Apresentacao no Scrum Gathering Rio - Inovação Contínua: Design Thinking e Scrum em Etapas Avançadas do Produto

3.147 visualizações

Publicada em

Palestra realizada no Scrum Gathering Rio 2014 sobre o uso de Design Thinking para promover a inovação em um produto que já se encontra em estágios mais avançados de desenvolvimento.

Apresentacao no Scrum Gathering Rio - Inovação Contínua: Design Thinking e Scrum em Etapas Avançadas do Produto

  1. 1. Design Thinking e Scrum em Etapas www.myscrumhalf.com Inovação Contínua Avançadas do Produto GPE Inovação na Gestão Estratégica 1
  2. 2. Zé Rodrigues, CSP SCRUM GATHERING RIO 2014 GPE Inovação na Gestão Estratégica
  3. 3. Sumário GPE Inovação na Gestão Estratégica • Introdução – Inovação – Startup • Design Thinking • Inovação Contínua – Design Thinking e Scrum
  4. 4. Inovação • Alguma coisa original no mundo dos negócios, ou de forma mais abrangente, para a sociedade. • Um inovação pode ser uma nova tecnologia, um novo produto, um novo serviço ou uma nova forma de disponibilizar qualquer uma dessas coisas. GPE Inovação na Gestão Estratégica
  5. 5. Startup GPE Inovação na Gestão Estratégica • Todos sabem o que é? Uma instituição humana projetada para criar novos produtos e serviços sob condições de extrema incerteza. Eric Ries The Lean Startup • Principal conceito??? Inovação!!!
  6. 6. Startup – Outra Definição Um empreendimento “start-up” é o que o próprio nome diz, um novo negócio, criado do zero, ou seja, que nunca existiu anteriormente. Isso a torna diferente de um spin-out/spin-off de uma empresa, um buy-out ou trade-sale, onde alguém compra um negócio já em andamento. GPE Inovação na Gestão Estratégica
  7. 7. Startup e Inovação • Startups saem do zero e estão a procura de um novo modelo de negócios • Trabalham sempre com inovação • Mas só Startup pode inovar? • Vamos entender melhor a inovação… GPE Inovação na Gestão Estratégica
  8. 8. Inovação • Podemos classificar em duas formas GPE Inovação na Gestão Estratégica – Inovação Radical – Inovação Incremental
  9. 9. Inovação Radical GPE Inovação na Gestão Estratégica • Destrói um modelo ou uma “indústria” existente - Disruptiva • Pode precisar de muito tempo até ir para mercado • Custo muito alto e risco igual ou maior
  10. 10. Inovação Incremental GPE Inovação na Gestão Estratégica • É conquistada diariamente • Ouve-Ideia- Implementa-Ouve- Melhora… • Demanda muita agilidade
  11. 11. Inovação x Milagre GPE Inovação na Gestão Estratégica • Inovação não é milagre • Estamos muito mais próximos do Evolucionismo do que do Criacionismo
  12. 12. Como fazer a inovação… GPE Inovação na Gestão Estratégica • Agilidade • Lean • MVP • Pivot • Teste A/B • Analytics • Heatmap • …
  13. 13. Agilidade GPE Inovação na Gestão Estratégica • Manifesto Ágil • Scrum é o caminho mais popular • O mais importante para inovação incremental é a inspeção/adaptação
  14. 14. E Porque não Design Thinking? GPE Inovação na Gestão Estratégica • Método para criação de novos produtos popularizado pela IDEO • Sua origem remonta ao trabalho de Herbert Simon – The Sciences of the Artificial
  15. 15. Uma Breve Introdução DESIGN THINKING GPE Inovação na Gestão Estratégica
  16. 16. Design Thinking – IDEO Imersão Definição Ideação Prototipação Teste GPE Inovação na Gestão Estratégica
  17. 17. Design Thinking – Outra Visão GPE Inovação na Gestão Estratégica Antes •Identique uma Oportunidade •Defina o Escopo •Elabore o Briefing •Planeje O Que? •Pesquise •Identifique Necessidades •Estabeleça Critérios Que tal? •Brainstorm de Ideias •Desenvolva Conceitos •Elabore Pitches para cada Conceito Interessa? •Identifique suas assunções e teste •Faça Protótipos Funciona? •Colete Feedback dos Stakeholders •Faça Lançamentos de Aprendizado •Projete a Decolagem Jeanne Liedtka e Tim Ogilvie – Designing for Growth
  18. 18. Design Thinking – Conceitos Básicos • Processo Iterativo • É uma forma de User Driven Design • No caso de Startups, Possibility Driven Design • É colaborativo… Não é resolvido por um gênio • É um processo de co-criação GPE Inovação na Gestão Estratégica – Lembra o JAD…
  19. 19. Design Thinking – Aplicabilidade GPE Inovação na Gestão Estratégica • Demanda profundo entendimento das pessoas envolvidas • O entendimento precisa ser criado e demanda concordância • Muitas incertezas e os dados existentes não ajudam muito • Queremos algo para o futuro, mas não temos dados para trabalhar • Ou seja, apropriado para resolver mistérios, não quebra-cabeças • Importante: O caminho não são ideias, mas necessidades não atendidas
