EXPORTAR PARA CRESCER
Adequação de produto para o mercado externo

                 Guarulhos
            28 de janeiro de...
Tecnologia e inovação a serviço da sociedade
                 110 anos



              SECRETARIA
          DE DESENVOLVI...
O IPT, no seu campo de atuação, tem como
objetivo principal atender à demanda em ciência e
tecnologia dos setores: público...
IPT – 12 Centros tecnológicos e 1 Núcleo:



•   CETAC – do ambiente construído;
•   CETAE – de tecnologias ambientais e e...
IPT – 12 Centros tecnológicos e 1 Núcleo:



•   CMQ – de metrologia em química;
•   CNAVAL – de engenharia naval e oceâni...
Aumentando a competitividade da micro,
pequena e média empresa no mercado global por
meio da Extensão Tecnológica.
Extensão Tecnológica



Abertura da capacitação tecnológica da instituição
à serviço das demandas tecnológicas da sociedad...
Núcleo de Atendimento Tecnológico
à Micro e Pequena Empresa, NT – MPE.
PIRÂMIDE DO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO




                Inovação

                    Exportação

                    ...
Apoiadores




   GOVERNO DO ESTADO DE

  SÃO PAULO




    SECRETARIA
DE DESENVOLVIMENTO
Programas de apoio tecnológico



   • PRUMO – Projeto Unidades Móveis;
   • Gestão da Produção ‐ GESPRO;
   • Qualificaçã...
Projeto Unidades Móveis ‐ Prumo
O que é o PRUMO?



São veículos dotados com equipamentos laboratoriais
portáteis e operados por um engenheiro e um técnic...
Setores atendidos:


•   Madeira e móveis;
•   Transformação de borracha;
•   Confecções;
•   Couros e calçados;
•   Cerâm...
VISTA INTERNA DA UNIDADE MÓVEL
Gestão da Produção ‐ GESPRO
Gestão da produção ‐ GESPRO



Atendimento tecnológico focado em um produto, seu fluxo
produtivo e sua gestão.
Pode inclui...
Metodologia do atendimento


Diagnóstico do Produto e do Processo


Profissionais do IPT visitam a empresa para identifica...
Qualificação de produto para mercado
          interno ‐ QUALIMINT
QUALIMINT


Consiste em atendimento destinado à solução de problemas
associados diretamente a um produto, buscando melhorá...
QUALIMINT


• atendimento a exigências legais como as estabelecidas pelo
  INMETRO;
• atendimento a exigências legais esta...
QUALIMINT


• necessidade de qualificação técnica para atendimento ao
  Código de Defesa do Consumidor;
• pré‐qualificação...
AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE

• Produto/Processo/ ‐ Gestão do sistema da qualidade

• Regulamentos/Normas/Especificações técn...
AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE



• COMPULSÓRIA: é a avaliação obrigatória, definida pelo
  governo, e destina‐se prioritariame...
Comunicação/Informação ao consumidor
Programa de Apoio Tecnológico à
      Exportação ‐ PROGEX
Para exportar temos que superar



  desconhecimento do mercado

  custo Brasil
  logística
  financiamento
  documentação...
Barreiras (Após OMC)
(defesa de mercado dos países desenvolvidos)

 Barreiras tarifárias ⇒ Exigências técnicas



        ...
Barreiras (Após OMC)
(defesa de mercado dos países desenvolvidos)

Base dos Regulamentos Técnicos
→ saúde
→ segurança
→ me...
Harmonização de requisitos técnicos no mercado global
CERTIFICAÇÃO



        Avalia a                Atesta conformidade
       conformidade




                 Normas e regu...
Avaliação da conformidade




                Inspeções




                            Ensaios
        Auditorias
Sensibilização   Estudo de                        Feiras, rodadas de
conscientização   mercado                           n...
FILME




10anos
PROGEX Paulista : início 1999                                PROGEX Nacional : hoje




                                Se...
NUTEC
FUCAPI/AM                            CE


                                        ITEP/PE

                         ...
10anos

Apoio tecnológico para adequar um produto às
exigências do mercado externo:
   Melhoria da qualidade;

   Redução ...
Principais setores atendidos

                                        2700 - CONFECÇÕES

               16%         12%
  ...
Metodologia de atendimento

                      Análise:
  Produto X Mercado X Exigências/Regulamentos;

  Escopo técnic...
Metodologia de atendimento

               Proposta


          O que executar;
          Onde executar;
          Prazos;...
Metodologia de atendimento

         Fase 1 – Diagnóstico

      Viabilidade Técnica e Econômica
    (não-conformidades en...
Custos do atendimento
  Fomento               Empresa             Total
(não reembolsável)


