reestruturar e modernizar a operação dos ferry-boats </li></ul><ul><ul><li>Fonte de recursos : Tesouro do Estado </li></ul></ul>
  45. 45. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES Berço Profundidade Comprimento 101 9m 239m 102 10,5m 239m 103 14m 239m 104 14m 200m 105 18m 280m 106 19m 420m INSTALAÇÕES DO PORTO DO ITAQUI Berço 101 Berço 102 Berço 103 Berço 104 Berço 105 Berço 106 ACOSTAGEM
  46. 46. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Aeroportuário </li></ul><ul><li>Ampliar e modernizar o aeroporto de São Luís </li></ul><ul><li>Concluir o aeroporto de Barreirinhas </li></ul><ul><li>Ampliar e modernizar o aeroporto de Imperatriz </li></ul><ul><li>Construir o aeroporto de Balsas </li></ul><ul><li>Fonte de recursos : PAC e Tesouro do Estado </li></ul><ul><li>Base Econômica </li></ul>
  47. 47. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Aeroportuário </li></ul><ul><li>Construir e certificar 20 aeródromos nas principais cidades pólos das regiões de planejamento </li></ul><ul><li>Fonte de recursos: Tesouro do Estado </li></ul>
  48. 48. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Construir eclusas na UHE - Estreito no rio Tocantins </li></ul><ul><li>Aquaviário </li></ul>Fonte de recursos : PAC e PPP
  49. 49. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Econômica </li></ul><ul><li>Implantar o gasoduto - Pecém - CE / São Luís – MA </li></ul><ul><li>Dutoviário </li></ul>Fonte de recursos : Petrobrás <ul><li>Implantar o gasoduto Orinoco – VEN / São Luís - MA </li></ul>Fonte de recursos : PPP
  50. 50. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Implantar sistema integrado de gestão da educação pública – SIEPE </li></ul><ul><li>Reduzir o analfabetismo </li></ul><ul><li>Implantar programas de formação e avaliação continuada de alunos, professores e gestores </li></ul><ul><li>Instalar casas do educador em municípios estratégicos </li></ul><ul><li>Básica </li></ul>
  51. 51. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Básica </li></ul><ul><li>Implantar sistema de avaliação institucional da escola pública, com remuneração diferenciada </li></ul><ul><li>Construir, ampliar e reformar escolas regulares e em áreas (indígenas, quilombolas e de assentamento) </li></ul><ul><li>Implantar escolas de referência, inclusive em parceria com o setor privado </li></ul><ul><li>Escolher diretores de escolas por via de eleição </li></ul>
  52. 52. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Trabalho </li></ul><ul><li>Integrar a educação profissional ao ensino médio </li></ul><ul><li>Expandir a matrícula do ensino médio </li></ul><ul><li>Transferir gradualmente o ensino fundamental para os municípios </li></ul>
  53. 53. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Educação Pública de Qualidade </li></ul><ul><li>Profissionalizante e Superior </li></ul><ul><li>Construir 11 CEFET’s (Governo Federal) </li></ul><ul><li>Construir 22 centros vocacionais tecnológicos - CVT </li></ul><ul><li>Implantar cursos de doutorado em zootecnia, geografia e administração </li></ul><ul><li>Expandir, em 7 mil m ², a área física da UEMA no Campus Paulo VI </li></ul>
  54. 54. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Saneamento Básico </li></ul>Fonte de recursos: PAC, Tesouro do Estado, FRD/BNDES e CODEVASF 559,5 - Total <ul><li>contratado e/ou em fase de contratação </li></ul>1,9 7 <ul><li>Áreas Quilombolas e Indígenas </li></ul><ul><li>em fase de contratação </li></ul>20,0 1 <ul><li>Manejo de Águas Pluviais </li></ul><ul><li>contratado e/ou em fase de contratação </li></ul>107,4 3 <ul><li>Saneamento Integrado </li></ul><ul><li>em fase de contratação </li></ul>9,8 14 <ul><li>Melhoria Sanitária Domiciliar </li></ul><ul><li>contratado e/ou em fase de contratação </li></ul>184,2 54 <ul><li>Abastecimento d´Água </li></ul><ul><li>contratado e/ou em fase de contratação </li></ul>236,2 23 <ul><li>Esgotamento Sanitário </li></ul>Situação Valor em milhões R$ Municípios do Maranhão Discriminação