  20. 20. DT – Fases e Ferramentas GPE Inovação na Gestão Estratégica O Que? • Pesquise • Identifique Necessidades • Estabeleça Critérios Que tal? • Brainstorm de Ideias • Desenvolva Conceitos • Elabore Pitches para cada Conceito Interessa? • Identifique suas assunções e teste • Faça Protótipos Funciona? • Colete Feedback dos Stakeholders • Faça Lançamentos de Aprendizado • Projete a Decolagem
  21. 21. Visualização GPE Inovação na Gestão Estratégica • O processo prescreve fortemente a visualização • Não é desenho, mas usar recursos visuais para pensar • Isso facilita o alinhamento de ideias • Promove o pensamento indutivo • Painéis, desenhos, fotos, storyboards, etc…
  22. 22. DT – O Que? GPE Inovação na Gestão Estratégica Objetivo • Precisamos entender o que existe para propormos novas soluções • Será que os envolvidos querem mudar? – Desvalorizam o beneficio e supervalorizam o prejuízo • Amostras pequenas, mas análise profunda • Geramos grande massa de dados qualitativa • Estabelecemos os Critérios do Design Ferramentas • Mapeamento da Jornada • Análise da Cadeia de Valores • Mapas Mentais
  23. 23. Mapeamento de Jornada GPE Inovação na Gestão Estratégica • Acompanhar como a atividade é desenvolvida • Entender o funcional e o emocional • O Expert é o cliente • Promover o entendimento compartilhado dos envolvidos • Buscar o desempenho da atividade de forma natural – Moments of Truth
  24. 24. Mapas Mentais GPE Inovação na Gestão Estratégica • Procura por padrões, relações e novos entendimentos • De onde surgem os critérios para o design • Todas as informações são disponibilizadas para os “experts” • Notas individuais, discussões, organização dos achados…
  25. 25. DT – Que Tal? GPE Inovação na Gestão Estratégica Objetivo • Descobrir novas possibilidades e conceber novas ideias • Trabalhar com personas que seriam alvo da iniciativa • No momento inicial pode-se viajar, mas deve terminar com um conjunto de conceitos bem elaborados (Napkin Pitches) Ferramentas • Brainstorming • Desenvolvimento de Conceitos
  26. 26. GPE Inovação na Gestão Estratégica • Estabelecer uma questão • Profusão de ideias • Sem críticas • Grupos pequenos e heterogêneos • Um caminho: – Escrever ideias – Organizar com post-it’s – Discutir – Reorganizar e combinar – Tentar combinações aleatórias Brainstorming
  27. 27. Desenvolvimento de Conceitos GPE Inovação na Gestão Estratégica • Selecionar as melhores ideias do Brainstorming • Montá-las em soluções detalhadas • Analisar sob a ótica do cliente e do negócio • Gera um portfolio de conceitos
  28. 28. DT – O que Interessa? GPE Inovação na Gestão Estratégica Objetivo • Avaliamos as possibilidades criadas • Procuramos novos conceitos que despertem o interesse • Porque a solução é boa? • Termina com protótipos para mercado Ferramentas • Teste de Assunções • Prototipação
  29. 29. Prototipação GPE Inovação na Gestão Estratégica • Criar manifestações visuais ou até funcionais dos conceitos novos desenvolvidos • Rápido e sempre para testar novos conceitos • Fluxogramas, Storyboards, Vídeos, Animações, Ilustrações…
  30. 30. DT – Funciona? GPE Inovação na Gestão Estratégica Objetivo • Levar os novos conceitos para o mercado para teste e aperfeiçoamento • Tudo ainda pode ser mudado • Continuamos aprendendo com o mercado Ferramentas • Co-criação • Lançamentos de Aprendizado
  31. 31. GPE Inovação na Gestão Estratégica • Colocar o cliente em contato com protótipos e observar • Colher a opinião dos clientes • Ajustar os protótipos • Deixar o cliente falar – não tentar vender a sua ideia • Um cliente de cada vez • Dar algumas opções para o cliente escolher Co-criação
  32. 32. Unindo caminhos para manter a inovação do produto DESIGN THINKING E SCRUM GPE Inovação na Gestão Estratégica
  33. 33. Desenvolvendo Produto • Desenvolvendo um novo produto queremos ou precisamos sempre inovar • Ao pensarmos no produto, não adianta somente ouvir o cliente • Muitas vezes precisamos dar alguns chutes para conseguirmos algo diferente • O Design Thinking pode ser instrumental nesse processo GPE Inovação na Gestão Estratégica
  34. 34. Inovação Contínua • Na criação do produto é fácil imaginar a aplicação do GPE Inovação na Gestão Estratégica Design Thinking • Mas não significa que seja trivial • Os “processos” tem muita semelhança, mas formas diferentes • No entanto, um produto existente precisa estar sempre evoluindo, inovando… • O que podemos aproveitar do Design Thinking para o nosso Scrum? • Algumas técnicas e orientações baseadas em lições aprendidas