R$ 18.000           R$ 4.500 ...
Principais características
  Critérios para seleção de empresas

    Produto definido;
    Mercado definido, e
    Posicio...
Resultados do PROGEX
                 (120 produtos)




        ANO                           US$
        2000           ...
Exportações das empresas atendidas
                      2003 / 2005

                      (US$ mil)
                    ...
10anos




Hoje, para cada R$ 1,99 aportado ao apoio
tecnológico para exportação via PROGEX, R$ 95,00
são resultados de ex...
Benefícios
Gera novos exportadores;

Abre mercados externos mais exigentes (EUA e Europa);

Possibilita o aumento no volum...
Imagem internacional do Brasil, antiga....
5S como ferramenta da qualidade

 SEIRI: utilização;
 SEITON: organização;
 SEISO: limpeza;
 SEIKETSU: padronização, e
 SH...
10anos




Imagem internacional do Brasil, hoje....
10anos




Produtos competitivos com qualidade e
        tecnologia agregados

Durante os últimos dez anos, o PROGEX,
vem ...
10anos
PIRÂMIDE DO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO




                INOVAÇÃO

                    PROGEX

                       Q...
Parceria IPT x SEBRAE




          IPT               SEBRAE
   Apoio tecnológico      Aglutinação
                       ...
Ferramentas sistema SEBRAEtec ‐ SEBRAE


•   Atendimento in loco (PRUMO)
•   Aperfeiçoamento Tecnológico (GESPRO e/ou QUAL...
10anos




Muito Obrigado!


Ílio De Nardi Jr.
  ilio@ipt.br
(11) – 3767-4383
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Adequação de Produtos para o Mercado Externo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Adequação de Produtos para o Mercado Externo

3.399 visualizações

Publicada em

Slides exibidos no Workshop sobre Adequação de Produtos para o Mercado Externo na ACE-Guarulhos.

Publicada em: Tecnologia, Negócios
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.399
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adequação de Produtos para o Mercado Externo

