Quem tem medo da EAD? (Educação a Distância)     Faculdade De Tecnologia De Presidente Prudente             Analise E Dese...
Termos• Teleeducação;• Aprendizado a  Distância;• Ensino a Distância;• Ensino Multimídia;• Educação Alternativa.
Educação a Distância     “ Educação a distância é uma forma deensino que possibilita a auto-aprendizagem,com a mediação de...
Surgimento    Ao contrário do que muitos pensam, aEAD não surgiu com a chegada oupopularização da internet.
Surgimento• Apóstolo Paulo na escritura das epístolas;• Anna Eliot Ticknor, em 1873, criou a  “Sociedade Americana para o ...
Características• É necessário ter muita disciplina e  atenção.• O aluno se torna um sujeito de ação e não  um sujeito-paci...
Características• Não é indicado para jovens.• O aluno fica livre para definir seu local,  horário, tempo dedicado ao curso...
Avanço da EADGeração    Início                     Características                   Uso exclusivo de material impresso en...
Ambientes Virtuais• Softwares que auxiliam na montagem de  cursos feitos fela internet.• Auxiliam o professor na administr...
Tidia• Programa de Tecnologia da Informação  no Desenvolvimento da Internet Avançada  - é financiado pela FAPESP e foi ado...
Moodle• O conceito foi criado em 2001 pelo  educador e cientista computacional Martin  Dougiamas.• Um dos ambientes de edu...
Teleduc• Ambiente     de    educação     a   distância  desenvolvido conjuntamente pelo Núcleo de  Informática Aplicada à ...
Claroline• É um ambiente versátil, amigável e rico  em funcionalidades, com muitos recursos  de acompanhamento e avaliação...
Dokeos• Desenvolvido a partir do Ambiente Claroline,  permite ao professor criar conteúdos  pedagógicos, estruturados em r...
Considerações Finais• Mesmo          ainda       encontrando  desvalorização, a tendência é ser uma  educação para o futur...
Referencial•   BRASIL, Decreto-Lei nº 2.494, de 10 de fevereiro de 1998 . Legislação de    Educação a Distancia. Disponíve...
Quem tem medo da EAD?
Quem tem medo da EAD?
Quem tem medo da EAD?
Quem tem medo da EAD?
Quem tem medo da EAD?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quem tem medo da EAD?

422 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a história do ensino a distânica, suas vantagens e desvantagens.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem tem medo da EAD?

  1. 1. Quem tem medo da EAD? (Educação a Distância) Faculdade De Tecnologia De Presidente Prudente Analise E Desenvolvimento De Sistemas Cristiane Ácacio Rosa Thais Regina Corrêa
  2. 2. Termos• Teleeducação;• Aprendizado a Distância;• Ensino a Distância;• Ensino Multimídia;• Educação Alternativa.
  3. 3. Educação a Distância “ Educação a distância é uma forma deensino que possibilita a auto-aprendizagem,com a mediação de recursos didáticossistematicamente organizados,apresentados em diferentes suportes deinformação(...)”. Decreto - lei nº 2.494, de10/02/1998.
  4. 4. Surgimento Ao contrário do que muitos pensam, aEAD não surgiu com a chegada oupopularização da internet.
  5. 5. Surgimento• Apóstolo Paulo na escritura das epístolas;• Anna Eliot Ticknor, em 1873, criou a “Sociedade Americana para o Estudo em Casa”.• Meados do século XIX com o início da Revolução Industrial.
  6. 6. Características• É necessário ter muita disciplina e atenção.• O aluno se torna um sujeito de ação e não um sujeito-paciente.• Necessidade de recursos técnicos para interação entre aluno e tutor.
  7. 7. Características• Não é indicado para jovens.• O aluno fica livre para definir seu local, horário, tempo dedicado ao curso e sequência do conteúdo.• É recomendado ter um bom computador e uma boa conexão de internet devido ao grande uso de vídeos.
  8. 8. Avanço da EADGeração Início Características Uso exclusivo de material impresso enviado pelo 1º Até 1970 transporte da época. Primeiras Universidades Abertas, transmissões por 2º 1970 televisão aberta e rádio; interação aluno-tutor por telefone ou nos centros de atendimento. 3º 1990 O uso de computadores e redes de conferência. Aumento da capacidade de processamento dos 4º 2000 computadores e da velocidade das linhas de transmissão. Uso de agentes inteligentes, equipamentos 5º 200? wireless e linhas de transmissão eficientes.
  9. 9. Ambientes Virtuais• Softwares que auxiliam na montagem de cursos feitos fela internet.• Auxiliam o professor na administração do curso e no gerenciamento do conteúdo para os alunos.• Também servem para complementar aulas presenciais.
  10. 10. Tidia• Programa de Tecnologia da Informação no Desenvolvimento da Internet Avançada - é financiado pela FAPESP e foi adotado pelo projeto UNIVESP.• Criado em 2001 para incentivar a pesquisa científica e tecnológica em projetos cooperativos relacionados ao estudo.
  11. 11. Moodle• O conceito foi criado em 2001 pelo educador e cientista computacional Martin Dougiamas.• Um dos ambientes de educação a distância mais utilizados no Mundo todo.• Ele foi adotado pelo Governo Federal para os projetos UAB e e-TecBrasil.
  12. 12. Teleduc• Ambiente de educação a distância desenvolvido conjuntamente pelo Núcleo de Informática Aplicada à Educação (Nied) e pelo Instituto de Computação (IC) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).• Tem como alvo o processo de formação de professores para informática educativa.• Facilidade de uso por não especialistas em computação e um conjunto enxuto de funcionalidades.
  13. 13. Claroline• É um ambiente versátil, amigável e rico em funcionalidades, com muitos recursos de acompanhamento e avaliação da participação dos alunos.
  14. 14. Dokeos• Desenvolvido a partir do Ambiente Claroline, permite ao professor criar conteúdos pedagógicos, estruturados em rotas de aprendizagem, que permitem a interação entre os alunos.• Chama a atenção a simplicidade da interface para o usuário.• É usado por mais de 1.200 organizações em 65 países para administrar a aprendizagem e colaboração na web.
  15. 15. Considerações Finais• Mesmo ainda encontrando desvalorização, a tendência é ser uma educação para o futuro.• Educação inclusiva.• Preconceito devido a lembranças da primeira geração.
  16. 16. Referencial• BRASIL, Decreto-Lei nº 2.494, de 10 de fevereiro de 1998 . Legislação de Educação a Distancia. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/D2494.pdf>. Acesso em: 05 mai. 2010.• GUTIERREZ, F.; PRIETO, D. A mediação pedagógica: educação a distância alternativa. Campinas, SP: Papirus, 1994.• MARCELO, R. EAD. Brasil Escola, http://www.brasilescola.com/educacao/aprendizagem-ead.htm . Acessado em: 05 de Maio de 2010.• NISKIER, Arnaldo. Educação a Distância – A Tecnologia da Esperança. São Paulo: Loyola, 1999.• PETTERS, O. A educação a distância em transição. São Leopoldo, RS: Unisinos, 2003.• VALENTE, J.A. (Org.). Experiências usando a educação a distancia. In: Formação de Educadores para o Uso da Informática na Escola. 1. ed. Campinas: Unicamp/Nied, 2003. Disponível em: <http://www.tvebrasil.com.br/salto/boletins2001/tec/tectxt4.htm> Acesso em: 05 mar. 2010.

×