  35. 35. Pre-Game • Como iremos construir um produto para o mercado e não para um cliente específico podemos incluir dois artefatos da fase inicial do Design Thinking, mesmo que adaptados GPE Inovação na Gestão Estratégica – Design Brief • Quais as premissas e orientações básicas para a construção do novo produto – Research Plan • Como pretendemos aprender com o mercado, que técnicas e táticas pretendemos usar
  36. 36. Releases Iniciais • No início da confecção do produto ou de uma nova versão usuários podem ser convidados para participarem de processos de co-criação • No entanto, cuidado com early adopters! São em sua maioria apaixonados pelo novo produto e parciais • Se possível, conduza a co-criação no próprio ambiente do usuário • Use e abuse de recursos visuais GPE Inovação na Gestão Estratégica
  37. 37. O Time • O time Scrum pode ser o maior recurso que dispomos para ajudar na constante inovação • O time conhece bem o produto e o negócio • Que preocupação devemos ter? – Diversidade no time – Cabeças Orientadas ao Design – Empatia GPE Inovação na Gestão Estratégica
  38. 38. Diversidade no Time • Quanto mais heterogêneo for o time melhor • Se não podemos evitar que tenham a mesma profissão ou muito relacionada, o que podemos fazer? – Formações acadêmicas distintas – Origem sócio-cultural diversa – Interesses for a do trabalho distintos – Background profissional variado – Se possível, inclua profissionais de áreas distintas GPE Inovação na Gestão Estratégica
  39. 39. Cabeças de Designer • Sempre pronto a aprender – A abertura ao aprendizado pode e deve ser incentivada – Variar • Disposto a efetuar testes de ideias ao invés de muita análise para decidir • Incentivados a dar ideias e desenvolvê-las GPE Inovação na Gestão Estratégica
  40. 40. Empatia • A empatia com o cliente deve ser incentivada • Membros da equipe podem realizar um Mapeamento de Jornada, mesmo que simplificado, com um cliente – P.ex. Acompanhando até um amigo que trabalhe na atividade em GPE Inovação na Gestão Estratégica foco • Aproveitar oportunidades de treinamento para uma maior interação com o cliente • Nos levantamentos fazer sempre perguntas abertas • A equipe deve ser incentivada a verificar o comportamento do usuário usando ferramentas como Analytics e Crazy Egg • O profundo entendimento do cliente de uma forma ampla só beneficiará o produto
  41. 41. P.O. – Gerente de Produto GPE Inovação na Gestão Estratégica • O P.O. e Gerente de Produto são na maioria das vezes a mesma pessoa, especialmente em startups • Inovação é um processo colaborativo, executado pelo grupo… • …mas precisamos de catalisadores • O P.O. deve ser um catalisador da inovação
  42. 42. P.O. como Catalisador de Inovação • Mente aberta para o aprendizado – busca constante • Deve possuir um grande repertório – formação e experiência em diferentes áreas e funções – múltiplas habilidades • Conhecimento do Negócio • Grande empatia pelo cliente GPE Inovação na Gestão Estratégica
  43. 43. Grandes gerentes de organizações que cresceram acima da média de seus mercados, na maioria das vezes, não conseguiram isso graças às suas organizações, mas apesar delas. GPE Inovação na Gestão Estratégica
  44. 44. Backlog • O Backlog acaba sendo repositório de novas ideias • Os membros do time podem trabalhar nessas ideias fazendo um Desenvolvimento de Conceito e preparando um Napkin Pitch do épico GPE Inovação na Gestão Estratégica
  45. 45. Brainstorming • Durante sessões de planejamento de revisão, o time pode ser conduzido para brainstorming, visando descobrir soluções e caminhos para problemas vislumbrados • O uso do brainstorming também incentiva a produção de ideias que podem afetar positivamente o produto GPE Inovação na Gestão Estratégica
  46. 46. Principais Lições • O Design Thinking nos ensina: – Inovação é evolucionista (quase sempre) – Diversidade de cabeças e opiniões é fundamental – O processo é sempre colaborativo GPE Inovação na Gestão Estratégica
  47. 47. Em inovação a única certeza existente é a incerteza. GPE Inovação na Gestão Estratégica
  48. 48. www.myscrumhalf.com Muito Obrigado! Zé Rodrigues @zerneto rneto@gpetec.com.br GPE Inovação na Gestão Estratégica 49 O melhor caminho para a agilidade em sua empresa
  49. 49. www.myscrumhalf.com GPE Inovação na Gestão Estratégica

×