  1. 1. EXPORTAR PARA CRESCER Adequação de produto para o mercado externo Guarulhos 28 de janeiro de 2010 Ílio De Nardi Jr. NT ‐ MPE / PROGEX Fone: (11) 3767‐4383
  2. 2. Tecnologia e inovação a serviço da sociedade 110 anos SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO
  3. 3. O IPT, no seu campo de atuação, tem como objetivo principal atender à demanda em ciência e tecnologia dos setores: público e privado. Vem contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento científico e tecnológico.
  4. 4. IPT – 12 Centros tecnológicos e 1 Núcleo: • CETAC – do ambiente construído; • CETAE – de tecnologias ambientais e energéticas; • CETIM – da indústria da moda; • CIAM – da informação, automação e mobilidade; • CINTEQ – de integridade de estruturas e equipamentos; • CME – de metrologia mecânica e elétrica; • CMF – de metrologia de fluídos;
  5. 5. IPT – 12 Centros tecnológicos e 1 Núcleo: • CMQ – de metrologia em química; • CNAVAL – de engenharia naval e oceânica; • CT‐Floresta – de recursos florestais; • CT‐Obras – de infraestrutura; • CTPP – de processos e produtos, e • NT‐MPE – Núcleo de Apoio Tecnológico à MPE
  6. 6. Aumentando a competitividade da micro, pequena e média empresa no mercado global por meio da Extensão Tecnológica.
  7. 7. Extensão Tecnológica Abertura da capacitação tecnológica da instituição à serviço das demandas tecnológicas da sociedade (empresas).
  8. 8. Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa, NT – MPE.
  9. 9. PIRÂMIDE DO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Inovação Exportação Mercado Interno Gestão Produção
  10. 10. Apoiadores GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO
  11. 11. Programas de apoio tecnológico • PRUMO – Projeto Unidades Móveis; • Gestão da Produção ‐ GESPRO; • Qualificação para mercado interno ‐ QUALIMINT, e • PROGEX – Programa de Apoio Tecnológico à Exportação.
  12. 12. Projeto Unidades Móveis ‐ Prumo
  13. 13. O que é o PRUMO? São veículos dotados com equipamentos laboratoriais portáteis e operados por um engenheiro e um técnico. Essas unidades móveis vão até a fábrica/empresa para resolver in loco os problemas tecnológicos quanto ao processo produtivo (matéria‐prima, processo e produto).
  14. 14. Setores atendidos: • Madeira e móveis; • Transformação de borracha; • Confecções; • Couros e calçados; • Cerâmica; • Transformação de plásticos, e • Tratamento de superfícies.
  15. 15. VISTA INTERNA DA UNIDADE MÓVEL
  16. 16. Gestão da Produção ‐ GESPRO
  17. 17. Gestão da produção ‐ GESPRO Atendimento tecnológico focado em um produto, seu fluxo produtivo e sua gestão. Pode incluir também serviços de laboratório, para melhoria de produtos, com ação pontual em seu processo produtivo.
  18. 18. Metodologia do atendimento Diagnóstico do Produto e do Processo Profissionais do IPT visitam a empresa para identificar conjuntamente, e em consenso com seus interlocutores, os problemas mais críticos ou emergenciais relacionados ao fluxo produtivo. São sugeridos serviços laboratoriais que possam agregar melhoria do produto ou de seu processo produtivo. Após o diagnóstico será elaborada uma proposta de trabalho a ser apresentada à empresa.
  19. 19. Qualificação de produto para mercado interno ‐ QUALIMINT
  20. 20. QUALIMINT Consiste em atendimento destinado à solução de problemas associados diretamente a um produto, buscando melhorá‐lo de forma que este possa ser comercializado em cumprimento, por exemplo, de exigências legais de cunho tecnológico ou, ainda, buscando melhorá‐lo para que possa competir de forma mais eficaz em seu mercado.
  21. 21. QUALIMINT • atendimento a exigências legais como as estabelecidas pelo INMETRO; • atendimento a exigências legais estabelecidas por agências reguladoras como a ANVISA, ANATEL, etc.; • geração de documentação tecnológica para a certificação de produtos, por exemplo: relatórios de ensaio, etc.; • necessidade de demonstração de conformidade de produto com normas técnicas ABNT NBR; • necessidade de qualificação técnica de produto visando o atendimento às exigências de clientes específicos, por exemplo: PETROBRAS, EMBRAER, montadoras;
  22. 22. QUALIMINT • necessidade de qualificação técnica para atendimento ao Código de Defesa do Consumidor; • pré‐qualificação ou qualificação para certificação nacional, e • avaliação de manual técnico de produtos frente a normas técnicas e/ou regulamentos estabelecidos por agências reguladoras, etc.
  23. 23. AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE • Produto/Processo/ ‐ Gestão do sistema da qualidade • Regulamentos/Normas/Especificações técnicas/Exigências
  24. 24. AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE • COMPULSÓRIA: é a avaliação obrigatória, definida pelo governo, e destina‐se prioritariamente à defesa do consumidor no que diz respeito à proteção à vida, à saúde e ao meio ambiente.
  25. 25. Comunicação/Informação ao consumidor
  26. 26. Programa de Apoio Tecnológico à Exportação ‐ PROGEX
  27. 27. Para exportar temos que superar desconhecimento do mercado custo Brasil logística financiamento documentação burocrática e taxas • • • TECNOLOGIA
