Egipto

1.840 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.840
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Egipto

  1. 1. LOCALIZAÇÃO ESPACIAL Nordeste de África Rodeado de desertos Ao longo do rio Nilo
  2. 2. Baixo Egipto (Delta Δ) Alto Egipto (Vale) Mar Vermelho Deserto Arábico Deserto Líbio Mediterrâneo Deserto da Núbia
  3. 3. A UNIFICAÇÃO DO EGIPTO A famosa paleta de Narmer. Narmer é o unificador do Egipto, o primeiro Faraó que existiu por volta do ano 3100 a.C ( à mais de 5000 anos). O rei está armado com uma maça e agarra os inimigos pelos cabelos. Uma das primeiras imagens de propaganda e triunfo militar.
  4. 4. A civilização egípcia ao longo de 3.000 anos
  5. 5. Alto Egipto Baixo Egipto Egipto unificado
  6. 6. O RIO NILO O rio Nilo percorre todo o Egipto. Nasce no Lago Vitória e desagua no Mediterrâneo
  7. 7. “O EGIPTO É O DOM DO NILO” (HERÓDOTO) De Julho a Outubro as inundações alagam as duas margens do rio Nilo As águas deixam sedimentos e limos no solo, fertilizando a terra
  8. 8. OS TRABALHOS NAS MARGENS DO RIO Construção de uma rede complexa de diques e canais para obtenção de água no período de seca
  9. 9. MARGENS DO RIO NILO Abundante flora e fauna
  10. 10. O fabrico do papiro
  11. 11. AS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Agricultura: trigo, cevada, linho, vinho, árvores de fruto
  12. 12. AS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Criação de gado bovino e caprino
  13. 13. AS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Artesanato: ourivesaria, metalurgia, cerâmica e tecelagem
  14. 14. AS ACTIVIDADES ECONÓMICAS Comércio ao longo do rio Nilo: -Exportava cereais, tecidos de linho e objectos em cerâmica -- Importava madeira e
  15. 15. A sociedade egípcia
  16. 16. A sociedade egípcia Grupos privilegiados Faraó SacerdotesNobres Escribas
  17. 17. Os grupos privilegiados O Faraó era a Figura mais im- portante do Egipto. Era ele quem go- vernava. Os nobres tinham terras e gozavam de privilégios. Desempenhavam cargos no go- verno. Os sacerdotes organizavam os cultos religiosos. Os escribas de- sempenhavam um papel importante na administração
  18. 18. Os grupos não privilegiados Escravos Livres Não livres Artesãos Comerciantes Camponeses
  19. 19. Os grupos não privilegiados Escravos Camponeses Trabalhavam nas terras do Faraó, dos Templos e dos Senhores. Tinham uma vida dura e pagavam pesados impos- tos. Eram prisioneiros de guerra. Eram domésticos ou trabalha- vam nos campos ou nas mi- nas
  20. 20. O poder sacralizado Nemés Cobra-capelo (poder militar) Abutre (poder militar) Barba postiça (símbolo de força e divindade) Ceptro ou cajado (símbolo da condução suprema do povo egípcio) Chicote (símbolo da justiça)
  21. 21. O poder sacralizado Poder militar Deus vivo Poder legislativo e executivo Poder jurídico

×