Parque De Monserrate Sintra !!!

5.880 visualizações

Publicada em

Parque de Monserrate em Sintra

Publicada em: Negócios
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Ver mais fotos em: http://monserrate.blogspot.com<br /><br/>
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.880
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
124
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
162
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parque De Monserrate Sintra !!!

  1. 1. PARQUE DE MONSERRATE SINTRA - PORTUGAL Apresentação (2 / 2) de GUIDA PINTO
  2. 2. Monserrate, o Parque que foi recriado, com ambientes de várias partes do mundo, levou a que no século XIX, fosse considerado um dos mais notáveis jardins exóticos do mundo.
  3. 3. O Parque de Monserrate, (outrora quinta de pomares e culturas), existe como tal desde o séc. XVIII, quando o seu primeiro locatário Gerard DeVisme aluga a quinta à família Melo e Castro, sua proprietária.
  4. 4. Desde então, todos os que se seguiram, William Beckford, a família Cook, o Estado Português, esforçaram-se por criar um maravilhoso jardim botânico, impar nas suas características.
  5. 5. Francis Cook, primeiro Visconde de Monserrate foi crucial para o desenvolvimento do parque.
  6. 6. Juntamente com o pintor paisagista William Stockdale, o botânico William Nevill e o mestre jardineiro James Burt, criaram-se cenários contrastantes que se sucedem ao longo de caminhos sinuosos por entre ruínas, recantos, cascatas e lagos, sugerindo, através de uma aparente desordem, o domínio da Natureza sobre o Homem.
  7. 9. Caminhos e Recantos de sonho.
  8. 21. A Cascata, pensa-se ser da autoria de William Beckford, que aproveitou uma nascente natural existente no local. É também de sua autoria, um falso Cromeleque existente no Parque.
  9. 27. Lagos maravilhosos
  10. 32. Fontes fantásticas
  11. 35. Os românticos do século XIX buscavam incessantemente a sugestão de evasão, no tempo e no espaço. Procuravam-na sobretudo, na arte – a literatura, a pintura, a arquitectura e, como no caso dos jardins de Monserrate, a botânica.
  12. 36. O Vale dos Fetos. Surgindo em Inglaterra a moda de se coleccionar fetos, naturalmente, também se decidiu incluir uma colecção de fetos no jardim. Escolheu-se um vale entre a cascata e a capela, por ser a zona do parque com as melhores condições de luminosidade e humidade.
  13. 41. Para além da presença de espécies espontâneas de Portugal (medronheiros, azevinhos, sobreiros, entre outros), manda-se vir espécies de plantas dos cinco continentes, propondo-nos a um passeio pelo mundo.
  14. 42. Fetos e metrosíderos evocam a Austrália, agaves, palmeiras e yucas recriam um cenário do México, rododendros, azáleas e bambus para o jardim do Japão. No total contabilizam-se mais de 3.000 espécies exóticas, no microclima da serra de Sintra.
  15. 47. O relvado do Parque, de inspiração inglesa, obviamente, foi o primeiro em Portugal com um sistema de rega, que permitia que se mantivesse verdejante todo o ano.
  16. 49. Arco de Vathek. Foi assim baptizado por William Beckford, escritor inglês. Vathek era o título de um dos seus romances mais famosos e o arco terá sido a entrada principal de Monserrate, antes de a propriedade ser murada.
  17. 52. Aqui está a ruína da capela envolvida em árvores da borracha. Sir Cook mandou destruir parcialmente a capela, para que ela se assemelhasse a ruínas e locais abandonados, que tanto eram apreciados pelo imaginário romântico do século XIX.
  18. 53. Em 1840, o rei D. Fernando II adquiriu as ruínas do velho convento da Pena e toda a sua envolvente, com o objectivo de ali construir um palácio rodeado de sumptuosos jardins ao estilo inglês. Como o rei possuía uma ruína na sua Pena, Sir Cook mandou construir a sua própria “ruína”, a capela que encerra a história do nome da propriedade.
  19. 58. Entrada do Parque e Palácio de Monserrate.
  20. 59. Imagens recolhidas : www.flickr.com ( supermárioixpt / Maoli / Sandra Rocha / delineas / Rui Almeida / http://monserrate.blogspot.com/by Acilina . Pesquisa do texto : www.cm-sintra.pt / http://monserrate.blogspot.com Música : Ernesto Cortazar - Missing You . Formatação do Slide : Guida Pinto . [email_address] Fim

×