  28. 28. Barreiras (Após OMC) (defesa de mercado dos países desenvolvidos) Barreiras tarifárias ⇒ Exigências técnicas ‐ regulamentos técnicos (obediência Exigências técnicas compulsória) ‐ normas (obediência voluntária)
  29. 29. Barreiras (Após OMC) (defesa de mercado dos países desenvolvidos) Base dos Regulamentos Técnicos → saúde → segurança → meio ambiente (origem das matérias primas, destino de resíduos, reciclagem) → condições de trabalho (trabalho infantil, acidentes, sanidade, remuneração equivalente, trabalho semi‐escravo)
  30. 30. Harmonização de requisitos técnicos no mercado global
  31. 31. CERTIFICAÇÃO Avalia a Atesta conformidade conformidade Normas e regulamentos técnicos Produtor Comprador
  32. 32. Avaliação da conformidade Inspeções Ensaios Auditorias
  33. 33. Sensibilização Estudo de Feiras, rodadas de conscientização mercado negócios, projeto Formação comprador de preços para exportação APOIO Confecção catálogo/ mostruário PROGEX Comercializaçã
  34. 34. FILME 10anos
  35. 35. PROGEX Paulista : início 1999 PROGEX Nacional : hoje Sebrae - SP, abril de 2003 10anos
  36. 36. NUTEC FUCAPI/AM CE ITEP/PE CIMATEC/BA CETEC/MG IPT e ITAL Banco de Dados INT/RJ TECPAR/PR SOCIESC/SC CIENTEC/RS
  37. 37. 10anos Apoio tecnológico para adequar um produto às exigências do mercado externo: Melhoria da qualidade; Redução de custos; Adequação de embalagem; Design; Superação de “barreiras técnicas”, prequalificação ou qualificação do produto para certificação. Setores atendidos: praticamente todos
  38. 38. Principais setores atendidos 2700 - CONFECÇÕES 16% 12% 3400 - PRODUTOS SIDERÚRGICOS 10anos 5% ACABADOS 3700 - EQUIPAMENTOS MECÂNICOS 3900 - BENS DE TELECOMUNICAÇÕES 20% 18% 4000 - BENS ELETROELETRÔNICOS PARA INDÚSTRIA 4100 - ELETRODOMÉSTICOS 9000 - MÉDICOS-HOSPITALARES 8% 5% 16% 9999 - OUTROS Números de atendimentos concluídos: 1.000
  39. 39. Metodologia de atendimento Análise: Produto X Mercado X Exigências/Regulamentos; Escopo técnico do trabalho; (normas/ensaios laboratoriais) Solicitação dos orçamentos (laboratórios/consultores), e Composição dos custos do atendimento. 10anos
  40. 40. Metodologia de atendimento Proposta O que executar; Onde executar; Prazos; Responsabilidades; Cronograma e Custo. 10anos
  41. 41. Metodologia de atendimento Fase 1 – Diagnóstico Viabilidade Técnica e Econômica (não-conformidades encontradas) (aporte de sugestões para solução) Fase 2 – Adequação Adequação do produto (verificar a eficácia das soluções)
  42. 42. Custos do atendimento Fomento Empresa Total (não reembolsável) R$ 18.000 R$ 4.500 R$ 22.500 (fixo) (contrapartida mínima) R$ 18.000 R$ 10.000 R$ 28.000 (fixo) MPE: até US$ 3.500.000/ano PROGEX pode atender a média empresa (até R$ 60 Mi/ano) Grandes empresas – sem subsídio
  43. 43. Principais características Critérios para seleção de empresas Produto definido; Mercado definido, e Posicionamento face à exportação. Operacionalização ágil e desburocratizada Contrato global entre agência de fomento e o IPT, e Contrato individual com a empresa é simples. Resultados práticos Aferíveis em curto espaço de tempo.
  44. 44. Resultados do PROGEX (120 produtos) ANO US$ 2000 14,4 milhões 2001 20,3 milhões 2002 29,8 milhões 2003 40,5 milhões Fonte: Secex/Camex
  45. 45. Exportações das empresas atendidas 2003 / 2005 (US$ mil) Variação (%) 2003 2004 2005 Total 2003/2005 IPT/SP 27.225 34.004 55.298 116.527 103% Outros Estados 66.968 102.569 111.585 281.129 72% Total Export. 73.084.138 96.475.244 118.308.387 287.867.770 62% Brasileiras Fonte: Secex/Camex
  46. 46. 10anos Hoje, para cada R$ 1,99 aportado ao apoio tecnológico para exportação via PROGEX, R$ 95,00 são resultados de exportação, fruto do sucesso alcançado das empresas participantes.
  47. 47. Benefícios Gera novos exportadores; Abre mercados externos mais exigentes (EUA e Europa); Possibilita o aumento no volume de exportações das empresas que já exportam; Possibilita a substituição de importações; Aumenta o número de produtos brasileiros internacionalmente competitivos; Eleva o grau de maturidade tecnológica das empresas, e Gera novos postos de trabalho.
  48. 48. Imagem internacional do Brasil, antiga....
  49. 49. 5S como ferramenta da qualidade SEIRI: utilização; SEITON: organização; SEISO: limpeza; SEIKETSU: padronização, e SHITSUKE: autodisciplina, manutenção.
  50. 50. 10anos Imagem internacional do Brasil, hoje....
  51. 51. 10anos Produtos competitivos com qualidade e tecnologia agregados Durante os últimos dez anos, o PROGEX, vem contribuindo para que os produtos brasileiros alcancem o reconhecimento de qualidade internacional.
  52. 52. 10anos
  53. 53. PIRÂMIDE DO DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO INOVAÇÃO PROGEX QUALIMINT GESPRO PRUMO
  54. 54. Parceria IPT x SEBRAE IPT SEBRAE Apoio tecnológico Aglutinação Sensibilização Capacitação e Apoio financeiro
  55. 55. Ferramentas sistema SEBRAEtec ‐ SEBRAE • Atendimento in loco (PRUMO) • Aperfeiçoamento Tecnológico (GESPRO e/ou QUALIMINT) • Apoio Tecnológico à Exportação (PROGEX) • Inovação Tecnológica • etc
  56. 56. 10anos Muito Obrigado! Ílio De Nardi Jr. ilio@ipt.br (11) – 3767-4383

×