  55. 55. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul>Fonte de recursos: PAC e Tesouro do Estado <ul><li>Habitação e Urbanização </li></ul>- 296,8 - Total <ul><li>obra, contratado e/ou em contratação </li></ul>249,5 14 <ul><li>Urbanização </li></ul><ul><li>em contratação </li></ul>9,8 19 <ul><li>Elaboração de plano municipal de habitação </li></ul><ul><li>contratado e/ou em contratação </li></ul>10,3 33 <ul><li>Assistência técnica </li></ul><ul><li>contratado e/ou em contratação </li></ul>2,3 5 <ul><li>Produção de lotes urbanizados </li></ul><ul><li>contratado e/ou em contratação </li></ul>24,9 63 <ul><li>Produção habitacional </li></ul>Situação Valor em milhões R$ Municípios do Maranhão Discriminação
  56. 56. 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Base Social </li></ul><ul><li>Luz Para Todos </li></ul><ul><li>Universalizar o acesso a energia elétrica </li></ul>- Valor do programa: R$ 768 milhões - Fonte de recursos: PAC - Período: 2007-2010
  57. 57. <ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Parque Tecnológico do Maranhão </li></ul><ul><li>Eixos Temáticos </li></ul>- Centro de referência em energias renováveis - Instituto de tecnologia aeroespacial (ITA) - Pólo digital - Incubadora de empresas - Hospital virtual 6 - PROJETOS ESTRUTURANTES
  58. 58. <ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Parque Tecnológico do Maranhão </li></ul>6 - PROJETOS ESTRUTURANTES <ul><li>Elevar o índice de avanço tecnológico (IAT) </li></ul><ul><li>Aumentar o número de patentes no Estado </li></ul><ul><li>Incentivar a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico </li></ul><ul><li>Estimular a cultura da inovação e da competitividade </li></ul><ul><li>Gerar postos de trabalho diretos e indiretos mediante a instalação do novas empresas </li></ul>
  59. 59. <ul><li>Base Tecnológica </li></ul>- Transparência e democratização - Instrumento para otimização de processos e recursos - Infovia.MA - Inclusão digital / social - Promoção da cidadania - Serviços ao cidadão e às empresas - Melhoria nos processos da gestão pública <ul><li>Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC </li></ul>6 - PROJETOS ESTRUTURANTES
  60. 60. <ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Integrar com confiança e segurança todos os órgãos do governo em todas as regiões de planejamento </li></ul><ul><li>Integrar os demais poderes, municípios e outras redes estaduais e federais </li></ul><ul><li>Compartilhar a infra-estrutura de redes com outros órgãos e entidades para otimizar os investimentos e ampliar a abrangência </li></ul><ul><li>Projeto: INFOVIA.MA </li></ul>6 - PROJETOS ESTRUTURANTES
  61. 61. <ul><li>Base Tecnológica </li></ul><ul><li>Integrar digitalmente todos os municípios à INFOVIA.MA </li></ul><ul><li>Garantir acesso democrático à internet e ao uso de redes digitais de comunicação </li></ul><ul><li>Modernizar a gestão pública </li></ul><ul><li>Projeto: CIDADE DIGITAL </li></ul>6 - PROJETOS ESTRUTURANTES
  62. 62. 7 – OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS <ul><li>Energia Renovável – BIODIESEL </li></ul><ul><ul><li>PRIO - Chapadinha </li></ul></ul><ul><li>Projetos em Implantação </li></ul><ul><ul><li>Brasilecodiesel - Itaqui </li></ul></ul><ul><li>Projetos Implantados </li></ul><ul><ul><li>Em fase de conclusão e publicação </li></ul></ul><ul><li>Plano Estratégico do Biodiesel do Maranhão </li></ul>
  63. 63. <ul><li>Energia Renovável – ETANOL </li></ul><ul><li>Projetos em Implantação </li></ul><ul><ul><li>Empresa G5 - Grajaú </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupo Brasil - Porto Franco </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupo Comanche - Sul do Maranhão </li></ul></ul><ul><ul><li>Agroserra - São Raimundo das Mangabeiras </li></ul></ul><ul><ul><li>Costa Pinto - Aldeias Altas </li></ul></ul><ul><ul><li>Maitty - Campestre do Maranhão </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupo João Santos - Coelho Neto </li></ul></ul><ul><li>Projetos Implantados </li></ul><ul><li>Ações em Andamento </li></ul><ul><ul><li>Realinhamento do Plano Estratégico do ETANOL do Maranhão-USP/ESALQ </li></ul></ul><ul><ul><li>Assinatura do protocolo de intenções com a Petrobrás </li></ul></ul>7 – OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  64. 64. <ul><li>Projeto: Implantação da Refinaria Premium </li></ul><ul><li>Capacidade: processar 10 milhões de toneladas / ano </li></ul><ul><li>de óleo cru </li></ul><ul><li>Investimento: R$ 4 bilhões </li></ul><ul><li>Produtos: gasolina, óleo diesel e nafta </li></ul><ul><li>Localização: área retroportuária do Itaqui </li></ul><ul><li>Energia não Renovável </li></ul>7 – OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  65. 65. <ul><li>Siderurgia </li></ul><ul><li>Expectativa de faturamento global : US$ 36 bilhões / ano </li></ul><ul><li>Projeto : Siderúrgica do Mearim </li></ul><ul><li>Capacidade : movimentar 200 milhões toneladas / ano </li></ul><ul><li>Projeto: Terminal Portuário do Mearim </li></ul><ul><li>Capacidade : 10 milhões de toneladas de placas de aço / ano </li></ul><ul><li>Grupo Aurizonia Empreendimentos </li></ul>7 – OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  66. 66. <ul><li>Companhia Siderúrgica do Mearim </li></ul>7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS Future Plant Site Future Port Facilities Carajás Railroad
  67. 67. <ul><li>Verticalização da Produção de Alumínio </li></ul><ul><li>GRUPO BRASIL / ALUJET </li></ul><ul><li>Ações em Andamento </li></ul>- Unidade produtora de aros para a indústria automobilística <ul><li>COPPERFIO Indústria Comércio Ltda </li></ul>- Unidade produtora de fios para linhas de transmissão de energia elétrica 7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  68. 68. <ul><li>Estaleiro Naval </li></ul><ul><li>Projeto: Implantação do Estaleiro Naval </li></ul><ul><li>Local: área portuária do Itaqui </li></ul><ul><li>Berço: atracadouro de 386m em forma de dique </li></ul><ul><li>Finalidade: construir e recuperar embarcações </li></ul><ul><li>Investidor: Estaleiro Mauá S/A </li></ul><ul><li>Fonte de recursos: Parceria dos Grupos SINERGY e JURONG </li></ul>7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  69. 69. <ul><li>São Luís e Bacabeira </li></ul><ul><li>ZPE de São Luís </li></ul><ul><li>- Decreto de criação: nº 899 de 17.08.1993 </li></ul><ul><li>- Localização : Gleba Itaqui – Bacanga, à direita da BR-135 </li></ul><ul><li>- Área : 492 ha </li></ul><ul><li>- Situação : processo de alfandegamento pela Secretaria da Receita Federal – SRF </li></ul><ul><li>Zona de Processamento de Exportação - ZPE </li></ul>7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  70. 70. <ul><li>Incentivar os pólos de produção mineral </li></ul><ul><li>Implantar projetos de bioenergia </li></ul><ul><li>Atração de Novos Empreendimentos </li></ul><ul><li>Estimular a expansão da construção civil </li></ul><ul><li>Incentivar a micro e a pequena empresa </li></ul><ul><li>Expandir a produção de etanol </li></ul><ul><li>Incentivar a produção de biodiesel </li></ul><ul><li>Facilitar vendas ao governo e às grandes empresas </li></ul><ul><li>Reformular o projeto de compras governamentais </li></ul>7 - OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTOS
  71. 71. PÓLO 1 - HISTÓRICO E CULTURAL
  72. 72. PÓLO 2 - PARQUE DOS LENÇÓIS
  73. 73. <ul><li>PROJETOS </li></ul><ul><li>PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS: </li></ul><ul><li>O ENVOLVIMENTO COM UM LUGAR ÚNICO </li></ul><ul><li>BARREIRINHAS: </li></ul><ul><li>MODELO DE CONVIVÊNCIA HOMEM -NATUREZA </li></ul><ul><li>SANTO AMARO: </li></ul><ul><li>LAZER PERTO DO PARQUE </li></ul>PÓLO 2 - PARQUE DOS LENÇÓIS
  74. 74. PÓLO 3 - DELTA DAS AMÉRICAS
  75. 75. PÓLO 4 - FLORESTAS DOS GUARÁS
  76. 76. PÓLO 5 - CHAPADA DAS MESAS
  77. 77. <ul><li>IMPERATRIZ: PORTÃO DE ENTRADA </li></ul><ul><li>CAROLINA: CIDADE DE LAZER </li></ul><ul><li>RIACHÃO: CENTRO DE ECOTURISMO </li></ul><ul><li>PARQUE ESTADUAL DAS MESAS </li></ul>PÓLO 5 - CHAPADA DAS MESAS
  78. 78. MUITO OBRIGADO! E-mail: cazoba@seplan.ma.gov.br [email_address]

×